Um quarto com vista | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 17/11/2006
Um quarto com vista
Rafael Rodrigues

+ de 6900 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Poucos são os escritores que conseguem êxito tanto na literatura de ficção quanto na crítica literária. Na maioria dos casos, o sujeito é excelente ficcionista, mas um crítico mediano. Ou vice-versa.

(Existem ainda aqueles que não são bons nem em uma área nem em outra, mas isso não vem ao caso agora.)

O britânico E.M. Forster (Edward Morgan) encontra-se no grupo da minoria. Pois, além de ser reconhecido como um grande estudioso da literatura (seu Aspectos do romance é constantemente indicado para iniciantes e estudiosos de crítica literária), é também autor de admiráveis obras de ficção.

Uma delas é o romance Um quarto com vista (Globo, 2006, 228 págs.), recentemente reeditado no Brasil. Escrito em 1903 e publicado em 1908, Um quarto com vista é um livro corajoso. Isso porque, de certa forma, é um incentivador do feminismo.

Antes de continuar com a resenha, um parêntese. O movimento feminista não é fruto do século XX ou XIX, apesar de ter tomado corpo nestes séculos. O início do movimento vem de muito antes, do século XV, quando a escritora francesa Christine de Pizan publica o livro A cidade das mulheres, no qual defendia a opinião de que as mulheres deveriam ter mais poderes e direitos na sociedade. O fato é que o feminismo se consolidou como movimento e conquistou suas maiores vitórias já no século XIX. E, se ainda hoje as mulheres continuam lutando por seus direitos e enfrentam preconceitos, imaginemos então o início do século XX, quando foi publicado o romance de Forster...

Voltando ao livro. Lucy, a protagonista, é uma bela jovem inglesa que faz uma viagem para Florença, na Itália, com sua prima Charlotte. Ao chegarem na pensão em que passariam suas férias, notam que os quartos a elas destinados não foram os quartos a elas prometidos. A dona do estabelecimento prometera quartos com uma bela vista, mas entregou às duas jovens quartos distantes um do outro e com vista para o pátio da pensão.

A discussão entre as duas sobre isso chega aos ouvidos de um dos outros hóspedes, o senhor Emerson, que logo propõe uma troca de quartos com as duas: elas ficariam com os quartos dele e do filho, ambos com vista, e eles ficariam com os quartos delas.

Depois de muita conversa (para Charlotte, fazer a troca com os Emerson faria com que, mais cedo ou mais tarde, elas fossem obrigadas a devolver a gentileza de alguma maneira, e ela não achava prudente ter essa "obrigação"), e da intervenção do senhor Beebe, sacerdote inglês conhecido de Lucy e Charlotte, que também está de férias em Florença, hospedado na mesma pensão que elas, a troca de quartos é realizada.

Esse fato, aparentemente insignificante, é o que torna possível uma série de acontecimentos, que determinarão o desfecho do livro. Mas é claro que isso eu não vou contar.

Os acontecimentos na viagem fazem com que Lucy se deixe ser mais flexível e pense em aceitar o que a sociedade determina. E ela, que havia duas vezes recusado o pedido de casamento do jovem Cecil Vyse, aceita a proposta, na terceira investida do rapaz.

Por obra do acaso (ou não), Cecil também conhece o senhor Emerson e seu filho, George, e acaba sendo o responsável por eles irem morar bem próximos da residência de Lucy. Mal sabe Cecil que, ainda na Itália, algo acontecera entre Lucy e George. Algo que já estava para ser esquecido por Lucy, mas que, por "culpa" de Cecil, será relembrado.

Conviver com Cecil faz Lucy voltar a ser a mulher que era quando foi à Florença: à frente de seu tempo, deseja ser independente, e muitas vezes contraria de propósito as vontades de seu noivo e de sua mãe. A presença de George faz Lucy romper o noivado com Cecil. Mas ao ter de se decidir entre dois pretendentes, a saída mais tentadora é não ficar com nenhum, e assim ser livre de qualquer amarra.

Disfarçado de uma inocente e divertida história de triângulo amoroso, narrado como se uma comédia romântica, Um quarto com vista é bem mais do que isso. E.M. Forster faz uma análise de burguesia inglesa do início do século XX, denunciando suas fraquezas, hipocrisias e dogmas.

Ele se vale dos vários personagens para alfinetar cada segmento da sociedade. A mãe de Lucy, por exemplo, uma mulher que, nos dias de hoje, seria a famosa "perua". Segue todas as regras da alta sociedade e quer que a filha faça o mesmo. Cecil, uma extensão da mãe de Lucy e da burguesia inglesa, sempre achando-se o dono da razão. Já o senhor Beebe, a meu ver, demonstra o ideal que Forster tem do clero. O senhor Beebe é um homem bem-humorado, maleável - quando pode ser -, sensato e de mente aberta. Qualidades difíceis de encontrar, todas elas reunidas, em qualquer ser humano. E há outros personagens menores, mas que também são retratos de uma época (de todas as épocas, eu diria), como a tresloucada senhorita Lavish, uma escritora que está na mesma pensão em Florença e não tem o menor pudor de colocar em seu novo livro, e até de tentar manipular, parte das vivências de Lucy na cidade italiana. O impressionante é que, vistas sob a luz de nossos dias, em pleno século XXI, as críticas de Forster sejam tão atuais e contundentes.

E.M. Forster, pelo escritor que é, pela importância que tem e pelos livros que escreveu, merece mais que uma simples resenha. Merece mesmo é um ensaio. Esta edição de Um quarto com vista não traz um ensaio sobre o autor e sua obra, mas conta com um texto de Luiz Ruffato sobre o livro. O que não deixa de ser, tendo também em vista a importância de Ruffato em nossa literatura, uma bela homenagem ao escritor inglês.

Para ir além


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 17/11/2006


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2006
01. A história do amor - 24/7/2006
02. Livro dos Homens - 7/8/2006
03. O soldado absoluto - 18/9/2006
04. O encontro marcado: 50 anos - 16/10/2006
05. Carta de um jovem contestador - 9/5/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
17/11/2006
16h41min
Ótima resenha, como um aperitivo: dá vontade de ler o livro. Rafael, sempre antenado para (a boa) literatura. Acredito que a tradução, como tem acontecido ultimamente, com uma nova safra de tradutores craques aparecendo por aí, esteja à altura do original. Rafael, só pra fechar, um pequeno (redundância) hai-kai: Eufemismo/ é chamar de feminino/ o feminismo.
[Leia outros Comentários de Guga Schultze]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MANUAL DO NOVATO 101 - HOUSE OF NIGHT
P. C. CAST; JOHANN HEYSS; KIM DONER
NOVO SECULO
(2011)
R$ 10,00



COLOMBIA ESPELHO AMÉRICA
EDVALDO PEREIRA LIMA
PERSPECTIVA
(1989)
R$ 8,94



AS PROFISSIONAIS - A CASA DA LUXÚRIA - AS ILUSÕES DO SEXO
BRUNO ALTMAN - EDUARDO ROSSO
CEDIBRA
(1977)
R$ 30,00



AUTO DA BARCA DO INFERNO, FARSA DE INÊS PEREIRA E AUTO DA ÍNDIA
GIL
ÁTICA
(2011)
R$ 9,00



O PODEROSO CHEFÃO
MARIO PUZO; CARLOS NAYFELD
BEST BOLSO
(2007)
R$ 12,00



PORTAIS SECRETOS - ACESSOS ARCAICOS A INTERNET
NILTON BONDER
ROCCO
(1996)
R$ 19,90
+ frete grátis



CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO AMBIENTAL QUÍMICA E FÍSICA
DANIEL CRUZ
ÁTICA
(1999)
R$ 40,00



FREUD, PSICANÁLISE E CATOLICISMO
P. DEMPSEY
PAULINAS
R$ 10,00



MASCARADA
CARLOS VOGT
UNICAMP
(1997)
R$ 15,00



PESQUISA E PLANEJAMENTO DE MARKETING E PROPAGANDA
MARCIA VALERIA PAIXAO
IBPEX
R$ 6,00





busca | avançada
37685 visitas/dia
1,3 milhão/mês