Colocando o preto no branco das câmeras digitais | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
Mais Recentes
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
COLUNAS

Quinta-feira, 12/8/2010
Colocando o preto no branco das câmeras digitais
Vicente Escudero

+ de 8400 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Ilustra: o urso azul

As pessoas realmente acreditam na história de vendedor sobre a quantidade de megapixels ser o fator determinante da qualidade de uma câmera fotográfica digital. Por mais absurda que essa afirmação possa parecer para qualquer um que conheça um pouco sobre fotografia, o crescimento do apelo comercial sobre as vendas de câmeras que registram uma quantidade cada vez maior de pixels em seus sensores tem sido eficaz e não colabora para que o consumidor saia satisfeito, mas apenas para que o sujeito gaste seu suado dinheiro em uma câmera com uma aparência muito melhor do que sua foto mais decente.

Não é difícil encontrar uma loja onde o vendedor diga maravilhas sobre aquele último modelo de câmera compacta, cheia de estilo, mas com lentes e sensores minúsculos, além de flash sofrível. Enquanto o sujeito acredita estar comprando uma câmera cheia de recursos, capaz de tirar boas fotos em diversos ambientes, na verdade estará desperdiçando o dinheiro em um modelo capaz apenas de fotografar razoavelmente a festa dos filhos no final de semana, sem os famigerados olhos vermelhos. Os preços praticados no mercado para as câmeras digitais compactas variam bastante, desde R$ 300,00 até R$ 2.000,00, entre modelos que, acredite, entregam a mesma quantidade de recursos e qualidade fotográfica. Você compraria um carro que possui os mesmos recursos de outro seis vezes mais barato?


Henri Cartier-Bresson

Se a sua intenção é apenas ter uma máquina para tirar fotos com os amigos ou guardar as recordações em um álbum, você provavelmente está atrás de uma câmera digital compacta que caiba no bolso da camisa e possa ser carregada sem nenhuma dificuldade. Qualquer câmera que capte entre 10 e 14 megapixels, possua auto-foco, modos de cena automáticos, flash embutido e zoom óptico é indicada para você. Entretanto, se o que você procura é uma câmera com mais recursos, que permita a fotografia de objetos em movimento, paisagens detalhadas e situações de pouca luz, existem muito mais opções. E elas também são bastante caras.

Se você não sabe absolutamente nada de fotografia digital, mas é um entusiasta e tem interesse em se tornar um amador sério, daqueles que saem atrás de boas fotos como o sujeito que não perde a pelada todos os domingos, primeiro você precisará de boas referências sobre o assunto. Uma delas está disponível na internet, o site Digital Photography Review que, apesar de ser todo em inglês, é a maior referência na internet sobre o assunto. Ele dispõe de análises exaustivas de câmeras, lentes e softwares, guias de compras, dicionário de termos técnicos e fóruns de discussão, além de concursos semanais de fotografias sobre os mais diversos temas. Acostume-se ao jargão da fotografia digital, baseado quase todo na língua do bardo, inclusive nos equipamentos que você pretende adquirir. No final das contas, esta universalização facilita bastante em vez de atrapalhar.


Frank Capa

A segunda referência é em papel, o Guia Completo de Fotografia da National Geographic, uma pequena joia que servirá para você compreender todos os aspectos técnicos da fotografia digital de forma bastante direta, simples e prazerosa, recheado de exemplos e dicas de fotógrafos experientes sobre a fotografia em todos os tipos de cenário, dicas para utilização de equipamentos (até para as câmeras de telefones celulares) e softwares. Se você já conhece a tradição do belo trabalho fotográfico da National Geographic, não ficará decepcionado com o conteúdo do guia.

As câmeras digitais e equipamentos disponíveis para os fotógrafos amadores estão distribuídas entre diversas categorias, muitas delas experimentais. Basicamente, as categorias de câmeras digitais se dividem em compactas (point-and-shoot), câmera com lentes intercambiáveis e DSLR. As compactas você já conhece, são aquelas que cabem no seu bolso, com poucos recursos; as câmeras com lentes intercambiáveis são aquelas que permitem a troca das lentes mas não possuem o sistema tradicional de lentes, espelho e prisma das DSLR. Estas últimas mantêm seu desenho há mais de um século, atualizadas apenas pelo sistema digital, e tem o nome (DSLR ― Digital Single Lens Reflex) relacionado ao espelho articulado, que reflete a luz enviada através das lentes para enquadrar a imagem e retorna para sua posição original quando o obturador é disparado, permitindo que a luz atinja o sensor e capture a imagem.


Sports Illustrated

Câmeras DSLR fotografam imagens muito melhores e são muito mais versáteis, comparadas às câmeras compactas, pois disparam mais rápido, permitem ajustes precisos para qualquer situação e também a troca das lentes. Se você pretende levar seu amadorismo a sério, estas são suas câmeras ideais.

Existe uma categoria de câmeras digitais, híbrida, que permanece entre as compactas e as DSLR e ainda está em fase de desenvolvimento, mas que promete competir com essa categoria mais avançada em alguns anos: as mirrorless micro four thirds (sem espelho, micro três quartos). Esta categoria se divide basicamente em dois tipos de modelos, um deles tem o tamanho e o exterior bastante parecido com as câmeras compactas, com a tela de LCD e sem o visor presente nas DSLR, já a outra é bastante parecida com as DSLR e mantém o visor, além do LCD. A desvantagem para as DSLR é, muitas vezes, a baixa velocidade do obturador e a ausência de lentes intercambiáveis, talvez por se tratar ainda de uma categoria em desenvolvimento.


Steve McCurry

Escolha o seu equipamento sem pressa. Lembre-se de que os preços variam muito entre câmeras com os mesmos recursos e qualidade. Não deixe de analisar o desempenho e de ler no Flickr e no Digital Photography Review o material dos usuários das câmeras que você se interessou. Lembre-se de que não adianta nada você comprar o melhor equipamento se não tem o conhecimento da linguagem para regular todos os recursos de sua câmera. Recomendo algumas marcas como Canon e Nikon para as DSLR, Panasonic (Lumix), Canon e Olympus para as micro four thirds. Se o que você quer é uma digital compacta, fuja dos preços altos (Sony). Escolheu a sua câmera? Então, divirta-se! São as ocasiões e as fotos que fazem o fotógrafo, as câmeras só capturam as imagens. Você duvida deste clichê? Ora, nenhuma das fotos sensacionais desta coluna foi tirada com uma câmera digital. Se você quer ser um aspirante a Robert Capa, compre a sua DSLR e boa sorte... Só não se esqueça de olhar bem onde pisa!


Vicente Escudero
Campinas, 12/8/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A escrita boxeur de Marcelo Mirisola de Jardel Dias Cavalcanti
02. A feira ao longe de Elisa Andrade Buzzo
03. Vai lavar uma pia de louça que passa de Adriana Baggio
04. Faxina de Ano Novo: também no Facebook de Adriana Baggio
05. As duas divas da moderna literatura romântica de Luis Eduardo Matta


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2010
01. Oversharing: que negócio é esse? - 24/6/2010
02. Colocando o preto no branco das câmeras digitais - 12/8/2010
03. Ausência do mal? - 15/4/2010
04. WikiLeaks, o melhor de 2010 - 9/12/2010
05. Cultura do livro digital? - 11/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/8/2010
09h58min
Eu tenho uma Nikonzinha de 4MP que acho uma maravilha até hoje. Ela já caiu no chão várias vezes, está toda arranhada, o flash já não funciona, mas ainda me permite fotografar a maioria das coisas. A qualidade de renderização (acho que é esse o termo, me refiro à transformação da luz e seus matizes em informação digital, que é feito pela própria máquina, produz cores e sombras ótimas) é muito boa, e dá de 10 a zero nas mais modernas Sonys equivalentes e de capacidade muito mais elevada (as áreas escuras das Sonys ficam com aqueles rastros horríveis). Até que ela pare definitivamente de bater fotos, fico com ela.
[Leia outros Comentários de Gustavo]
14/8/2010
17h40min
De fato, o explicativo sobre câmeras foi importante. A diferença entre uma boa qualidade de imagem e uma boa qualidade de arquivo digital tem que ser levada em conta para os diletantes (hobby). MegaPixel é qualidade de Arquivo e não de imagem, significando dizer que quanto mais megapixels tiver, melhor o arquivo, e quanto maior o tamanho da imagem x megapixels, melhor qualidade de REPRODUÇÃO ou apresentação Web. Então QUALIDADE de arquivo é TAMANHO X DPI. Acima disto, como as considerações desta matéria, tem razão, é para aficcionados da fotografia de qualidade, acima da qualidade de arquivo, sem dúvida para estes e os profissionais.
[Leia outros Comentários de Celito Medeiros]
24/8/2010
06h03min
Eu fui desistimulado a prestar atenção em fotografia por um fotógrafo de minha cidade que, quando via que você tirou boas fotos e devia levá-las para a revelação, dava um jeito de estragá-la dizendo que errou e colocou-as numa química errada. Vi-o estragar reportagens de casamento inteiro. E assim abandonei a ideia de olhar foto, ou de tirar foto. A fotografia passou a entrar na minha vida neste processo digital, mas nunca fui muito louco por isto. Coisa do mundo.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




K KKK
VASSILIS VASSILIKOS
ENSAIO
(1995)
R$ 20,00



A HISTORY OF MODERN FRANCE FRANCE OF THE REPUBLICS 1871-1962
ALFRED COBBAN (VOLUME 3)
PENGUIN BOOKS
(1990)
R$ 19,28



NA SEMEADURA
EDGARD ARMOND
ALIANÇA
(1977)
R$ 9,90



MÚSICA CAIPIRA
JOSÉ HAMILTON RIBEIRO
REALEJO
(2015)
R$ 73,40



A BÍBLIA ANTIGO E NOVO TESTAMENTO COLEÇÃO COMPLETA 8 VOLUMES
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(1964)
R$ 699,00



MENSAGENS PARA MEDITAR - II
ANTONIO MARIA FAILDE
ÔNIX
(2008)
R$ 12,00



A EMPRESA FLEXÍVEL
ALVIN TOFFLES
RECORD
(1985)
R$ 7,00



QUEM SE DEBATE É AFOGADO
RICARDO REDISCH
MASSAO OHNO
(1980)
R$ 10,00



ANISTIA INTERNACIONAL UMA PORTA PARA O FUTURO
RODOLFO KONDER
PONTES
(1988)
R$ 8,00



A VERDADE SOBRE A TRAGÉDIA DOS ROMANOV
MARC FERRO
RECORD
(2017)
R$ 30,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês