Inteligência artificial | Digestivo Cultural

busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Maíra Lour apresenta leitura dramática audiovisual “Insensatez'
>>> Exposição do MAB FAAP conta com novas obras
>>> Projeto Camerata Filarmônica Brasileira apresenta concerto comemorativo no dia 15 de maio em Indaiat
>>> Ação Urgente Contra a Fome - SescSP
>>> 3ª Mostra de Teatro de Heliópolis recebe inscrições até 31 de maio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Irredentismo
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Hitler, de Ian Kershaw, pela Companhia das Letras
>>> Livrarias em tempos modernos
>>> O que é a memética?
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Sobre o Jabá
>>> Você viveria sua vida de novo?
>>> Suicídio, parte 2
Mais Recentes
>>> Robot Dreams de Isaac Asimov pela Ace Books (1996)
>>> O Dramaturgo como Pensador de Eric Bentley pela Civilização Brasileira (1991)
>>> O Conclave de Malachi Martin pela Novo Tempo (1978)
>>> A Nova Ciência da Política de Eric Voegelin pela Universidade de Brasília (1982)
>>> Gestión del Conocimiento de Agustí Canals pela Gestión (2003)
>>> Brasil:a Arte de Hoje de Jocob Klintoeitz pela Sao Paulo (1983)
>>> A Conquista do Rio Grande Volume 1 de Jose Netto pela Rio Cell (1989)
>>> Rui Barbosa:tentativa de Compreenção e de Síntese de Luiz Delgado pela Jose Olympio (1945)
>>> T. E. C. Tecnologia Estelar Complementável de Marcelo Santana pela Anthology (2010)
>>> O Pensamento de Platão de Antonio Freire pela Livraria Cruz - Braga (1967)
>>> O Circo de Lucca de Zugliani Jorge Otávio pela Devir (2007)
>>> Far Eastern Ceramics - Marks and Decoration de Maria Penkala pela Mouton (1963)
>>> Tesoros del Arte Japones:periodo Edo(1615-1868) de Museo Fuji - Tokio pela Fundacion Juan March (1995)
>>> Ferrari-the Sports and Gran Turismo Cars de Warren W Fitzgerald / Richard F Merrittn e Outros pela Norton Company (1979)
>>> Cómo Evaluar y Mejorar Sus Capacidades Personales de Gareth Lewis pela Gestión (2000)
>>> Noções Básicas de Importação de João dos Santos Bizelli e Ricardo Barbosa pela Aduaneiras (1993)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Organizacion del Almacen de Michele Calimeri pela Hispano Europea (1961)
>>> Mestres do Marketing de Gene Walden pela Ediouro (1994)
>>> O Poder do Marketing Direto de Ray Jutkins pela Makron (1994)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Dinheiro Dinheiro Dinheiro... Como Ganhar Rapidamente de Mathias Gonzalez pela Ediouro (1987)
>>> Como Negociar Aumento de Salário de George M. Hartman pela Ediouro (1995)
>>> Karoshi o Jogo da Qualidade - Completo de Paulo Sandroni e Luis Alberto Sandroni pela Best Seller (1995)
>>> O Monstro Embaixo da Cama de Stan Davis pela Futura (1996)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Cinema

Sexta-feira, 8/10/2004
Inteligência artificial
Julio Daio Borges

+ de 1000 Acessos




Digestivo nº 196 >>> “Terminal” parece encomendado pelo Tio Sam. E deve ter sido mesmo. Mas, apesar disso (ou por causa disso), Steven Spielberg não agüentou e trocou a paranóia persecutória, num cenário de aeroporto, pela fantasia infantil (sua especialidade desde sempre). Não há praticamente razão para irmos ao cinema atrás dele – mas continuamos indo, por quê? Talvez por acertos eventuais, como em “Prenda-me se for capaz” (2002; “quadradinho” como todo Spielberg deve ser, mas, ao mesmo tempo, inteligente). E talvez por alguma fagulha, ou rastro, de Kubrick, como em “A.I.” (2001) e “Minority Report” (2002). E pela crença – um pouco fora de moda, é verdade – na figura do diretor. Estamos sempre sedentos por alguém com um mínimo de estilo. Por isso, o alívio anual (ou bienal) de Woody Allens, Cohens, Almodóvars e, mais recentemente, Tarantinos. Algo no entanto nos diz que o cinemão caminha para a esterilidade total – e que a última salvação vão ser os ciclos, as mostras e os festivais. O centro continua irradiando sua influência de forma bombástica, mas é na periferia que hoje respiramos e acreditamos na criatividade humana. “Terminal”, nesse ponto, é cruelmente divertido ou divertidamente cruel (você escolhe). A interpretação tanto pode ser: “a América (os EUA) se considera o topo do mundo, mas reconhece seus excessos e faz até pilhéria deles”; quanto pode ser: “nós, as nações de terceiro e quarto mundos, nunca vamos superar a imagem do espírito de porco [Tom Hanks], sob as ordens de um ‘ente’ superior, perdido(s) entre a saída do labirinto e alguns prêmios de consolação (e pensar que nós ainda compramos ingresso para nos ver refletidos em película...)”. Nem tanto à terra, nem tanto ao mar. Spielberg não seria tão ingênuo (ainda que seja um pouco) a ponto de lançar uma bala e não prever o tiro ricocheteando. Tampouco é assim tão brilhante para transmitir complexas mensagens dentro de uma fábula rasa e mixuruca. Talvez seja, mais uma vez, o nosso desejo intenso de que as coisas fossem mais elaboradas, e de que tivessem maior profundidade. Nos intervalos entre os grandes mestres (os grandes mesmo), vamos construindo teorias e querendo acreditar que a sétima arte é “melhor” do que é na verdade.
>>> Terminal
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A Democracia Traída, de Raymundo Faoro (Imprensa)
02. Revista Feed-se (Internet)
03. I make my own luck (Cinema)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Elogio da Leitura
Gabriel Perissé
Manole
(2006)



A Queda da Monarquia Francesa - Luis XVI, Maria Antonieta e O Barão de Breteuil
Munro Price
Record
(2007)



A Boca no Mundo - 100 Crônicas de Fernando Bonassi
Fernando Bonassi
Novo Século
(2007)



Comece Hoje a Esquentar a Relação
Joyce e Clifford Penner
Thomas Nelson Brasil
(2012)



Um Novo Espírito Santo Onde a Corrupção Veste Toga
Rogério Medeiros e Stenka do Amaral Calado
Capital Cultural
(2010)



Educação Em Astronomia
Rodolfo Langhi - Roberto Nardi
Escrituras
(2013)



Contar Com Deus - Estudos de Teologia Moral
Xavier Thevenot
Loyola
(2008)



Riso Rimado - Autografado
Oswaldo Gomes
Taba Cultural
(2006)



Fairy Tail Vol. 57
Hiro Mashima
Jbc
(2016)



Urbanidade e Violência
Dados Revista Ciências Sociais Nº 2 de 1988
Vértice
(1988)





busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês