O Som ao Redor | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A revista Bizz
>>> O elogio da narrativa
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
Mais Recentes
>>> Cultura 21 Ano 5 de Ernesto Geisel pela Ministério da Educação (1976)
>>> Um Homem no sótão de Ricardo Azevedo pela Atica (2013)
>>> 90 anos de malandragem: contos inspirados nas canções de Bezerra da Silva de Ecio Salles e Julio Ludemir pela Funarte (2018)
>>> Conhecendo os Felinos de Conhecendo os Felinos pela Todo Livro (2006)
>>> Bois Mort de James Sallis pela Folio policier (2003)
>>> Maluquinho pelo Mundo de Ziraldo pela Globinho (2012)
>>> Noivos Vol 2 - Grandes Romances Universais Vol 5 de Alexandre Manzoni pela W. M. Jackson (1963)
>>> 90 anos de malandragem; contos inspirados nas canções de Bezerra da Silva de Ecio Salles e Julio Ludemir pela Funarte (2018)
>>> Les recettes sportives de Desconhecido pela Recettes et (1914)
>>> A harmonia oculta de Bhagwan Shree Rajneesh pela Pensamento
>>> Terminator Salvation - The Official Movie Companion de Tara Bennett pela Titan Books
>>> Cultura 12 Ano 3 de Ernesto Geisel pela Ministério da Educação (1974)
>>> A caminho de casa de W. Bruce Cameron pela Harper Collins (2019)
>>> Cultura y Negocios - Libro de claves de Angel Felices pela Edi Numen (2004)
>>> Précis de Thérapeutique Pharmacologie de A. Richaud pela Masson Et (1919)
>>> A caminho de casa de W. Bruce Cameron pela Harper Collins (2019)
>>> O Tribunal dos Bichos - uma Fábula Em Defesa dos Animais de Vilmar Berna pela Paulus (1997)
>>> Agaguk - Grandes Clássicos da Literatura Em Quadrinhos de Yves Theriault pela Del Prado (2015)
>>> Agaguk - Grandes Clássicos da Literatura Em Quadrinhos de Yves Theriault pela Del Prado (2015)
>>> Law and Entrepreneurship de Robert E. Litan pela Edward Elgar Publishing Limited (2013)
>>> Manuel de Syphiligraphie pratique- La Syphilis et le praticien de H. Drouin pela Vigot Freres (1923)
>>> Todo Poderoso Timão Em Quadrinhos de Ziraldo pela Globo (2009)
>>> Superman Batman Inimigos Públicos de Jeph Loeb pela Dc Comics (2015)
>>> Moby Dick de Francesco Artibani pela Panini Comics (2020)
>>> Visão da realidade de J. Krishnamurti pela Instituição cultural Krishnamurti (1959)
COLUNAS

Quarta-feira, 13/2/2013
O Som ao Redor
Humberto Pereira da Silva

+ de 6000 Acessos


Cartaz de divulgação no Festival de Rotterdam


O Som ao Redor, do pernambucano Kleber Mendonça Filho, é o filme nacional que mais desperta a atenção da crítica no momento. Digno de nota, o fato de o cinema brasileiro nesses últimos anos ser marcado por duas características.

De um lado, o sucesso de bilheteria com comédias, um fenômeno que o cineasta Guilherme de Almeida Prado chama de "globochanchadas". De outro, filmes autorais com apostas formais e temáticas, mas fracassos de bilheteria. Para o crítico Jean-Claude Bernardet, estes últimos são "irrelevantes".

O filme de Kleber está do lado dos "irrelevantes"; vale dizer: para um público seleto. Mas quando se olha a história do cinema, muitos filmes irrelevantes, do ponto de vista do público, continuam vistos e cultuados nas décadas seguintes; são entendidos como emblemáticos dos sentimentos e tensões de uma época.

Com isso, a pergunta sobre O Som ao Redor é: trata-se de mais um filme com preocupações autorais, mas esquecido na próxima estação, ou tem potencial para atravessar décadas e ser visto como retrato crítico de uma época, justamente porque foge à lógica do mercado?

Minha aposta é que O Som ao Redor é mais que um belo filme autoral, que caiu nas graças de críticos talvez impactados pela sua inclusão no top dez do New York Times e no top vinte da Film Comment.

Há dois pontos que destaco para fazer essa aposta: o ambiente favorável de recepção; a maneira como o filme de Kleber é sensível a tensões presentes em nossa sociedade.

No entusiasmo pela recepção, um ingrediente é o clima que se criou nas décadas recentes, acerca da superioridade do cinema argentino em relação ao brasileiro. As rivalidades culturais com os argentinos carregam muito de simbólico, de filigranas com questões de afirmação que escapam ao mero anedotário.

Um filme como O Som ao Redor era esperado, atiça comparações e coloca em pauta a questão do orgulho nacional, mas tem a seu favor, para isso, a chancela internacional. Vencedor do Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Rotterdam, criticado por A. O. Scott, do New York Times, o ambiente de recepção favorece e garante o aguardado selo de legitimidade.

Além do ambiente crítico favorável e os elogios de praxe, chamo a atenção para um ponto que me parece vital no filme de Kleber. A sensibilidade para dialogar com o presente e captar como as relações de classe na sociedade brasileira, com a incorporação da classe C ao mundo do consumo, carrega potencial de esgarçamento com consequências imprevisíveis e violentas.

Com os novos "atores sociais" - para ficar na sociologia de ocasião - abriu-se a perspectiva de uma nova configuração social e de poder no Brasil. Se não houver discordância com respeito a esse arroubo sociológico, O Som ao Redor permanecerá porque se impôs para além de nossas fronteiras, e retrata com rara sensibilidade as tensões sociais do presente.

Do ponto de vista dos embates que suscita, Kleber Mendonça realizou um filme que é para os dias atuais o que Terra em transe, de Glauber Rocha, foi para a geração dos 60. A história se encarregará de mostrar se essa afirmação é equivocada.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 13/2/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Houston, we have a problem de Renato Alessandro dos Santos
02. Em defesa da arte urbana nos muros de Fabio Gomes
03. 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 1 de Rafael Fernandes
04. As Meditações de Marcus Aurelius de Ricardo de Mattos
05. Jornalismo cultural: da futilidade à prioridade de Adriana Baggio


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Morte do Imortal
Lauro Cesar Muniz
Brasiliense
(1966)



Memórias Póstumas de Brás Cubas - Série Bom Livro
Machado de Assis
Ática
(1970)



Carta de Crédito e Upc 500 ( Comentada)
Rómulo Francisco Vera del Carpio
Aduaneiras
(1996)



Desenvolvimento Gerencial, Estrategia e Competitividade
Maria do Carmo Schmidt
Intersaberes
(2012)



Its a Big World, Little Pig!
Kristi Yamaguchi / Tim Bowers Ilustrador
Sourcebooks
(2012)



Educação Pessoal
Educação Pessoal
Pensamento



Wayne de gotham
Tracy Hickman
Casa Da Palavra
(2013)



Adaptação do Livro Esperança para a Família
Willie e Elaine Oliver
Nosso Amiguinho



A Profecia Celestina
Marcos Santarrita; James Redfield
Objetiva
(1993)



The One Thing
Gary Keller; Jay Papasan
Bard
(2013)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês