Ânsias e náuseas | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Redes e protestos: paradoxos e incertezas
>>> 2005: Diário de bordo
>>> Alfa Romeo e os bloggers
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O Jovem Bruxo
>>> Sua Excelência, o Ballet de Londrina
>>> O diabo veste Prada
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> Daniel Piza by Otavio Mesquita
>>> The Making of A Kind of Blue
Mais Recentes
>>> México em Transe de Igor Fuser pela Scritta (1996)
>>> Sociologia Política da Guerra camponesa de Canudos - Da destruição do Belo Monte ao aparecimento do MST de Clóvis Moura pela Expressão Popular (2000)
>>> Exclusão Escolar Racializada - Implicações do Racismo na Trajetória de Educandos da EJA de Tayná Victória de Lima Mesquita pela Paco Editorial (2019)
>>> Crítica da Razão Negra de Achille Mbembe pela N-1 Edições (2018)
>>> Esferas da Insurreição - Notas para uma vida não cafetinada de Suely Rolnik pela N-1 Edições (2013)
>>> Arqueofeminismo - Mulheres filósofas e filósofos feministas – Séculos XVII-XVIII de Maxime Rovere (Org.) pela N-1 Edições (2019)
>>> A Doutrina Anarquista ao Alcance de Todos de José de Oiticica pela A Batalha (1976)
>>> Helena de Machado de Assis pela Ática (1994)
>>> A 3° Visão de T. Lobsang Rampa pela Record (1981)
>>> A História Da Indústria Têxtil Paulista de Francisco Teixeira pela Artemeios (2007)
>>> Ciência tecnologia e gênero abordagens Iberoamericanas de Marília Gomes de Carvalho (org.) pela utfPR (2011)
>>> A Jornada de Erin. E. Moulton pela Nova Conceito (2011)
>>> A Melodia Feroz de Victoria Schwab pela Seguinte (2016)
>>> Despertar ao Amanhecer de C.C. Hunter pela Jangada (2012)
>>> Sussurro - Coleção Hush Hush de Becca Fitzpatrick pela Intrínseca (2009)
>>> Holocausto Nunca mais de Augusto Cury pela Planeta
>>> Lusíada (Nº 1): Revista Ilustrada de Cultura.- Arte.- Literatura.- História.- Crítica de Martins Costa/ Portinari/ Texeira Pascoaes (obras de) pela Simão Guimarães & Filhos./ Porto (1952)
>>> Fábulas que Ajudam a Crescer de Vanderlei Danielski pela Ave Maria (1998)
>>> Ninguém é igual a ninguém de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> Você Pode Escolher de Regina Rennó pela Do Brasil (1999)
>>> Apelido não tem cola de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (2019)
>>> Coração que bate, sente de Regina Otero e Regina Rennó pela Do Brasil (1994)
>>> A galinha que criava um ratinho de Ana Maria Machado pela Ática (1995)
>>> Pinote, o fracote e Janjão, o fortão de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (2000)
>>> A lenda da noite de Guido Heleno pela José Olympio (1997)
>>> A História de uma Folha de Leo Buscaglia pela Record (1999)
>>> Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque pela José Olympio (1999)
>>> O último judeu: uma história de terror na Inquisição de Noah Gordon pela Racco (2000)
>>> Confissões de um Torcedor: Quatro copas e uma Paixão de Nelson Motta pela Objetiva (1998)
>>> Controle de Infecções e a Prática Odontológica em Tempos de Aids de Vários pela Brasília (2000)
>>> A Roda do Mundo de Edimilson de Almeida Pereira e Ricardo Aleixo pela Mazza/ Belo Horizonte (1996)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> Roda Mundo de Fanny Abramovich/ Ilustrações: Paulo Bernardo Vaz pela Formato/ Belo Horizonte (1993)
>>> A Propagação do Amor: Sobre o Plantio e a Colheita do Bem de Betty J. Eadie pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Auto- Estima: Amar a Si Mesmo para Conviver Melhor Com os Outros de Christophe André - Françoise Lelord pela Nova Era/ Record (2003)
>>> Os Lusíadas: Reprodução Paralela das duas Edições de 1572 / Ed. Ltd. de Luis de Camões pela Impr. Nac. Casa da Moeda/ Lis (1982)
>>> Administração de Marketing: Desvendando os segredos de: Vendas. Promoç de Stephen Morse pela McGraw Hill (1988)
>>> Obras Completas de Álvares de Azevedo - 02 Tomos ) de Álvares de Azevedo/ Org. Notas: Homero Pires pela Companhia Ed. Nacional (1942)
>>> Obras Completas (Poesia, Prosa e Gramática) de Laurindo José da Silva Rabelo/ Org: O. de M. Braga pela Companhia Ed. Nacional (1946)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Sempre Em Desvantagem de Walter Mosley pela Record (2001)
>>> Os Anos 80: Contagem Regressiva para o Juízo Final de Hall Lindsey pela Record/ RJ.
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> Na Linha de Frente de Lawrence Block pela Companhia das Letras/ SP. (2010)
>>> O Fator Psicológico na Evolução Sintática (Encadernado) de Cândido Jucá (filho)/ Autografado pela Organização Simões/ Rio (1958)
>>> Príncipe das Trevas, Ou Monsieur - o Quinteto de Avignon- I de Lawrence Durrell pela Estação da Liberdade (1989)
>>> Pare de Engordar- Obesidade: um Problema Psicológico de Dr. Nelson Senise pela Record/ RJ.
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
>>> Os Hospedeiros de Belém de Maria Pires (autografado) pela Imprensa Oficial/ B. Horizonte (1984)
COLUNAS

Quinta-feira, 9/8/2007
Ânsias e náuseas
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2700 Acessos


ilustração: Tartaruga Feliz

Rodrigo!

Recebi sua mensagem ontem e fiquei tão chateada por eu não ter enviado algo escrito de punho próprio junto com o livro da Ana Cristina Cesar, que resolvi escrever pra você hoje mesmo. Esta carta: cheia de imprecisões (mais do que impressões) e ressalvas, fadada ao erro e sujeita às disposições do momento. Na verdade, havia te enviado aquele envelope prestes a viajar pra cá, e provavelmente foi impossível... Então, está sendo proveitosa a leitura? E me perdoa a indelicadeza?

Agora são 8h18, estou no tramway (uma espécie de metrô de superfície ou um bonde contemporâneo...) indo pra minha aula. Não de todo desperta, neste balanço suave meu sono se completa. E anuncia o futuro que já devia ter chegado (ou que já chegou?), contrasta e se molda com os prédios baixos de pedra dos séculos XVIII e XIX. Sabia que neste mês Bordeaux ganhou o status de patrimônio mundial pela Unesco? O tram não é o metrô de Santiago, mas tem lá seus encantos a carcaça azul metalizada e o sininho que avisa sua passagem a 50 km/h...

Acredite, por aqui passam todos os tipos de monstros e piratas. Outro dia, uma família completa, algo que eu acreditava possível apenas em seriados de televisão. Voilà, com os dentes arreganhados e a boca murcha um deles se regozija ao validar o cartão.

Os piratas são vistos geralmente nos pontos de parada do tram - gente antiga de pele enrugadíssima e cansada, olhos apagados, unhas longas e azuladas. Revistos no Centre Mériadeck, algo como um pequeno shopping para os padrões paulistanos, ou mesmo em supermercados de descontos (que vendem de penhoar a casinhas para coelhos). É também nestas paradas, geralmente nas mais movimentadas, que a mendicância de latinhas das ruas se transforma em repetida lamúria, ma petite fille... Quem são essas pessoas que pedem na França? E, afinal, não são poucas.

Hoje, que chove uma chuva insistentemente chata e fria, um dos pedintes de ponto fixo, logo na entrada que dá acesso à Pont de Pierre - que une as duas partes da cidade dividida pelo Garrone -, não aborda os motoristas.

Apesar da minha estranheza, aceitei esta realidade como se fosse a minha ou mesmo parte da própria vida. Como se estas ruas fossem reais, a tranquilidade que reina normal, tivessem serventia as antigas portas bordegãs. Ainda que o espírito se rebele vez ou outra. E se sou mera cerejinha nesta torta de morangos...

Mas eu queria te contar qualquer coisa extraordinária e sequer leio com muita atenção os jornais gratuitos daqui. Menos do que uma aventura, meu dia-a-dia tem sido exaustivamente provinciano. E agora me relembro da imprecisão do que escrevo, desta transcrição sumária de apenas três semanas e alguns dias inexpressivos.

Por que escrever, continuar um relato, se tudo parece volúvel, inexato? E se eu disser que aqui existem prédios antiqüíssimos de paredes de pedra negra e no dia seguinte elas amanhecerem beges claras, restauradas? Não saberia mais dizer com precisão se gosto ou não gosto, se odeio, adoro ou devoro. Duvidarei de mim mesma? Será apenas impressão volátil a falta de açúcar que sinto nas coisas, o amargo da cobertura dos éclars de chocolate?

Não sei se meus dentes vão um dia roer com segurança estas baguetes duras. Há uma secura escondida, que não se pode denunciar, mal é sentida. Talvez ressentida nos S.V.P. impressos nas vitrines das lojas, na senha necessária para ir ao banheiro do McDonald's (e mesmo no Quick). Há uma dureza encontrada em qualquer lugar, desde que se esteja predisposto a reconhecê-la, e uma simpatia, ainda que esta se circunscreva geralmente à boa educação.

Eu queria. A carruagem do carrossel. A girafapanteraogansoleão. A música brasileira se distingue no primeiro acorde. O tigre do carrossel. O homem que beija a pata de seu gato. O cavalo do carrossel. As reproduções de célebres pinturas. O carrossel vazio de 1900. Acabo vendo essa tentativa de criar relações afetivas como estratégia de sobrevivência. Vamos nos agarrar a algo, com todas as nossas forças e... amenizar o que quer que seja. E incutir um sentido amplo e verdadeiro. E ter uma meta, que seja forçosa, mas incentivadora e apaixonante.

Ainda não te contei que no momento ocupamos provisoriamente parte de uma casa do Observatório de Bordeaux, que fica numa cidadezinha próxima. Em Floirac tudo caminha na velocidade dos bichos e de acordo com o humor dos astrônomos. Lagartos mirrados se equilibram no capim recém-cortado. Uma recolhida família de bambis. A aranha no umbral da porta da casa. A mini-exuberância dos cinco corvos e suas asas negras flap flap flap.

Da casa, o relógio de números art decó que morreu ao 12h30. O motor do ônibus 32 sempre adiantado. O sino da dura igreja de San Vincent. Um ovo de codorna estoura na panela. Ruídos que sublevam a calma.

E como anda a vida na Huara-Huara? Saudade das ruas de Providencia, dos passeios pelo centro, tudo tão agradável e moderno; a visão diáfana e breve da Cordilheira. Há qualquer coisa de calma e movimento em Santiago, contração e relaxamento. A cidade é linda, as pessoas são lindas, tudo é muito europeu, mas acho que me seduz mais o caráter ermo e sofisticado de Santiago do Chile. Buenos Aires é um pouco excessivo. E, para quem mora em São Paulo, não parece oferecer um novo tipo de vida. Não é que concordo com estas colocações do escritor Santiago Nazarian? E, coincidentemente, estive num período próximo ao que ele esteve nestas duas cidades.

Pois veja você que esta foi mais uma manhã de chuva, crua, em que tudo fica úmido sobressalente, triste e adormecido. Fora o cheiro de cachorro molhado. E o desequilíbrio das madames esmagando os dedos dos meus pés.

Finalmente aparece o sol, cheguei ao ponto final, Quinconces. O tempo aqui é mais louco do que o de São Paulo, onde todas as estações do ano acontecem num mesmo dia. Aqui todas se revezam umas duas vezes em pleno verão e Tour de France.

espero suas notícias,
com meu carinho de sempre.


Elisa Andrade Buzzo
Bordeaux, 9/8/2007


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2007
01. Ecos digitais: poema-em-música - 4/1/2007
02. Casa cor-de-rosa - 8/11/2007
03. A Via Láctea de Lina Chamie - 27/12/2007
04. Meninas eu vi - 26/4/2007
05. A brasileira - 22/2/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CUPIDO E PSIQUE E OUTRAS NARRATIVAS DA LITERATURA MUNDIAL
PAULO SERGIO DE VASCONCELLOS (ORG)
OBJETIVO
R$ 6,00



TRABALHO VOCÊ E SUAS RELAÇÕES PROFISSIONAIS
BRUNO PORTO E OUTROS
SENAC
(2014)
R$ 10,00



FIND FENÔMENO INTERVENIENTE DE NATUREZA DESCONHECIDA
J. KAUFFMANN
NOVA ERA
(2003)
R$ 58,00



OS NÚMEROS NA HISTÓRIA DA CIVILIZAÇÃO - VIVENDO A MATEMÁTICA
LUIZ MÁRCIO IMENES MARCELO LELLIS
SCIPIONE
(2006)
R$ 12,00



INFÂNCIA DOS MORTOS
JOSÉ LOUZEIRO
CÍRCULO DO LIVRO
(1977)
R$ 20,97



DESENVOLVIMENTO DA METODOLOGIA LOPA-BAYESIANA EM DOIS ESTÁGIOS
EDLAINE CORREIA SINÉZIO MARTINS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 454,00



100 DÚVIDAS DE CARREIRA PARA EXECUTIVOS DE FINANÇAS
JOSÉ CLÁUDIO SECURATO / LUIZ ROBERTO CALADO
SAINT PAUL
(2009)
R$ 5,00



LA CRISIS DE LA INVESTIGACION EN EL CAMPO DE LA DIALÉCTICA MATERI
MAURO OLMEDA
VILLALAR
(1977)
R$ 28,28



OS 55 MAIORES JOGOS DAS COPAS DO MUNDO
PAULO VINICIUS COELHO
PANDA BOOKS
(2010)
R$ 19,90



STALINE: LE DERNIER DES TSARS
PIERRE NOUAILLE, CLAUDE GUILLAUMIN, A MANEVY
FAMOT (GENEVE)
(1974)
R$ 19,82





busca | avançada
46744 visitas/dia
1,1 milhão/mês