I’ve been up, I’ve been down | Digestivo Cultural

busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Samir Yazbek e Marici Salomão estão à frente do ciclo on-line “Pensando a dramaturgia hoje”
>>> Chá das Cinco com Literatura recebe Luís Fernando Amâncio
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Alfredo Bosi e a dignidade da crítica
>>> Pi, o [fi]lme, e o infinito no alfa
>>> Sábia, rubra, gorda (e gentil)
>>> Sol sem luz
>>> Letícia Sabatella #EuMaior
>>> Réquiem reloaded
>>> Fábio Porchat no Comedia em Pé
Mais Recentes
>>> A Senhora do Jogi de Sidney Sheldon pela Record (2010)
>>> A Palavra Perdida de Lino de Albergaria pela Atual (1991)
>>> O Desafio Amazonico de Samuel Murgel Branco pela Moderna (1989)
>>> Alguém Para Amar a Vida Inteira de Roniwalter Jatobá pela Positivo (2015)
>>> O Céu está caindo de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Alquimistas e Quimicos de Vanin Jose Atilio pela Moderna (1994)
>>> Trafico de Anjos de Luiz Puntel pela Atica (1992)
>>> O Plano Perfeito de Sidney Sheldon pela Record (2012)
>>> As Aventuras do Marujo Verde de Glaucia Lemos pela Atual (1990)
>>> Posso Te Dar Meu Coração? de Ganymedes José pela Moderna (1989)
>>> O Segredo do ídolo de Barro de Elisabeth Loibl pela Melhoramentos (1987)
>>> O Elefante Assassino de Pedro Bandeira pela Atual (1987)
>>> Lover in the rough de Elizabeth Lowell pela Avon books (1994)
>>> O Passado Esteve Aqui de Stella Carr pela Moderna (1988)
>>> O Guarani - de José de Alencar pela Reddiel (1997)
>>> A Maldição da Fabrica de José Americo de Lima pela Atual (1989)
>>> Vinda Com a Neve de Odette de Barros Mott pela Moderna (1982)
>>> Qual é a Minha de Marcia Leite pela Scipione (1990)
>>> Um Cadáver Ouve Rádio de Marcos Rey pela Atica (1984)
>>> O Caso da Ilha de Odette de Barros Mott pela Atual (1987)
>>> Literatura Comentada de Mário Quintana pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de José Lins do Rego pela Abril Educação (1982)
>>> Literatura Comentada de Graciliano Ramos pela Abril Educação (1981)
>>> Literatura Comentada de Camilo Castelo Branco pela Abril Educação (1980)
>>> Literatura Comentada de Antonio Callado pela Abril Educação (1982)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Segunda-feira, 8/3/2004
I’ve been up, I’ve been down
Julio Daio Borges

+ de 4000 Acessos




Digestivo nº 165 >>> Sting participou da melhor banda de rock dos anos 80 (o Police), saiu em carreira solo, amigou-se com a Anistia e o Raoni, fez-se jazzista, tocou ao lado dos maiores instrumentistas, gravou com Tom Jobim e com Jacques Morelembaum (com este no 11 de setembro), flertou com a “dance music” e com os orientalismos... o que mais faltava? Nada. Eis então que ele lança um disco depois que todas as possibilidades foram esgotadas: “Sacred Love” (2003). É uma espécie de “lounge” – que não incomoda mas que também não enche barriga. Há mais ou menos 10 anos, Sting emplacava seu grande divisor de águas: “Ten Summoner’s Tales”, onde registrava um bem-sucedido retorno à forma canção. Seus recursos de compositor estavam afinados com a sofisticação instrumental de seu conjunto. Depois daquele CD, Sting não precisava provar mais nada. Mas seguiu gravando. “Mercury Falling” (1996) é um filho menos inspirado de “Ten Summoner’s Tales”, e “Brand New Day” (1999) não compromete embora não acrescente nada. “Sacred Love” vem nesse ritmo descendente, quase como um fim de contrato de gravadora. Sting continua cantando bem e tirando alguns lampejos de gente como Dominic Miller (guitarra) e Vincent Colaiuta (bateria), mas nada que justifique uma entrada em estúdio, mais o desgaste de um novo álbum. As letras estão longas e ele nunca pareceu tão verborrágico (vide “Inside”). Fica difícil decorar e não há nada que aponte para um possível “hit” (apesar da aposta da indústria ser na dançante [e orientalizante] “Send Your Love”). A melhor: “Stolen Car”, com um clima de “Blade Runner” e Stephen King no início, mas que embarca numa “levada” convincente como o refrão. O resto são tiros a esmo: blues, blues-rock, eletrônico, sons de cítara e até coro gospel. Como salada, não chega a ser intragável (porque Sting nunca é). Em compensação, o mundo pop não vai sentir a menor falta de “Sacred Love”.
>>> Sacred Love - Sting - Universal
 
Julio Daio Borges
Editor

Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Jorge Rachid Bussab - Autografado
Jacob Klintowitz
Marprint
(1983)



A Aposta de Luiz Ignácio Maranhão Filho
Maria Conceição Pinto de Góes
Ufrj - Revan
(1999)



Hospital São Francisco de Assis e Minhas Circunstâncias
Helio Aguinaga
Não Identificada
(2011)



Rostos Invisíveis da Violência Armada
Tatiana Moura
7letras
(2007)



Ils Étaient de Leur Village, Tome 1
Gérard Boutet
Jean-cyrille Godefroy
(1999)



Verena Matzen - a Cerimônia do Encontro - Bilíngue
Jacob Klintowitz
Instituto Olga Kos
(2016)



Kick Boxing o Início de Tudo
Prof. Sergio A. Silva
Blue Star
(2001)



Fisica I Analise Dimensional Estatica
Terezinha Jocelen Masson
Pleides
(2003)



Desafios e Enigmas dos Tronos
Tim Dedopulos
Coquetel



Mentes Felizes
Drª Tereza Aubele - Dr Stan Wenck - Susan Reynolds
Universo dos Livros
(2018)





busca | avançada
70300 visitas/dia
2,6 milhões/mês