Um recomeço? | Paulo Polzonoff Jr | Digestivo Cultural

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Dos Embargos de Terceiro de José Horácio Cintra G. Pereira pela Atlas (2002)
>>> Entre o Amor e a Guerra de Zíbia Gasparetto pela Espaço Vida e Consciência (1994)
>>> Consciência Moral e Consciência Jurídica de Mariá A. Brochado Ferreira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain pela Abril cultural (1971)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (1994)
>>> Appassionata de Kurt Pahlen pela Melhoramentos (1991)
>>> As Pupilas do Senhor Reitor de Júlio Diniz pela Três (1984)
>>> Antibióticos na Clínica Diária de Almir L. Fonseca pela Epuc (1991)
>>> A 25a Hora de Virgil Gheorghiu pela Círculo do livro (1976)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela Rocco (1999)
>>> Sociedade e Ambiente: território, desigualdade e vulnerabilidade de Zoraide Souza Pessoa (Org.) pela Livraria da Física (2014)
>>> Elementos de Direito Administrativo de Celso Antonio Bandeira de Mello pela Revista dos Tribunais (1987)
>>> Odisséia de Homero - adaptação: Roberto Lacerda pela Scipione (1997)
>>> Constituição e Hermenêutica Constitucional de Márcio Augusto Vasconcelos Diniz pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> A Outra Face do Poder Judiciário: Decisões Inovadoras ...(Encadernado) de Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka pela Del Rey/ Bhz.: Esc. P. Direito (2005)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Globo (2008)
>>> Administração do Tempo: Um Programa de Autodesenvolvimento de Luiz Augusto Costacurta Junqueira pela Cop Ed. (1992)
>>> O Enigma de Rama de Arthur C. Clarke pela Nova Fronteira (1991)
>>> Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico de Friedrich Engels pela Moraes Editores
>>> Sonhos de Robô de Isaac Asimov pela Record (1991)
>>> Verdadeiras Profecias de A.w. tozer pela Clássicos (2001)
>>> O Homem Eterno de G. K. Chesterton pela Mundo Cristão (2010)
>>> O Observador no Escritório de Carlos Drummond de Andrade pela Record (1985)
>>> Verde e Branco Ano 1 Número 1 Abril de 2004 de Eduardo Del Claro (Jornalista) pela Sulminas (2004)
>>> Verde e Branco Ano 1 Número 1 Abril de 2004 de Eduardo Del Claro (Jornalista) pela Sulminas (2019)
>>> Nada a perder volume 3 de Edir Macedo pela Planeta (2014)
>>> Campinas no início do século 20: percursos do olhar de Suzana Barretto Ribeiro pela Annablume (2006)
>>> A privataria tucana de Amaury Ribeiro Júnior pela Geração Editorial (2012)
>>> Campinas: visões de sua história de Lília Inés Zanotti de Medrano pela Átomo (2006)
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
COLUNAS

Quarta-feira, 18/7/2001
Um recomeço?
Paulo Polzonoff Jr

+ de 2100 Acessos

A Partilha, de Daniel Filho, que estreou em todo o País, é um alento para o cinema brasileiro. Não. O filme não vai render ao Brasil nenhum Oscar; tampouco é sinal do surgimento de uma nova corrente estética que se espalhará pelo mundo, tornando o nosso cinema referência mundial. A Partilha é um alento porque decreta, de uma vez por todas, o fim da Embrafilme.

O projeto de uma indústria de cinema nacional é acalentada há várias décadas. Desde a Atlântida, célebre produtora de comédias (por que diria chanchadas se são comédias?), até Mazzaropi, passando pela Renato Aragão Filmes, o cinema nacional sempre precisou de iniciativas idealistas e pouco consistentes financeiramente, que pudessem arcar com os grandes riscos do negócio. Com a entrada da Rede Globo no ramo, uma luz se acendeu, afinal, a coorporação de Roberto Marinho é grande e bem-estruturada o suficiente para, logo de início, tornar-se uma referência em se tratando de cinema.

Além disso, conta já com o know-how das novelas, que as demais produtoras e os esparsos insistem em ignorar.

O resultado é o que se vê na tela, neste A Partilha. Um roteiro bem escrito, baseado numa peça de sucesso de Miguel Falabella, é o ponto de partida. Sucesso entre a classe-média, a peça da "Loura Má" encanta pela simplicidade e pelas piadas simples mas eficientes. A direção de Daniel Filho, calcada em anos à frente de novelas e minisséries, é segura, sem grandes prodígios, o que é uma qualidade e tanto em se tratando do pretensioso cinema nacional.

Defeitos, A Partilha os têm, claro, mas nada que não possa ser consertado se o projeto de Daniel Filho de fazer 24 filmes por ano. Uma produção constante é essencial para quem quer fazer cinema de qualidade.

Aos defeitos, porém. A escolha do elenco do filme é um problema que começa com o nome que encabeça a lista: Glória Pires. Criada em TV, Glória Pires tem certos cacoetes que são insuportáveis em cinema. Um jeito de mexer no cabelo, de olhar para a câmera, de dar a deixa para as atrizes com quem contracena. O mesmo acontece, com Lilia Cabral, mas em menor escala.

Paloma Duarte foi, por certo, a melhor escolha em se tratando de atriz jovem (Daniel Filho poderia ter optado, por exemplo, por Gabriela Duarte ou uma atriz de Malhação), mas não convence em seu papel. Ela é a única que leva a sério seu papel - numa comédia descarada. O contraponto para o desempenho das três atrizes é Andréa Beltrão. A ex-TV Pirata não decepciona nos momentos de maior comedicidade do filme. Na verdade, ela é a essência deste A Partilha, com seu personagem montado à base de estereótipos que são desmontados frame após frame.

Outro defeito do filme, irritante, por sinal, é a direção musical. Talvez porque voltado essencialmente a uma classe-média urbana, Nelson Motta, diretor musical, não quis apostar em uma trilha mais interessante, optando pela bossa-novinha de sempre, misturada com a indefectível Gal Costa, com disco music (talvez os melhores momentos musicais do filme). Talvez para se redimir, Nelson Motta ministrou doses homeopáticas do vozeirão de Ed Motta já no fim do filme.

De que fala este A Partilha? O filme começa com a morte da mãe de quatro filhas, uma completamente diferente da outra, que começam a se digladiar em torno da herança. Não que o dinheiro seja muito; na verdade, mesmo que a herança fosse somente dez reais o efeito dramático seria o mesmo. Tendo de se reunir para discutirem os bens materias, contudo, as quatro irmãs começam a dar valor a bens sentimentais que o tempo e a distância desvalorizaram. Falando assim até parece um filme de Bergman, mas Falabella dá à situação um tom cômico com sua marca registrada. Piadas com alguns palavrões, personagens caricaturais, carismáticos, um pouco de melodrama para adoçar. Disso é feito A Partilha.

Acertou quem pensou que o parágrafo anterior nos remete, de certo modo, à linguagem de novela. Este é um ponto nevrálgico do filme. Afinal, há quem defenda uma separação brusca entre a linguagem cinematográfica e a de novela, a que os brasileiros estão mais acostumados. Outros defendem uma interferência da novela no cinema. O que se percebe em A Partilha é um convívio pacífico entre as duas linguagem. Deu certo.

Há tempos venho insistindo: cinema é, antes de mais nada, entretenimento. É preciso cem Titanics para que surja um Cidadão Kane. Vê se aprende, Tizuka; vê se aprende, Severo; vê se aprende, Back; vê se aprende Bianchi.


Paulo Polzonoff Jr
Rio de Janeiro, 18/7/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Aquarius, quebrando as expectativas de Guilherme Carvalhal
02. 2005: Diário de bordo de Gian Danton
03. 50 Anos de Preguiça e Insubmissão de Rafael Lima


Mais Paulo Polzonoff Jr
Mais Acessadas de Paulo Polzonoff Jr em 2001
01. Transei com minha mãe, matei meu pai - 17/10/2001
02. Está Consumado - 14/4/2001
03. A mentira crítica e literária de Umberto Eco - 24/10/2001
04. Reflexões a respeito de uma poça d´água - 19/12/2001
05. Um repórter a mil calorias por dia* - 5/9/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PODER INFINITO DA SUA MENTE
LAURO TREVISAN
DA MENTE
(1980)
R$ 33,50



A EMOÇÃO E A REGRA
DOMENICO DE MASI
JOSÉ OLYMPIO
(1997)
R$ 12,00



OURO VERDE E CAFÉ QUENTE
CARLOS FRANCOVIG
AUTOR (PR)
(2005)
R$ 26,28



UM JUS COGENS INDERROGÁVEL
SILVANO MACEDO GALVÃO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 293,00



COMO LIDAR COM AS SEITAS
PE. PAULO H. GOZZI
PAULINAS
(1989)
R$ 4,98



SUPERAVENTURAS MARVEL Nº 110 - AGOSTO / 91 - JUSTICEIRO VOCÊ MATA,...
EDITORA ABRIL JOVEM
ABRIL
(1991)
R$ 7,00



REFLEXOS DO BAILE - 4ª ED.
ANTONIO CALLADO
PAZ E TERRA
(1977)
R$ 9,99



NO LIMIAR DAS RAÇAS: SÍLVIO ROMERO (1870-1914)
CÍCERO JOÃO DA COSTA FILHO
TODAS AS MUSAS
(2017)
R$ 39,40
+ frete grátis



TERRA SEM MAL
JACY DO PRADO BARBOSA NETO
PLANETA
(2013)
R$ 17,00



INFERNO NA TORRE
RICHARD MARTIN STERN
RECORD
(1973)
R$ 10,00
+ frete grátis





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês