Caetano, não seja velho coronel | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 23/10/2013
Caetano, não seja velho coronel
Humberto Pereira da Silva

+ de 4600 Acessos

1.
Benjamim Moser, americano, autor de uma celebrada biografia de Clarice Lispector, escreveu Carta Aberta a Caetano Veloso a respeito da controversa posição do "Procure Saber" sobre autorização para a escrita de biografias. Como sabido, pois motivo de ampla discussão nos mais diversos meios, o "Procure Saber", que tem à frente além de Caetano, Chico Buarque, Gil, Djavan... defende a consulta prévia do biógrafo ao biografado. Moser, que confessa ser amigo de Caetano e ter dívida de gratidão com ele pelo esforço de promoção de sua biografia de Clarice, pede na Carta que o amigo reconsidere sua posição, que não se comporte como um velho coronel.

A Carta de Moser, na verdade, traz um dado que cabe ser ponderado: "Não pense, Caetano, que seu passado de censurado e de exilado o protege de você se converter em outra coisa". Desde a entrevista de Paula Lavigne à Folha de S. Paulo, na qual ela expressa a posição do "Procure Saber", o assunto se espalhou como rastilho de pólvora. Muitos se posicionaram defendendo ou atacando a ideia de solicitação de autorização para realização de biografia. A controversa ganhou os mais variados contornos. Da seara jurídica à mera discussão sobre a espetacularização de episódios da vida de artistas celebrizados. Liberdade de expressão, de um lado, direito à privacidade, de outro.

O que me chamou a atenção, de qualquer forma, foi a maneira como Moser alerta Caetano: "Não pense que seu passado..."

2.
Digamos - o que não é o caso - que eu fosse simpático à posição do "Procure Saber", de Caetano, Chico, Gil... que tivesse plena convicção da validade de seus argumentos, ao ler a Carta de Moser eu ficaria com uma pulga atrás da orelha. Suponhamos, pois, que a preocupação dos insignes artistas seja com a preservação da imagem, com o fato de que uma biografia calhorda enseje uma "imagem denegrida"... Quando Moser indaga, "Caetano, não pense que seu passado...", ele paradoxalmente inverte o polo da pendenga: a imagem que está em jogo, não é a de episódios prosaicos, anedóticos, e sim a que faz de Caetano e cia. monumentos da cultura nacional.

Não se trata de uma briguinha com cada lado se achando com mais razão que o outro, mas do que a posição de Caetano e cia. carrega de ruim, e tornado público com a refrega, para sua "biografia". O que Moser faz ver é o quanto esse episódio ameaça seu legado, choca intelectuais, como manifestou na recente Feira do livro de Frankfurt, e potencializa desprezo. Caetano se defende e diz: "Censor, eu? Nem morta!"... Em entrevista à Folha Moser rebate: "É desconversa, ninguém diz que quer restabelecer a Santa inquisição...".

3.
Perfeito, quem tem noção mínima de "Atos de fala" sabe que dizer provoca efeitos. Dizer que não é censor é uma afirmação mal sucedida se seu efeito no interlocutor não corresponder ao que se espera. Ora, Moser não só deixou claro que Caetano não negou que é censor, que sua posição se assemelha a de um velho coronel, como alerta para a propagação negativa dos efeitos de sua posição: "Não pense que seu passado...".

Sim, fã de Caetano, o que está por trás das palavras de Moser é uma tentativa desesperada de proteger seu ídolo. Caetano e cia. estão quebrando o espelho à medida que dão corda a essa discussão. Os ventos da história são insidiosos... em algum momento do futuro, quando estiver morto e novas gerações quiserem conhecer a "biografia" de Caetano, caso ainda desperte interesse, ele acha que o futuro biografo manterá coerência e dirá que se explica bem que o rapaz jovem cantou "É proibido proibir" e depois, velho, estará à frente de um movimento que proíbe biografias não autorizadas?

Sim, o hipotético futuro biógrafo, para não "denegrir" a imagem do jovem Caetano, não dirá que em vida ele não autorizou uma biografia porque...

4.
Jean-Paul Sartre, um dos filósofos mais influentes e estimados do pós-guerra, se celebrizou diante de uma juventude que praticamente o tinha como guia. Seu existencialismo, sua visão crítica do ideal de vida burguês fizeram a cabeça de uma geração mundo a fora. Sua posição, contudo, favorável ao maoísmo na China, com o tempo gerou desconfiança e, por fim, descrédito.

Sartre, hoje, no ambiente filosófico, ou é desprezado ou lembrado pelos equívocos de avaliação política. Não é levado a sério, ou quando considerado precisa-se de uma desculpa: apesar de... Talvez a comparação seja descabida... - a posição de Sartre tinha a ver com a morte de milhares de pessoas, a de Caetano com o comezinho... -, mas é de imagem que está se tratando, certo? De figuras públicas que moldaram a cultura, certo?

Se nesse quesito Caetano se acha bem na companhia de Sartre, boa sorte para ele. Quem é Benjamim Moser para defender seu legado? Ora, Caetano e cia. se incubem de enterrar a importância que tiveram. Sendo assim, lembremos de Julio Cesar, ao cruzar o Rubicão: Alea jacta est.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 23/10/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O leitor que escreve de Ricardo de Mattos
02. A revolução de saber das coisas de Marta Barcellos
03. O gene da burrice de Urariano Mota
04. Exibir sem mostrar de Lucas Rodrigues Pires


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MIRIAM MEHLER - SENSIBILIDADE E PAIXÃO
VILMAR LEDESMA
IMPRENSA OFICIAL
(2005)
R$ 6,90



GRÉCIA UM OLHAR AMOROSO
JACQUES LACARRIÈRE
EDIOURO
(2003)
R$ 30,00



O EDUCADOR: VIDA E MORTE
CARLOS R. BRANDÃO E OUTROS ORGANIZADORES
GRAAL
(1984)
R$ 12,00



DESPERTAR PARA O OUTRO, O
COSTA, CLARICE MOURA
SUMMUS EDITORIAL
R$ 34,68



COMA
ROBIN COOK
CIRCULO DO LIVRO
R$ 4,00



MENTES QUE LIDERAM
HOWARD GARDNER
ARTES MEDICAS
(1996)
R$ 75,00



SESAME STREET - UNPAVED
DAVID BORGENICHT
HYPERION
(1998)
R$ 65,00
+ frete grátis



MANUALE DI PSICOANATOMIA
SEM AUTOR
EDIZIONI ICARO
R$ 6,28



TEORIA DE SISTEMAS OPTICOS
B. N. BEGUNOV. - N. P. ZAKAZNOV
MIR MOSCOU
(1976)
R$ 70,00



HELENA
MACHADO DE ASSIS
SEDEGRA
R$ 18,00





busca | avançada
44089 visitas/dia
1,2 milhão/mês