Colocando o preto no branco das câmeras digitais | Vicente Escudero | Digestivo Cultural

busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 12/8/2010
Colocando o preto no branco das câmeras digitais
Vicente Escudero

+ de 8500 Acessos
+ 3 Comentário(s)


Ilustra: o urso azul

As pessoas realmente acreditam na história de vendedor sobre a quantidade de megapixels ser o fator determinante da qualidade de uma câmera fotográfica digital. Por mais absurda que essa afirmação possa parecer para qualquer um que conheça um pouco sobre fotografia, o crescimento do apelo comercial sobre as vendas de câmeras que registram uma quantidade cada vez maior de pixels em seus sensores tem sido eficaz e não colabora para que o consumidor saia satisfeito, mas apenas para que o sujeito gaste seu suado dinheiro em uma câmera com uma aparência muito melhor do que sua foto mais decente.

Não é difícil encontrar uma loja onde o vendedor diga maravilhas sobre aquele último modelo de câmera compacta, cheia de estilo, mas com lentes e sensores minúsculos, além de flash sofrível. Enquanto o sujeito acredita estar comprando uma câmera cheia de recursos, capaz de tirar boas fotos em diversos ambientes, na verdade estará desperdiçando o dinheiro em um modelo capaz apenas de fotografar razoavelmente a festa dos filhos no final de semana, sem os famigerados olhos vermelhos. Os preços praticados no mercado para as câmeras digitais compactas variam bastante, desde R$ 300,00 até R$ 2.000,00, entre modelos que, acredite, entregam a mesma quantidade de recursos e qualidade fotográfica. Você compraria um carro que possui os mesmos recursos de outro seis vezes mais barato?


Henri Cartier-Bresson

Se a sua intenção é apenas ter uma máquina para tirar fotos com os amigos ou guardar as recordações em um álbum, você provavelmente está atrás de uma câmera digital compacta que caiba no bolso da camisa e possa ser carregada sem nenhuma dificuldade. Qualquer câmera que capte entre 10 e 14 megapixels, possua auto-foco, modos de cena automáticos, flash embutido e zoom óptico é indicada para você. Entretanto, se o que você procura é uma câmera com mais recursos, que permita a fotografia de objetos em movimento, paisagens detalhadas e situações de pouca luz, existem muito mais opções. E elas também são bastante caras.

Se você não sabe absolutamente nada de fotografia digital, mas é um entusiasta e tem interesse em se tornar um amador sério, daqueles que saem atrás de boas fotos como o sujeito que não perde a pelada todos os domingos, primeiro você precisará de boas referências sobre o assunto. Uma delas está disponível na internet, o site Digital Photography Review que, apesar de ser todo em inglês, é a maior referência na internet sobre o assunto. Ele dispõe de análises exaustivas de câmeras, lentes e softwares, guias de compras, dicionário de termos técnicos e fóruns de discussão, além de concursos semanais de fotografias sobre os mais diversos temas. Acostume-se ao jargão da fotografia digital, baseado quase todo na língua do bardo, inclusive nos equipamentos que você pretende adquirir. No final das contas, esta universalização facilita bastante em vez de atrapalhar.


Frank Capa

A segunda referência é em papel, o Guia Completo de Fotografia da National Geographic, uma pequena joia que servirá para você compreender todos os aspectos técnicos da fotografia digital de forma bastante direta, simples e prazerosa, recheado de exemplos e dicas de fotógrafos experientes sobre a fotografia em todos os tipos de cenário, dicas para utilização de equipamentos (até para as câmeras de telefones celulares) e softwares. Se você já conhece a tradição do belo trabalho fotográfico da National Geographic, não ficará decepcionado com o conteúdo do guia.

As câmeras digitais e equipamentos disponíveis para os fotógrafos amadores estão distribuídas entre diversas categorias, muitas delas experimentais. Basicamente, as categorias de câmeras digitais se dividem em compactas (point-and-shoot), câmera com lentes intercambiáveis e DSLR. As compactas você já conhece, são aquelas que cabem no seu bolso, com poucos recursos; as câmeras com lentes intercambiáveis são aquelas que permitem a troca das lentes mas não possuem o sistema tradicional de lentes, espelho e prisma das DSLR. Estas últimas mantêm seu desenho há mais de um século, atualizadas apenas pelo sistema digital, e tem o nome (DSLR ― Digital Single Lens Reflex) relacionado ao espelho articulado, que reflete a luz enviada através das lentes para enquadrar a imagem e retorna para sua posição original quando o obturador é disparado, permitindo que a luz atinja o sensor e capture a imagem.


Sports Illustrated

Câmeras DSLR fotografam imagens muito melhores e são muito mais versáteis, comparadas às câmeras compactas, pois disparam mais rápido, permitem ajustes precisos para qualquer situação e também a troca das lentes. Se você pretende levar seu amadorismo a sério, estas são suas câmeras ideais.

Existe uma categoria de câmeras digitais, híbrida, que permanece entre as compactas e as DSLR e ainda está em fase de desenvolvimento, mas que promete competir com essa categoria mais avançada em alguns anos: as mirrorless micro four thirds (sem espelho, micro três quartos). Esta categoria se divide basicamente em dois tipos de modelos, um deles tem o tamanho e o exterior bastante parecido com as câmeras compactas, com a tela de LCD e sem o visor presente nas DSLR, já a outra é bastante parecida com as DSLR e mantém o visor, além do LCD. A desvantagem para as DSLR é, muitas vezes, a baixa velocidade do obturador e a ausência de lentes intercambiáveis, talvez por se tratar ainda de uma categoria em desenvolvimento.


Steve McCurry

Escolha o seu equipamento sem pressa. Lembre-se de que os preços variam muito entre câmeras com os mesmos recursos e qualidade. Não deixe de analisar o desempenho e de ler no Flickr e no Digital Photography Review o material dos usuários das câmeras que você se interessou. Lembre-se de que não adianta nada você comprar o melhor equipamento se não tem o conhecimento da linguagem para regular todos os recursos de sua câmera. Recomendo algumas marcas como Canon e Nikon para as DSLR, Panasonic (Lumix), Canon e Olympus para as micro four thirds. Se o que você quer é uma digital compacta, fuja dos preços altos (Sony). Escolheu a sua câmera? Então, divirta-se! São as ocasiões e as fotos que fazem o fotógrafo, as câmeras só capturam as imagens. Você duvida deste clichê? Ora, nenhuma das fotos sensacionais desta coluna foi tirada com uma câmera digital. Se você quer ser um aspirante a Robert Capa, compre a sua DSLR e boa sorte... Só não se esqueça de olhar bem onde pisa!


Vicente Escudero
Campinas, 12/8/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Por que HQ não é literatura? de Cassionei Niches Petry
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait
03. Super-heróis ou vilões? de Cassionei Niches Petry
04. Vinicius de Julio Daio Borges
05. A Dama Dourada, de Anne-Marie O'Connor de Ricardo de Mattos


Mais Vicente Escudero
Mais Acessadas de Vicente Escudero em 2010
01. Oversharing: que negócio é esse? - 24/6/2010
02. Colocando o preto no branco das câmeras digitais - 12/8/2010
03. Ausência do mal? - 15/4/2010
04. WikiLeaks, o melhor de 2010 - 9/12/2010
05. Cultura do livro digital? - 11/2/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/8/2010
09h58min
Eu tenho uma Nikonzinha de 4MP que acho uma maravilha até hoje. Ela já caiu no chão várias vezes, está toda arranhada, o flash já não funciona, mas ainda me permite fotografar a maioria das coisas. A qualidade de renderização (acho que é esse o termo, me refiro à transformação da luz e seus matizes em informação digital, que é feito pela própria máquina, produz cores e sombras ótimas) é muito boa, e dá de 10 a zero nas mais modernas Sonys equivalentes e de capacidade muito mais elevada (as áreas escuras das Sonys ficam com aqueles rastros horríveis). Até que ela pare definitivamente de bater fotos, fico com ela.
[Leia outros Comentários de Gustavo]
14/8/2010
17h40min
De fato, o explicativo sobre câmeras foi importante. A diferença entre uma boa qualidade de imagem e uma boa qualidade de arquivo digital tem que ser levada em conta para os diletantes (hobby). MegaPixel é qualidade de Arquivo e não de imagem, significando dizer que quanto mais megapixels tiver, melhor o arquivo, e quanto maior o tamanho da imagem x megapixels, melhor qualidade de REPRODUÇÃO ou apresentação Web. Então QUALIDADE de arquivo é TAMANHO X DPI. Acima disto, como as considerações desta matéria, tem razão, é para aficcionados da fotografia de qualidade, acima da qualidade de arquivo, sem dúvida para estes e os profissionais.
[Leia outros Comentários de Celito Medeiros]
24/8/2010
06h03min
Eu fui desistimulado a prestar atenção em fotografia por um fotógrafo de minha cidade que, quando via que você tirou boas fotos e devia levá-las para a revelação, dava um jeito de estragá-la dizendo que errou e colocou-as numa química errada. Vi-o estragar reportagens de casamento inteiro. E assim abandonei a ideia de olhar foto, ou de tirar foto. A fotografia passou a entrar na minha vida neste processo digital, mas nunca fui muito louco por isto. Coisa do mundo.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CASTOR E A MOTOSSERRA
SAMUEL MURGEL BRANCO
MILLENNIUM
(2004)
R$ 12,00



COBAIA DE MIM
JEFFERSON MAGALHÃES
AUREA
(2001)
R$ 10,00



O OBSERVADOR PARA ELE NÃO EXISTEM SEGREDOS
CARLOS EDUARDO MARTINELLI
CONEX
(2009)
R$ 14,00



ENCONTROS COM O INSÓLITO
RAYMOND BERNARD
RENES
(1970)
R$ 19,00



LA CIVILISATION AMÉRINDIENNE
CLAUDI R. CRÓS
PRESSES UNIVERSITAIRES
(1995)
R$ 50,00



LECRITURE MÊME: À PROPOS DE BARTHES
SUSAN SONTAG
CHRISTIAN BOURGOIS
(1982)
R$ 45,00



PIADAS DE SACANEAR ADVOGADO
RECONTADAS POR LUÍS PIMENTAL
MYRRHA
R$ 19,00



FUNDAÇÃO AGÊNCIA DA BACIA HIDROGRÁFICA DO ALTO...
JULIO CERQUEIRA CESAR NETO
AGÊNCIA DA BACIA DO ALTO TIET
(2004)
R$ 15,00



SIM EU POSSO - A HISTÓRIA DE SAMMY DAVIS JR.
SAMMY DAVIS JR & JANE E BURT BOYAR
BLOCH
(1968)
R$ 24,00



BATISTÃO POR INTEIRO
ALEXANDRE GAZÉ
UCAM
(2003)
R$ 29,90
+ frete grátis





busca | avançada
38611 visitas/dia
1,4 milhão/mês