Sambas da Joyce | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 10/6/2004
Sambas da Joyce
Adriana Baggio

+ de 4600 Acessos

Certa vez, em Dublin, Joyce passava pela frente de um teatro quando viu o cartaz anunciando o espetáculo Songs of Joyce. A primeira reação de Joyce, a cantora, foi pensar: "ué, eu não estou com nenhum show em Dublin". A segunda, menos egocêntrica, foi aproveitar a coincidência para compor uma das músicas de Banda Maluca (Biscoito Fino, 2004), lançado com sucesso na Europa, Japão e, assim como o melhor da música internacional, só agora no Brasil.

O Samba do Joyce, inspirado nessa anedota irlandesa, diz muito da Joyce. Primeiro, pela incongruência de um samba surgir da fria, cinzenta e conservadora Dublin. Mas quando se conhece a trajetória de Joyce isso é fácil de entender. Quase uma zé-ninguém no Brasil, apesar de ter começado a carreira em 1968 e de ter músicas gravadas por nomes famosos da MPB, como Milton Nascimento, no exterior a carioca do Posto 6 é musa cool da cena jazz. As músicas de Joyce agradam corpos tatuados e penas críticas da Europa, Japão e Estados Unidos; animam as festas de jovens de piercing e cabelos verdes, que não param de dançar ao som das misturas de samba e jazz. No Brasil, provavelmente provocariam bocejos. É uma das cantoras mais festejadas pelo mundo afora - menos no seu país de origem. Sem falsa modéstia, a explicação da própria Joyce para não fazer sucesso no Brasil é a péssima qualidade da música brasileira. Um verso de Samba do Joyce alfineta: "Samba, samba, o século vinte é só muamba". E quem vai dizer que ela está errada?

Uma outra qualidade da compositora, também presente em Samba do Joyce, é o talento com o verbo. Uma riminha bem interessante, "nega" com "Degas", dá pistas de uma afinidade da Joyce com o escritor irlandês homônimo. Enquanto foi fazer jornalismo porque a família não gostava muito da idéia dela cantora, ele foi incentivado a largar a literatura e tornar-se cantor - dizem que cantava muito bem. Quem sabe o que daria? O bom é que a afinidade acabou dando samba.

Banda Maluca é o retrato da experiência musical de Joyce. A vida em contato com diferentes culturas está refletida na "maluquice" da banda, que recebeu esse adjetivo por acolher paulista, carioca, baiano e até norueguês. As músicas também mostram uma Joyce que, em vez de se dividir entre o seu país e o estrangeiro, soube aproveitar o melhor de dois mundos. O repertório mistura samba, jazz, música francesa, um xote e até uma versão de "A hard day's night", de que eu não gostei, talvez pela rudeza do meu ouvido não perceber traços da canção original.

O interessante é que a versão da música dos Beatles é fruto dos momentos em que a cantora se diz mais inspirada e produtiva: nas passagens de som com sua banda, antes dos shows. No relax de tocar sem platéia e sem compromisso, só para que a técnica afine o que precisa ser afinado, surgem muitas surpresas. Já ouvi dizer que os Paralamas tocavam Led Zeppelin e que o Roupa Nova passava som tocando Deep Purple. Não dá pra imaginar...

Apesar de fazer sucesso com uma música sofisticada e elitista como o jazz, de ser cria assumida da bossa-nova, não se pode acusar Joyce de não dialogar com o popular, com a cultura brasileira. Um dos pontos que mais me chamou a atenção no repertório de Banda Maluca é que, ao lado da influência européia de músicas como "Pause, bitte", "L'etang" e "Mal em Paris", há espaço para temas e ritmos tipicamente nossos. O xote "Chuvisco", por exemplo, é uma gracinha! Começa doce, alegre, como um chuvisco à tarde para acompanhar um cochilo ou um café com bolinhos, mas termina tenso e pesado como a chuva caudalosa e traiçoeira, que carrega o que está pela frente. A letra acompanha o ritmo e a gente percebe que os temas bucólicos disfarçam um trabalho requintado de forma e conteúdo.

Não se espera encontrar essa temática singela, pé-no-chão, depois de se saber do sucesso e da credibilidade que a música de Joyce tem no cenário mundial. Mas é muito gratificante saber que um artista brasileiro faz sucesso no exterior com uma música que não é "étnica", como muitas das manifestações nacionais que despertam o interesse dos estrangeiros. O trabalho da cantora é admirado pelos críticos; ela toca com músicos de jazz conceituadíssimos; compõe em inglês; tem discos lançados no exterior que fazem o maior sucesso e que, provavelmente, nunca vão chegar aos ouvidos dos brasileiros - só se forem importados. No entanto, ela fala de coisas muito brasileiras em suas músicas. Apesar de longe de casa, sua temática é do berço, da terra onde nasceu. Um paradoxo para o qual a cantora tem uma explicação: quando você olha o país de longe, vê sempre um Brasil ideal.

Para ir além





Adriana Baggio
Curitiba, 10/6/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. E Foram Felizes Para Sempre de Marilia Mota Silva
02. Um software em crise existencial de Wellington Machado
03. Educação divertida e diversão educativa de Carla Ceres
04. Realeza de Daniel Bushatsky
05. Preguiça culinária de Adriana Carvalho


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2004
01. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
02. Do que as mulheres não gostam - 14/10/2004
03. O pagode das cervejas - 18/3/2004
04. Publicidade gay: razão ou sensibilidade? - 19/8/2004
05. ¡Qué mala es la gente! - 27/5/2004


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MAQUIAVEL O PRINCIPE E POLITICOS ESCRITOS
MAQUIAVEL
FOLHA DE SÃO PAULO
(2010)
R$ 15,00



MEMORIAS DE ADRIANO - BIBLIOTECA MODERNA - OS MAIORES NOMES DA LITERATURA
MARGUERITE YOURCENAR
RECORD
(1974)
R$ 7,00



QUEM NÃO SE COMUNICA SE TRUMBICA
FLORINDA BARBOSA E LUCIA RITO
GLOBO
(1996)
R$ 35,10
+ frete grátis



ARTE E PERCEPÇÃO VISUAL: UMA PSICOLOGIA DA VISÃO CRIADORA - 2ª ED
RUDOLF ARNHEIM
CENGAGE
(2017)
R$ 143,95



CITYSCAPES OF BOSTON
ROBERT CAMPBELL E PETER VANDERWARKER
DAVISON BOOKS
(1992)
R$ 50,00



AMAZÔNIA - THE CHALLENGE OF THE TROPICS
JARBAS G. PASSARINHO
PRIMOR
(1971)
R$ 8,01



TOMÁS SÁNCHEZ
EDWARD SULLIVAN / GABRIEL GARCIA MARQUEZ
SKIRA
(2003)
R$ 160,00



BOM SENSO E BOM GOSTO (A QUESTÃO COIMBRÃ)
ALBERTO FERREIRA / MARIA JOSÉ MARINHO
IMPRENSA NACIONAL
(1866)
R$ 20,00



MAIS VALE O QUE SE APRENDE QUE O QUE TE ENSINAM
ALEX PERISCINOTO E ISABEL TELLES
BEST SELLER
(1985)
R$ 4,00



O DIÁRIO
ANNE FRANK
RECORD
(2003)
R$ 15,00





busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês