Minha história com Cássia Eller | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A literatura feminina de Adélia Prado
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
>>> A insustentável leveza da poesia de Sérgio Alcides
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Millôr e eu
>>> As armas e os barões
>>> Quem é o autor de um filme?
>>> Cyrano de Bergerac
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Marco Lisboa na Globonews
Mais Recentes
>>> Nós que Amávamos tanto a Revolução de Dany Cohn Bendit pela Brasiliense (1987)
>>> Sterminateli! de Christian Bernadac pela Fratelli Melita (1991)
>>> Hitler Il Figlio della Germania de Antonio Spinosa pela Oscar Mondadori (1993)
>>> Operación Peter Pan ( Un caso de Guerra Psicológica Contra Cuba) de Ramón Torreira Crespo pela Política /La Habana (2000)
>>> Quem Sequestrou Marta Jane? de Isabel Vieira pela Ftd (1995)
>>> Mort Du Général de Gaulle de Jean Mauriac pela Grasset (1972)
>>> O Burrinho Pedrês de João Guimarães Rosa pela Nova Fronteira (1995)
>>> Ao vivo do campo de batalha ( Do Vietnã a Bagdá 35 anos em Zonas de Combate de Todo o Mundo) de Peter Arnett pela Rocco (1994)
>>> Os Cavalos da República de Moacyr Scliar pela Ática (2005)
>>> Os Últimos 100 dias (02 Volumes) de John Toland pela Nova Fronteira (1966)
>>> Dengos e Carrancas de um Pasto de Jorge Miguel Marinho pela Ftd (1987)
>>> Le Crime L' Invasion Irakienne Du Koweit de Badr Jassem Al Yacoub pela C.i.k.c (1991)
>>> Éramos Seis de Maria José Dupre pela Ática (1991)
>>> A Menina que fez a América de Ilka Brunhilde Laurito pela Ftd (2002)
>>> Praga Quando os Tanques Avançaram de Pierre Desgraupes pela Expressão e Cultura (1968)
>>> O Feijão e o Sonho de Orígenes Lessa pela Ática (1991)
>>> Pearl Harbor de A. J. Barker pela Renes (1973)
>>> A Flauta do Sótão de Lúcia Pimentel Góes pela Paulus (2003)
>>> USA Em Perigo de General Curtis E. Le May e Major General Dale O. Smith pela Biblioteca do Exército (1970)
>>> Sem Medo de Viver de Zíbia Gasparetto pela Vida&consciência (2007)
>>> Caça ao Cometa Halley de Roberto Pereira de Andrade pela Traco (1985)
>>> Psicanálise da maternidade: uma crítica a Freud a partir da mulher e de Nancy Chodorow pela Rosa dos Tempos (1999)
>>> O Preço de Uma Vida de Cristiane Krumenauer pela Novo Século (2018)
>>> Revista de História USP Nº 60 1964 de Diversos Autores pela Ffcl/USP (1964)
>>> Kerata O Colecionador de Cérebros de Juliana R. S. Duarte pela Novo Século (2017)
>>> Revista de História USP Nº 50 1962 de Diversos Autores pela Ffcl/USP (1962)
>>> Crepúsculo - Livro de Anotações da Diretora de Catherine Hardwicke pela Intrínseca Ltda (2019)
>>> Os Sertões de Euclides da Cunha pela Nova Cultural (2002)
>>> O Segredo e outras Histórias de Descoberta de Lygia Fagundes Tellles pela Companhia das Letras (2012)
>>> Uma Família Feliz de David Safier pela Planeta (2013)
>>> O Enigma da Pirâmide de Alan Arnold pela Circulo do Livro (1985)
>>> Adrienne Mesurat (prefáco Inédito) de Julien Green/ (Nota): Josué Montello pela Nova Fronteira (1983)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes) de Jonathan Swift/ Trad.: Octavio Mendes Cajado pela Globo/ RJ. (1987)
>>> O Mochileiro das Galáxias - Volume 5 - Praticamente Inofensiva de Douglas Adams pela Arqueiro (2010)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes)/ Encadernado de Jonathan Swift/ Prefácio: Almir Andrade pela W. M. Jackson (1970)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes)/ Encadernado de Jonathan Swift/ Prefácio: Almir Andrade pela W. M. Jackson (1970)
>>> Amigos de Todo Mundo: Romance de um Jardim Zoológico de Felix Salten/ Ilustrações: Philipp Arlen pela Edições Melhoramentos (1952)
>>> Lembranças Obscuras de um Judeu Polonês Nascido na França de Pierre Goldman pela Francisco Alves (1984)
>>> El Hombre de Annie Besant pela Glem (1957)
>>> Lo Spiritismo Nella Umanita de Casimiro Bonfiglioli pela Bologna (1888)
>>> Santo Tomas de Aquino de P.J. Weber pela Poblet (1949)
>>> Rumo a Consciência Cómica de Pagina de ouro de Ramasar pela Curitiba (1969)
>>> Reencarnação de J.H. Brennan pela O Hemus
>>> Rezando com o Evangelho de Pe. Lucas Caravina pela Paulus (1997)
>>> Resolução para o novo milênio de Jennifer Fox pela Ediouro (1999)
>>> Los Maestros sus Retratos Meditaciones y Graficos de David Anrias pela Horus (1973)
>>> La Doctrina Cosmica de Dion Fortune pela Luis Cárcamo (1981)
>>> Remotos Cânticos de Belém de Wallace Leal V. Rodrigues pela O Clarim (1986)
>>> Reencarnação e Imortalidade de Alexandra David Neel pela Ibrasa (1989)
>>> Raios de Luz Espiritual de Francisco Valdomiro Lorenz pela Pensamento
COLUNAS

Quarta-feira, 10/5/2006
Minha história com Cássia Eller
Ana Elisa Ribeiro

+ de 3700 Acessos

Comprei um disco com muitas músicas curiosas. Não nego que a voz quase masculina me deixava fã. Era impressionante ouvir aquele timbre que confundia meus irmãos. Todos podiam jurar que aquele vozeirão não era de mulher. E eu dizia que era. Uma desconhecida, exceto pelo deslize de gravar "Por enquanto", da Legião Urbana. Foi assim que eu conheci Cássia Eller. Foi querendo cantar como um Renato Russo mais melódico.

Mas depois conheci Cássia num disco de vinil de capa clara. "Sonhei que viajava com você" era estupenda para ouvir alto. Aquele crescendo que a banda fazia dava arrepios na coluna. "Rubens" era engraçada, e era ali que eu percebia que Cássia Eller não era apenas uma voz diferente, era quase atriz, interpretava como se o palco fosse do teatro. As vozes não eram apenas canto, eram proeza. E eu me divertia, além de me deleitar, com o que ela fazia com seus personagens. Regravando Rita Lee e Beatles, Cássia apresentava o repertório de uma musa meio macho. E era assim mesmo.

Fui ao show de Cássia com Edson Cordeiro. Num estacionamento de shopping, sequer havia platéia para eles. Fiquei no gargarejo, logo embaixo do palco onde ela pisava pesado. Via Cássia bem de perto e me certificava de que aquilo tudo era mesmo cantado por ela. Cada faixa dos discos soava perfeita ao vivo. Edson Cordeiro se conformava em ter voz de estúdio e em pedir desculpas por não conseguir fazer ao vivo o que vendia no discão.

Até que Cássia caiu no gosto popular. Não digo isso no mau sentido. Com alguma orientação, ela passou a gravar canções que soavam menos estranhas a quem também ouvia rock dos anos 80. Passou a experimentar letras menos embaraçosas para uma camada média de população, passou a dispor de Nando Reis para produzir hits quase instantâneos. Entrou na era MTV, fez clipes, virou musa de capa de CD, contra tudo o que ela inspirava.

Cássia gravou pelo menos dois acústicos, com as mesmas canções de ninar que eu evitava ouvir. Ainda assim, nunca lhe dediquei uma greve ou mesmo jamais a reprovei em meu microsystem. Cássia sempre esteve lá, principalmente quando a descobri cantando que teria saudades da Maria.

Cássia foi minha trilha de muitas manhãs, quando eu queria decorar sua versão da paranóia delirante. Também a ajudei a interpretar as cartas do correio e a fiz cantar repetidas vezes, na mesma manhã, a música da nêga que deveria se casar com o capeta. "Ai, meu Deus, ai meu Deus o que é que há?"

Cássia foi minha trilha de estudos, música de cantar no banho, imitação, trilha de trabalho. Certa vez, numa escola, enquanto os alunos cumpriam uma tarefa de oficina de livro, cantavam, espontaneamente, canções de Cássia. E eu ficava feliz.

Canto junto com ela até hoje, seja nos CDs solo, seja quando regravou o Rei, Roberto Carlos, quando cantou para a Cuca, do Sítio do Picapau Amarelo, quando esteve sambista ou roqueira. Cássia pôde fazer tudo isso porque parecia várias.

Até que um dia Cássia morreu. Vi a notícia nos jornais. Esperei a noite para confirmar a tragédia. Era uma tragédia. Se Cássia morresse, nunca mais eu teria dela um CD novo para conhecer. Teria que me contentar com os existentes. E Cássia morrera mesmo.

Eu chorei. Eu entrei no banheiro e lamentei que Cássia tivesse morrido. Jovem, genial e tão insatisfeita. Chorei e, em homenagem, ouvi os CDs de Cássia naquele dia. Cantei com ela várias canções, como se naquele momento pudéssemos fazer um dueto. E fiquei esperando o segundo sol chegar para realinhar as órbitas dos planetas.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 10/5/2006


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2006
01. Digite seu nome no Google - 8/3/2006
02. Eu não uso brincos - 27/9/2006
03. Não quero encontrar você no Orkut - 8/2/2006
04. Poesia para os ouvidos e futebol de perebas - 7/6/2006
05. Ex-míope ou ficção científica? - 20/12/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PLATAFORMA 1365: AS URNAS CONTRA O IMPÉRIO
LUIZ ALFREDO SALOMÃO
NÃO IDENTIFICADA
R$ 22,00



CARTAS DE MEU SILÊNCIO
LUIZ GOULART
INDEPENDENTE
R$ 4,00



EU SOU UM SER EMOCIONAL
EVE ENSLER; ALEX BOULWARE; JULIA NEIVA
GRYPHUS
(2015)
R$ 14,00



MATEI JEOVÁ...
ALDEONOFF POVOAS
RIDENDO
(1952)
R$ 70,00



COMENTARIOS E ALTERAÇOES DA LEI DO INQUILINATO
LUIZ ANTONIO SCAVONE JUNIOR
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2009)
R$ 12,00



NANÁ
ÉMILE ZOLA
ABRIL CULTURAL
(1985)
R$ 10,00



FORAS DA LEI BARULHENTOS - BOLHAS RAIVOSAS E ALGUMAS ...
CLEMENT FREUD, JON SCIESZKA
COSAC NAIFY
(2012)
R$ 40,00



ELETROSTÁTICA
MARCOS HERVÉ PINHEIRO
ADN
R$ 29,30
+ frete grátis



O VENDEDOR TOTAL
ROBERTO PROCÓPIO
LIVRUS
(2012)
R$ 18,00



ERA DOS EXTREMOS - O BREVE SÉCULO XX - 1914-1991
ERIC HOBSBAWM
COMPANHIA DAS LETRAS
(1995)
R$ 45,00





busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês