Jorge Drexler, em Amar la Trama, o show na Via Funchal | Digestivo Cultural

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Sobre Sherlock Holmes
>>> 7 de Setembro
>>> Onde moram as crônicas
>>> Onde moram as crônicas
>>> Vida de Escritor no Catarse
>>> Henry Ford
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> A casa da Poesia
>>> De Auschwitz a ClubMed
Mais Recentes
>>> Nicolau tinha uma ideia de Ruth Rocha pela Quinteto Editorial (1998)
>>> Alex e os índios terenas de Denis Cruz pela Cpb Didaticos (2010)
>>> Já já - a história de uma árvore apressada de Paulo Rea pela Atica (2009)
>>> Tenho medo mas dou um jeito de Ruth Rocha pela Salamandra (2009)
>>> A revolta dos números de Odette de Barros Mott pela Paulinas (2011)
>>> Crianças famosas Toulouse-lautrec de Tony Hart pela Callis (1996)
>>> E o redemoinho levou de Alina Perlman pela do Brasil (1988)
>>> Como animar um grupo princípios básicos e técnicas de Maria José Aguilar Idánez pela Vozes (2004)
>>> Good-bye, Mrs. Parker de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> Swallow Valley Stage 2 de Eduardo Amos pela Moderna (1997)
>>> Socorro! preciso de motivação de Luiz Marins pela Harbra (1995)
>>> A Metamorfose de Franz Kafka pela Lafonte (2019)
>>> Made in Africa de Câmara Cascudo pela Global (2002)
>>> Lendas Brasileiras de Câmara Cascudo pela Global (2002)
>>> Cultura popular e educação salto para o futuro de René Marc da costa Silva pela Unesco Mec
>>> Alfabetização E Letramento de Magda Soares pela Contexto (2010)
>>> Diversidade de Núria Roca pela Ibep Jr. (2011)
>>> O Nome da Rosa de Umberto Eco pela Biblioteca Folha (1500)
>>> O cidadão de papel de Gilberto Dimenstein pela Atica (2000)
>>> O reizinho mandão de Ruth Rocha pela Quinteto Editorial (1997)
>>> Pedro compra tudo de Maria de Lourdes Coelho pela Cortez (2010)
>>> Cascudo, o Jabuti Jururu de Nildo Lage pela Prazer de Ler (2007)
>>> Casa de delicias de Sonia Rodrigues Mota pela Formato (1995)
>>> Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski pela Lafonte (2020)
>>> Por que as mulheres amam os homens fortes? de Elliott Katz; Andrea Holcbeg pela Sextante (2009)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Terça-feira, 3/8/2010
Jorge Drexler, em Amar la Trama, o show na Via Funchal
Julio Daio Borges

+ de 3900 Acessos


Digestivo nº 468 >>> Jorge Drexler não cabia em si de alegria por ter, pela primeira vez no Brasil, desembarcado com sua banda completa, nem que fosse para um única apresentação, na Via Funchal. Das outras vezes, o músico uruguaio havia passado pelo Bourbon Street, na formação de trio, basicamente conduzindo o show com suas "guitarra y voz" (como, aliás, cantou). E Amar la Trama, a turnê atual, de fato exigia mais infraestrutura, com arranjos para banda, e uma presença, indispensável, de sopros. Em termos de performance, no entanto, o grupo todo no palco, e talvez o nervosismo de se apresentar para uma plateia tão grande, engessaram Drexler até, mais ou menos, a metade do setlist. O músico e seu conjunto não decepcionaram, abrindo com versões corretas para "Una canción me trajo hasta aquí" e "3000 millones de latidos", mas soaram um tanto quanto protocolares e só começaram a "se soltar" quando, justamente, Drexler reassumiu seu violão e até improvisou um momento de intimidade, lixando as próprias unhas. "Sampa", traduzida e em ritmo de tango, comoveu, mais uma vez, os incautos (é um truque que Jorge Drexler usa para saber quantos novatos há na plateia). O ápice da ovação, contudo, teve lugar quando o músico uruguaio anunciou a participação de um compositor brasileiro, que muito admirava, e cujo disco ouvira durante todo o ano passado... — e todo mundo assoprou "Caetano Veloso", "Milton Nascimento", "Arnaldo Antunes", "Paulo Moska"... Eis que surge, para o deleite das novas gerações, Marcelo Camelo, sem Mallu Magalhães, pós-Los Hermanos. Jorge Drexler, então, prestou tributo à música brasileira, que tanto o influenciou, entoando "Doce Solidão" (inclusive o "tchu-tchu-tchu-tchu-tchu"), deixando a segunda entrada para o próprio autor da canção. O show ainda teve as sempre pedidas "Todo se transforma" e "Soledad", e a música de trabalho "La trama y el desenlace". Ficou-se, porém, aguardando um retorno de Camelo no bis (que não ocorreu). E saiu-se especulando se eles iriam direto para o Genésio ou se a parceria, de repente, renderia participação no segundo álbum de Camelo (em fase de gravação). Jorge Drexler, afinal de contas, está em rota de colisão com a MPB e não espantaria nada se ele, subitamente, trocasse Madrid por São Paulo ou pelo Rio de Janeiro.
>>> Jorge Drexler
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. O negócio do livro eletrônico, por Jason Epstein (Literatura)
02. O quadrinho extraordinário de Rafael Sica (Artes)
03. A Modernidade da Tradição, de Marcos Sacramento (Música)
04. Ferramentas para Empreendedores, de Richard Luecke (Além do Mais)
05. Delicatamente e con espressione (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Rabos de Lagartixa
Juan Marsé
Arx
(2004)
R$ 5,00



Robinson Crusoé
Daniel Defoe
Abril Cultural
R$ 10,00



Noções de Geometria Descritiva Mudanças Rotações Rebatimentos Problema
Virgilio Athayde Pinheiro
Ao Livro Técnico
(1965)
R$ 14,00



Táxi Chuvoso
Suzana Nunes de Morais
Sette Letras
(1997)
R$ 8,00



Controle de qualidade--as ferramentas essenciais.
Robson seleme e humberto stadler.
Ibpex
(2008)
R$ 14,00



Ponto 16
Jocy de Oliveira, Arlete Soares, Mac Adams
Sesi sp
(2018)
R$ 5,00



A Ciências da Biologia Vol. 2
Martho e Amabis
Ed. Moderna
(1983)
R$ 7,00



Curso Intensivo Sobre o Amor
Steve Ward, Joann Ward
Sextante
(2012)
R$ 13,00



Enciclopédia da Beleza Feminina - a Mulher e o Seu Bem Estar
Vários Autores
Expressão e Cultura
(1968)
R$ 9,00



Míni Larousse da Música
Nereide Schilaro Santa Rosa - Ivo Minkovicius
Larousse Júnior
(2009)
R$ 10,48





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês