Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' | Humberto Pereira da Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 10 de Abril #digestivo10anos
>>> Não presta, mas vá ver
>>> Sobre o Jabá
>>> Crise da Democracia
>>> Bill Gates e o Internet Explorer
>>> LEM na TV Cronópios
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Poesia para jovens
>>> São Paulo, que dá nome à nossa cidade
>>> Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (3)
Mais Recentes
>>> Ciências - Entendendo a Natureza 8ª - DO PROFESSOR de César, Sezar e Bedaque pela Saraiva (2001)
>>> Ciências - A Vida na Terra 7º ano - DO PROFESSOR de Fernando Gewandsznajder pela Ática (2011)
>>> Com Direito à Palavra: Dicionários em sala de aula de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2012)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Caderno 1 de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Educação Inclusiva de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática - Jogos na Alfabetização Matemática de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa - Alfabetização Matemática -Educação Matemática do Campo de Ministério da Educação pela Ministério da Educação (2014)
>>> Orpheus Histoire Générale des Religions - 1909 de Salomon Reinach pela Motterz et Martinet (1909)
>>> Vontade de Saber Matemática 8º ano - DO PROFESSOR de Joamir Souza e Patricia Moreno Pataro pela FTD (2009)
>>> Cartas - Tomo I - 1856 de Alexandre Herculano pela Bertrand (1856)
>>> Projeto Teláris - Geografia 7 - o espaço social e o espaço brasileiro - DO PROFESSOR de J. William Vesentini e Vânia Vlach pela Ática (2013)
>>> Les Liaisons Dangereuses volumes I e II de De Laclos pela Librairie Grund (1936)
>>> Epitome de Historia Universal - 1931 de Jonathas Serrano pela Livr. Francisco Alves (1931)
>>> Gli Eroi Del Cielo, Della Terra e Del Mare de Socrate Ciccarelli pela A.Mondadori (1927)
>>> Interagindo com a Matemática 2 - DO PROFESSOR de Adilson Longen pela do Brasil
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 1 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2012)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 1 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2012)
>>> Noveau Formulaire Magistral de Thérapeutique Clinique... de Dr.Odilon Martin pela Librairie J.B.Baillière (1920)
>>> Facundo - 1942 de Domingo Faustino Sarmiento pela Editorial Losada (1942)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 4 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2012)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 5 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2013)
>>> Coleção Eu Gosto Mais - Caligrafia vol. 5 - DO PROFESSOR de Déborah Pádua Mello Neves pela IBEP (2013)
>>> História e Geografia 1 - Porta Aberta - DO PROFESSOR de Mirna Lima pela FTD (2002)
>>> Uma temporada no Inferno e Iluminações - 1957 de Arthur Rimbaud pela Civilização Brasileira (1957)
>>> Nossa Senhora de Paris - 1º volume - Colecção Lusitánia de Victor Hugo pela Livraria Chardron
>>> Rayons X et la Photographie a travers les corps opaques - 1896 de Ch. - D. Guillaume pela Gauthier-Villars et fils (1896)
>>> Normas da Alimentação de Neila Mara pela Ufpel (1994)
>>> Quimioterapia do Tracoma - 1940 de Octacilio Lopes (autografado) pela Revista dos Tribunais (1940)
>>> Língua Portuguesa 3 - Porta Aberta - DO PROFESSOR de Isabella Carpaneda e Angiolina Bragança pela FTD (2003)
>>> Psicologia do Homem - Psicologia da Mulher Introdução ao... de Grupo Gente Nova pela Grupo Gente Nova
>>> A Nova Dieta Revolucionária do Dr. Atkins de Robert C. Atkins, M.D. pela Record (2001)
>>> A herdeira de Sidney Sheldon pela Círculo do livro
>>> Retrato Num Espelho - 1948 de Charles Morgan pela Globo (1948)
>>> Les Grands Auteurs de La Sociologie de Henri Mendas ; Jean Étienne pela Hatier (1997)
>>> Como Administrar o Tempo de Tim Hindle pela Publifolha (1999)
>>> Sono - Cuide Bem de Sua Saúde de Edzard Ernst professor pela Vitória Régia (2000)
>>> Matemática nos Novos Tempos - Registrando Descobertas 4 - DO PROFESSOR de Maria Apparecida Barroso de Lima pela FTD (2003)
>>> Sistema Integrado de Educação - Planejamento Diário do Professor -2 anos - Educação Infantil de Maria Clara Medeiros pela Formando Cidadãos
>>> Gato Preto em Campo de Neve - 1947 - Ilustrado de Erico Verissimo pela O Globo (1947)
>>> Chamado da Selva (Tã - Tã) - Caminhos da Vida de Attilio Gatti pela Melhoramentos (1957)
>>> Sistema Integrado de Educação - Planejamento Diário do Professor - 5º ano de Maria Clara Medeiros pela Formando Cidadãos
>>> Curumim sem nome - Coleção Estórias do meu Brasil de Baltazar de Godoy Moreira pela Do Brasil
>>> Sistema Integrado de Educação - Matemática 3º ano - Ensino Fundamental - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Clara Medeiros pela Formando Cidadãos
>>> Revista do Livro - Ano 6 Março; Junho 1961 - nº 21 - 22 de Augusto Meyer (Diretor) pela Imprensa Oficial (1961)
>>> Sistema Integrado de Educação - Ciências 3º ano - Ensino Fundamental - MANUAL DO EDUCADOR de Maria Clara Medeiros pela Formando Cidadãos
>>> Obras de Eça de Queiroz - Vol. VI Edição do Centenário 1947 - Formato Grande de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão Editores (1947)
>>> Obras de Eça de Queiroz - Vol. V Edição do Centenário - 1946 - Formato Grande de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão Editores (1946)
>>> Novas poesias para moças e crianças nativistas: invernadas mirim, juvenil e das prendas de Dimas Costa pela Martins Livreiro (1995)
>>> Porta Aberta - Guia Interdisciplinar 3 - DO PROFESSOR de FTD pela FTD (2003)
>>> Oceanos - Portugueses no Brasil Independente de Joaquim Romero Magalhães (Director) pela Bertrand (2000)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/3/2013
Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil'
Humberto Pereira da Silva

+ de 6000 Acessos



1. O jornalista Mino Carta, dono da revista Carta Capital, publicou editorial, com ampla divulgação na web, no qual apresenta diagnóstico negativo acerca do momento atual da cultura no Brasil. "A imbecilização do Brasil" começa com a afirmação de que há muito nossas letras não produzem grandes escritores, há muito não temos grandes historiadores, jornalistas, repórteres ou pintores de relevância. Para ele, causa encanto e surpresa o lançamento do filme O Som ao Redor, de Kleber Mendonça, um oásis no deserto cultural em que nos encontramos.

2. O editorial conclui com a afirmação de que a situação a que chegamos tem largas explicações e, dentre essas, destaca a lassidão dos que poderiam resistir. O diagnóstico apresentado por Carta gerou mensagens de apoio, concordâncias, o sentimento de que ele toca num ponto incômodo, que muitos preferem esconder por meio de uma cortina de fumaça. Do mesmo modo - e não podia ser diferente - suas afirmações geraram desconfortos, acusações de elitismo cultural; enfim, as mais variadas discordâncias. Entre estas, Cynara Menezes, jornalista da própria Carta Capital, contesta a ideia de que houve "uma imbecilização do Brasil".

Para ela, Carta se equivoca ao afirmar que vivemos "um deserto cultural". A questão diz respeito ao que se considera arte, a que tipo de arte se tem em vista. Nos termos que Cynara propõe, não há "deserto cultural" algum no país, pois há uma "nova cultura", uma cultura para a qual é preciso ter olhos para vê-la. Ou seja, na contramão do que Carta sustenta, para ela devemos, sim, reeducar o olhar e enxergar o que vem da periferia. O que Carta defende é uma arte produzida por uma elite que, esta sim, hoje não mais produz. Nesse sentido, para ela, a elite brasileira se imbecilizou e não o Brasil.

3. Sinto desapontar Cynara Menezes, mas ela não discorda, no sentido estrito, de Mino Carta (ou como ela, e muitos talvez, imagine discordar). O que ela defende é uma redefinição do que se deve entender por arte, que se repense a cena cultural nos dias de hoje pela inclusão de expressões artísticas que não tiveram espaço. Mais, ela entende que significativa parcela dos recentemente incluídos que produzem cultura não foi capaz ainda de formar uma geração com o peso da que Mino Carta reclama.

Vale dizer, na medida em que busca uma nova definição de arte, ela escapa ao que é essencial ao texto de Carta - o deserto cultural do país -, e introduz uma nova palavra, "inclusão". Assim, ela se refere ao que hoje deve ser entendido por arte, a qual por sua vez incorpora o que no passado não gozava de legitimidade no editorial de Carta. Ocorre que Carta faz um diagnóstico que não tem a pretensão de uma discussão ontológica sobre arte - o que é isso a arte?

Nesse diagnóstico, está subentendido o que usualmente se entende por arte. Se hoje dermos um novo sentido ao que é arte, isso não invalida o que Carta sustenta. E é curioso notar que a própria Cynara admite isso. A elite hoje não cria, diz Cynara, por isso, diz Carta, há um deserto cultural. A cultura que vem da periferia hoje não produziu uma geração de peso, diz Cynara, mas, digo eu, Carta não nega nem afirma que isso se dê, por isso, a partir do que ele disse Cynara não pode extrair, como ela o faz, que não há "deserto cultural". Melhor, ao admitir que a cultura atual carece de legitimidade, ela acaba por reafirmar a ideia de "deserto cultural"

A confusão no texto dela tem a seguinte origem: mistura o diagnóstico de Carta - com o qual no fundo ela concorda - com um quadro atual de inclusão cultural e uma projeção otimista para o futuro.

4. No editorial da Carta Capital, subliminarmente, a ideia de ausência, hoje, de um clima favorável de recepção, debates e discussões no plano da cultura. Não se trata, pois, como Cynara supõe, de fazer um catálogo de artistas, escritores e poetas que realizaram obras nas décadas recentes, mas principalmente de chamar a atenção para a recepção, a ressonância, o impacto do que produziram. No editorial, ainda, a ideia de que num ambiente cultural diverso do de hoje, escrever um romance, uma peça teatral ou poesia, era um investimento a que alguns se lançavam. Com isso, o intuito de intervenção nos acontecimentos, a busca de interpretação do país, ou mesmo oferecer uma digressão intimista sobre a vida e o mundo.

No fundo, para Mino Carta, a questão é: a produção artística e cultural se impõe, tem sentido, fôlego e se legitima na medida em que é discutida, debatida, posta em questão (não à toa, registra o inesperado com a recepção de O Som ao Redor). Nas décadas recentes, governadas pela lógica do mercado, pelo pragmatismo com relação ao lucro, perdeu-se a utopia, certo idealismo descompromissado que impulsionava um indivíduo a produzir uma obra simplesmente pela necessidade de se posicionar em relação ao seu tempo.

A questão, portanto, não é, em sentido estrito, que não se faz "arte", mas tão somente que a arte que se faz não é posta em questão (bem entendido, nisso uma crítica embutida às futilidades e nonsenses de grupos de discussão na internet). Na visão de Mino Carta, grandes escritores se impuseram no passado porque legitimados num espaço favorável de recepção, porque estimulados a produzir num ambiente de efervescência cultural. Por isso, não é gratuito que, ao final de seu texto, ele exorte àqueles que estariam na posição de por a cultura em questão, mas não o fazem por lassidão.

5. Cynara Menezes defende a reeducação do olhar para a nova cultura no país. Cultura que não é criada pela elite, mas nos guetos, nas periferias, e que brota, nos termos dela, das vísceras. Creio que Cynara há de concordar que palavras como "reeducação" ou "inclusão" dependem de um clima favorável de recepção, de efervescência, de discussão, ou seja, que o que é feito e recebe o nome de arte seja posto em questão. Enquanto isso não ocorrer, o diagnóstico de Mino Carta sobre a "imbecilização do Brasil" não só é correto como o texto de Cynara fica sob a suspeita de otimismo ingênuo, para lembrar , de Voltaire, que diante das maiores desgraças enxerga o melhor dos mundos.


Humberto Pereira da Silva
São Paulo, 6/3/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Copa, o Mundo, é das mulheres de Luís Fernando Amâncio
02. Como medir a pretensão de um livro de Ana Elisa Ribeiro
03. Minimundos, exposição de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
04. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
05. Corot em exposição de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Humberto Pereira da Silva
Mais Acessadas de Humberto Pereira da Silva em 2013
01. Olgária Matos - 1/2/2013
02. Mino Carta e a 'imbecilização do Brasil' - 6/3/2013
03. Toda poesia de Paulo Leminski - 8/5/2013
04. Mídia Ninja coloca o eixo em xeque - 21/8/2013
05. O Som ao Redor - 13/2/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ASSALTO À BRASILEIRA
DOMINGOS PELLEGRINI
BUSCA VIDA
(1988)
R$ 50,00



CURSO DE DIREITO DO TRABALHO 12ª EDIÇÃO
MAURÍCIO GODINHO DELGADO
LTR (SP)
(2013)
R$ 28,82



GRANDES QUESTÕES SOBRE SEXO
JOHN STOTT
VINDE
(1993)
R$ 68,00



STAR WARS: A PRINCESA, O CAFAJESTE E O GAROTO DA FAZENDA
ALEXANDRA BRACKEN
SEGUINTE
(2015)
R$ 20,00



O HOMEM VERMELHO
DOMINGOS PELLEGRINI
LEITURA
(2007)
R$ 8,00



FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA - DEBATES E INFLUÊNCIAS
VERILDA SPERIDIÃO KLUTH (ORG.)
CENTAURO
(2009)
R$ 46,00



LÂME SEULE
HERVÉ VILARD
FAYARD
(2006)
R$ 32,28



PSICOTERAPIA E PSICOLOGIA
JACOB PINHEIRO GOLDBERG
N / D
(1979)
R$ 16,00



OS PENSADORES: SCHLICK & CARNAP
MORITZ SCHLICK & RUDOLF CARNAP
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 20,00



MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS
MANUEL A. DE ALMEIDA
NUCLEO
(1995)
R$ 6,00





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês