Il duello | Digestivo Cultural

busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Despindo o Sargento Pimenta
>>> 15 de Agosto #digestivo10anos
>>> E se refez a Praça Roosevelt em sete anos
>>> Uma História do LED
>>> Caetano, não seja velho coronel
>>> Vento Bravo, com Edu e Tom
>>> Como o Google funciona
>>> A boa literatura brasileira
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> História da leitura (III): a imprensa de Gutenberg
Mais Recentes
>>> Novíssimo Aulete - Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa de Caldas Aulete - Paulo Geiger ( Org. ) pela Lexikon (2011)
>>> O Laptop de Leonardo de Ben Shneiderman pela Nova Fronteira (2006)
>>> História da Paz de Demétrio Magnoli ( Org. ) pela Contexto (2008)
>>> O amor jamais te esquece de André Luiz Ruiz pela Ide (2003)
>>> Nosso Livro de Francisco Cândido Xavier pela Lake (2005)
>>> Direito Penal 1 Parte Geral de Sophie Kinsella pela Record (2010)
>>> Em Espírito e Em Verdade de Andy Park pela Vida
>>> Mente e Cérebro Poderosos de Conceição Trucom pela Cultrix (2010)
>>> Todo Ar Que Respiras de Judith Mcnaught pela Bertrand Brasil (2009)
>>> Tudo Bem Ser Diferente de Todd Parr pela Panda Books # (2002)
>>> Sonho Oriental Sabores e Receitas de Editora Caras pela Caras
>>> O Que Fazer? Falando de Convivência de Liliana Iacocca pela Ática
>>> O Homem Que Roubava Horas de Daniel Munduruku e Janaina Tokitaka pela Brinque Book (2010)
>>> Mulheres Inteligentes, Relações Saudáveis de Augusto Cury pela Academia
>>> Ana Karênina Volume 1 de Tolstoi pela Nova Cultural (1997)
>>> A Bíblia do Otimismo de R. Stanganelli pela Tríade
>>> Coleção na Luz da Verdade 1, 2 e 3 de Abdruschin pela Ordem do Graal na Terra (1999)
>>> O Rapto do Garoto de Ouro Série Vaga-lume de Marcos Rey pela Atica
>>> Como Fazer Qualquer Pessoa Se Apaixonar por Você! de Leil Lowndes pela Record
>>> A Sombra do Vulcão de Malcom Lowry pela L&pm Pocket (2007)
>>> Manual de Direito Penal Parte Especial Vol II 27ª Edição de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (2010)
>>> Do Outro Mundo - Coleção Ana Maria Machado de Ana Maria Machado pela Ática (2002)
>>> Dicionário Jurídico Brasileiro Acquaviva - Edição de Luxo de Marcus Claudio Acquaviva pela Jurídica Brasileira (1995)
>>> A Tecnologia Acima do Bem e do Mal de José Rubens Salles Toledo pela Itafi (2016)
>>> Cómo Pintar a óleo de Jose Maria Parramon pela Parramón
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quinta-feira, 26/6/2003
Il duello
Julio Daio Borges

+ de 3100 Acessos




Digestivo nº 138 >>> Guimarães Rosa não era de falar de literatura. Quanto mais da sua. Por isso, sua correspondência é tão fundamental. Nela, o escritor se esparrama em preferências e em descrições do próprio ofício. Assim, no trato com seus tradutores (ele próprio assessorou os mais importantes), descobrimos a chave para alguns de seus métodos e temos mais claras algumas de suas intenções. A Nova Fronteira, aproveitando a homenagem que o Brasil prestou à Itália (na última Bienal do Livro do Rio), recuperou as cartas entre João Guimarães Rosa, autor de “Grande sertão: veredas” (1956), e seu tradutor italiano, Edoardo Bizzarri. E tão encantadora quanto as minúcias estilísticas, pelas quais os dois homens se desdobram (ao tentar verter “Corpo de baile” [ainda num único volume] para o idioma de Dante), é a troca de gentilezas, a cordialidade e a relação afetuosa que se desenvolve graças à admiração mútua. Guimarães Rosa afirmaria, muitas vezes, ser Bizzarri seu maior tradutor (para qualquer língua); e Bizzarri, por sua vez, reafirmaria a força poética e a riqueza verbal do universo rosiano. Nós, leitores, como espectadores, ficamos torcendo para que Bizzarri, depois de “Corpo de baile” (1956), assuma o desafio de encarar o “Grande sertão” (como ansiava Rosa, sem meias palavras); ao mesmo tempo, desejamos vivamente que Rosa aceite o convite de Bizzarri e venha até São Paulo proferir uma palestra sobre o autor da “Divina Comédia”. Um desejo se realiza; o outro, não. E os dois amantes das letras, embora transbordem na forma epistolar, nunca chegam a se encontrar. Em 8 anos. Guimarães Rosa vivia seus derradeiros dias, de autor consagrado (cheio de viagens e compromissos), enquanto mantinha seu posto no Itamaraty e gozava de uma saúde frágil. O enfarte o fulminaria em 1967, e a correspondência se interromperia para nunca mais. Mas ainda é tempo de ler as cartas – com todas as explicações para aquelas palavras e para aqueles termos difíceis, às vezes, impossíveis; os quais Guimarães Rosa jurava ter inventado sob uma espécie de transe mediúnico. Detestava a prosa cerebral. São páginas e mais páginas de um glossário composto ao sabor do momento, misturando umas quantas línguas, nomes científicos e rememorações mil. O volume é fino mas denso. De uma densidade que nos obriga a parar, e respirar. A saudade, no entanto, dos amigos, ao final, é grande. Terminamos contaminados pelos belos sentimentos dos dois.
>>> João Guimarães Rosa: correspondência com seu tradutor Edoardo Bizzarri - 207 págs. - Nova Fronteira
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Amores & Arte de Amar, de Ovídio (Artes)
02. Jeff Jarvis atacando Rupert Murdoch no Guardian (Imprensa)
03. 10 anos de Jornalistas da Web, em livro (Internet)
04. Revista Concerto em novo formato (Imprensa)
05. O que significa a Apple maior que o Google (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Englishtown Grammar Guide
Education First
Ef
(2011)



Design With Operational Amplifiers and Analog Integrated Circuits
Sergio Franco
Mcgraw Hill
(1988)



O Enigma dos Magos e das Profecias
Aloisio Santos
A Gazeta Maçônica
(1998)



Nazistas Entre Nós: a Trajetória dos Oficiais de Hitler .. - 1ª Edição
Marcos Guterman
Contexto
(2016)



Capital intelectual - A fórmula do sucesso
Maurício Sita
Literare Books International
(2012)



Animais dos Rios Iv - Enciclopédia da Vida Selvagem Larousse
Llum L. Pijoan ( Coord.)
Altaya
(1997)



Quando Vier o Amanhã a Jornada do Hoje
Peter Oconnor
Academia de Inteligencia
(2004)



Meio Ambiente do Trabalho-competencia da Justiça do Trabalho
Fernando José Cunha Belfort
Ltr
(2003)



Corporate Mobility in Latin America
Ricardo Souto Ferreira/elizabeth Kyoko Wada
Aleph
(2011)



Filosofia sem as Partes Chatas - 1ª Edição
Alain Stephen
Cultrix
(2017)





busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês