Do que se deseja | Carina Destempero | Digestivo Cultural

busca | avançada
27984 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Alaíde Costa e Toninho Horta mostram CD em parceria na CAIXA Cultural São Paulo
>>> O Julgamento Secreto de Joana D'Arc com Silmara Deon estreia no Teatro Oficina
>>> Novo app conecta, de graça, clientes a profissionais e prestadores de serviço
>>> Inauguração da Spazeo com show do Circuladô de Fulô - 28/07
>>> CONFRARIA COMEDY SE APRESENTA EM OSASCO, NESTE SÁBADO, TRAZENDO DIVERSOS CONVIDADOS
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Mão única
>>> A passos de peregrinos ll
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES IV
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Con(fusões)
>>> A passos de peregrinos l
>>> Ocaso
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES I
>>> Sob o mesmo teto
>>> O alívio das vias aéreas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Leis de incentivo e a publicação independente
>>> Amor e relacionamentos em tempos de transição
>>> O óbvio final de Belíssima
>>> Defesa dos Rótulos
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> 9º Búzios Jazz & Blues - I
>>> Sobre palavras mal ditas
>>> Animismo
>>> Detached
>>> Direita, volver!
Mais Recentes
>>> Uma breve história das guerras
>>> Uma breve história da ciência
>>> Uma breve história da riqueza
>>> Uma breve história do cristianismo
>>> Uma breve história do mundo - 3° edição
>>> Uma breve história do século XX - 2ª edição
>>> Uma saga na Toscana - Uma história de amor e conspiração
>>> Família é assim - Meu avô desparafusado
>>> Automação Brasileira de Tecnologia
>>> Time Riders 1
>>> Time Riders 2 - O dia do predador
>>> Time Riders 3 - O código do apocalipse
>>> Rangers - A origem 01 - O torneio de Gorlan
>>> Rangers - A origem 02 - A batalha de Hackham
>>> Meu Amicão - Uma policial de quatro patas
>>> Automação Aplicada - Descrição e Implementação de Sistemas Sequenciais com PLCs
>>> A política
>>> A Privataria Tucana
>>> Relações internacionais do Brasil - de Vagas a Lula
>>> As cidades e as Serras
>>> O diário de Anne Frank
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas
>>> Cândido ou o otimismo
>>> O Primo Basílio
>>> Vidas Secas
>>> Mímesis e modernidade: Formas das sombras ( 2ª ed.atualizada)
>>> Guia ilustrado da Guitarra - Manual de conhecimentos e reparos essenciais
>>> Como Desenhar em Perspectiva
>>> Quando a Onça Ganhou suas Pintas (Como Virou Onça Pintada)
>>> A Cidade Perdida
>>> Cultura da Terra
>>> Mar de Histórias: Antologia do Conto Mundial, 10: Após-Guerra
>>> Mar de Histórias: Antologia do Conto Mundial, 9: Tempo de Crise
>>> Mar de Histórias: Antologia do Conto Mundial, 8: no Limiar do Século XX
>>> O Peregrino: a História da Viagem de um Cristão à Cidade Celestial
>>> Dom Casmurro
>>> O Futuro da Liderança
>>> Lolita
>>> A Bolsa ou a Vida - a dívida externa do Terceiro Mundo: As finanças contra os povos
>>> A arte de produzir efeito sem causa
>>> O menino do pijama listrado
>>> O príncipe
>>> A miséria do mundo
>>> A República de Weimar (1919 - 1933)
>>> Las Venas Abiertas de America Latina
>>> O símbolo perdido
>>> Cuidando de quem cuida: capacitação dos profissionais da rede socioassistencial do Distrito Federal
>>> A hora da estrela
>>> Comércio internacional e desenvolvimento - do GATT à OMC: discurso e prática
>>> Mundo Perdido
COLUNAS

Terça-feira, 30/7/2013
Do que se deseja
Carina Destempero

+ de 2200 Acessos

Sabe o que é o pior? É que eu nem queria nada com ele, você lembra. Pra mim era uma brincadeira, diversão. Mas ele insistia, ia fazendo tudo certinho, bonitinho, flores, palavras de amor. Aí quando vi eu já estava achando que tudo era um sonho lindo e ele o amor da minha vida. Tudo pra ele agora fazer isso.

Ela abria e fechava a boca repetidas vezes, como se quisesse falar e calar ao mesmo tempo. Até que perguntei o que ele tinha feito.

Ele tem outra. Ou outras, na verdade. A Paula veio me falar toda cheia de dedos que tinha visto ele com uma mulher na rua, e que pareciam mais do que amigos. Quando perguntei, ele nem negou! Disse que gostava de mim, mas que ficar só comigo não o satisfazia mais. Comecei a perguntar sobre as vezes em que ele dizia sair com amigos do trabalho, e ele riu, dizendo que é claro que eu sabia que ele estava com outra! Ele RIU!

E ela chorou. Chorava com raiva e não parava de falar, de contar detalhes e relatar as frases dele palavra por palavra.

Você acredita que ele ainda teve a coragem de dizer que esperava que nós pudessemos ser amigos? Que queria que eu me encontrasse e fosse feliz? Quando ouvi ele falando essas coisas tive vontade de morrer, ou de matá-lo, sei lá. Mas, tudo acabou, e continuamos vivos.

Acabou como, você ainda não contou nada do que você disse.

Ah, não sei o que disse, acho que não falei nada. É estranho, não lembro direito das minhas frases, mas as dele parecem grudadas nos meus ouvidos. Da minha parte só lembro da raiva. Muita, muita raiva.

Raiva do quê?

Do que ele disse. Dele. De mim. De mim, muita raiva de mim, como eu pude não ver o que estava acontecendo?

Nesse momento ela calou, e as lágrimas ruidosas também calaram, um choro silencioso agora escorria para a almofada que já tinha uma enorme mancha d´água. Até que percebi que ela tinha parado de chorar, e olhava fixamente pro quadro em frente ao divã, que mostra uma construção em andamento. Perguntei suavemente no que ela pensava.

Em mil coisas, não sei dizer.

É importante que você tente, mesmo que não saiba organizar, mesmo que ache que é besteira.

Não acho que é besteira, é que é muita coisa. Estou pensando em como eu não percebi, em como acho agora que me esforcei pra não ver que as coisas não iam bem. Em como fingia não me importar com o que me importa, em como vivia no passado, ou no futuro, sempre em um momento da relação que não era o presente. E olhei pra esse quadro e pensei em como uma relação está sempre em construção, e em como abandonamos a nossa, não só ele, eu também, por preguiça, falta de vontade, sei lá o porquê, mas o fato é que abandonamos. Acho que minha maior raiva é disso, fiquei irritada com ele, com o que ele disse, com o que ele fez, mas no fundo o usei como desculpa pra não admitir que eu não falei muita coisa, não fiz muita coisa, e agora é tarde demais.

Pra voltar no tempo e fazer diferente é sempre tarde demais, falei, mas pra viver, enquanto ainda se está vivo, não. É sempre tempo de dar um passo pro lado, de retomar a construção, talvez não a dessa relação, mas a sua. O preço é alto, mudar, assumir responsabilidades, é algo muito custoso. Mas, como você já percebeu, não fazer nada pode custar ainda mais.

Eu venho aqui esperando que você concorde comigo, que diga que ele é um canalha, que a culpa é toda dele, e aí quando vejo estou falando da minha responsabilidade, e você não só não a ameniza como ainda aumenta! Você nunca vai me dar o que eu espero?

Tomara que não. Mas, se tivermos sorte, vou te ajudar a descobrir o que você deseja.

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado no blog Confraria dos Trouxas.


Carina Destempero
Rio de Janeiro, 30/7/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana de Heloisa Pait
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait
03. Notas confessionais de um angustiado (VI) de Cassionei Niches Petry
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker de Heloisa Pait
05. Super-heróis ou vilões? de Cassionei Niches Petry


Mais Carina Destempero
Mais Acessadas de Carina Destempero em 2013
01. Senhorita K - 16/12/2013
02. O amor é um jogo que ganha quem se perde - 18/11/2013
03. Garanto que você não vai gostar - 6/5/2013
04. Canção de som e fúria - 14/10/2013
05. Não era pra ser assim - 11/7/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




URINOTERAPIA (XIXI) - O MEIO DE SAÚDE MAIS EXTRAORDINÁRIO QUE EXISTE
DR CHRISTIAN TAL SCHALLER E OUTROS
MADRAS
(1999)
R$ 26,00



AGUAPÉS - CAPA DURA - 1ª EDIÇÃO
JHUMPA LAHIRI
FOLHA DE SÃO PAULO
(2017)
R$ 12,00



POESIA BRASILEIRA - ROMANTISMO
CASTRO ALVES / OUTROS
ÁTICA
(2006)
R$ 10,00



O GOLPE DO ANIVERSARIANTE
WALCYR CARRASCO
ÁTICA
(2011)
R$ 17,00



OS PADRES DA IGREJA - VOLUME 1 - SÉCULOS I-IV
JACQUES LIÉBAERT
LOYOLA
(2013)
R$ 24,40



ESPIRITUALIDADE UMA APLICAÇÃO PRÁTICA
LUCIA DE B BIDART
GRYPHUS
(2003)
R$ 12,00



EU EXISTO ASSIM
BANDEIRA DE MELLO
LG
(2009)
R$ 33,00



NO CORAÇÃO DA TEMPESTADE, VOL. 1
WILL EISNER
ABRIL JOVEM
(1996)
R$ 39,00



IMORTAL - HISTÓRIAS DE AMOR ETERNO
ORG: P. C. CAST
PLANETA
(2010)
R$ 12,00



O CLIENTE
JOHN GRISHAM
ROCCO
(1994)
R$ 8,90





busca | avançada
27984 visitas/dia
1,1 milhão/mês