Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet | Noah Mera | Digestivo Cultural

busca | avançada
33461 visitas/dia
922 mil/mês
Mais Recentes
>>> Comédia dirigida por Darson Ribeiro, Homens no Divã faz curta temporada no Teatro Alfredo Mesquita
>>> Companhia de Danças de Diadema leva projeto de dança a crianças de escolas públicas da cidade
>>> Cia. de Teatro Heliópolis encerra temporada da montagem (IN)JUSTIÇA no dia 19 de maio
>>> Um passeio imersivo pelos sebos, livrarias e cafés históricos do Rio de Janeiro
>>> Gaitista Jefferson Gonçalves se apresenta em quinteto de blues no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
Colunistas
Últimos Posts
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
Últimos Posts
>>> Virtuosismo
>>> Evanescência
>>> Um Certo Olhar de Cinema
>>> PROCURA-SE
>>> Terras da minha terra
>>> A bola da vez
>>> Osmose vital
>>> Direções da véspera V
>>> Sem palavras
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Banana Republic
>>> Em terra de cego, quem tem olho é Pelé
>>> O MP3 aconselha
>>> Cultura pop
>>> Monteiro Lobato: fragmentos, opiniões e miscelânea
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Borges: uma vida, por Edwin Williamson
>>> Garanto que você não vai gostar
>>> Stan Lee - o reinventor dos super-heróis
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
Mais Recentes
>>> Amigos Íntimos, Rivais Perigosos de Duane Schultz, Ph.D pela Rocco (1991)
>>> Postais do Abismo - Segredos da droga em Hollywood de Carrie Fisher pela Nova Cultural (1989)
>>> O Apicultor - Um Romance de Mexence Fermine pela Objetiva (2001)
>>> O Bosque das Ilusões Perdidas de Alain-Fournier pela Círculo do Livro (1972)
>>> Thais de Anatole France pela Martin Claret (2006)
>>> A Lua de Mel de Knut Faldbakken pela Nórdica (1990)
>>> O Cerco de Krishnapur de J.G. Farrell pela Record (1973)
>>> Os Diamantes São Eternos de Ian Fleming pela Civilização Brasileira (1965)
>>> Exel 2010 - Avançado de Richard Martelli e Maria Silvia Mendonça Barros pela Senac São Paulo (2013)
>>> Brasil--pais do presente--socialismo cristao brasileiro. de Augusto ariston e jesus chediak. pela Pi (2001)
>>> Shopping centers de Mario cerveira filho pela Saraiva (1999)
>>> Divina comédia (Com Ilustrações de Sandro Boticelli) de Dante Alighieri pela Ateliê/Unicamp (2011)
>>> Dinâmica da Contra-revolução na Europa: 1870-1956 de Arno J. Mayer pela Paz e Terra (1977)
>>> Dialectic For Beginners de Carlos Cirne Lima pela Edipucrs (1997)
>>> Democracia, agência e estado: Teoria com intenção comparativa de Guillermo Alberto O. Donnell pela Paz e Terra (2010)
>>> Crime e Castigo de Fiódor Dostoievski pela 34 (2005)
>>> Conservadorismos, Fascismos e Fundamentalismos: Análises Conjunturais de Ronaldo Almeida e Rodrigo Toniol (Orgs.) pela Unicamp (2018)
>>> Condomínio do Diabo de Alba Zaluar pela Ufrj (1996)
>>> Combate nas Trevas de Jacob Gorender pela Ática (1998)
>>> Coisas da Cosa Nostra: A Máfia Siciliana Vista Por Seu Pior Inimigo de Giovanni Falcone; Marcelle Padovani pela Rocco (2012)
>>> Cidade Aberta de Teju Cole pela Cia. das Letras (2012)
>>> Carta Aberta Aos Gurus Da Economia Que Nos Julgam Imbecis de Bernard Maris pela Bertrand Brasil (2000)
>>> Abismo de Kurt Falkenburger pela Clube do Livro (1980)
>>> Anchieta: A restauração de um Santuário de Org. Carol de Abreu pela Ministério da Cultura - IPHAN (1998)
>>> Cimarron de Edna Ferber pela Abril Cultural (1983)
>>> A Chave de Rebeca de Ken Follett pela Círculo do Livro (1986)
>>> Le Grand Meaulnes de Alin-Fournier pela Livre de Poche (1983)
>>> Harry Potter e o Cálice de Fogo de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban de J. K. Rowling pela Rocco (1999)
>>> O Amor Não Term Hora de Cynthia Freeman pela Record (1986)
>>> De Olho em Zumbi dos Palmares - Histórias, símbolos e memória social de Flávio dos Santos Gomes pela Claro Enigma (2011)
>>> Nei Lopes - Retratos do Brasil Negro de Oswaldo Faustino pela Selo Negro (2019)
>>> Cisne de Leonardo de Kren Essex pela Suma (2006)
>>> Diga Espelho Meu de Stanley Ellin pela Record (1972)
>>> Pecar e perdoar: Deus e o Homem na História de Leandro Karnal pela Harper Collins (2014)
>>> Dinastia de Robert S. Elegant pela Círculo do Livro (1977)
>>> The Wicca Handbook de Eileen Holland pela Samuel Weiser (2000)
>>> O Guerrilherio de Baker Street de B. Sweet-Escott pela Bloch (1965)
>>> A Filha do Milionário de Dorothy Eden pela Nova Cultural (1987)
>>> The Wicca Bible - The definitive guide to Magic and The Craft de Ann-Marie Gallagher pela Sterling Publishing - New York (2005)
>>> "Batman: Vigilantes de Gotham - N° 28: Viver e Morrer em Gotham City... de Vários pela Dc Comics: Abril (2000)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 41: Gotham City: Contagem Regressiva para o Fim...! de Dennis Oneil: Argumento pela Dc Comics: Abril (2000)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 26: Mulher Gato Ano Dois de Alan Grant: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 23: Batman - Procedimento Padrão de Alan Grant: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> As Grandes Correntes da Mística Judaica de Gershom Scholem pela Perspectiva (1972)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 19: Justiça Cega! de Jerry Ordway: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 16: Azrael - Anjo Em Guerra! de Jerry Ordway: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N°13: Batman Contra o Anjo Vingador de São Dumas! de Dennis Oneil: Roteiro pela Dc Comics: Abril (1997)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham (N. 10): Retorno de Alfred: A Conspiração Inglesa de Alan Grant: Roteiro pela Dc Comics: Abril (1997)
>>> Os Quatro Elementos e os Caminhos da Energia de Karen Hamaker-Zondag pela Nova Fronteira (1989)
COLUNAS

Quinta-feira, 16/2/2012
Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet
Noah Mera

+ de 4500 Acessos

A necrofilia da arte
Dá meu endereço a quem não gosto
A necrofilia da arte
Faz compreender quem não conheço
Pato Fu - A necrofilia da arte


Depois de morto, todo mundo vira santo observa a sabedoria popular. Esta é uma revisão natural, procurar o que há de bom nos feitos e na vida de qualquer pessoa falecida, não por alguma inclinação gentil da humanidade, mas sim porque a morte nos espanta. A morte, só se sabe a dos outros, e é a prova última da igualdade de toda a raça dos humanos. Nas inigualáveis palavras do poeta Ariano Suassuna o morto Cumpriu sua sentença e encontrou-se com o único mal irremediável, aquilo que é a marca de nosso estranho destino sobre a terra, aquele fato sem explicação que iguala tudo o que é vivo num só rebanho de condenados, porque tudo o que é vivo morre. Se a morte nos iguala, acho que os elogios póstumos não vêm de nenhum altruísmo, mas sim até de um certo egoísmo motivado por essa empatia forçada diante do mistério. Fazemos pelo morto o que queremos que seja feito por nós.

Mas o movimento contrário também é tão natural quanto essa identificação súbita - Principalmente quando se trata de uma figura pública. Sempre há alguém a nos lembrar que o morto não era esse santinho que se pinta. O mecanismo que leva à admiração súbita ou à falta de empatia me parece completamente aleatório. Não dá pra saber como a morte de uma figura pública vai impactar quem quer que seja.

Quando o morto é algum artista o fenômeno é ainda mais visível. Baixamos nossa guarda quanto ao julgamento moral e estético e assim podemos nos pegar elogiando as qualidades de quem implicamos a vida inteira - quiçá descobrir uma admiração antes impossível. É a morte vencendo a barreira do tecladinho de churrascaria e quetais, levando àqueles fenômenos de consumo que seguem a morte dos artistas.

Na internet, onde a opinião se tornou um imperativo e tudo gera discussões intermináveis (até chegar o próximo assunto) o velório público dos artistas alcançou um novo patamar. A morte de algum artista rapidamente se transforma em uma disputa de argumentos sobre a legitimidade da obra do artista. É isso que identifica a jornalista Rosana Hermann no artigo em que analisa alguns tweets sobre a morte do cantor Wando e comparando com os dedicados à Amy Winehouse.

Eu nunca fui o público do Wando. Nunca escutei uma música inteira do Wando (nem "Fogo e Paixão" que eu só conheço o refrão que todo mundo conhece) mas sempre tive a maior simpatia pela figura do cantor. Wando, Amado Batista, Odair José e semelhantes são representantes e porta-vozes de um tipo folclórico de brasileiro - o macho romântico como define Xico Sá (seu panegírico dedicado ao Wando é ouro). Feliz do país que conta com um tiozão colecionador de calcinhas em seu rol de celebridades populares! O Brega é o nosso punk. É música feita do povão para o povão, mas sem a parte carrancuda - que música é lugar de festa, cerveja, suor e sexo e defender o seu é na labuta de sol-a-sol. Estilo sincero e consciente de si, os artistas do brega nunca se levaram muito a sério - Quer característica mais brasileira que essa? Acho que é essa falta de artifícios que afasta a pretensa inteligentsia mais que a tosqueira da produção. Quem vê aquela montagem comparando Aí se eu te pego do Popstar Michel Teló com a letra pedantíssima de Daniel na Cova dos Leões do Renato Russo sabe do que eu estou falando.

E é assim que me sinto credenciado, mesmo conhecendo patavina da obra do Wando a saudá-lo! Foi com espanto que no dia de sua morte me vi necessitado a escrever alguma coisa, um conto remotamente inspirado no mundo do brega - Vida e morte de um outro rei do brega.



Noah Mera
Curitiba, 16/2/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Goeldi, o Brasil sombrio de Jardel Dias Cavalcanti
02. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
03. O papel aceita tudo de Jardel Dias Cavalcanti
04. Alice in Chains, Rainier Fog (2018) de Luís Fernando Amâncio
05. Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda? de Renato Alessandro dos Santos


Mais Noah Mera
Mais Acessadas de Noah Mera
01. As Midias Sociais e a Intimidade Inventada - 11/5/2011
02. Querem acabar com as livrarias - 17/1/2011
03. Informação, Redes Sociais e a Revolução - 9/3/2011
04. Anos 90, lado B - 15/6/2011
05. Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet - 16/2/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




FITA AZUL DE MARIA ANO V MAIO E JUNHO Nº60 - 61
FEDERAÇÃO MARIANAS
FEDERAÇÃO MARIANAS
(1958)
R$ 12,00



APONTAMENTOS PARA FUTURO
NELSON MANDELA , DESMOND TUTU
RAACO
(2018)
R$ 15,00



REDAÇÃO -PARA CONCURSOS
MARCELO PORTELLA
VESTCON
(2007)
R$ 9,70



A LISTA NEGRA
JENNIFER BROWN
GUTENBERG
(2012)
R$ 32,00



ESCOLAS INCLUSIVAS
ELISANGELA DA SILVA BERNARDO, HELENICE MAIA
MARSUPIAL
(2016)
R$ 40,00



ANTARCTICA COM A FOLHA ARTES
VARIOS AUTORES
COSAC NAIFY
(1998)
R$ 150,00



CARTAS A CHE GUEVARA - O MUNDO, TRINTA ANOS DEPOIS
EMIR SADER
PAZ / TERRA
(2003)
R$ 16,80



RETRATO DO BRASIL - ENSAIO SOBRE A TRISTEZA BRASILEIRA
PAULO PRADO
JOSÉ OLYMPIO
(1962)
R$ 50,00
+ frete grátis



FATORES DE RISCO PARA O BAIXO PESO AO NASCER
RAFAELLA MARIA MONTEIRO SAMPAIO UND FRANCISCO JOSÉ MAIA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 230,00



EM MEIA HORA... A MORTE
FRANCISCO MARTÍN MORENO
PLANETA
(2014)
R$ 18,28





busca | avançada
33461 visitas/dia
922 mil/mês