Diarios ja foram da corte | Eduardo Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
>>> Clássicos da Literatura Unesp ganha mais cinco títulos
>>> Bertolt Brecht inspira ÉPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Doutor Eugênio (1949-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Itinerário de leituras on-line
>>> Sobre caramujos e Omolu
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Comum como uma tela perfeita
>>> Revista Meio Digital
>>> Do jornalismo como performance
>>> A Nova Revista da Cultura
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> A Teoria Hipodérmica da Mídia
>>> Os prédios mais feios de SP
Mais Recentes
>>> Valsa Negra de Patrícia Melo pela Companhia das Letras (2003)
>>> Um Fio de Esperança de Nancy Guthrie pela Mundo Cristão (2008)
>>> Oblomov de Ivan Alexandrovitch Gotcharov pela Germinal (2001)
>>> O Apanhador no campo de centeio de Jorio Dauster; Antonio Rocha; Alvaro Alencar pela Do Autor (2012)
>>> Auto-sentimento de Norberto R. Keppe pela Proton (1977)
>>> A Nova Dieta Revolucionária do Dr. Atkins de Roberto Atkins pela Círculo do Livro (1972)
>>> Fé e Liberdade - O Pensamento Eco. da Escolástica de Alejandro A. Chafuen pela Lvm (2019)
>>> Serenidade e Paz pela Oração de Rafael Llano Cifuentes pela Do Autor (2002)
>>> Trilogia de Cinquenta tons de cinza. Vol.1 , Vol. 2 e Vol. 3 de E L James; E L James; Maria Carmelita Padua Dias pela Intrinseca (2012)
>>> Quando Tudo Não é o Bastante de Harold S. Kushner pela Nobel (1999)
>>> Febre de Enxofre de Bruno Ribeiro pela Penalux (2016)
>>> Grandes e novas Invenções de Não informado pela Knorr
>>> No Início - Contos de Adriana Griner pela Biblioteca Pública do Paraná (2014)
>>> Parâmetros Curriculares Nacionais - Vol 6 de Não informado pela Arte (1997)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Rocco (1988)
>>> Namoro blindado: O Seu Relacionamento à Prova De Coração Parido EAN: 9788578607654 de Renato & Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson (2016)
>>> Navegar é preciso de Anaína Amado; Ledonias Franco Garcia pela Atual Didáticos (1989)
>>> Conte-me seus sonhos de Sidney Sheldon pela Record (2000)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Globo/Klick (1997)
>>> O poder das afirmações positivas - Coleção Autoestima EAN: 9788575421680 de Louise Hay pela Sextante (2005)
>>> As Melhores Histórias de Princesas de Monica Rodrigues da Costa e Lidia Chaib Adaptação pela Publifolha (2000)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 24. Crônicas 3º Volume (1871 - 1878) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 23. Crônicas 2º Volume (1864 - 1867) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> A Viola Enluarada De Zequinha Piriri EAN: 9788526231771 de Rosana Rios pela Scipione (1997)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 22. Crônicas 1º Volume (1859 - 1863) de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 21. Contos Fluminenses II de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 20. Contos Fluminenses I de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 19. Teatro de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 18. Poesias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 17. Relíquias Da Casa Velha 2º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 16. Relíquias Da Casa Velha 1º Volume de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 15. Páginas Recolhidas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> O melhor de Hagar o horrível – vol. 3: 441 EAN: 9788525412195 de Dik Browne pela L&PM Pocket (2007)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 14. Várias Histórias de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Dicionário Ilustrado da Língua Portuguesa 7 volumes de Antenor Nascentes pela Bloch (1972)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 13. Histórias sem Datas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 12. Papeis avulsos de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 11. Histórias Românticas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 10. Histórias da Meia Noite de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 09. Memorial de Ayres de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 08. Esaú e Jacó de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Um Maço de Cordéis: Lições de Gente e de Bichos EAN: 9788594980922 de Gilberto Cardoso pela C j a (2019)
>>> Um Maço de Cordéis: Lições de Gente e de Bichos EAN: 9788594980922 de Gilberto Cardoso pela C j a (2019)
>>> Crise Do Marxismo E Irracionalismo Pós-Morderno EAN: 9788524904677 de João E Evangelista pela Cortez (2002)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 07. Dom Casmurro de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 06. Quincas Borba de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 05. Memórias Póstumas de Braz Cubas de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
>>> Meditacoes Para A Manha E Para A Noite de Louise L Hay pela Sextante (1999)
>>> Geração Geek Pokemon Go de Carlos Kataoka pela Geek (2016)
>>> Obras Completas De Machado De Assis - Vol 04. Yayá Garcia de Machado de Assis pela W. M. Jackson Inc. (1957)
COLUNAS

Segunda-feira, 16/7/2001
Diários já foram da corte
Eduardo Carvalho

+ de 4600 Acessos

Um hábito que parece que se perdeu é o de escrever diário. Todos os grandes homens, depois que um outro inventou a palavra escrita, reservaram um tempinho do dia para se debruçar na escrivaninha e escrever o que lhe viesse à cabeça, sem compromissos. O fato de se colocar no papel algumas impressões cotidianas, ao reduzir a velocidade do fluxo normal do pensamento, exige do escritor amador que repense questões, reveja comportamentos, alinhe raciocínios, organize idéias, articule pensamentos, recupere lembranças. É um exercício de auto-análise e, ao mesmo tempo, um alivio terapêutico, em que tudo, e especialmente falar mal dos outros, é permitido.

Hemingway, não bastasse a publicação de "Paris é uma festa", entregou curiosos hábitos de amigos íntimos e ilustres. Mencken, que já metia o pau nos outros abertamente, revelou em suas memórias um estilo admiravelmente leve. O relato que Darwin deixou da sua viagem pelo mundo à bordo do Beagle é ainda hoje motivo de inspiração para qualquer aventureiro. As anotações que Marco Polo fez, em suas viagens pelo Oriente, serviram-lhe depois para compor seu "Livro das Maravilhas", e ampliar os horizontes de toda uma civilização. Colombo escreveu, em sua vigem à América, um diário que G. Garcia Márquez chamaria, quinhentos anos depois, de "o primeiro livro de realismo fantástico". Eu provavelmente não deixarei nada de muito especial para os outros, mas deveria ao menos ter o direito de escrever o meu próprio diário. Mas quando, em uma grande papelaria, perguntei por um, fui apresentado a um caderninho com cadeado dourado e capa de pelúcia cor de rosa-choque. Virou coisa de menininha.

Qualidade total

A revista TPM anuncia que vai tratar mulher como até então parecia impossível em revistas femininas: sem considerá-las idiotas. Para quem não sabe, e também não desconfia de nada, Paulo Lima, seu editor, amigo de Luciano Huck, é um dos, digamos, idealizadores de personagens como Tiazinha e Feiticeira. Inovou. Em vez de apenas tratá-las como idiotas, fabrica-as como tal.

Apagão

Recomendado por um amigo para que lesse Peer Gynt, obra-prima de Ibsen, segundo Borges, fui procurá-lo em algumas das grandes livrarias paulistanas. Nada. Nem sombra. Aliás, sim, havia uma sombrinha, ou melhor, um raio de luz, projetado pela escritora Ana Maria Machado. Era uma adaptação para crianças.

Mas não encontrei nenhuma tradução do texto integral. Os adultos, pelo que se percebe dando uma olhada nos títulos dos livros destinados a eles, devem estar preocupados com outras coisas, mais importantes. Tipo ser feliz.

A história de Peer Gynt, o homem amoral, o mentiroso encantador, que sacrificou todos os princípios para se enriquecer traficando escravos e vendendo ídolos para selvagens, permanece tão atual quanto desconhecida.

Recorri, então, à Internet, e encomendei uma edição inglesa, que chegaria mais rápido à minha casa: 3 semanas. Carpeaux, austríaco, fez o que pôde para iluminar o debate literário aqui no Brasil, e chegou a escrever que "Peer Gynt continua a ser a imagem mais completa da natureza humana criada desde o Faust." Nada adianta. Continuamos no apagão.

A julgar pelas aparências...

Paulo Markun até que tentou, mas parece mesmo impossível extrair um discurso honesto de um político cubano. Segunda, 18/6, no Roda Viva, o presidente da Assembléia Nacional Cubana, Ricardo Alarcón, repetiu a mesma ladainha castrista de sempre. O curioso é que, entre tantas falácias, alguns detalhes supostamente irrelevantes passam batidos, como consenso. Um deles é, como reafirmou lá um jornalista do Valor, aparentemente bem intencionado mas mal informado, o de que o governo de Castro é amplamente apoiado pelo povo cubano. Parece, mas não é. Em Cuba, há um Comitê Revolucionário em cada quarteirão, literalmente, fiscalizando e controlando cuidadosamente, como na distopia de Orwell, a vida de seus habitantes. Qualquer opinião corriqueira pode ser suspeita de conspiração anti-revolucionária. Não é por outro motivo que 1 milhão de havaneros foram às ruas, no último 26 de julho, supostamente apoiar Fidel e marchar contra o bloqueio norte americano. Puro medo. Depois de uma hora e meia dizendo absurdos, como o de que há liberdade civil e de imprensa em Cuba, tem gente que ainda quer que acreditemos que comunista não come criancinhas. Pode até não comer. Mas que parece...

Estudantes paulistanas

Subindo a Augusta às 11 da noite, eu e um amigo. Por mais que pareça estranho, voltávamos da apresentação da Ute Lemper, no Cultura Artística. Para distrair, procurávamos alguma mulher na rua que não fosse prostituta. Estava frio. Duas meninas saem de um hotel e atravessam a rua na frente do nosso carro. Caras de estudante, cabelos de estudante, roupas de estudante. Até mochila de estudante. Meu amigo não teve dúvida: "Essas daí não, olha só, coitadinhas, acabaram de sair da faculdade. À esta hora, sozinhas na rua, num lugar destes... Podem estar perdidas." Fiquei quieto. Mal atravessaram a rua, o magrinho de bigode abriu a porta pra elas. Entraram, e subiram uma escada comprida, escura. Foram sumindo devagar, primeiro os cabelos, depois as mochilas, as calças, os sapatos. Desapareceram. Espero que estejam fazendo uma pesquisa para um trabalho de antropologia...


Eduardo Carvalho
São Paulo, 16/7/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As sobras completas, poesias de Jovino Machado de Jardel Dias Cavalcanti
02. Amores, truques e outras versões, de Alex Andrade de Jardel Dias Cavalcanti
03. 150 anos de Miguel de Unamuno de Celso A. Uequed Pitol
04. Barba ensopada de sangue: a ilusão é humana de Isabella Ypiranga Monteiro
05. Canção de som e fúria de Carina Destempero


Mais Eduardo Carvalho
Mais Acessadas de Eduardo Carvalho
01. Com a calcinha aparecendo - 6/5/2002
02. Festa na floresta - 9/9/2002
03. Hoje a festa é nossa - 23/9/2002
04. Preconceito invertido - 4/7/2003
05. Por que eu moro em São Paulo - 8/7/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PERIGOSA DESCOBERTA
GRAZIELA BOZANO HETZEL
FTD
(1995)
R$ 10,00



NÃO VI E NÃO GOSTEI O FENÔMENO DO PRECONCEITO
RENATO DA SILVA QUEIRO
MODERNA
(1996)
R$ 10,00



ANTROPOLÍTICA Nº 26 - 4154
DIVERSOS
UFF
(2009)
R$ 10,00



CARTA MENSAL JANEIRO Nº 742
ARNO WEHLING ET AL
CNC
(2017)
R$ 10,00



REVELAÇÃO DO RIO DE JANEIRO
EDUARDO TOURINHO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1964)
R$ 10,00



AS PRIMAVERAS (FAC-SIMILE DA EDIÇÃO ORIGINAL) - 3757
CASIMIRO DE ABREU
IMPRENSA NACIONAL
(1945)
R$ 10,00



RBS - DA VOZ DO POSTE À MULTIMÍDIA
LAURO SCHIRMER
L&PM
(2002)
R$ 10,00



DE MENINA PARA MENINA-COM CONSELHOS DE MARI
INÊS STANISIERE
LEITURA
(2005)
R$ 10,00



A DITADURA DOS CARTÉIS
KURT RUDOLF MIROW
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1978)
R$ 10,00



ORAÇÕES E SANTOS POPULARES
PE. PAULO JOSE SCOPEL
SALLES
(2005)
R$ 10,00





busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês