Friends | Nemo Nox | Digestivo Cultural

busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 27/5/2003
Friends
Nemo Nox

+ de 4300 Acessos

O que transformou Friends numa das séries de maior sucesso da televisão? À primeira vista pode parecer somente mais um enlatado tratando de forma humorística de todos os mesmos temas que tantas outras séries já abordaram. Mas Friends abriga algumas características únicas, que podem ter sido os ingredientes mais importantes em seu grande êxito.

Talvez a maior vantagem competitiva de Friends tenha sido incorporar componentes de soap opera dentro da estrutura básica de sitcom.

Comparemos rapidamente com outra série de grande sucesso, Seinfeld. Os personagens desta última são basicamente os mesmos do primeiro ao último episódio. Suas situações profissionais e suas motivações pessoais não se alteraram significativamente durante os anos em que a série esteve no ar. Só o que muda é o tema de cada episódio, e grande parte da graça é ver como cada personagem reagirá frente à situação apresentada. Quem deixa de ver um capítulo não se perde na linha narrativa da série.

Em Friends, pelo contrário, há uma constante evolução. Como numa telenovela, e como na vida real, cada personagem vai se modificando, crescendo, ganhando novas motivações e novos objetivos. Assim, mais importante que o tema específico de cada episódio é o tema geral da série. Quem perde um capítulo pode não entender a reação de um personagem no capítulo seguinte.

Para uma estrutura dessas funcionar é preciso uma coleção de personagens interessante e variada. É por isso que Friends possui não um protagonista, ou um casal de protagonistas, mas seis personagens com peso semelhante, o que permite uma rotação contínua do foco de interesse e dá espaço para que algumas situações dramáticas amadureçam sem a necessidade constante de um determinado personagem em destaque.

O universo de tipos em Friends parece partir de estereótipos básicos. Rachel Green (interpretada por Jennifer Aniston, de Picture Perfect) é a riquinha mimada que resolve viver longe da família. Monica Geller (Courteney Cox, de Scream) é a controladora obsessiva. Phoebe Buffay (Lisa Kudrow, de The Opposite of Sex) é a descolada new age. Joey Tribbiani (Matt LeBlanc, de Lost in Space) é o ator de segunda categoria com cérebro em marcha lenta. Chandler Bing (Matthew Perry, de Three to Tango) é o inseguro que se refugia do mundo atrás de suas piadas. Ross Geller (David Schwimmer, de Six Days Seven Nights) é o geek que cresceu em tamanho mas continua sentimentalmente infantil.

O que poderia ser somente uma galeria de personagens aparentemente sem grandes atrativos se transforma numa coleção de criaturas interessantes e divertidas quando entram em cena os inúmeros relacionamentos de Friends.

Monica é irmã de Ross, que é apaixonado por Rachel, que é amiga dos tempos de colégio de Monica, que acaba namorando Chandler, que mora com Joey, que é vizinho de Monica, que já morou com Phoebe, que canta no bar Central Perk, cujo dono é apaixonado por Rachel, que largou o marido no altar e depois atrapalhou o casamento de Ross, que foi casado com uma lésbica com quem tem um filho, que já fez teste de ator com Joey, que já teve seu próprio apartamento mas voltou a morar com Chandler, que foi colega de escola de Ross, que tinha um macaquinho chamado Marcel...

E assim continua a infindável teia de associações que permite que cada personagem da série vá, pouquinho a pouquinho, evoluindo sob o olhar do espectador.

Ironicamente, um dos motivos que pode levar Friends ao fim (além, claro, do impasse econômico - cada um dos atores se transformou, graças à própria série, em astro ou estrela merecedor de cachês gigantescos) é precisamente uma das maiores razões de seu sucesso: a evolução dos personagens.

Quase todos acabaram chegando a relacionamentos estáveis, com algum dos seis ou com outros que se foram agregando ao núcleo central, e aos poucos o grupo de amigos original foi se transformando em grupo de casais, alterando a temática e o apelo do início.

Mas os fãs não têm do que se queixar. Fica uma invejável coleção de episódios contendo alguns dos melhores momentos da história das sitcoms.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Nemo Nox é editor do blog Por um Punhado de Pixels e do site Burburinho, onde este texto foi originalmente publicado.


Nemo Nox
Washington, 27/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Uma entrevista literária de Marta Barcellos
02. Isto não é um trote de Marta Barcellos
03. Esboços de uma biografia precoce não autorizada de Cassionei Niches Petry
04. O anoitecer da flor-da-lua de Elisa Andrade Buzzo
05. Política e Cidadania no Sertão do Brasil (parte 1) de Diogo Salles


Mais Nemo Nox
Mais Acessadas de Nemo Nox em 2003
01. The Matrix Reloaded - 20/5/2003
02. René Magritte - 7/5/2003
03. Jonny Quest - 15/1/2003
04. Trilogia Evil Dead - 13/5/2003
05. Jogos de escritores - 3/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O DEUS PRODIGO
TIMOTHY KELLER
THOMAS NELSON BRASIL
(2010)
R$ 24,90



CURSO MODERNO DE ADMISSÃO
CANDIDO DE OLIVEIRA/ SCIPIONE DI PIERRO NETO E OUT
INST. BRAS. EDIÇÕES PEDAGÓG
R$ 12,00



O PEQUENO ANJO
JAMES JENNINGS
CIRCULO DO LIVRO
R$ 8,00



A LINGUAGEM USUAL E A COMPOSIÇÃO
JULIO NOGUEIRA
FREITAS BASTOS
R$ 15,00



LIÇÕES E SUBVERSÕES
LUCIA SANTAELLA
LAZULI
(2009)
R$ 28,50



CHINA A TRADIÇÃO MILENAR
CRISTINA VIEIRA
ESCALA
R$ 6,00



EL SENTIMIENTO DE ETERNIDAD
GIÓGOS SEFÉRIS
CFE
(1992)
R$ 4,00



O MINOTAURO
MONTEIRO LOBATO
GLOBO
(2010)
R$ 20,00



MACHADO DE ASSIS TEATRO
JOEL PONTES
AGIR
(1960)
R$ 4,00



SERROTE PRETO - LAMPIÃO - SEUS SEQUAZES 2° EDIÇÃO
RODRIGUES DE CARVALHO
SEDEGRA
(1974)
R$ 130,00





busca | avançada
36970 visitas/dia
1,4 milhão/mês