Caetano, não seja velho coronel | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nasi in blues no Bourbon
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 23/10/2013
Caetano, não seja velho coronel
Humberto Pereira da Silva

+ de 4500 Acessos

1.
Benjamim Moser, americano, autor de uma celebrada biografia de Clarice Lispector, escreveu Carta Aberta a Caetano Veloso a respeito da controversa posição do "Procure Saber" sobre autorização para a escrita de biografias. Como sabido, pois motivo de ampla discussão nos mais diversos meios, o "Procure Saber", que tem à frente além de Caetano, Chico Buarque, Gil, Djavan... defende a consulta prévia do biógrafo ao biografado. Moser, que confessa ser amigo de Caetano e ter dívida de gratidão com ele pelo esforço de promoção de sua biografia de Clarice, pede na Carta que o amigo reconsidere sua posição, que não se comporte como um velho coronel.

A Carta de Moser, na verdade, traz um dado que cabe ser ponderado: "Não pense, Caetano, que seu passado de censurado e de exilado o protege de você se converter em outra coisa". Desde a entrevista de Paula Lavigne à Folha de S. Paulo, na qual ela expressa a posição do "Procure Saber", o assunto se espalhou como rastilho de pólvora. Muitos se posicionaram defendendo ou atacando a ideia de solicitação de autorização para realização de biografia. A controversa ganhou os mais variados contornos. Da seara jurídica à mera discussão sobre a espetacularização de episódios da vida de artistas celebrizados. Liberdade de expressão, de um lado, direito à privacidade, de outro.

O que me chamou a atenção, de qualquer forma, foi a maneira como Moser alerta Caetano: "Não pense que seu passado..."

2.
Digamos - o que não é o caso - que eu fosse simpático à posição do "Procure Saber", de Caetano, Chico, Gil... que tivesse plena convicção da validade de seus argumentos, ao ler a Carta de Moser eu ficaria com uma pulga atrás da orelha. Suponhamos, pois, que a preocupação dos insignes artistas seja com a preservação da imagem, com o fato de que uma biografia calhorda enseje uma "imagem denegrida"... Quando Moser indaga, "Caetano, não pense que seu passado...", ele paradoxalmente inverte o polo da pendenga: a imagem que está em jogo, não é a de episódios prosaicos, anedóticos, e sim a que faz de Caetano e cia. monumentos da cultura nacional.

Não se trata de uma briguinha com cada lado se achando com mais razão que o outro, mas do que a posição de Caetano e cia. carrega de ruim, e tornado público com a refrega, para sua "biografia". O que Moser faz ver é o quanto esse episódio ameaça seu legado, choca intelectuais, como manifestou na recente Feira do livro de Frankfurt, e potencializa desprezo. Caetano se defende e diz: "Censor, eu? Nem morta!"... Em entrevista à Folha Moser rebate: "É desconversa, ninguém diz que quer restabelecer a Santa inquisição...".

3.
Perfeito, quem tem noção mínima de "Atos de fala" sabe que dizer provoca efeitos. Dizer que não é censor é uma afirmação mal sucedida se seu efeito no interlocutor não corresponder ao que se espera. Ora, Moser não só deixou claro que Caetano não negou que é censor, que sua posição se assemelha a de um velho coronel, como alerta para a propagação negativa dos efeitos de sua posição: "Não pense que seu passado...".

Sim, fã de Caetano, o que está por trás das palavras de Moser é uma tentativa desesperada de proteger seu ídolo. Caetano e cia. estão quebrando o espelho à medida que dão corda a essa discussão. Os ventos da história são insidiosos... em algum momento do futuro, quando estiver morto e novas gerações quiserem conhecer a "biografia" de Caetano, caso ainda desperte interesse, ele acha que o futuro biografo manterá coerência e dirá que se explica bem que o rapaz jovem cantou "É proibido proibir" e depois, velho, estará à frente de um movimento que proíbe biografias não autorizadas?

Sim, o hipotético futuro biógrafo, para não "denegrir" a imagem do jovem Caetano, não dirá que em vida ele não autorizou uma biografia porque...

4.
Jean-Paul Sartre, um dos filósofos mais influentes e estimados do pós-guerra, se celebrizou diante de uma juventude que praticamente o tinha como guia. Seu existencialismo, sua visão crítica do ideal de vida burguês fizeram a cabeça de uma geração mundo a fora. Sua posição, contudo, favorável ao maoísmo na China, com o tempo gerou desconfiança e, por fim, descrédito.

Sartre, hoje, no ambiente filosófico, ou é desprezado ou lembrado pelos equívocos de avaliação política. Não é levado a sério, ou quando considerado precisa-se de uma desculpa: apesar de... Talvez a comparação seja descabida... - a posição de Sartre tinha a ver com a morte de milhares de pessoas, a de Caetano com o comezinho... -, mas é de imagem que está se tratando, certo? De figuras públicas que moldaram a cultura, certo?

Se nesse quesito Caetano se acha bem na companhia de Sartre, boa sorte para ele. Quem é Benjamim Moser para defender seu legado? Ora, Caetano e cia. se incubem de enterrar a importância que tiveram. Sendo assim, lembremos de Julio Cesar, ao cruzar o Rubicão: Alea jacta est.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 23/10/2013


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DECIDA-SE PELO SUCESSO
NOAH ST. JOHN
CULTRIX
(2003)
R$ 29,90



TEEN VILLAGE 1
DAVID SPENCER
MACMILLAN
(2008)
R$ 10,00



DO FUTURO - FATOS, REFLEXÕES, ESTRATÉGIAS
ANTONIO PASQUALI
UNISINOS
(2004)
R$ 7,90



RECIFE DOS HOLANDESES
JULIETA DE GODOY LADEIRA
ÁTICA
(1990)
R$ 4,42



O HÓSPEDE DE DRÁCULA COLEÇÃO MINI BIBLIOTECA
BRAM STOKER
PUBLICAÇÕES EUROPA - AMÉRICA
(1996)
R$ 21,78



O CAVALEIRO DOS SETE REINOS HISTÓRIAS DO MUNDO DE GELO E FOGO
GEORGE R.R. MARTIN
LEYA
(2017)
R$ 42,00



A VERDADEIRA HISTÓRIA DE MARIA MADALENA
DAN BURSTEIN J. DE KEIJZER
EDIOURO
(2006)
R$ 74,00



O LAVATER DAS SENHORAS
EDOUARD HOCQUART
IMPRENSA OFICIAL
(2010)
R$ 31,99



O CANTOR PRISIONEIRO
ROGÉRIO BORGES; ASSIS BRASIL
MODERNA
(2004)
R$ 10,00



JUSTIÇA E COMPORTAMENTOS DE CIDADANIA NAS ORGANIZAÇÕES UMA ABORD
ARMÉNIO REGO
SÍLABO
(2000)
R$ 39,70





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês