No meio do caminho: 80 anos | Cristiane Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 9/11 books
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> Humberto Alitto
>>> Orra, meu
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Meu tio
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Tarde, de Paulo Henriques Britto
>>> Curitiba
Mais Recentes
>>> Ilustrado de Miguel Syjuco pela Companhia das Letras (2011)
>>> Revista Viagem e Turismo - Ano 20 – Nº 2 - Quatro Roteiros na Itália Pra Ver Antes de Morrer de Vários Autores pela Abril (2015)
>>> Guia do Executivo Porto Alegre 1998 de Vários Autores pela Gazeta Mercantil (1998)
>>> Guia Quatro Rodas Brasil 2002 de Vários Autores pela Abril (2002)
>>> Éfeso de Naci Keskin pela Keskin Colors (2012)
>>> Clube do Livro, Ser Leitor - que diferença faz? de Luzia de Maria pela Literária (2009)
>>> The Good Life Guide to Sydney de Tessa Mountstephens pela Hark! (1996)
>>> Matemática - 8º Ano - 6º Edição de Edwaldo Bianchini pela Moderna (2006)
>>> Encontro com a Begõnia de Nilza de Oliveira pela Imagem (2014)
>>> Buenos Aires de Boca a River de Joaquim da Fonseca pela Artes e Ofícios (1996)
>>> Brisa Bia, Brisa Bel de Ana Maria Machado pela Record (1999)
>>> Barcelona – Um Ano Com 365 Dias de Marcos Eizerik pela Age (2008)
>>> De Mala e Cuia – Tudo o Que Você Precisa Saber Para Morar, Estudar, Trabalhar e se Divertir na Europa de Adriana Setti pela Jaboticaba (2005)
>>> Quebra de Confiança de Quebra de Confiança Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Viajando pela Europa e Pelo Mundo de José Cretella Júnior pela T. A. Queiroz (1985)
>>> Silêncio na Floresta de Harlan Coben pela Benvirá (2009)
>>> A Nova História Cultural de Lynn Hunt pela Martins Fontes (1992)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Círculo do Livro (1993)
>>> Não Conte a Ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2003)
>>> O Livro dos Incensos de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Confie Em Mim de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Romeu e Julieta - Macbeth - Otelo, O Mouro de Veneza de William Shakespeare pela Nova Cultural (2003)
>>> Consciência Cósmica de Rosabis Camaysar pela Lorenz (1994)
>>> Alta Tensão de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Os Sentidos do Trabalho - Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho de Ricardo Antunes pela Boitempo (2000)
>>> Luta Armada no Brasil do Anos 60 e 70 de Jaime Sautchuk pela Anita Garibaldi (1995)
>>> Jogada Mortal de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Quando Ela Se Foi de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Descartes The Project of Pure Enquiry de Bernard Williams pela Routledge (2005)
>>> Desaparecido para Sempre de Harlan Coben pela Arqueiro (2010)
>>> Seis Anos Depois de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Vários Autores pela Pmpa (2003)
>>> O Inocente de Harlan Coben pela Arqueiro (2013)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas Filho pela Nova Cultural (2003)
>>> Equilíbrio Total Através da Parapsicologia de Miguel Lucas pela Almed (1981)
>>> Casa de Bonecas de Henrik Ibsen pela Nova Cultural (2003)
>>> O Poder da Oração para Mulheres de Jackie M. Johnson pela Povket ouro (2013)
>>> Jesus como Terapeuta - O Poder Curador das Palavras de Anselm Grün pela Vozes (2013)
>>> Manual do Astrônomo Amador de Jean Nicolini pela Papirus (1991)
>>> As Três Irmãs de Anton Tchekov pela Nova Cultural (2002)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Alexandre de Moraes (Org.) pela Atlas (2001)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Vários Autores pela Saraiva (2000)
>>> O Livro Secreto do Banheiro Feminino de Jo Barrett pela Essência/Planeta (2008)
>>> Código de Hamurabi – Código de Manu – Lei das XII Tábuas de Jair Lot Vieira (Superv.) pela Edipro (2002)
>>> Manual de Prática Forense Civil de Edson Cosac Bortolai pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Vade Mecum Método Cívil 2016 de Vários Autores pela Método (2016)
>>> Nossa próxima atração. O interprograma do Canal 3 de Mário Fanucchi pela Edusp (1996)
>>> Evaristo de Moraes Filho – 100 Anos de Vida Contribuição à Sociologia e ao Direito do Trabalho de Eliana Gonçalves da Fonte Pessanha e Outros (Orgs.) pela Ministério do Trabalho (2016)
>>> O tempo e a alma de Jacob Needleman pela Ediouro (1999)
COLUNAS

Segunda-feira, 12/5/2008
No meio do caminho: 80 anos
Cristiane Carvalho

+ de 12300 Acessos
+ 3 Comentário(s)

No meio do caminho
No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.


Em 2008, o mais enigmático poema de Carlos Drummond de Andrade completa oito décadas de publicação. De 1928 pra cá, a fortuna crítica de "No meio do caminho" é, sem dúvida, maior do que a de qualquer outro poema brasileiro. Contudo, diante de tantas especulações, ainda não foi encontrada resposta satisfatória para o enigma da pedra, e talvez daí venha sua inegável grandeza para a história da literatura nacional.

"No meio do caminho" foi publicado no terceiro número da Revista Antropofágica, um dos veículos-símbolo do Modernismo brasileiro. Vamos lembrar que Drummond era amigo epistolar do fabuloso Mário de Andrade, nada mais nada menos que o pai do Modernismo, que disse ser o poema um grande exemplo de cansaço intelectual. Um eterno cansaço, pelo visto, pois as pessoas, até hoje, ficam "fatigadas" tentando descobrir o que há por trás do poema.

Tanto já se falou sobre "No meio do caminho" que não é necessário cair na tentação de analisá-lo. O fato é que ele entrou para a vida cotidiana das pessoas e até o não-leitor conhece a expressão "no meio do caminho tinha uma pedra". Num país onde se lê pouco, realmente é uma conquista, em termos de popularidade, por parte de um poeta gauche que teve a coragem de enfrentar a crítica da época, quando ainda não era reconhecido.

Arnaldo Saraiva escreveu excelente prefácio no livro Uma pedra no meio do caminho ― biografia de um poema, cuja seleção e montagem foram feitas pelo próprio Carlos Drummond e editado em comemoração aos 40 anos da publicação do poema.

Para se ter uma idéia do teor do livro, transcrevi, abaixo, um dos comentários, publicado originalmente no Correio da Manhã, intitulado "Contra-a-mão. Os nossos atuais gênios poéticos". Data: 26 de agosto de 1938. O autor é Gondin da Fonseca e encontra-se nas páginas 32 e 33 do volume citado:

"Os nossos gênios poéticos atuais são todos mais ou menos como esse malfadado Carlos Drummond, que penetrou agora no Templo da Imortalidade conduzido pela mão do Sr. Manuel Bandeira e levando na cabeça a pedra sobre a qual burilou esse inimitável poema que há dias transcrevi e que hoje torno a transcrever, alucinado de entusiasmo:

Tinha uma pedra no meio do caminho.
No meio do caminho tinha uma pedra.
Tinha uma pedra:
Nunca me esqueceu este acontecimento,
Que se gravou na minha retina fatigada!
Tinha uma pedra no meio do caminho.
Tinha uma pedra!
No meio do caminho tinha uma pedra!


Se esse patusco morasse aqui para as minhas bandas não compunha apenas uma breve poesia: elaborava um longo poema em vinte ou trinta cantos, pois o material de sua inspiração é nesta zona abundantíssimo depois que a Light deliberou transformar as ruas em escombros a fim de mudar os trilhos dos bondes. Há pedra no caminho que não acaba mais! Dezenas, centenas, milhares! Os poetas antigos eram muito mais interessantes que a maioria dos de hoje. Ainda anteontem, domingo, eu reli, deliciado, alguns versos encantadores de Luis Delfino e dei depois uma boa gargalhada quando mentalmente os comparei à pedra de Drummond.

Ela andou por aqui; andou: primeiro
Porque há traços de suas mãos; segundo,
Porque ninguém, como ela, tem no mundo
Este esquisito, este suave cheiro.


[...] Hoje não se rima. Um cabra vai pela rua, tropeça por exemplo numa casca de banana, papagueia a coisa umas quatro ou cinco vezes e pronto! Está feito um poema:

Eu tropecei agora numa casca de banana.
Numa casca de banana!
Numa casca de banana eu tropecei agora.
Caí para trás desamparadamente,
E rasguei os fundilhos das calças!
Numa casca de banana eu tropecei agora.
Numa casca de banana!
Eu tropecei agora numa casca de banana!"


Por fim, a pergunta que não quer calar: passados mais 40 anos de fortuna crítica, por que não pensar numa reedição comemorativa do 80º aniversário?

E você? Já parou para pensar qual o significado do poema?


Cristiane Carvalho
Campinas, 12/5/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Vagabunda Letrada e os Sentimentos Nobres de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Cristiane Carvalho
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/5/2008
00h29min
Sem dúvida essa possibilidade de várias interpretações do poema dá muita força a ele. Conforme evoluímos no passo da modernidade e de uma vida cada vez mais corrida e sem tempo para reflexões, o poema de Drummond adquire uma significação cada vez maior. Ainda terá uma longa vida presente em nosso subconsciente.
[Leia outros Comentários de Fernando Lima]
19/5/2008
09h17min
Não tenho intenção de interpretar esse fabuloso poema, só uma alegria de vê-lo ser alvo de comentários. Em nossa lembrança, minha e de meus filhos, ele está firme na imagem de meu falecido marido, lendo com as retinas fatigadas o poema na rede, à noite fazendo meus filhos dormir... Sempre achei um exagero intelectual, ria, agora acho incrivelmente poético. Meu Fernando não era o Pessoa mas entendia das coisas...
[Leia outros Comentários de Márcia Braga]
21/7/2008
15h26min
Apesar da Semana de 22, o Brasil, nas primeiras décadas de 1950, era "um atraso artístico", e dezenas de bons poetas foram vítimas de escárnio... Os que eram bons, vingaram; e a "Biografia" da "pedra" vinga os todos que viviam o atraso...
[Leia outros Comentários de maio de almeida]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ÁLBUM DAS GAROTAS
LYNDA MADARAS AREA MADARAS
MARCO ZERO
(1993)
R$ 12,00



LEIS COMPLEMENTARES
MARIA ALESSANDRA BRASILEIRO DE OLIVEIRA
LETRA LEGAL
(2004)
R$ 9,00



INSIDE GIRL - PROBLEMAS NO PARAÍSO 3
J. MINTER
ID
(2012)
R$ 12,00



O AMANTE DE LADY CHATTERLEY
D. H. LAWRENCE
EDIOURO
(1985)
R$ 12,00



D. MARIA AUGUSTA RUI BARBOSA (DOIS DEPOIMENTOS)
MEC
MEC
R$ 23,28



SEKRETOJ DE LA MARESTAĵOJ
PETAR GIUNIO
KROATIA ESPERANTO-SERVO
(1960)
R$ 28,00



CARTAS CHILENAS
TOMÁS ANTÔNIO GONZAGA
MARTIN CLARET
(2007)
R$ 16,00



HISTÓRIA DA MORTE NO OCIDENTE
PHILIPPE ARIÈS
SARAIVA
(2012)
R$ 70,00



A NOITE MAIS DENSA 6 DC
DC
PANINI
(2010)
R$ 5,00



ASSOCIATIVISMO DOCENTE E CONSTRUÇÃO DEMOCRÁTICA - BRASIL- PORTUGAL: 1950-1980
LIBANIA XAVIER
EDUERJ - FAPERJ
(2013)
R$ 25,00





busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês