Wagner em Bayreuth, de Friedrich Nietzsche | Digestivo Cultural

busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> MAB FAAP estará fechado nos próximos dois finais de semana, devido ao Plano SP
>>> Exposição de Pietrina Checcaci é prolongada no Centro Cultural Correios
>>> Escritora Luci Collin participa de encontro virtual gratuito
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Jornalismo em tempos instáveis
>>> Rasgos de memória
>>> História da leitura (II): o códice medieval
>>> Rufo, 80 II
>>> Jeitos de trabalhar
>>> The GigaOM Show
>>> BoicotaSP
>>> 18 de Maio #digestivo10anos
>>> Um jornal que pensa ão?
Mais Recentes
>>> Norse Mythology de Neil Gaiman pela W. W. Norton & Company (2017)
>>> A Mão e a Luva de Machado de Assis pela Prazer de Ler (2016)
>>> Buda: na Floresta de Uruvella -vol. VI de Osamu Tezuka pela Conrad (2005)
>>> Buda. Em Busca da Iluminação. Vol. IV de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> Literatura Ao Sul de Luis Augusto Fischer pela Universidade de Passo Fundo (2009)
>>> Buda. a Outra Margem do Rio. Vol. III de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> O Cavaleiro da Esperança de Jorge Amado pela Record (1987)
>>> A Amiga Genial de Elena Ferrante pela Globo (2015)
>>> Passagens da Antiguidade ao Feudalismo de Perry Anderson pela Brasiliense (1987)
>>> O Não Me Deixes - Suas Histórias e Sua Cozinha de Rachel de Queiroz pela Arx (2004)
>>> George Sand de René Doumic pela Perrin (1922)
>>> Sybil de Flora Rheta Schreiber pela Círculo do Livro
>>> Dicionário de Filologia e Gramática Referente à Língua Portuguesa de J. Mattoso Câmara Jr. pela J. Ozon (1968)
>>> Declarnado - se culpado de Scott Turow pela Record (1993)
>>> Saudades de 60 - o Recife ao Sabor de um Tempo de Rivaldo Paiva pela Cepe (2003)
>>> Buda. o Nascimento de Siddhartha - Vol. II de Osamu Tezuka pela Conrad (2005)
>>> Atlas de Bolso - Manual Prático de Téc e Posicionamento Radiográfico de Bontrager Lampignano pela Elsevier (2014)
>>> Buda. no Reino de Kapilavastu. Vol. I de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> O Universo numa Casca de Noz de Stephen Hawking; Cassio de Arantes Leite pela Mandarim (2001)
>>> Amor Em Veneza de Andrea Di Robilant pela Companhia das Letras (2005)
>>> Mentiras de Verão de Bernhard Schlink pela Record (2015)
>>> Enquanto Houver Champanhe, Há Esperança de Joaquim Ferreira dos Santos pela Intrinseca (2016)
>>> Sateré-mawé. os Filhos do Guaraná de Sônia da Silva Lorenz pela Centro de Trabalho Indigenista (1992)
>>> Teorias da Personalidade - Volume 2 de Calvin S. Hall; Gardener Lindzey pela E.p.u (1984)
>>> Os Asuriní do Xingu: História e Arte de Regina Polo Müller pela Unicamp (1990)
>>> Semiótica e Ciências Sociais de J. A. Greimas pela Cultrix (1981)
>>> Kardec, a Biografia de Marcel Souto Maior pela Record (2013)
>>> Eu, Christiane F., 13 Anos, Drogada, Prostituída ... de Kai Hermann;horst Rieck pela Difel (1982)
>>> O Livro dos Manuais de Paulo Coelho pela Loducca (2008)
>>> Ele Está de Volta de Timur Vermes pela Intrínseca (2014)
>>> Transgressão e Controle de Albert K. Cohen pela Pioneira (1968)
>>> La Nuit Du Sérail de Michel de Grèce pela Olivier Orban (1982)
>>> Centro das Nossas Desatenções de Antônio Torres pela Relume Dumará (1996)
>>> O Objeto na Teoria e na Prática Psicanalítica de Joel Birman e Outros pela Campus (1984)
>>> O Eterno Marido de Fiódor Dostoiévski pela L&pm (2012)
>>> Killing Yourself to Life de Chuck Klosterman pela Scribner (2005)
>>> O Enigma dos Oito de Katherine Neville pela Rocco (2010)
>>> O Jogador de Fiódor Dostoiévski pela Martin Claret (2007)
>>> Sagrado de Dennis Lehane pela Companhia das Letras (2004)
>>> Vingança Em Paris de Steve Berry pela Record (2011)
>>> Manifesto do Partido Comunista de Karl Marx pela Martin Claret (2009)
>>> O Mercador de Lã de Valeria Montaldi pela Record (2021)
>>> O Lago dos Sonhos de Kim Edwards pela Arqueiro (2011)
>>> Uma Anedota Infame de Fiódor Dostoiévski pela L&pm (2017)
>>> The Second Sex de Simone de Beauvoir pela Vintage Classics (2015)
>>> Água Viva de Clarice Lispector pela Círculo do Livro (1973)
>>> Cem Dias Entre Céu e Mar de Amyr Klink pela Companhia das Letras (2005)
>>> Curso de Direito Financeiro e Tributário de Ricardo Lobo Torres pela Renovar (2008)
>>> Direito Tributário de Daniela Ribeiro de Gusmão pela Saraiva (2009)
>>> Atividade Policial de Rogério Greco pela Impetus (2009)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Sexta-feira, 27/3/2009
Wagner em Bayreuth, de Friedrich Nietzsche
Julio Daio Borges

+ de 4900 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 408 >>> Foi em 1868 — outro ano que não terminou — que o orientalista Hermann Brockhaus promoveu um dos encontros mais importantes da história da cultura alemã, apresentando o jovem filólogo Friedrich Nietzsche ao já respeitado compositor de óperas Richard Wagner. "Ele corresponde a todas as minhas expectativas", registraria Nietzsche sobre Wagner. "Ele é o mais significativo de nossos amigos", registraria, pelo seu lado, Cosima Wagner, mulher do compositor, sobre Nietzsche. Equivalente ao encontro do consagrado Goethe com o jovem Schiller, as conversas entre Nietzsche e Wagner resultaram no conceito de "obra-de-arte total", do último, e em toda a relação entre vida e arte, que o primeiro elaboraria pela existência afora. Felizmente, para nós, restou Wagner em Bayreuth, o texto em que Nietzsche, subindo nos ombros de Wagner, reflete sobre a arte moderna e sobre como reconduzi-la ao seu ideal. Depois de ler, Wagner afirmaria: "Amigo! Seu livro é extraordinário! Como pôde aprender a me conhecer de tal modo?". Já no século XIX, Nietzsche desdenharia do público que procurava, na arte, apenas diversão. Seu ideal de arte, a tragédia grega, não era exatamente "um divertimento". Apoiando-se, justamente, no exemplo da mitologia grega, Wagner procuraria se inspirar nos mitos nascidos das tradições do povo alemão e levaria suas obras para um teatro novo, que teria de ser construído especialmente para tal — entre Berlim e Munique —, Bayreuth. Nietzsche queria que o homem moderno deixasse de ser um trabalhador "dócil e útil" — "entorpecido e embotado" pela diversão da arte moderna —, redescobrindo-se livre, para reconquistar sua natureza, através da criação de sentido para sua própria existência. Será que um teatro, um artista e um filósofo seriam capazes de tanto? A introdução de Anna Hartmann Cavalcanti não nos responde, mas nem precisaria, uma vez que nos conduz irresistivelmente à leitura Wagner em Bayreuth.
>>> Wagner em Bayreuth
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe (Literatura)
02. Mens sana in corpore sano (Artes)
03. Isso, aquilo e aquilo outro (Teatro)
04. O Encoberto (Além do Mais)
05. Low-tech (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/3/2009
21h36min
Ao ler qualquer comentário que fale de Nietzsche, vem à minha mente a primeira leitura que fiz de uma obra deste autor. Confesso que fiquei confuso, principalmente em relação à morte de Deus. Este é o filósofo da imanência, que reduziu a transcendência religiosa a um simples desejo natural humano. E assim como Marx e Freud, Friedrich Nietzsche também é chamado de mestre da suspeita.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




At the Zoo: Look Listen and Learn
L. G. Alexander
Longman
(1972)
R$ 5,00



Mulher Maravilha: Sangue
Brian Azzarello
Panini
(2016)
R$ 73,59



O Passado Esteve Aqui
Stella Carr
Moderna
(1988)
R$ 7,50



On Suicide
Émile Durkheim
Penguin Books
(2006)
R$ 40,00



Romeu e Julieta - Baseado em William Shakespeare (Literatura Infanto-Juvenil)
Ganymédes José
Ediouro
(1997)
R$ 8,00



Tirando de Letra
Carlos queiroz Telles
Best Seller
R$ 10,90



Geografia da América
Igor a G. Moreira
Ática
(1983)
R$ 5,00



Papa Joao Xxiii
Thomas Cahill
Objetiva
(2002)
R$ 10,00



Em Nome da Segurança Nacional -do Golpe de 64 ao Início da Abertura
Maria Helena Simões Paes
Histíria Em Documentos
(1995)
R$ 4,22



Treinamento Cardiorrespiratório
Carlos Sandro Carpenter
Sprint
(2004)
R$ 11,49





busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês