Trilogia Evil Dead | Nemo Nox | Digestivo Cultural

busca | avançada
29267 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 13/5/2003
Trilogia Evil Dead
Nemo Nox

+ de 6500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Sam Raimi é hoje cineasta celebrado, com sucessos de crítica como A Simple Plan (Um Plano Simples) e sucessos de público como Spider-Man. Mas sua carreira começou com filmes modestíssimos, que se tornaram cultuados e superestimados. É a trilogia Evil Dead, citada muitas vezes mas raramente avaliada criticamente.

O primeiro filme da série, The Evil Dead (EUA, 1981), conta a história de cinco amigos (dois rapazes e três garotas) que vão passar o fim-de-semana numa cabana na floresta. Lá encontram um livro antigo e uma gravação com a tradução de inscrições aparentemente indecifráveis. Inadvertidamente, eles ouvem a fita e despertam demônios que vão se apossando dos seus corpos, um a um.

Mas, apesar do tema, não se trata de um filme de horror. Pelo contrário, a violência exagerada lembra os desenhos animados de Tex Avery e a encenação infantilizada sofre forte influência de The Three Stooges (Os Três Patetas).

Pouca coisa acontece além de uma longa seqüência de pessoas sendo possuídas por demônios, transformando-se em criaturas nojentas e em seguida sendo mutiladas e desmembradas pelo herói Ashley, interpretado de forma extremamente caricata por Bruce Campbell, amigo de infância de Sam Raimi. No final, ele é o único sobrevivente, mas como convém ao gênero, há uma última cena que deixa em aberto seu destino: teria sido também vítima dos demônios ou foi somente um movimento de câmara mais ousado para terminar o filme com algum impacto visual?

Evil Dead II: Dead by Dawn (EUA, 1987) é uma das continuações mais estranhas da história do cinema, por dois motivos. Primeiro, em vez de dar continuidade à história, simplesmente o filme reconta a mesma trama com variações mínimas. Segundo, desmente basicamente tudo o que foi contado no episódio anterior.

Numa rápida introdução, ficamos sabendo como Ashley, novamente interpretado por Bruce Campbell, foi parar naquela cabana. Mas agora em vez dos cinco amigos temos somente um casal, e vários detalhes importantes são revisados, como a forma que o livro dos mortos é encontrado e os demônios invocados, ou o momento em que descobrimos que a ponte foi destruída e os personagens estão isolados na cabana maldita.

Sozinho por alguns momentos, Ashley protagoniza várias cenas que poderiam ter saído diretamente de desenhos animados, especialmente quando sua mão é possuída por um demônio (e posteriormente amputada pelo próprio Ash).

Como o roteiro pouco mais é que uma sucessão de vítimas para serem esquaterjadas, logo temos a visita de mais quatro personagens (a filha do dono da cabana, seu noivo, um guia e sua namorada) e a descoberta de um quinto (a mãe enterrada no porão, que ressurge ao ser também possuída pelas criaturas do além).

Segue-se muito sangue, muita gosma, e muita violência cartunesca, com destaque para o olho demoníaco que sai voando de uma cabeça possuída para entrar diretamente na boca da mocinha que grita. Assim como no episódio anterior, este também termina com a história em aberto, com Ashley sendo transportado através de um túnel mágico até a Idade Média, onde tem que combater demônios novamente.

Quando Sam Raimi parecia finalmente ter deixado para trás os tempos de Evil Dead (que não deveria render mais que um curta-metragem mas que ele transformou em dois longas), e apesar de já contar com um filme interessante no currículo, Darkman, ele voltou à série com Army of Darkness: Evil Dead 3 (EUA, 1993).

Mais uma vez reconta o que aconteceu nos filmes anteriores, e mais uma vez a história é desmentida e modificada sem pudores, desde de detalhes sem importância (como a namorada de Ash, interpretada por Betsy Baker no primeiro filme, por Denise Bixler no segundo e por Bridget Fonda no terceiro) a acontecimentos fundamentais (em Dead by Dawn, Ash chega na Idade Média matando demônios e é logo celebrado como salvador, em Army of Darkness ele não encontra demônio algum e é capturado como inimigo).

Desta vez, a ação não se passa na cabana da floresta, mas em castelos e florestas do passado, onde Ashley vai combater os mesmos demônios invocados pelo mesmo livro mágico. O tom de comédia também é o mesmo, agora com mais citações a outros filmes. Temos a frase de The Day the Earth Stood Still (Klaatu barada nikto), o moinho e o monstro reconstruído de Frankenstein, os liliputianos de Gulliver's Travels, a criatura de duas cabeças de The Thing with Two Heads, os esqueletos animados de The 7th Voyage of Sinbad, e mais uma vez as palhaçadas de The Three Stooges.

Esse terceiro episódio ao menos oferece uma história que vai além da matança em série numa cabana isolada. O roteiro, porém, é ainda primário, e todo o interesse se centra novamente nos efeitos especiais, que, apesar de melhorarem a cada filme e serem muitas vezes engenhosos, freqüentemente revelam a falta de recursos mostrando os fios que movem os objetos e outras imperfeições.

Vista em conjunto, a trilogia Evil Dead é uma obra formalmente claudicante e narrativamente rarefeita. Pode servir como exemplo de filmes onde os realizadores se divertem mais na produção que os espectadores na exibição, mas não como modelo a ser seguido por quem quer contar uma boa história nas telas.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Nemo Nox é editor do blog Por um Punhado de Pixels e do site Burburinho, onde este texto foi originalmente publicado.


Nemo Nox
Washington, 13/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Abismo e a Riqueza da Coadjuvância de Duanne Ribeiro
02. A morte do homem comum de Jonas Lopes
03. Vamos por partes de Adriana Baggio
04. Documentado errado de Eduardo Carvalho
05. Arranjos e Trilhas de Nanda Rovere


Mais Nemo Nox
Mais Acessadas de Nemo Nox em 2003
01. The Matrix Reloaded - 20/5/2003
02. René Magritte - 7/5/2003
03. Jonny Quest - 15/1/2003
04. Trilogia Evil Dead - 13/5/2003
05. Jogos de escritores - 3/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/12/2003
21h13min
Desde que o vi o 1° Evil Dead, me encantei, não pelos efeitos, mas pela história e pelas idéias do autor, o 1° e o 2° são realmente clássicos do Terror. Neles, há o que realmente se quer em um filme de terror, há sangue, mortes, cenas de angústia e medo. Realmente nota 10!!!
[Leia outros Comentários de Márcio Marchesini]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMO VIVER COM UM INFARTO (E COMO EVITAR UM)
DR ROBERT A MILLER
ARTENOVA
(1974)
R$ 31,50
+ frete grátis



ACONSELHAMENTO DE ADULTOS: UMA ABORDAGEM EVOLUTIVA
WILLIAM H. VAN HOOSE & MAUREEN ROUSSET WORTH
ZAHAR
(1985)
R$ 18,00



IVANHOÉ
WALTER SCOTT
NOVA CULTURAL
(2003)
R$ 36,45
+ frete grátis



A VIDA ETERNA - COLEÇÃO DOIS MUNDOS
JACQUES ATTALI
LIVROS DO BRASIL
(1991)
R$ 54,78



GINSENG - A RAIZ QUE CURA TODOS OS MALES
NATHAN S. BENNET
GLOBAL
(1983)
R$ 10,00



O TRONCO DO IPÊ - COLEÇÃO JABUTI
JOSÉ DE ALENCAR
SARAIVA
(1972)
R$ 8,00



BUSINESS DICTIONARY: NOVO DICIONÁRIO DE TERMOS DE NEGÓCIOS
PAULO N. MIGLIAVACCA
EDICTA
(2000)
R$ 25,00



IN TOUCH - STUDENTS BOOK 2
OSCAR CASTRO / VICTORIA KIMBROUGH
LONGMAN
(1988)
R$ 15,00



O ÚLTIMO TANGO DE SALVADOR ALLENDE
ROBERTO AMPUERO
BENVIRÁ
(2014)
R$ 28,00



O RISO DOURADO DA VILA
JOÃO AMILCAR SALGADO
BELO HORIZONTE
(2003)
R$ 85,00





busca | avançada
29267 visitas/dia
1,1 milhão/mês