Restos, por Mário Araújo | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
28343 visitas/dia
851 mil/mês
Mais Recentes
>>> Livro narra a trajetória do empresário que transformou a história urbana de São Paulo
>>> TV Brasil destaca polêmica das fake news no Mídia em Foco desta segunda (22/10)
>>> Ruy Castro e Frei Betto em novembro, no IEL
>>> Operação Condor, Direitos Indígenas, Cine Nuevo e Economia serão temas do 36º EPAL/PROLAM
>>> Sidney Rocha lança seu novo livro, A Lenda da Seca
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Voto de Meu Pai
>>> A barata na cozinha
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
>>> De volta à antiga roda rosa
>>> O papel aceita tudo
>>> O tigre de papel que ruge
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A moral da dúvida em Oakeshott e Ortega Y Gasset
>>> Por um triz
>>> Sete chaves a sete cores
>>> Feira livre
>>> Que galho vai dar
>>> Relâmpagofágico
>>> Caminhada
>>> Chama
>>> Ossos perduram
>>> Pensamentos à política
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Para tudo existe uma palavra
>>> Cind Canuto
>>> Araquém Alcântara #EuMaior
>>> Henry Ford
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Apresentação
>>> Apresentação
>>> Um defeito de cor, um acerto de contas
>>> Cuidado: Texto de Humor
>>> O Oratório de Natal, de J. S. Bach
Mais Recentes
>>> O Livro das Sombras de Scott Cunningham pela Madras (2017)
>>> O Livro Secreto da Magia Celta de Montse Osuna pela Universo dos Livros (2009)
>>> Contabilidade de custos de Eliseu martins pela Atlas (2018)
>>> Responsabilidade social e competencia inter-pessoal de Paul serter pela Ibpex (2018)
>>> A estrategia e o cenario dos negocios de Pankaj guemawat pela Bookman (2018)
>>> Faça voce mesmo propaganda de Fred e. hahn pela Ibpi (2018)
>>> Recursos humanos de Idalberto chiavenato pela Atlas (2018)
>>> Organizaçao & metodos de Antonio cury pela Atlas (2018)
>>> Manual de maitre d hotel de Aristides de oliveira pacheco pela Senac (2018)
>>> O criador no mundo empresaral de Sofia mountian pela Conex (2018)
>>> De mulher para mulher de Eugene price pela Mundo cristao (2018)
>>> O egito secreto de Paul brunton pela Pensamento (2018)
>>> Contacto interdimensional-el contacto continua de Sixto paz wells pela Sixto paz (2018)
>>> Doenças profissionais ou do trabalho de Irineu antonio pedrotti pela Leud (2018)
>>> Direito Empresarial de Mônica Gusmão pela Impetus (2004)
>>> Metodo rapido de corte-modelagens e tecnicas de costura de Carminha de feitas pela Sigbol (2018)
>>> Executivo-a carreira em transiçao. de Ricardo de almeida prado xavier e claudir franciatto pela Sts (2018)
>>> Curso avançado de excel de Fabricio augusto de ferrari pela Digerati (2018)
>>> Historia e doutrina da franco-maçonaria de Marius lepage pela Pensamento (2018)
>>> Crimes Contra a Dignidade Sexual - para Concursos de Francisco Dirceu Barros pela Elsevier (2010)
>>> Nostradamus-historiador e profeta de Jean-charles de fontbrune pela Circulo do livro (2018)
>>> Nossos filhos sao espiritos de Herminio c. miranda pela Lachatre (2018)
>>> Meus engmas favoritos de J.j. benitez pela Circulo do livro (2018)
>>> A cidade e as serras de Eça de queiroz pela Nucleo (2018)
>>> Minerais do Brasil 3 volumes de Rui Ribeiro Franco et Alii pela Edgard Blucher (1972)
>>> Entre Moisés e Macunaíma. Os judeus que descobriram o Brasil de Moacyr Scliar & Márcio Souza pela Garamond (2000)
>>> A aventura realista e o teatro musicado de Flávio Aguiar. Organizador pela Senac SP (1998)
>>> O Império do Belo Monte. Vida e Morte de Canudos de Walnice Nogueira Galvão pela Fundação Perseu Abramo (2001)
>>> Teoria da História do Brasil. Introdução Metodológica de José Honório Rodrigues pela Nacional (1978)
>>> O Polichinello de Ana Martia de Almeida Camargo. Organização pela Imprensa Oficial do Estado SP (1981)
>>> Enquadro. Capitulo I: Domingas de Eddie Louis Jacob pela Casa da Lapa (2009)
>>> Revista de Comunicação, Cultura e Política - V.14 Jan/Jun - 2014 de Vários Colaboradores pela PUC/Vozes (2014)
>>> Direito Processual do Trabalho (Reforma e Efetividade) de Luciano Athaíde Chaves (Org) pela LTr / Anamatra (2007)
>>> Lições de Direito Penal - Parte Geral de Heleno Cláudio Fragoso pela Forense (2003)
>>> Curso de Direito Penal - Parte geral - Volume 1 de Fernando Capez pela Saraiva (2007)
>>> On Love: A novel de Alain de Botton pela Grove Press (1994)
>>> Tarô dos Vampiros O Oráculo da Noite Eterna de David Corsi pela Madras (2010)
>>> Aptidao fisica-um convite a saude de Valdir j. barbanti pela Manole dois (2018)
>>> Science for all children de National academic press pela National academic press (2018)
>>> Restauraçao da mata atlantica em areas de sua primitiva ocorencia natural de Antonio paulo mendes galvao e antonio carlos de souza galvao pela Mapa (2018)
>>> O caminho para o amor de Deepak chopra pela Rocco (2018)
>>> O livro do juizo final de Roselis von sass pela Ordem do graal na terra. (2018)
>>> Meu anjo de Fausto de olveira pela Seame (2018)
>>> Perversas Famílias (um castelo no pampa 1) de Luiz Antonio de Assis Brasil pela L&PM (2010)
>>> Evoluçao consciente de Sergio motta pela Ediouro (2018)
>>> Carrie, a estranha de Stephen King pela Suma de Letras (2013)
>>> Pesquisa e planejamento de marketing e propaganda de Marcia valeria paixao pela Ibpex (2018)
>>> Pedra do Céu de Isaac Asimov pela Aleph (2016)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
>>> A guerra se torna mundial--4. de Folha de sao paulo pela Folha de sao paulo (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 13/7/2009
Restos, por Mário Araújo
Ricardo de Mattos

+ de 3100 Acessos


Crédito da imagem: Acontece em Curitiba!

"Não há dois tempos iguais de solidão, porque nunca se está só da mesma maneira." (Henri Bosco, romancista francês)

Os dados biográficos disponíveis na internet sobre o escritor curitibano Mário Araújo (1963) são limitados. Quase nada reunimos além do que informa a pouco confiável Wikipédia. Acrescente-se o tropeço causado pelas notas acerca de dois outros escritores quase homônimos e não se olvide os inúmeros logradouros e aprovados em concursos que o Google depositou em nossa bateia. Formado em Educação Artística pela Universidade Federal do Paraná, Mário Araújo militou profissionalmente como professor e redator de publicidade. Sozinho, publicou os livros A hora extrema e Restos (Bertrand Brasil, 2008, 192 págs.). Participou da antologia Todas as gerações ― O conto brasiliense contemporâneo e possui contos publicados em revistas e jornais literários do Brasil. Em 2004, recebeu menção honrosa em concurso promovido pela Secretaria de Cultura do Estado onde reside, e seu primeiro livro "solo" conferiu-lhe o prêmio Jabuti de 2006, na categoria "contos". Si pouco sabemos a respeito de sua vida e carreira literária, fica-nos a impressão de uma ascensão paulatina e sólida.

No texto de apresentação de Restos, é informado que Mário Araújo veicula textos pela internet, assim como Luiz Paulo Faccioli, cujo livro Trocando em miúdos será objeto de coluna futura. Fato que nos remete à entrevista de Ana Elisa Ribeiro ao Digestivo Cultural, onde ela afirmou: "Uma crônica minha pode ser lida por 2000 pessoas na internet, mas não há qualquer garantia de que 2000 exemplares sejam vendidos do meu livro com as mesmas crônicas. Este é um projeto meu, inclusive, mas não sei até que ponto virtual e real terão contato". Curioso saber destes dois escritores si houve um planejamento, um roteiro que fosse da publicação virtual para a publicação em livro, e si a realidade do impresso ficou aquém ou além das expectativas. Nossa colega de colunismo também reconheceu que "se a meta é ser lido, a internet pode ser o melhor sistema de distribuição que há. Se a meta é ser lido com a posse do suporte, então a história é outra. É diferente publicar nos dois ambientes. Um não leva diretamente ao outro". Antes de ter os livros em mãos, desconhecíamos tanto Mário quanto Luiz Paulo. Coletando estas observações, pensamos nos inúmeros talentos em desenvolvimento e que recorrem à Web para divulgação do trabalho, e questionamos si a publicação em papel é tão dispensável quanto querem fazer parecer. Por mais que o novo escritor esteja à vontade no meio virtual, fica a ideia do livro em papel ser ainda um desejo sempre acalentado, e sua edição um desafio aguardado para mais cedo ou mais tarde.

Mário Araújo dedica-se ao conto como expressão literária, gênero considerado difícil. Nem Milton Hatoum escapou de críticas quando enveredou recentemente por ele, embora importante romancista. São vinte narrativas, número um tanto excessivo. Ouvindo do imperador austríaco Francisco José que uma de suas óperas tinha "notas demais", Mozart teria retrucado perguntando: "Quantas notas sugere, majestade"? Menos leviano e influenciável que o imperador, alcançamos o núcleo crítico. Selecionar os melhores do conjunto difere de simplesmente reunir material e destiná-lo à publicação. Ótimos textos são acompanhados de outros que também poderiam ser ótimos após melhor tratamento e maior prazo de gaveta, e de textos que poderiam ser deixados de lado. Exemplos de grandes contos encontramos em "Restos", "Rauziclíni", "Todos Riram", "Crioula", "A desforra", "Quatro cenas de Brasil" e "Viagem 1". A narrativa intitulada "Um novo conceito" lembrou-nos o filme Vidas em jogo, com Michael Douglas e Sean Penn, pois ambos falam da busca por situações excêntricas que acabam proporcionando experiências angustiantes. Ao menos para nós, "Solo", "Futebol 1", "Futebol 2", "Futebol 3" e "Palimpsesto" não fariam falta. Restos é um bom livro, avaliação que ganha em honestidade o que fica a dever em apupos. "Mas então compensa ler?", questionará o leitor apressado. "Sim", responderemos, "não será tempo perdido". A verossimilhança dos melhores retratos sustentam o volume satisfatoriamente.

Inegável é a coesão temática. A solidão, apresentada com diversas vestimentas, é a personagem onipresente. Não o mero isolamento, e sim aquela solitude em pleno processo de enraizamento ou que já deitou raízes vigorosas no âmago do indivíduo. Não é, portanto, uma condição que se adquire ou se afasta em horas. Reclamando seu interlocutor da solidão resultante da busca a que se dedicava, Rilke respondeu-lhe, em suas famosas Cartas a Um Jovem Poeta: "diz que os que sente próximo estão longe. Isso mostra que começa a fazer-se espaço e redor de si. Se o próximo lhe parece longe, os seus longes alcançam as estrelas, são imensos". Lição válida tanto para o artista, o filósofo, o cientista e o místico que se aprofundam em suas buscas e indagações, quanto para nós, cidadãos terra-a-terra. É precisamente o homem comum isolado no paroxismo da crise e colocado na lâmina do microscópio para ser observado. A solitária excepcional é a imagem de gesso representando Jesus Cristo, no conto "A imagem". Contudo, das tramas são apartados os acessórios, e muitas vezes os antecedentes e os consequentes.

O que fazer para acabar com a solidão? Como solucioná-la, bem como minimizar ou anular seus efeitos? Talvez fazendo o inverso do que fizeram ― ou se imagina que fizeram ― os personagens. Não se trata de solução sugerida pelo autor, mas de inferência do leitor. Não temos como saber si Mário Araújo leu, e si leu, concordou com as reflexões literárias expostas por Chekhov em suas cartas. Como o russo, o curitibano evita julgar seus personagens e porta-se como testemunha imparcial. Descreve o abandono que vivenciam, que talvez até sofram sem perceber, cabendo ao leitor incluir os "elementos subjetivos" que os levaram àquele estágio.

Para ir além






Ricardo de Mattos
Taubaté, 13/7/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Piada pronta de Luís Fernando Amâncio
02. Bruta manutenção urbana de Elisa Andrade Buzzo
03. Estevão Azevedo e os homens em seus limites de Guilherme Carvalhal
04. Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II) de Jardel Dias Cavalcanti
05. Meu querido mendigo de Elisa Andrade Buzzo


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2009
01. O delfim, de José Cardoso Pires - 19/10/2009
02. Evolução e Adaptação da Imprensa Escrita - 23/3/2009
03. Charles Darwin (1809-2009) - 16/11/2009
04. Américas Antigas, de Nicholas Saunders - 27/4/2009
05. Sobre o Islã, de Ali Kamel - 23/2/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




QUÍMICA BÁSICA - QUÍMICA ORGÂNICA - VOLUME 3
CARMO GALO NETTO
SCIPIONE
(1991)
R$ 13,00



COISAS FRAGÉIS 1
NEIL GAIMAN
CONRAD
(2010)
R$ 30,00



OS MENINOS DO BRASIL - 3ª EDIÇÃO
IRA LEVIN
FRANCISCO ALVES
(1976)
R$ 9,00



FUNDAMENTOS DE FILOSOFIA - VOLUME ÚNICO
GILBERTO COTRIM E MIRNA FERNANDES
SARAIVA
(2013)
R$ 59,00
+ frete grátis



EGITO MANIA - FASCÍCULO 33
EDITORA PLANETA
PLANETA
R$ 5,00



GO GIRL! O CLUBE SECRETO
CHRISSIE PERRY
FUNDAMENTO
(2007)
R$ 18,00
+ frete grátis



MISSÃO DO ESPIRITISMO - 5ª EDIÇÃO
HERCÍLIO MAES DITADO POR RAMATÍS
FREITAS BASTOS
(1988)
R$ 18,00



O MISTÉRIO DO LEÃO RAMPANTE
RODRIGO LACERDA (APRESENTAÇÃO DE JOÃO UBALDO RIBEIRO)
ATELIÊ EDITORIAL
(2017)
R$ 8,90



HISTÓRIA DA LITERATURA CRISTÃ ANTIGA GREGA E LATINA - VOL. II: DO CONCÍLIO DE NICEIA AO INÍCIO DA IDADE MÉDIA - TOMO 2
CLAUDIO MORESCHINI, ENRICO NORELLI
LOYOLA
(2000)
R$ 42,00



POR TRÁS DA ENTREVISTA
CARLA MUHLHAUS
RECORD
(2007)
R$ 29,99





busca | avançada
28343 visitas/dia
851 mil/mês