O Twitter da Y Combinator | Digestivo Cultural

busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O escandaloso blog de poesia de Maria Bethânia
>>> Microsoft Computer Security
>>> Wanda Louca Liberal
>>> Rasgos de memória
>>> Cartier-Bresson: o elogio do olhar
>>> O lugar certo
>>> Profissionais do Texto III
>>> Sessão de Análise
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
Mais Recentes
>>> Jesus - A Dor e a Origem de sua Autoridade de Paiva Netto pela Elevação (2015)
>>> Dicionario Etimologico da Lingua Portuguesa de Antonio Geraldo da Cunha pela Lexikon (2010)
>>> A construçao do livro de Emanuel Araujo pela Lexikon (2008)
>>> Viagem ao centro da terra de Julio Verne pela Ciranda cultural (2019)
>>> A volta de sherlock holmes de Sir Arthur Conan doyle pela Martin Claret (2011)
>>> Introdução a estilistica: a expressividade na lingua portuguesa de Nilce Sant`anna Martins pela Edusp (2012)
>>> O portugues da gente: lingua que estudamos a lingua que falamos de Rodolfo Ilari e Renato Basso pela Contexto (2017)
>>> Frankenstein de Mary Shelley pela Principes (2019)
>>> O incolor Tsukuru Tazaki e seus anos de peregrinação de Haruki Murakami pela Objetiva (2014)
>>> Morte e Vida Severina e outros contos de joão Cabral de Melo Neto pela Objetiva (2007)
>>> Mãe recem-nascida de Thais Vilarinho pela Buzz (2019)
>>> O que Budismo? de Hsing Yün pela Escrituras (2010)
>>> Dicionário de linguistica de Tradução Isidoro Blikstein pela Cultrix (2006)
>>> O assassinato de roger ackroyd de Agatha Christie pela Record (1926)
>>> A metamorfose/e /O veredito de Franz Kafka pela L&PM (2001)
>>> Nova reunião 23 livros de poesia de Carlos Drumond de Andrade pela BestBolso (2013)
>>> TIL de Jose de Alencar pela Melhoramentos (2012)
>>> O Livro de areia de Jorge luis Borges pela Coleção Folha (2012)
>>> Estetica da criação verbal de Mikhail Bakhtin pela Martins Fontes (2011)
>>> Capitães da Areia de Jorge Amado pela Companhia das Letras (2008)
>>> No Urubuquaquá, no Pinhém de João Guimarães Rosa pela Nova Fronteira (2001)
>>> Literatura e Sociedade de Antonio Candido pela Ouro sobre azul (2014)
>>> Qual é a tua obra? de Mario Sergio Cortella pela Vozes (2015)
>>> Os quatros amores de C.S.Lewis pela Thomas Nelson Brasil (2017)
>>> Deus e o Bope na terra do sol: culturalismo na história de um processo de mediação de Aramis Luis Silva pela Humanitas (2009)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Internet

Quarta-feira, 13/2/2013
O Twitter da Y Combinator
Julio Daio Borges

+ de 4700 Acessos




Digestivo nº 488 >>> O link é a moeda de troca da Web. A noção de hyperlink deu origem à "teia" que todos nós conhecemos. Tim Berners-Lee, com a invenção da Web (que redundou no browser), quis facilitar a vida de quem tinha de digitar os endereços para chegar nos "destinos" da internet. Com o hyperlink, ou simplesmente link, bastava clicar e, pronto, você era transportado para o "local" do endereço (ou site). Mas o link ficou tão comum que essa história se perdeu no ar... E nunca se passou tantos links, atualmente, como nas redes sociais. Especialmente no Twitter, cujos 140 caracteres, quase inevitavelmente, se compõem de um ou mais links. Mas, pense bem ― você, que está no Twitter ―, quantos links realmente fazem a diferença? Poucos, não é mesmo? A maioria dos perfis, no Twitter, basicamente replica o que está em evidência. Os chamados trending topics, ou termos mais comentados, alimentam os microposts ou seria o contrário? A verdade é que a maior parte das chamadas "postagens" cai na vala comum da banalidade. Principalmente no Brasil, onde o Twitter, para os donos de celular, é um repositório de estados de ânimo, frustrações ou desejos nem tão recônditos. Será que algum dia a internet brasileira terá um perfil, no Twitter, como o da Y Combinator? Especializada em pequenos investimentos em startups, a Y Combinator já identificou talentos como Dropbox, Reddit e Justin.tv. A Y Combinator prepara essas iniciantes, ou startups, para os investidores, em Mountain View, no Vale do Silício. E alimenta os pequenos empreendedores com muito arroz e feijão. Nesse cardápio, além de uma escola para empreendedores (sim, isso existe), estão os links vitaminados do perfil da Y Combinator no Twitter. Nunca, jamais, você vai encontrar, por exemplo, um link para a mídia mainstream. O Twitter da Y Combinator ainda acredita que os maiores tesouros estão na Web "profunda". Na cauda longa que pouca gente acessa, mas que eles acabam trazendo à tona. Muitos links sobre a própria internet, evidentemente. Sobre programação; sobre linguagens. Mas, também, curiosidades. Histórias do mundo da tecnologia. E, naturalmente, empreendedorismo. Suas lendas. E seus mitos. Quando aparece um micropost da Y Combinator, é impossível não parar pra ver. Seu caráter não óbvio, seu fundo de pesquisa e sua capacidade de mexer com o senso comum justificam o tempo despendido. Alguns sites pensam a internet. Alguns blogueiros pensaram a internet. E, hoje, podemos dizer que o perfil da Y Combinator no Twitter, igualmente, pensa a rede mundial de computadores. Nunca deixa o nível cair. Não apela. (Nem precisa.) Quando o Twitter, no Brasil, for menos "reflexo", suspiro, tiroteio, quem sabe permitamos o surgimento de um perfil menos imediatista, como o da Y Combinator. Mesmo sabendo que ter uma Y Combinator ― de tijolo e concreto ― são outros quinhentos... (Quinhentos anos?)
>>> Twitter da Y Combinator
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A Arte de Meditar, de Matthieu Ricard (Além do Mais)
02. Rua dos varredores (Música)
03. Arquetípico (Teatro)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Und Jetzt Ihr! Basisgrammatik Fur Jugendliche
Christine Schmidte * Marion Kerner
Hueber
(2002)



Duplo e a Metamorfose, O: a Identidade Mitica Em Comunidades Nago
Monique Augras
Vozes
(2008)



Español Esencial Volume Único Com Cd
Lívia Rádis Baptista ( Org. )
Santillana
(2011)



Twentieth Century History the World Since 1900
Tony Howarth
Longman
(1987)



Michelangelo:artista, Pensatore, Scrittore
Charles de Tolnay e Outros
Instituto Agostini Novara
(1980)



Samizdát a Identidade Judaica na União Soviética
A. Voronel
Federação Israelita
(1980)



O Cancioneiro de Lésbia
Catulo
Hucitec
(1991)



Heartlight
Marion Zimmer Bradley
Rocco
(2000)



Fundamentos de Administração - A busca do essencial
Hélio Janny Teixeira e Outros
Campus



Tiger Team 3 Progress Journal Primary 2nd Cycle
Carol Read & Mark Ormerod
Macmillan





busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês