O desempenho da China no desenvolvimento de costas | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
44557 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Olimpíadas e China

Quinta-feira, 4/9/2008
O desempenho da China no desenvolvimento de costas
Vicente Escudero

+ de 3600 Acessos


O etíope Abebe Bikila e seu genuíno pé-de-atleta.

Muitas águas passaram desde as Olimpíadas de 1960, em Roma, quando o corredor etíope Abebe Bikila venceu a maratona e conquistou a primeira medalha de ouro de um país africano na competição.

Descalço, o corredor etíope incorporou o espírito olímpico do jogo limpo e da superação, vencendo a prova e dizendo ao mundo que correra sem tênis para mostrar que seu país sempre competiu com determinação e heroísmo.

Quase cinqüenta anos depois a competição acontece na China, um país em crescimento, que ensaia uma hegemonia geopolítica, supostamente às portas da democracia e ainda engatinhando na interpretação dos esportes como valorização e celebração da superação dos limites físicos do ser humano.

Crescimento ou desenvolvimento? Independente da denominação, esta disputa não é justa e não está sendo encarada de frente. A linha de chegada está distante, apesar do crescimento econômico do país causar torpor suficiente para cegar parte da crítica, defensora irrestrita do modelo econômico chinês. Quem liga se a China impede, na ONU, o fim do massacre de Darfur, no Sudão, para enriquecer fornecendo armamento ao conflito?

A ideologia comunista gradualmente diminui. Seu perfil político, agora, é traçado de acordo com as demandas econômicas do mercado: teme-se mais a concorrência do que a figura de Mao.

Então, com todas estas peculiaridades, a China rema... rumo ao...?

Vale a pena falar do remo, esporte que pratiquei durante uns quatro anos. Comecei com o canoe, barco de madeira para iniciantes, depois passei para o skiff, barco profissional, levinho, que não deve pesar mais de quinze quilos. E ele voa, se voa! Depois de muito tempo de treinamento, com o sincronismo afiado dos remos, a sensação da remada se transforma num suave deslize sobre a água, uma viagem de um quilômetro, solitária, de costas, rumo à chegada.

E é assim que a China cresce: de costas. Se o skiff segue leve, num ritmo cadenciado, firme e seguro, rumo ao pódio, a China atropela tudo, como um barco viking desgovernado, comandado pelo timoneiro gigante Yao Ming ― de tranças? ―, no rio Huang He em direção ao Tibete, passando por cima dos direitos humanos, do crescimento sustentável e do espírito olímpico.

Toda olimpíada é sedutora e, diante de um estádio como o Ninho de Pássaro ou de um ginásio como o Cubo D'Água, todos se esquecem que os operários destas construções foram gentilmente expulsos de Pequim após o término das obras. Segundo fontes não-oficiais, naturalmente.

A China atual é algo novo na geopolítica. Qualquer previsão sobre o resultado da mistura entre a submissão da doutrina de Confúcio com a escola keynesiana, corrupção crescente, governo comunista e partido único, tem a seriedade de uma consulta ao I Ching.

Diante destas singularidades, fica a pergunta: qual democracia força a participação de um corredor contundido?

Ah, quase ia me esquecendo! Também pratiquei vôlei e natação, o que que não aumenta, em nada, as chances de eu levantar a bola da China.

Esporte e intelecto: mens sana in corpore sano?
Confesso. Pratico esportes desde sempre. Comecei com a natação, depois o vôlei e, por último, o remo. Noves fora as esporádicas partidas de basquete. Sempre estive próximo a atletas: jogadores de vôlei, um goleiro de futebol, um jogador de basquete, todos profissionais. Joguei até no time de futebol da minha rua. Tínhamos uniforme e tudo. Aos sábados e domingos "tirávamos um contra". Entupíamos um carro com o time todo ou bagunçávamos dentro do ônibus até o local do derby.

Quase participei das famosas peneiras de vôlei. Ainda moleque, percebi que minha cabeça estava mais no mundo da lua do que os meus pés no chão da quadra e acabei deixando de lado a idéia de me profissionalizar no esporte. Mas só por isso?

Não. Em primeiro lugar, porque não gostava da rotina do esporte profissional, em segundo e em menor grau, porque esporte profissional, no Brasil, deve ser praticado fora do Brasil. Patrocínio sério, estrutura adequada, salários em dia e respeito só existem por aqui, e um pouco, no futebol. O oportunismo das outras esferas repete-se no trato dos esportes.

Admito. O primeiro destes conflitos pesou. Nunca tratei o esporte como uma excludente de qualquer atividade intelectual, menos ainda como tábua de salvação para qualquer problema. Entre uma rotina extenuante, de abnegação, e um futuro universitário, optei pela segunda opção. Impossível praticar, profissionalmente, as duas modalidades.

Nem por isso abri mão do esporte. Continuo nadando, correndo e acreditando que, tanto nas ciências, como no esporte, todo desafio é íntimo, toda superação é individual.

Lições da olimpíada de Pequim.
Os americanos, que são chegados em descer a porrada, não sabem passar o bastão.

Mas, e a China? Bem... a China conseguiu treinar o primeiro corredor de 110 metros rasos com barreiras, sincronizado. Com o governo, claro.

A tal professora primária ― literalmente ― do Michael Phelps, estava certa. Além de só ganhar peso nas olimpíadas, ele, até hoje, nada.

Por último, o mais importante:

Ninguém pega o Usain Bolt...!


Vicente Escudero
São Paulo, 4/9/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Vosso Reino de Luís Fernando Amâncio
02. K 466 de Renato Alessandro dos Santos
03. T.É.D.I.O. (com um T bem grande pra você) de Renato Alessandro dos Santos
04. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
05. Nobel, novo romance de Jacques Fux de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero
01. Oversharing: que negócio é esse? - 24/6/2010
02. A mitologia original de Prometheus - 2/8/2012
03. Colocando o preto no branco das câmeras digitais - 12/8/2010
04. Kindle, iPad ou Android? - 14/4/2011
05. Ao Sul da Liberdade - 14/6/2012


Mais Especial Olimpíadas e China
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INOCÊNCIA - COLECAO TRAVESSIAS
VISCONDE DE TAUNAY
MODERNA
(1998)
R$ 8,00



O ESPIÃO INVISÍVEL
MARK FOWLER
SCIPIONE
(1993)
R$ 8,88



85 VEZES SILVIO SANTOS AS MELHORES CARICATURAS DO REI DOS DOMINGOS
VÁRIOS AUTORES
ASTRAL
(2016)
R$ 27,44



GUIA PORTUGAL. O GUIA DE VIAGEM MAIS FACIL DE USAR
VÁRIOS AUTORES
PUBLIFOLHA
(2009)
R$ 70,00



A PSICOLOGIA DO ANORMAL E A VIDA CONTEMPORÂNEA
JAMES C. COLEMAN
PIONEIRA
(1973)
R$ 60,00



SEMPRE SERÁS LEMBRADA
JOSUÉ MONTELLO
NOVA FRONTEIRA
(1999)
R$ 7,48



MONTEIRO LOBATO VIDA E OBRA TOMO I
EDGARD CAVALHEIRO
COMPANHIA NACIONAL
(1956)
R$ 14,00



ESTORIAS PARA CRIANÇAS QUE OS ADULTOS DEVEM LER ESCONDIDOS
RICARDO BANDEIRA
DO AUTOR
(1977)
R$ 5,00



PAIXÃO E CRIME O PROCESSO DO DR. JACCOUD
CARLOS LACERDA
NOVA FRONTEIRA
(1965)
R$ 10,00



ECLIPSE
STEPHENIE MEYER
INTRÍNSECA
(2008)
R$ 34,90
+ frete grátis





busca | avançada
44557 visitas/dia
1,2 milhão/mês