O Som ao Redor | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
51145 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> ANUAL DE ARTE FAAP ABRE AO PÚBLICO NO DIA 30 DE NOVEMBRO
>>> JOSYARA FAZ SHOW NO SESC BELENZINHO
>>> Revista Úrsula na Copa
>>> Mostra Contemporânea de Natal - Vai na Fé - no Museu de Arte Sacra
>>> Feira Criativa Fuzuê será realizada diariamente a partir desta quinta, no Saltare Centro de Dança
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Desapega, só um pouquinho.
>>> Menos, Redentor. Menos
>>> Sou grato a Deus
>>> Água das águas
>>> Súplica
>>> Por que me abandonastes
>>> Política na corda bamba
>>> Aonde anda a liberdade
>>> Calar não é consentir
>>> Eu já morri, de Edyr Augusto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lost
>>> Eles vão invadir seu Orkut!
>>> Escrever não é trabalho, é ofício
>>> O filósofo da contracultura
>>> Sobre a vida no campo
>>> Orgasmo ao avesso
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Lendo Dom Quixote
>>> Defesa dos Rótulos
>>> O mundo aos olhos de um pescador
Mais Recentes
>>> Minecraft em Busca da Maçã Durada de Cara J. Stevens pela Ciranda Cultural (2016)
>>> Introdução à Lógica Matemática de Cristina Hundertmarh; Sérgio Tadeu Lopes pela Átomo (1986)
>>> Código Civil e cidadania de Keila Grinberg pela Jorge Zahar (2002)
>>> Angélica e a estrela mágica 340 de Anne e Serge Golon pela Abril Cultural
>>> Re - Significando A Parentalidade Os Desafios De Ser Pai Na Atualidade de Berthoud pela Cabral (2003)
>>> O salto Para a Vida A História de Léa Mamber de Célia Valente pela Ftd (2008)
>>> Os amores de Angélica 340 de Anne e Serge Golon pela Abril Cultural
>>> Fração de Segundo de Alex Kava pela Harlequin Books (2006)
>>> Estados Unidos de Fernando Portela; João Rua pela Ática (2008)
>>> Angélica , rainha de quebec 340 de Anne e Serge Golon pela Abril Cultural
>>> Angélica e o perdão do rei 340 de Anne e Serge Golon pela Abril Cultural
>>> Fazendo Modelo Novela Pecuária 340 de Chico Buarque pela Civilização Brasileira (1974)
>>> Rei Artur de Paul C. Doherty pela Nova Cultural (1987)
>>> Édipo Rei 340 de Didier Lamaison pela Moderna (2001)
>>> Mulheres às Avessas 340 de Lígia Guerra pela Sextante (2013)
>>> Física Vol 1 de Rocco Lence B2 pela Érica (1986)
>>> Administração de sistemas hoteleiros 340 de Vladir Vieira Duarte pela Senac Sp (2005)
>>> O Caso da Borboleta Atíria de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (2006)
>>> O Livro dos Jovens 340 de Masaharu Taniguchi pela Seicho NO IE (2012)
>>> Múltipla Escolha de Lya Luft pela Record (2010)
>>> Inglês método prático de conversação 340 de Jill Norman pela Martins Fontes (1980)
>>> Pessoal e Intransferível de Sylvia Leal; Regina Protasio pela Record (2004)
>>> As grandes receitas de Ofélia de Diversos autores B10 pela Modelo
>>> A Festa da Cumeeira Um Guia Prático da Construção para Leigos de Rosilene Fraga pela Florianópolis (2005)
>>> Felicidade uma Investigação de Rogerio Mainardes; Daviane Chemin pela Inventa (2019)
COLUNAS

Quarta-feira, 13/2/2013
O Som ao Redor
Humberto Pereira da Silva

+ de 6400 Acessos


Cartaz de divulgação no Festival de Rotterdam


O Som ao Redor, do pernambucano Kleber Mendonça Filho, é o filme nacional que mais desperta a atenção da crítica no momento. Digno de nota, o fato de o cinema brasileiro nesses últimos anos ser marcado por duas características.

De um lado, o sucesso de bilheteria com comédias, um fenômeno que o cineasta Guilherme de Almeida Prado chama de "globochanchadas". De outro, filmes autorais com apostas formais e temáticas, mas fracassos de bilheteria. Para o crítico Jean-Claude Bernardet, estes últimos são "irrelevantes".

O filme de Kleber está do lado dos "irrelevantes"; vale dizer: para um público seleto. Mas quando se olha a história do cinema, muitos filmes irrelevantes, do ponto de vista do público, continuam vistos e cultuados nas décadas seguintes; são entendidos como emblemáticos dos sentimentos e tensões de uma época.

Com isso, a pergunta sobre O Som ao Redor é: trata-se de mais um filme com preocupações autorais, mas esquecido na próxima estação, ou tem potencial para atravessar décadas e ser visto como retrato crítico de uma época, justamente porque foge à lógica do mercado?

Minha aposta é que O Som ao Redor é mais que um belo filme autoral, que caiu nas graças de críticos talvez impactados pela sua inclusão no top dez do New York Times e no top vinte da Film Comment.

Há dois pontos que destaco para fazer essa aposta: o ambiente favorável de recepção; a maneira como o filme de Kleber é sensível a tensões presentes em nossa sociedade.

No entusiasmo pela recepção, um ingrediente é o clima que se criou nas décadas recentes, acerca da superioridade do cinema argentino em relação ao brasileiro. As rivalidades culturais com os argentinos carregam muito de simbólico, de filigranas com questões de afirmação que escapam ao mero anedotário.

Um filme como O Som ao Redor era esperado, atiça comparações e coloca em pauta a questão do orgulho nacional, mas tem a seu favor, para isso, a chancela internacional. Vencedor do Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Rotterdam, criticado por A. O. Scott, do New York Times, o ambiente de recepção favorece e garante o aguardado selo de legitimidade.

Além do ambiente crítico favorável e os elogios de praxe, chamo a atenção para um ponto que me parece vital no filme de Kleber. A sensibilidade para dialogar com o presente e captar como as relações de classe na sociedade brasileira, com a incorporação da classe C ao mundo do consumo, carrega potencial de esgarçamento com consequências imprevisíveis e violentas.

Com os novos "atores sociais" - para ficar na sociologia de ocasião - abriu-se a perspectiva de uma nova configuração social e de poder no Brasil. Se não houver discordância com respeito a esse arroubo sociológico, O Som ao Redor permanecerá porque se impôs para além de nossas fronteiras, e retrata com rara sensibilidade as tensões sociais do presente.

Do ponto de vista dos embates que suscita, Kleber Mendonça realizou um filme que é para os dias atuais o que Terra em transe, de Glauber Rocha, foi para a geração dos 60. A história se encarregará de mostrar se essa afirmação é equivocada.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 13/2/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Vendedor de Passados de Marilia Mota Silva


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Cortiço
Aluísio Azevedo
Martin Claret
(2007)



Pensamento e Linguagem - Curso Básico de Psicologia
Judith Greene
zahar
(1976)



Le Mariage de Benjamin Blue Bird
Christophe Izard
Du Chat Perché
(1980)



Antigamente era janeiro
Humberto Mariotti
A girafa
(2005)



Livro - Os 10 Mandamentos da Inovação Estratégica
Vijay Govindarajan
Campus
(2006)



E melhor Colher Flores....
Jose Antonio Castilho
Eme
(1995)



Coleção Folha - Grandes Biografias no Cinema - 14 Volumes
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
(2016)



Hospital dor e Morte como Ofício
Ana Pitta
hucitec
(1994)



Ação e reação pelo espírito André luiz
Francisco Cãndido Xavier
feb
(1993)



Anunnakis - Os Deuses Astronautas
Annabel Sampaio
Madras
(2013)





busca | avançada
51145 visitas/dia
2,0 milhão/mês