Riobaldo | Paulo Polzonoff Jr | Digestivo Cultural

busca | avançada
28172 visitas/dia
922 mil/mês
Mais Recentes
>>> Comédia dirigida por Darson Ribeiro, Homens no Divã faz curta temporada no Teatro Alfredo Mesquita
>>> Companhia de Danças de Diadema leva projeto de dança a crianças de escolas públicas da cidade
>>> Cia. de Teatro Heliópolis encerra temporada da montagem (IN)JUSTIÇA no dia 19 de maio
>>> Um passeio imersivo pelos sebos, livrarias e cafés históricos do Rio de Janeiro
>>> Gaitista Jefferson Gonçalves se apresenta em quinteto de blues no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> De pé no chão (1978): sambando com Beth Carvalho
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
Colunistas
Últimos Posts
>>> Juntos e Shallow Now
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
Últimos Posts
>>> Poros do devir
>>> Quites
>>> Pós-graduação
>>> Virtuosismo
>>> Evanescência
>>> Um Certo Olhar de Cinema
>>> PROCURA-SE
>>> Terras da minha terra
>>> A bola da vez
>>> Osmose vital
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> A casa do homem
>>> Uma vida bem sucedida?
>>> Agonia
>>> Anos 90, lado B
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> Eu não uso brincos
>>> Nuvem Negra*
Mais Recentes
>>> Storia Controversa Dellinarrestabile Fortuna del Vino Aglianico Nel Mondo de Gaetano Cappelli pela Marsilio (2007)
>>> Mitologia greca, Cosmogonia, Gli dei, Gli eroi, La Guerra di Troia, Ulisses de Sofia Souli pela Toubi's (1995)
>>> Top Im Abi - Deutsch (mit wissen Und Training); (cd- Rom Lacrado) de Helmut Lindzus- Petra Tonsky- Anja Ballis pela Schroedel/ Alemanha (2009)
>>> Monsehor Quixote de Graham Greene pela Record (1985)
>>> Re)forma do Processo Penal: Comentários Críticos dos Artigos Modificads pelas Leis:... de Flaviane de Magalhães Barros pela Del Rey/ Belo Horizonte (2009)
>>> Re)forma do Processo Penal: Comentários Críticos dos Artigos Modificads pelas Leis:... de Flaviane de Magalhães Barros pela Del Rey/ Belo Horizonte (2009)
>>> Direito Registral Imobiliário: a Transmissão de Imóveis Nas Fusões... de Francisco José Rezende dos Santos pela Del Rey/ Belo Horizonte (2008)
>>> O Direito de Família e a Constituiçãode 1988 de Carlos Alberto Bittar: Coordenador pela Saraiva (1989)
>>> Joint Venture e Contratos Internacionais de Daniel Amin Ferraz pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2001)
>>> O Município na Constituição Federal e Nas Leis:... de Genaro Assumpção Pinto de Salles pela Belo Horizonte/ Speed (2001)
>>> O paradoxo da felicidade de René Breuel pela Vox Litteris (2011)
>>> A Bela e a Fera de Elizabeth Rudnick pela Universo dos Livros (2017)
>>> Uma nova mulher em 30 dias de Fabiana Bertotti pela Pórtico (2015)
>>> O código da inteligência de Augusto Cury pela Ediouro (2008)
>>> Más Companhias de Mary Gaitskill pela Best Seller (1988)
>>> O Monge e o Executivo de James C. Hunter pela Sextante (2004)
>>> Ninon de Lanclos - A Mais Ilustre das Cortesâs de Jean Goudal pela Vecchi (1956)
>>> Criando filhos em tempos difíceis: atitudes e brincadeiras para uma infância feliz de Elizabeth Monteiro pela Summus Editorial (2013)
>>> Uma mulher moderada de Dee Brestin pela BV Books (2010)
>>> Vencendo a luta interior de Erwin W. Lutzer pela Betânia (2003)
>>> A Lua na Sarjeta de David Goodis pela Abril Cultural (1984)
>>> Educar sem culpa: A gênese da ética de Tania Zagury pela Record (2013)
>>> A mãe que eu quero ser de T. Suzanne Eller pela Hagnos (2009)
>>> E o vento levou de Victos Fleming pela Folha de São Paulo (2009)
>>> Casablanca de Michel Curtiz (diretor) pela Folha de São Paulo (2009)
>>> Figuras da Inteligência Brasileira de Miguel Reale pela Tempo Brasileiro/ Ufc (1984)
>>> O rapto de Helena de Luiz Galdino pela FTD (2001)
>>> Don Segundo Sombra de R. Güiraldes pela Edelsa (1977)
>>> Aquarela Brasileira de Beth Cançado pela Corte (1994)
>>> Estadística aplicada de Nuria Cortada de Kohan e Jose Manuel Carro pela Universitaria de Buenos Aires (1968)
>>> Anarquistas, graças a Deus de Zélia Gattai pela Record (1983)
>>> Uma História Dos Povos Árabes de Albert Hourani pela Companhia das Letras (2006)
>>> A fada que tinha ideias de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (2015)
>>> Ritos de Passagem de Wiulliam Golding pela Francisco Alves (1982)
>>> As Origens Apócrifas do Cristianismo: ... Evangelhos de Maria Madalena de Jacir de Freitas Faria pela Paulinas (2003)
>>> Não Desperdice seu poder na Oração de R R Soares pela Graça (2016)
>>> As Sete Leis Espirituais do Sucesso: um Guia Prático para a Realização de Deepak Chopra pela Best Seller (2001)
>>> Aquela que Chora e outros textos sobre nossa senhora da salette de Léon Bloy pela Ecclesiae (2016)
>>> In my Own Words de thomas Merton pela Liguori (2007)
>>> Um Bom Sujeito de Antonio Carlos Olivieri/ Ilustr: Alexandre Coelho pela Formato/ Belo Horizonte (1997)
>>> O Diabólico Cérebro Eletrônico de David Gerrold pela Hemus (1972)
>>> Orações volume 2 de Meishu sama pela Lux Oriens (2010)
>>> Transcomunicação: a Comunicação Com o Além por Meios Técnicos de Theo Locher - Maggy Harsch pela Pensamento (1997)
>>> Transcomunicação: a Comunicação Com o Além por Meios Técnicos de Theo Locher - Maggy Harsch pela Pensamento (1997)
>>> Por Ele, Com Ele e n'Ele de Pe. mauro orsatti pela Ecclesiae (2016)
>>> Aparições de Margo Glantz pela Autêntica (2002)
>>> Folclore Infantil de Veríssimo de Melo pela Itatiaia (1985)
>>> Carta de Ouro de Guilherme de St-thierry pela Ecclesiae (2016)
>>> Filosofia do Direito e Justiça na Obra de Hans Kelsen de Andityas Soares de Moura Castro Matos pela Del Rey/ Belo Horizonte (2005)
>>> 75 anos da Justiça do Trabalho na Amazônia - volume 1: Orlando Teixeira da Costa de Georgenor de Sousa Franco Filho organizador pela Trt (2016)
COLUNAS >>> Especial Festas 2001

Quarta-feira, 2/1/2002
Riobaldo
Paulo Polzonoff Jr

+ de 4800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Daniela Mountian

Vou começar este texto com o maior clichê do mundo: ano novo, vida nova. Ah, vai, confessa que você deve ter pensado nisso quando o relógio deu meia-noite. Não se envergonhe, por mais inteligente que você for, é normal. Jung, aquele filho da mãe, deve ter uma boa teoria para isso. Como não sou discípulo de Freud nem nada, apenas repito o lugar-comum das areias de todo o Brasil (perdão se você mora no interior, mas é que só consigo lembrar de anos-novos na areia da praia). Ano-novo, pois, vida nova, pois.

Antes de qualquer coisa, um causo. Um causo literário, por assim dizer. Há quem o considere a tragédia extrema da família, mas eu o considero apenas um marco, assim uma espécie de divisor de águas entre o certo e o duvidoso. Aconteceu na noite de Ano-Novo mais relevante dos últimos mil anos: a de 1999 para 2000. Sim, eu sei que o século não mudou nesta data, e sim de 2000 para 2001, mas a mística dos três zeros estava por toda a parte.

Eu estava deitado tranqüilamente na rede da casa de praia, sentindo aquela brisa da noite do mar. Adoro aquilo. Odeio praia, com aqueles corpos se sobressaindo de biquínis vulgares (não adianta atacar minha masculinidade, senhores leitores), mas adoro aquela brisa do mar. O calor até que me fazia bem. Sem dizer que, volta e meia, eu ia até a praia, olhar as estrelas, as ondas, compor poemas que jamais escrevi, pensar na porra da vida que tomava um rumo indesejado. Pois deitado na rede eu lia Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa. Vai ser muito patético se eu disse que é o melhor livro brasileiro do século 20 e quiçá um dos melhores da literatura mundial, e que assim seria reconhecido, não escrevêssemos numa língua periférica? Bem, agora á disse, não há como volta atrás. Ali lendo, sorvendo aquele desbunde lingüístico, eu também esperava uns parentes que passariam a noite conosco. A casa estava bastante calma para o horário razoavelmente avançado: oito da noite. Meu pai fazia churrasco, eu lia e bebia e fazia todo o esforço do mundo para não ficar bêbado, para continuar a leitura. Coisa rara: houve respeito e ninguém colocou músicas de mau-gosto, como é de costume. Até que.

Até que os parentes chegaram. Em duas caminhonetes e um carro. Chegaram com seus chapelões de rodeio. Chegaram gritando, dando abraços apertados demais e beijos babados. Foram estacionando seus carros na garagem e abrindo caminho por entre as comidas da ceia. E eu ali, na rede, abraçado ao Guimarães Rosa (outro ataque à minha masculinidade; pode bater que ela é forte...), começando a odiar a situação. E então, de repente, eu escuto. Não, não é Strauss. Nem é Cole Porter. Obviamente, isto está muitos degraus acima da escala evolutiva destes. Não era nem ao menos Caê ou Marisa Monte, travestidos de inteligência. Não era sequer o Roberto Carlos, que, numa última concessão, eu até suportaria. Era música sertaneja-brega mesmo. E num volume acima do recomendável pela Organização Mundial de Saúde, que nestes casos é de silêncio extremo.

Talvez motivado por um espírito de Riobaldo, levantei-me da rede e reclamei. Parece uma atitude normalíssima, mas numa família de descendentes de italianos isso é absurdo, porque se preza a felicidade (ainda que falsa) alheia, acima de tudo. O pedido para que abaixassem o volume de nada adiantou. O telefone tocava, mas ninguém conseguia falar nele porque um cantor desafinado qualquer gritava dos autofalantes do carro. Por meio de uma gambiarra, os filhos da mãe juntaram os autofalantes dos dois carros, o que tornou a situação impossível de se agüentar. Riobaldo, digo, eu, tomou dois goles de caipirinha e pediu mais uma vez que abaixassem. Num momento de descontração (que não lhe (me) é raro), sugeriu que colocassem o CD do Strauss. Ficou por isso mesmo. Até que Riobaldo levantou o bacamarte, ameaçadoramente, e se dirigiu, em cima de um cavalo de Dom Quixote, para o CD-player. O dono do barulho relutou, disse que a festa era dele também (argumento inteligentíssimo, não?). Ao que Riobaldo retrucou dizendo que o sertão era dele, empurrou o babaca da música sertaneja, pegou o CD e jogou-o na areia. Fez menção de ir pisar no disquinho, mas foi contido. Riobaldo estava feliz, naquela noite de Ano-Novo que acabara de estragar. Olhou para os lados: o silêncio. Recolheu o bacamarte, pegou seu livro novamente e foi para a rede, lê-lo.

Dois minutos mais tarde, novos apertos de mão, desta vez contidos. Feliz Ano-Novo daqui e dali, todos muito polidos e mentirosos. Os invasores fugiam da fúria literária de Riobaldo, às 23h30. Passaram o Ano-Novo lá deles na estrada, por certo comendo seu franguinho com farofa, enquanto Riobaldo, já um tanto esmorecido pela caipirinha, tentava dormir.

Pois é, este texto era para, na verdade, falar sobre as resoluções de Ano-Novo. Às vezes acontece isso: o texto que é para ser e não é. A história se impôs às minhas modestas pretensões para 2002. Ao contrário de todo mundo, eu quero é fumar. Não cigarro, mas um charuto bem bom, destes que se paga uma fortuna. Gosto besta, sô. Também não quero parar de beber. Só vou mesmo é mudar a marca e a idade de meu uísque, de um Red Label, 8 anos, para um Chivas, 12 anos. Amar vou continuar amando, quiçá com um pouco menos de poesia e um pouco mais de pragmatismo, como me ensina a vida neste momento. Vou escrever muito e até já cadastrei um blog para publicar as crônicas que escreverei diariamente. Vou ler Guerra e Paz, finalmente e de uma vez por todas, eu prometo. E vou reler Grande Sertão: Veredas (aliás, vou fazer isso agora mesmo), que é para ser Riobaldo de novo, quando precisar.


Paulo Polzonoff Jr
Curitiba, 2/1/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras de Marilia Mota Silva
02. Quando as rodas param de Elisa Andrade Buzzo
03. Na toca dos leões de Gian Danton
04. A bíblia do marketing digital de Adriana Baggio
05. Amor aos pedaços de Vicente Escudero


Mais Paulo Polzonoff Jr
Mais Acessadas de Paulo Polzonoff Jr em 2002
01. Alice no País de Freud, Marx ou Hegel - 16/1/2002
02. Dois Idiotas - 13/2/2002
03. Ele, Francis - 6/2/2002
04. Riobaldo - 2/1/2002
05. Pode guerrear no meu território - 30/1/2002


Mais Especial Festas 2001
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/12/2008
17h47min
Cara, a internet tem destas coisas. Vc escreveu este texto faz tempo, e só agora eu o leio, e ao ler, penso em todas as vezes que tive vontade de incorporar, não o Riobaldo, mas o Wolverine, e sair rasgando quem me enchia a paciência. Embora goste muito de minha família - daquele jeito peculiar que a gente gosta de parente - não foram poucas as vezes em que quis fazer algo parecido. Diz aí? Desopilou o fígado? Eu me amarrei só de ler. Um abraço.
[Leia outros Comentários de Ronaldo ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOVELAS PAULISTANAS
ANTÓNIO DE ALCÂNTARA MACHADO
JOSÉ OLYMPIO
(1961)
R$ 17,85



SÍNDROME DE BURNOUT:
CICERO JOSE BARBOSA DA FONSÊCA, CARLOS ANDRÉ SANTANA UND CAROLINA G.M. SOUZA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



BRETAGNE (GUIDE MICHELIN)
MICHELIN
MICHELIN
(1975)
R$ 22,28



O VALOR DO SAMURAI
JOSEP LÓPEZ ROMERO
BEST SELLER
(2010)
R$ 20,00



O IMPEACHMENT NA MÍDIA: O CASO PAULO AFONSO EM SANTA CATARINA
CARLOS GOLEMBIEWSKI
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



SAMBEXPLÍCITO - AS VIDAS DESVAIRADAS DE GERMANO MATHIAS
CAIO SILVEIRA RAMOS
A GIRAFA
(2008)
R$ 20,00



ORLANDO - VIRGINIA WOOLF (LITERATURA INGLESA)
VIRGINIA WOOLF
CIRCULO DO LIVRO
R$ 10,00



ADMINISTRAÇÃO DO TRABALHO POLICIAL - POLÍCIA E SOCIEDADE (2547)
JACK R. GREENE (ORG.)
EDUSP
(2002)
R$ 30,00



ILUSTRACIÓN SOCIOLÓGICA Y OTROS ENSAYOS
NIKLAS LUHMANN
SUR
(1973)
R$ 30,00



CAIS, SAUDADE EM PEDRA
MOACIR C LOPES
CATEDRA
(1973)
R$ 4,10





busca | avançada
28172 visitas/dia
922 mil/mês