Uma lição de solfejo | Carina Destempero | Digestivo Cultural

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Workbook de Carl Honoré é transformado em lives
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Influências da década de 1980
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Homem Aranha Nº 63 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2007)
>>> Homem Aranha Nº 74 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2008)
>>> La Razon de Mi Vida de Eva Peron pela Peuser (1953)
>>> mem Aranha Nº 67 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2007)
>>> Homem Aranha Nº 44 Marvel Millennium - 5G de Marvell pela Panini (2005)
>>> Nw de Zadie Smith pela Penguin Books (2013)
>>> Homem Aranha Nº 59 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2006)
>>> Oi, Gente: Histórias para Você Ler de Evanildo Bechara pela Edicoes Consultor (2008)
>>> Homem Aranha Nº 58 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2006)
>>> Homem Aranha Nº 69 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2007)
>>> Box - A Segunda Guerra Mundial - 3 Volumes de Martin Gilbert pela Leya (2019)
>>> Pato Donald - Perdidos nos Andes de Carl Barks - Walt Disney pela Abril (2016)
>>> A Língua de fora de Carlos Eduardo Novaes pela Nordica (1979)
>>> Psicologia aplicada à administração de empresas de Cecília Whitaker Bergamini pela Atlas (1988)
>>> Vacas, Porcos, Guerras e Bruxas: Os enigmas da Cultura de Marvin Harris pela Civilização Brasileira (1978)
>>> Nordeste Alternativas da Agricultura de Manuel C. de Andrade pela Papirus (1988)
>>> O Distante Eufrates de Aryeh Lev Stollman pela Bertrand Brasil (2000)
>>> Homem Aranha Nº 25 Marvel Millennium de Marvell pela Panini (2021)
>>> Maravilhas do Conto Francês de Diaulas Riedel (org.) pela Cultrix
>>> O Erotismo: Fantasias e Realidades do Amor e da Sedução de Francesco Alberoni pela Círculo do Livro (1992)
>>> Administração de Marketing: Análise, Planejamento, Implementação e Controle de Philip Kotler pela Atlas (1994)
>>> Ensino Fundamental - 3º Ano, 2ª Série - 1ª Volume de Patrícia Waltiach pela Positivo (2009)
>>> Estudo Geral dos Metais de Bernardo Samu e Chinya Assahina pela Grêmio Politécnico (1953)
>>> Maigret et les Braves Gens de Georges Simenon pela Uge Poche (1996)
>>> Walt Disney World de Walt Disney Company pela Walt Disney Company (1986)
COLUNAS

Segunda-feira, 30/6/2014
Uma lição de solfejo
Carina Destempero

+ de 3200 Acessos

Aí você diz que são os tempos modernos, a sociedade do consumo, a internet. Que o problema é a queda das instituições, o divórcio, a falência das religiões. E eu, também, digo isso. Mas aí leio Shakespeare. Romeu e Julieta. Aquela peça linda sobre um amor tão grande que os amantes preferiram a morte à impossibilidade de viver um sentimento tão verdadeiro. E no começo do livro tá lá o Romeu apaixonado pela Rosalina. Dois dias depois de procurar o Frei em desespero porque Rosalina não lhe queria, ele está lá de volta, mas dessa vez por causa da Julieta. Ué? Quer dizer que as juras de amor que não duram uma semana não são uma coisa atual?

Continuo concordando que muito do nosso modo de vida atual colabora pra essas relações efêmeras que se multiplicam a cada dia, mas já começo a achar que isso só acentuou uma característica humana que já existe há muito mais tempo. Talvez antes a institucionalização dos amores, os casamentos, arranjados ou não, mas que precisavam ser eternos, nos desse a impressão (para nós, que vivemos hoje) de uma permanência de sentimento que já não sei se existia. Talvez sim, essa, aliás, é uma das minhas teorias: as leis, tanto a jurídica como a moral, barravam um pouco o comportamento que Freud diria seguir o Princípio do Prazer, de pensar apenas na satisfação momentânea, e agora que não há mais nada nos segurando estamos como selvagens do amor, pensando apenas no que serve para o momento, loucos atrás de uma satisfação plena cuja ilusão só perdura por instantes antes de precisar ser substituída.

Será que esquecemos como é bom dividir a vida com alguém? Esquecemos como não há preenchimento melhor do que pode dividir a falta? Saber que a pessoa está do seu lado e que não vai desistir ao primeiro sinal de dificuldade, porque sabe que tudo que é bom tem um preço? Parece que sim. Aí acho que entra com força a questão da sociedade de consumo e de direitos, nossa recusa por pagar o mínimo que seja. Lembro-me agora de uma passagem da Inês Pedrosa que me marcou muito:

"Habituamo-nos a tratar os amores como electrodomésticos: quando se escangalham, vamos ao supermercado comprar um novo, igualzinho ao que o outro era. Consertar? Não compensa: o arranjo sai caro, além de que nunca se sabe muito bem onde procurar a peça que falta. Substituímos a eternidade pela repetição, e o mundo começou a tornar-se monótono como uma lição de solfejo. Tememos a maior das vertigens, que é a da duração."

Acho que ela pegou no ponto do que acontecia há alguns anos. Agora me parece que está ainda pior. Não precisa mais nem dar defeito: é só aparecer um "aparelho" de modelo mais novo, que aparentemente supre melhor as nossas necessidades que pronto, lá vamos nós trocar. Parece que nos tiraram os antolhos e agora estamos perdidos, olhando o tempo inteiro para os lados atrás do melhor parceiro, e quando o encontramos não paramos, porque vai que tem um outro ainda melhor que eu ainda não vi?

Ao mesmo tempo, o que mais se escuta são lamúrias: Vivemos rodeados de gente, mas sozinhos, Não aguento mais tanta solidão, Ninguém mais quer se comprometer, Ninguém quer uma relação de verdade. Quando escuto isso sempre penso, e muitas vezes pergunto, E você, que está reclamando, você quer se comprometer? Você está disposto a abrir mão de fazer tudo do seu jeito sempre, de parar de olhar o outro como mercadoria e dar tempo para que se conheçam como pessoas, com qualidades, defeitos e desejos, sem compara-lo com três outros que talvez sejam melhores? Enquanto tratarmos as pessoas e os amores como produtos, não podemos esperar nada além do apodrecimento.


Carina Destempero
Rio de Janeiro, 30/6/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cuba E O Direito de Amar (2) de Marilia Mota Silva
02. Sobreviver à quarentena de Luís Fernando Amâncio
03. 4 filmes sobre publicar livros de Ana Elisa Ribeiro
04. A Casa das Aranhas, de Márcia Barbieri de Jardel Dias Cavalcanti
05. Crônica à la Caio Fernando Abreu de Elisa Andrade Buzzo


Mais Carina Destempero
Mais Acessadas de Carina Destempero em 2014
01. O humor no divã de Freud - 27/1/2014
02. O Bigode - 22/8/2014
03. A violência do silêncio - 24/3/2014
04. Era uma vez - 14/4/2014
05. Uma lição de solfejo - 30/6/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Twentieth Century Sculpture
E H Ramsden
Pleiades Books (londres)
(1949)



Introdução aos Recursos Cíveis e á Ação Rescisória
Bernardo Pimentel Souza
Saraiva
(2007)



Noções de Literatura Portuguêsa
Y. Fujyama
Ática
(1969)



Macromedia Flashmx 2004
Anielle Damasceno
Visual Books
(2004)



Emancipação, Emancipações: a Libertação dos Judeus no Ocidente
Edgard Leite
Walprint
(2012)



Como Falar Corretamente e sem Inibições - Contém um Cd
Reinaldo Polito
Saraiva
(1999)



Era uma Vez no Instituto de Educação
Zilá Simas Enéas
Autora (rj)
(1998)



Ira Implacável: Indícios de uma Conspiração.
Luis Eduardo Matta
Razão Cultural
(2002)



O Século Dourado
S. Squirra
Summus
(1995)



Planejamento do Controle Administrativo
Ian Holden Peter K. Mcilroy
Ao Livro Técnico
(1972)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês