As maravilhas do mundo que não terminam | Marilia Mota Silva | Digestivo Cultural

busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
Mais Recentes
>>> Vigiar e Punir: História da Violência nas Prisões de Michel Foucault pela Vozes (2004)
>>> Revistas Mamulengo n 9 11 12 de Vários pela Mec (1983)
>>> O Livro dos Chakras, da Energia e dos Corpos Sutis de Joan P. Miller pela Pensamento (2015)
>>> Casados e Felizes: Não permita que seu casamento vire uma mala sem alça de Hernandes Dias Lopes pela Hagnos (2008)
>>> Manual do Materpensene: A Síntese da Consciência de Guilherme Kunz pela Editares (2016)
>>> Manual da Conscin-Cobaia de João Paulo Costa; Dayane Rossa pela Editares (2014)
>>> Extraordinário de R J Palacio pela Intrinseca (2013)
>>> La Vie D'Anne Frank de Janny Van der Molen pela Bayard Jeunesse (2015)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> A tragédia de um povo: a Revolução Russa (1891 - 1924) de Orlando Figes pela Dom Quixote (2017)
>>> Contabilidade Geral e Avançada Esquematizadotizado de Eugenio Mototo pela Saraiva Jur (2018)
>>> Floriano Peixoto - Vida e Governo de Francolino Camêu e Arthur Vieira Peixoto pela A Noite (1925)
>>> Annaes das Guerras do Brazil com os Estados do Prata e Paraguay de Coronel J. S. Torres Homem pela Imprensa Nacional (1911)
>>> "E o sangue brasileiro correrá..." de Elvaldo de Alarcon pela Du Barry (1942)
>>> O punhal nazista no coração do Brasil de Capitão Antônio Carlos Mourão Ratton (e outros) pela Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina (1943)
>>> História da II Guerra Mundial 1939-1945 (6 volumes) de Edgar Mc Innis pela Globo (1958)
>>> A Canção de Ariel de Martins Fontes pela Comissão glorificadora de Martins Fontes (1938)
>>> Passagens: Estudos sobre a filosofia de Kant de Ricardo Terra pela Ufrj (2003)
>>> Vathek de William Beckford pela L&PM Pocket (2007)
>>> Natureza e ilustração: Sobre o materialismo de Diderot de Maria das Graças de Souza pela Unesp (2002)
>>> Hume et la fin de la philosophie de Yves Michaud pela Quadrige / PUF (1999)
>>> Hume: Une Philosophie Des Contradictions de Jean-Pierre Cléro pela Vrin (1998)
>>> Hume's Philosophy of Religion de J. C. A Gaskin pela MacMillan (1988)
>>> Machado de Assis: equívocos da crítica de Alfredo Jacques pela Iel (1974)
>>> Diálogos com Leuco de Cesare Pavese pela Cosac & Naify (2012)
>>> Subjetividade, Espaço E Tempo Em David Hume de Monica Loyola Stival pela Humanitas / FAPESP (2015)
>>> Biologia 1(ensino médio) biologia das células de Amabis Martho pela Moderna plus (2010)
>>> História conexões de Alexandre Alves, Letícia Fagundes pela Moderna plus (2013)
>>> Geografia conexões de Lygia Terra, Regina Araújo e Raul Borges pela Moderna plus (2012)
>>> Atividade em Feltro Foguete dos Cálculos de Claudia Maria Bertuqui Ribeiro pela Feltro (2020)
>>> Contribuição para a História da Revolução Constitucionalista de 1932 de Euclydes Figueiredo pela Livraria Martins (1954)
>>> Por São Paulo e pelo Brasil de João Neves pela Sem (1933)
>>> A Revolução Constitucionalista de Herculano C. e Silva pela Civilização Brasileira (1932)
>>> Química 1 (ensino médio) de Tito Canto pela Moderna plus (2010)
>>> Prefiero Espanol (ensino médio) 1 de Gretel Eres Fernandez pela Moderna (2010)
>>> A Columna Romão Gomes de Herbert V. Levy pela Saraiva & Cia (1933)
>>> Literatura (ensino médio) 1 de Maria Luiza M. Abaurre e Marcela Pontara pela Moderna plus (2010)
>>> Um Desconhecido de Danielle Steel pela Record (1999)
>>> Capacete de Aço de Affonso de Carvalho pela Civilização Brasileira (1933)
>>> Palmo a Palmo (a Lucta no Sector Sul) de Cap. Alves Bastos pela Sociedade Impressora Paulista (1932)
>>> Preces Atendidas de Danielle Steel pela Record (2009)
>>> Matemática (ensino médio) 1 de Manoel Paiva pela Moderna plus (2013)
>>> Agora Nós! de Paulo Duarte pela Sem (1927)
>>> Um Mundo que Mudou de Danielle Steel pela Record (1996)
COLUNAS

Quarta-feira, 26/12/2012
As maravilhas do mundo que não terminam
Marilia Mota Silva

+ de 3000 Acessos

"Empédocles diz:.....és louco, existe alguma parte onde dorme e se detém o espírito sagrado da vida para que tu possas atá-lo, a ele que é puro? Sempre na alegria nunca o enxergarás, ele não é de prisões onde o verias a se roer de angústia nem se demora sem esperança no mesmo lugar. Queres saber para onde vai? Deves atravessar as maravilhas do mundo que não terminam."

(In A Morte de Empédocles, 1a Versão-Quinta Cena, 2o ato, Hölderlin 1990 - Tradução de Alex Weinberg))

É virose. Quando os médicos não sabem o que fazer com os sintomas que não se encaixam em nenhum diagnóstico, dizem que é virose, que deve passar em dois ou três dias. Em geral dá certo e o paciente sobrevive. Sistema nervoso, estresse, doença autoimune são variações do mesmo recurso; funcionam como guarda-chuva sob o qual se abrigam males mal conhecidos e para os quais não há remédio ainda . Não é falta dos profissionais da saúde. É que a despeito do extraordinário impulso que os avanços tecnológicos deram às pesquisas no campo da medicina, o conhecimento sobre nós é bastante limitado. Há divergências até sobre questões básicas como alimentação e exercícios físicos: o que é recomendado hoje pode ser condenado amanhã.

Esse descompasso se agrava quando se trata do funcionamento de nossa mente. É como se habitássemos dois mundos. De um lado, trabalho, diversão, compras, pesquisas, filmes, fotografia, todo o tipo de negócios, vida social e amorosa ou arremedo disso, somos nós e as telas. Do outro lado, uma parte nossa que ficou perdida, esperando alguma coisa, a vida, seja lá o que for isso. Essa desarmonia cria um cisma, pede um reajuste.

Tem sido sempre assim. A história mostra que primeiro surge a ferramenta para atender a uma necessidade humana: a flecha, o machado, a roda; o uso dessa ferramenta estimula a imaginação e leva a novas conquistas. A invenção da imprensa deu impulso ao Renascimento. A pílula deu à mulher algum controle sobre seu corpo, com as consequências que temos visto. Uma coisa leva à outra e, aos trancos e barrancos, vamos nos adaptando às mudanças. Acrescentam-se sinapses e neurônios ao cérebro original que dividimos com os primatas; ampliam-se horizontes, valores, visão do mundo. É um dos aspectos que torna infinitamente estimulante a aventura da vida, o ser (mos) em construção.

O desenvolvimento tecnológico de agora mudou nossos caminhos de maneira irreversível. Fez uma revolução silenciosa, profunda e pacífica e nos uniu a todos, ignorando fronteiras, diferença de idiomas, interesses políticos. Tornou a informação livre e a comunicação possível de um ponto a outro do planeta. E tudo indica que é apenas o começo - o quantum, os qubits sugerem dimensões impensáveis até há pouco tempo. Os limites entre o real e a ficção se confundem. Nem Nostradamus previu isso. Difícil imaginar como estaremos daqui a meros cinco anos.

No entanto, nós mesmos continuamos no passado. Fundamentalismos proliferam, crenças e costumes primitivos ainda predominam; qualquer retórica nos inflama, qualquer discurso e doutrinação, por mais atrapalhados, encontram defensores furibundos. Ninguém escapa. Em versão suave, "civilizada", somos românticos: "Siga seu coração! Deixe que ele o guie", dizemos em momentos de decisão difícil, mesmo sabendo que não importa onde pulse - na mente, no peito ou abaixo da linha da cintura - o coração não é bom conselheiro. Pascal disse há séculos a frase que ficou famosa: O coração tem razões que a própria razão desconhece. Não devemos confiar em suas decisões. No quê então? Nossa memória é outro banco de dados que nos guia ao longo da vida e que também não merece muita confiança: editamos, apagamos, recriamos lembranças em nosso benefício ou das paixões que nos movem. Nossa percepção do outro, de seu estado emocional ou mental parte de assunções quase sempre equivocadas; raramente damos atenção ao que se passa em nós, às nossas emoções, às razões por trás de atos.

Vivemos às cegas. Somos figurantes em um filme cujo roteiro desconhecemos. Sem orientação e modelos de comportamento nos perdemos. A maior parte do que pensamos está abaixo do nível da consciência e da linguagem; vem de medos primitivos que trazemos do berço, de preconceitos, valores, atitudes adquiridas sem que nos déssemos conta. Somos movidos a ciúme, egoísmo, competição, vaidade; e desejo, compaixão, solidariedade. Existe algo essencial em nós? Um cerne, um eu? Muitas vezes não nos reconhecemos no diário ou carta antiga, ou mesmo na paixão que era tudo, há poucos anos, e agora não é nada; o amor de Swann. Somos todos assim, toda a humanidade: uma das maravilhas do mundo, e frágeis. Aceitar quem somos deve nos libertar de algumas amarras. E assim, quem sabe descobrimos onde se esconde o sagrado espirito da vida?


Marilia Mota Silva
Washington, 26/12/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A Serbian Film: Indefensável? de Duanne Ribeiro
02. Confissões de um crítico em tempos de internet de Marcelo Spalding
03. Como conhecer a literatura chilena atual? de Rodrigo Gurgel


Mais Marilia Mota Silva
Mais Acessadas de Marilia Mota Silva em 2012
01. Nem Aos Domingos - 2/5/2012
02. Só dói quando eu rio. - 23/5/2012
03. Carregando o Elefante - 3/10/2012
04. O que querem os homens? Do Sertão a Hollywood - 5/9/2012
05. Quem tem medo da Rio+20? - 13/6/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PATINHO FEIO VAI TRABALHAR - A SABEDORIA DOS CLÁSSICOS DE H. C.
METTE NORGAARD
DVS
(2007)
R$ 14,00



HANNIBAL
THOMAS HARRIS
RECORD
(1999)
R$ 23,00



SOCORRO! MINHA FAMÍLIA É DE ENLOUQUECER
KATHRYN LAMB
ARX JOVEM
(2005)
R$ 8,68



OFFICIUM ET CANTUS IN PROCESSIONE DOM PALMARUM IN TRIDUO
ANÔNIMO
NÃO DEFINIDA
(1830)
R$ 500,00



DIREITO DAS SUCESSÕES
REGINA GHIARONI (COORDENADORA GERAL)
FREITAS BASTOS
(2004)
R$ 14,28



OS FILHOS DA LUA
THEODORA LAU
PENSAMENTO
(2005)
R$ 11,99



DREAMANTINA
IVO PEREIRA
PRODUÇÃO INDEPENDENTE
(2014)
R$ 24,02



DARTANA
ANDRÉ VIANCO
ROCCO
(2016)
R$ 32,00



POEMAS E BUMBA-MEU-POETA
MURILO MENDES
NOVA FRONTEIRA
(1988)
R$ 8,90



ALVES & CIA
EÇA DE QUEIRÓS
LELLO & IRMÃO
(1952)
R$ 6,90





busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês