Você já beijou o seu monitor hoje? | Nicole Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 1/8/2001
Você já beijou o seu monitor hoje?
Nicole Lima

+ de 8500 Acessos

A primeira vez foi há mais de um ano, durou uns dois meses (o que nesses casos já é muito) entre e-mails, links, attachments e webcards atrás da moita.

Na época eu ainda não tinha internet em casa, nem número de ICQ. Matava aula na faculdade pra ir ler meus e-mails nos computadores do laboratório de informática. E quando teve greve então? Quase morri, liguei até pra telefônica de São Paulo pra descobrir o telefone do moçoilo. Achei que nem ia ter telefone nenhum. Mas tinha.

Tava lá o número e o nome completo, tudo anotadinho em cima da mesa num pedaço de papel. E aquele papel olhava pra mim de um jeito. Demorei dois dias pensando se devia ligar ou não, claro que não devia. (Primeira lição: nunca telefone sem ter sido devidamente autorizado a fazê-lo. A menos que queira fazer papel de psicopata neurótico-obsessivo.)

Liguei.

Só pela voz de susto da minha alma gêmea percebi que sucedeu o meu nada criativo "adivinha quem tá falando?". Aliás, o teste da voz. Muito sério esse negócio de voz. Você fica semanas lendo e-mails mudos, mas eles têm uma voz, uma entonação. Eles têm... uma alma!

Depois de um tempo, não se sabe bem porque, os e-mails foram sumindo. Acabou. É estranho acabar um amor que você nem sabe pra quem deu. Imagina, mas não sabe. Meio que nem bola de sorvete que cai no chão, antes de você dar uma lambida. Também não é difícil achar outro.

Tem gente que manda até o mesmo e-mail recortado e colado para várias pessoas para ver no que dá. Deve ser algum tipo de egolatria mal resolvida. Diga-me que sou lindo, legal e interessante. Vai saber. Site é o que não falta: parperfeito, loveconnection, almas gêmeas, eutofacinho. (Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu.)

Há várias maneiras de saber se você foi contaminado por esse love bug: o primeiro indício é uma súbita alegria seguida de gargalhadas solitárias frente a tela do computador. Computador que, aliás, pode ser qualquer um. (Nunca deixe um desses seres apaixonados se aproximar do seu. A menos que você não tenha amor pela sua cadeira.)

Apaixonados virtuais têm uma atração inexplicável por computadores de qualquer espécie, desde que equipados de um modem e uma linha telefônica. E a clássica pergunta: "Posso ver meu e-mail?". Só que repetida a cada meia hora. (O pobre diabo não consegue ficar mais de duas horas afastado de um computador sem ter suadeira, taquicardia, dor nas juntas, falta de ar e coceira na mão.)

O segundo indício são as freqüentes visitas a sites de cartões virtuais. O que, na verdade, não passa de uma desculpa muito da sem vergonha para disfarçar todo o tempo que se perde com a florzinha do ICQ: verdinha, verdinha, esperando aquele outro infeliz aparecer. Espera, espera, espera (ir ao banheiro depois da meia-noite só em caso de vida ou morte). Até que "toc, toc, toc".

Caso brabo mesmo é quando o fulano conquista uma pastinha amarela só pra ele no seu Outlook. Passa uma semana, duas, aí um belo dia aparece uma mensagem com um attachment em JPG. (Oi tum, tum, bate coração, oi, tum, coração pode bater...) Vai lá, abre. Aí você amplia, amplia, amplia, amplia. E vai despindo aquela figura bidimensional, pixel por pixel. Olha meio de lado, vira ao contrário, inverte, muda a cor. Não adianta, você não vai conseguir ver quem é aquela cabeluda (ou será um cabeludo?) atrás da imagem. Depois de alguns dias, aquela foto já conta com uma sua recortada e sobreposta, só pra ver como vocês ficam juntinhos. (UTI para os que colocam a foto do amor virtual de fundo de tela.)

A média de um viciado em amores virtuais é de cinco a seis casos de amor eterno por ano. E o mais engraçado é que eles sempre marcam seus primeiros encontros nos mesmos cafés. É só olhar aquele cara que sempre chega e fica lá sentando no fundo, com um livro na mão, a capa bem visível, olhando sem parar para a porta. (Não sei por que, mas deve ter alguma coisa a ver com o fato de que os homens sempre vão a um motel conhecido quando estão com uma namorada nova.)

Tem gente que vai buscar na rodoviária (hábito não recomendado para pacientes cardíacos). Ano passado, no dia dos namorados, eu ganhei um cartão virtual, um coração todo costuradinho do BOL. Este ano fui ao vivo, deixei de ser um holograma. Fui com o coração na mão, cara lavada e chuteira velha. (Mamãe estou indo pra São Paulo, tchibum, rodoviária, aqui vou eu... Amor virtual bom é aquele que não mora na sua cidade. Qualquer coisa mais próxima é realidade excessiva.)

Dessa vez é sério, vou casar e tudo (será que tem marcha nupcial em MP3?). Vou encontrar meu loiro tatuado de 1,93 de altura. O amor da minha vida.

(Eu tento me levar a sério, me aprumar, mas vício é vício.)

Para ir além
SpamZine


Nicole Lima
Curitiba, 1/8/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Gente Esquisita ou Miopia de Daniel Bushatsky
02. Algumas leituras marcantes de 2007 de Luis Eduardo Matta
03. Vale ouvir de Rafael Fernandes
04. Festival U Can Move It de Camila Martucheli
05. O melhor de 2005 em 2006 de Vitor Nuzzi


Mais Nicole Lima
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MULHERES PODEROSAS NO TRABALHO
ELIZABETH HILTS
ACADEMIA
(2013)
R$ 14,00



EDUCAÇÃO E REFLEXÃO
PIERRE FURTER
VOZES
(1976)
R$ 4,00



A SENHA DO MUNDO
CARLOS DRUMOND DE ANDRADE
RECORD
(2006)
R$ 25,90



BALA NA AGULHA
MARCELO RUBENS PAIVA
SICILIANO
(1992)
R$ 15,00



A VIAGEM
JOÃO DUARTE DE CASTRO
EME
(1989)
R$ 7,90



IMPOSTO DE RENDA DAS EMPRESAS
HIROMI HIGUCHI FÁBIO HIROSHI HIGUCHI ET AL...
ATLAS
(2011)
R$ 15,00



PRINCÍPIOS DA FÍSICA 2
PEDRO CARLOS DE OLIVEIRA

(1993)
R$ 5,50



HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA, VOLUME 1
SÍLVIO CASTRO
ALFA
(1999)
R$ 26,40



O ORÁCULO DE JAMAIS
ALTINO DO TOJAL
INCM
(2005)
R$ 44,70



HOMEM-ARANHA SUPERIOR - SEM SAÍDA! - JUNTE-SE À REVOLUÇÃO - Nº 006
MARVEL
PANINI COMICS
(2014)
R$ 10,00





busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês