Escrever bem e os 10 Mandamentos | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
38609 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FÁBRICA DE CALCINHA, PARTE DA MOSTRA CENA SUL, EM TRÊS APRESENTAÇÕES NO SESC BELENZINHO
>>> PROJETO MÚSICA EXTREMA, DO SESC BELENZINHO, TRAZ EM MARÇO A BANDA REFFUGO, DE DEATH METAL
>>> ESPETÁCULO DE DANÇA ENCHENTE, COM DIREÇÃO DE FLAVIA PINHEIRO (PE), EM TRÊS DATAS NO SESC BELENZINHO
>>> EU e MÁRIO DE ANDRADE Livro de Anotações para Viagens Reais e Imagin
>>> Atom Pink Floyd Tribute retorna ao Rio Grande do Sul
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
>>> Um olhar sobre Múcio Teixeira
>>> Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras
Colunistas
Últimos Posts
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
Últimos Posts
>>> Latitudes & Longitudes
>>> Renovação
>>> Prefácio
>>> Descendências
>>> Nem mais nem menos
>>> Profissão de fé
>>> Direções da véspera III
>>> Mirante
>>> In Albis
>>> Mulher, ontem hoje e sempre
Blogueiros
Mais Recentes
>>> LONDON LONDRES
>>> Lembrando a Tribo
>>> A grama do vizinho
>>> Um raio-x da violência
>>> Sobre o som e a fúria
>>> Comic Riffs
>>> Picasso versus Duchamp e a crise da arte atual
>>> Meu assassino
>>> Circo Roda Brasil
>>> Música do acaso
Mais Recentes
>>> To The Lighthouse de Virgina Woolf pela Wordsworth Classics (2002)
>>> La Jeune Fille À La Perle de Tracy Chevalier pela Folio (2014)
>>> Le Petit Nicolas de Sempé-Goscinny pela Folio (2012)
>>> The Rise of The Islamic State de Patrick Cockburn pela Verso (2015)
>>> The Wonderful Wizard of Oz de L. Frank Baum pela Barnes & Noble (2005)
>>> Gaudy Night de Dorothy L. Sayers pela Bourbon St Books (2012)
>>> The Murder of Roger Ackroyd de Agatha Christie pela Harper (2002)
>>> Dicionário de Sonhos de Zolar pela Nova Era (2009)
>>> PODEROSA - Diário de Uma Garota que Tinha O Mundo Na Mão de Sérgio Klein pela Fundamento (2006)
>>> Um Plano Simples de Scott Smith pela Companhia das Letras (1993)
>>> Ruth Rocha Conta a Odisséia de Ruth Rocha pela Companhia das Letrinhas (2006)
>>> Ruth Rocha Conta a Ilíada de Ruth Rocha pela Companhia das Letrinhas (2007)
>>> As Aventuras do Barão de Munchausen de Rudolf Erich Raspe pela Iluminuras (2010)
>>> O Fantástico Mistério de Feiurinha de Pedro Bandeira pela FTD (1999)
>>> Lisbela e o Prisioneiro de Osman Lins pela Planeta (2015)
>>> Mídia - Propaganda Política e Manipulação de Noam Chomsky pela Martins Fontes (2013)
>>> Reinações de Narizinho de Monteiro Lobato pela Brasiliense (2001)
>>> Caçadas de Pedrinho de Monteiro Lobato pela Brasiliense (2004)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca (2007)
>>> As Brumas de Avalon 4 - O Prisioneiro da Árvore de Marion Zimmer Bradley pela Imago (2008)
>>> As Brumas de Avalon 3 - O Gamo-Rei de Marion Zimmer Bradley pela Imago (2008)
>>> As Brumas de Avalon 2 - A Grande Rainha de Marion Zimmer Bradley pela Imago (2008)
>>> As Brumas de Avalon 1 - A Senhora da Magia de Marion Zimmer Bradley pela Imago (2008)
>>> Política Para Não Ser Idiota de Mario Sergio Cortella, R. Janine Ribeiro pela Papirus (2007)
>>> Penelope de Marilyn Kaye pela Galera Record (2008)
>>> Memórias de Um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela BestBolso (2010)
>>> Eu Sou Malala de Malala Yousafzai pela Companhia das Letras (2013)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Martin Claret (2010)
>>> Histórias Brasileiras de Verão de Luis Fernando Verissimo pela Objetiva (2002)
>>> Minhas Memórias de Lobato de Luciana Sandroni pela Companhia das Letrinhas (2002)
>>> Diários do Vampiro - O Confronto de L. J. Smith pela Galera Record (2012)
>>> Diários do Vampiro - O Despertar de L. J. Smith pela Galera Record (2009)
>>> Minha Luta 1 - A Morte do Pai de Karl Ove Knausgaard pela Relógio D'Água (2009)
>>> Viagem ao Centro da Terra de Júlio Verne pela L&PM POCKET (2006)
>>> A Volta ao Mundo em 80 Dias de Júlio Verne pela L&PM POCKET (2005)
>>> As Mil e Uma Noites (Adaptação) de Julieta de Godoy Ladeira pela Scipione (2000)
>>> A Biblioteca Mágica de Bibbi Bokken de Jostein Gaarder & Klaus Hagerup pela Companhia das Letras (2003)
>>> Doidinho de José Lins do Rego pela José Olympio (2007)
>>> Til de José de Alencar pela Martin Claret (2012)
>>> A Viuvinha de José de Alencar pela FTD (1999)
>>> Iracema de José de Alencar pela Árica (2009)
>>> Capitães da Areia de Jorge Amado pela Companhia das Letras (2008)
>>> O Gênio do Crime de João Carlos Marinho pela Global (2009)
>>> O Gênio do Crime de João Carlos Marinho pela Global (2005)
>>> Segredos da Minha Vida em Hollywood de Jen Calonita pela Galera Record (2007)
>>> O Apanhador no Campo de Centeio de J. D. Salinger pela Editora do Autor
>>> Ilusões Perdidas de Honoré Balzac pela Companhia das Letras (2002)
>>> Minha Vida de Menina de Helena Morley pela Companhia das Letras (2005)
>>> O Mistério das Bolas de Gude de Gilberto Dimenstein pela Papirus (2006)
>>> Pietr, O Letão de Georges Simenon pela Companhia das Letras (2014)
COLUNAS

Quarta-feira, 20/7/2005
Escrever bem e os 10 Mandamentos
Ana Elisa Ribeiro

+ de 9300 Acessos

Os 10 Mandamentos foram escritos numa coisa parecida com uma lápide, um naco de pedra marcado com ranhuras e cheio de regras sobre coisas que o bom senso poderia apitar, caso o indivíduo tivesse uns impulsos meio endiabrados.

Não matar e não desejar a mulher do próximo podem soar como versões da mesma coisa em determinados contextos. E nas páginas policiais de certos jornais, soam como o mais irreversível e contíguo dos cotidianos.

Se eu começo a escrever um texto e meto nele cinco ou seis expressões dessas que lembram os 10 Mandamentos, fico tão óbvia que passo a cometer um "pecado" do texto: o clichê. Os "erros" de ortografia ou de concordância podem ser ajeitados com um dicionário ou com uma consultinha numa gramática. As regências mais singulares podem ser consultadas numa obra específica, mas o clichê, não. O clichê é na cabeça do escritor. Alguns temas, tanto em vestibulares, quanto em concursos, e até mesmo nas escolas, são lançados para "pegar" quem não consegue produzir linhas menos óbvias. Falar de tabagismo e de aborto é tão difícil quanto falar de miudezas do genoma humano. Não é a linguagem técnica que oferece mil e um obstáculos ao entendimento e à produção, mas também a coisa comum pode colocar pedras no caminho. Como escrever um texto sobre fumantes e cigarros sem cair nas tarjinhas do Ministério da Saúde? Como falar em álcool sem dizer que embebeda e faz mal ao fígado? Como defender ou condenar o aborto sem falar em bebês despedaçados? É tão difícil que muita gente não consegue passar da segunda linha do caderno de pautas.

Mas existe originalidade? O que é ser criativo afinal? Bom, certos vultos da lingüística, assim como pensadores da linguagem e do discurso, defendem que todo discurso é permeado por outros discursos, portanto, a rigor, é impossível dizer algo que ninguém nunca disse ou tirar da cartola coelhos novidadeiros. O que existe é certa maneira peculiar de dispor palavras e idéias de forma a dar passos à frente, na direção de uma coisa que poderia ser o estilo. Também outros pensadores dizem que todos nós estamos incluídos demais na linguagem e nos discursos e, portanto, estamos contaminados das idéias, ideologias e até mesmo de uma forma de pensar que nos faz membros de uma comunidade. Assim é que ser original é ficção. E nem mesmo a ficção é original.

Mas entre ser criativo (no sentido possível) e ser plagiador há muita diferença. Plágio é quando alguém se apropria do texto do outro sem sinalizar ou sem deixar claro que aquilo é citação, apropriação, comentário, paráfrase. Plágio é evidente, assim como cópia. Já a citação e os outros meios de trazer à minha voz o discurso dos outros são iluminados com aspas, ironia ou um tom diferente do meu, mas que me ajuda a construir o meu discurso.

Entre os profissionais que trabalham com a linguagem são conhecidos e reconhecidos os jornalistas, os publicitários e os redatores em geral por fazerem uso dela de maneira a torná-la pública, dada a interações e a julgamentos. Os políticos são conhecidos pelo uso persuasivo e mentiroso dos argumentos e das explicações. Os poetas e escritores em geral são conhecidos pelo uso estético da mesma argamassa. Já os professores, especialmente os de Português, trabalham com a linguagem sobre a linguagem, são metalingüísticos por tradição, embora nem sempre o devessem ser. E os advogados também entram nesta categoria das pessoas que fazem da língua e da linguagem verbal seu ganha-pão e seu objeto de estudo.

E assim como vêem seus objetos de estudo por lentes específicas, cada um desses profissionais tem uma compreensão sobre o que seja escrever bem. É claro que um escritor, quando lê um romance, tem uma experiência estética que pode ser avaliada pela forma imprevisível com que o colega fez uso de certas expressões e da maneira pessoalíssima como expôs certas idéias. Já o jornalista quer ser claro na maneira de narrar, quer ser ajustado às necessidades de um espaço que lhe é imposto. O publicitário quer resultados bem-delimitados sobre o texto que produz. O professor de Português quer que os alunos saibam taxonomias sobre língua. E os advogados podem querer mostrar que escrevem difícil como se isso fosse garantia de que escrever bem.

Mas o que é escrever bem? É escrever com jeito alguma coisa que soe compreensível e relativamente clara para o leitor que se tinha em vista. Escrever é saber para quem, para quê, fazer um "como" pertinente e equilibrar conhecimento partilhado e alguma novidade. Não são necessárias expressões em latim ou sintaxes do século 18. Uma boa dose de bom senso também cabe nesta situação. Quem escreveu os 10 Mandamentos sabia direitinho como redigir uma lista de normas que funcionasse para muitas pessoas. Quem sabe coubesse mais um item: Não complicar quando se pode ser simples e eficiente.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 20/7/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Raio-X do imperialismo de Celso A. Uequed Pitol
02. A poesia afiada de Thais Guimarães de Jardel Dias Cavalcanti
03. A noite em que Usain Bolt ignorou nosso Vinicius de Elisa Andrade Buzzo
04. Bitcoin, smart contracts, blockchain, cryptoassets de Julio Daio Borges
05. A proposta libertária de Gian Danton


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2005
01. Mapa da sala de aula - 6/4/2005
02. Para gostar de ler? - 24/8/2005
03. Publicar um livro pode ser uma encrenca - 28/12/2005
04. Escrever bem e os 10 Mandamentos - 20/7/2005
05. Sexo pra quê? Texto onde? - 26/1/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ROMANCES DE HOJE - A ALGARAVIA
JORGE SEMPRUN
NOVA FRONTEIRA
(1983)
R$ 7,00



TEILHARD DE CHARDIN: SINTETIZAÇÃO E JUSTIFICATIVA FILOSÓFICA
PE. AFONSO RODRIGUES, S. J.
FACULDADE DE FILOSOFIA N. S. MEDIANEIRA
(1970)
R$ 12,00



PARTICIPAÇÃO POPULAR NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
ALESSANDRA OBARA SOARES DA SILVA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 272,00



VAMOS FESTEJAR O DIVINO?
VANDERLEY DE PAULA ROCHA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



E O VERBO SE FEZ CANTO
EURIDIANA SILVA SOUZA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



O FANTASMA DE CANTERVILLE E OUTROS CONTOS
OSCAR WILDE
EDIOURO
R$ 6,00



ENTRE NÓS
LYGIA BARBIÉRE AMARAL
PETIT
(2013)
R$ 19,00



POR QUE AS PESSOAS SOFREM?
JAMES JONES
ABBA PRESS
(1997)
R$ 16,00



A ECONOMIA DA CADEIA PRODUTIVA DO LIVRO
FABIO SÁ EARP E GEORGE KORNIS
BNDES
(2005)
R$ 19,28



AS FONTES DO DIVÓRCIO
MONS. FRANCISCO DE SALES BRASIL
PAULINAS
(1953)
R$ 15,00





busca | avançada
38609 visitas/dia
1,1 milhão/mês