Seriados made in the USA | Juliana Lima Dehne | Digestivo Cultural

busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Christian Barbosa no MitA
>>> Obama e o oba-oba
>>> E se Amélia fosse feminista?
>>> O que é ser jornalista?
>>> Toda forma de amor
>>> O filósofo da contracultura
>>> Oderint Dum Metuant
>>> Beleza e barbárie, ou: Flores do Oriente
>>> A fragilidade dos laços humanos
>>> A fragilidade dos laços humanos
Mais Recentes
>>> Império do Café: a Grande Lavoura do Brasil (1850 a 1890) de Ana Luiza Martins pela Atual/ Sp. (1994)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Código da Vida - Fantástico Litígio Judicial de Uma Família de Saulo Ramos pela Planeta (2008)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Independência Ou Morte: a Emancipação Política do Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos /Lui Affonso Seigneur de Albuquerque pela Atual/ Sp. (1991)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1993)
>>> O Império da Boa Sociedade: a Consolidação do Estado Imperial Brasil de Ilmar Rohloff de Mattos / Marcia de A. Gonçalves pela Atual/ Sp. (1992)
>>> Contabilidade introdutória de Sergio Iudicibus, Stephen e outros pela Atlas (1977)
>>> Language Its Nature - Development and Origini de Otto Jespersen, (Prof. Univ. Coppenhagen)./ pela George Allen & UnwinnLtd/London (1949)
>>> El Espejo y La Lámpara: Teoría Romántica y Tradición Clásica de M. H. Abrams pela Eitorial Nova/ Argentina (1962)
>>> Clause Sauf Encaissement de Casimir Pajot pela Librairie Nouvelle de Droit Et de Jurisprudence (1891)
>>> Catolicismo para Leigos de John Trigilio e Kenneth Brighenti pela Altabooks (2008)
>>> Estudos Sobre Sucessões Testamentária de Orosimbo Nonato pela Forense (1957)
>>> Los Caminos Actuales de La Critica (Encadernado) de René Girard/ G. W. Ireland/ Jacques Leenhardt... pela Planeta/ Barcelona (1969)
>>> Instituições de Direito Civil Portuguez de M.A. Coelho da Rocha pela Garnier Livreiro (1907)
>>> Régimen Argentino de la Propiedad Horizontal de José A. Negri pela Arayú (1953)
>>> Enciclopédia de Cultura de Joaquim Pimenta pela Freitas Bastos (1963)
>>> Direitos de Família de Lafayette Rodrigues Pereira pela Freitas Bastos (1945)
>>> Demarcação Divisão Tapumes de Alfredo de Araujo Lopes da Costa pela Bernardo Alves S.A. (1963)
>>> Consultor Civil de Carlos Antonio Gordeiro pela Garnier (1913)
>>> El Derecho de Familia en La Legislacion Comparada de Luis Fernandez Clerico pela Hispano Americana (1947)
>>> Estudos de Direito Civil de Manoel Martins Pacheco Prates pela São Paulo (1926)
>>> Direitos Reaes de Garantia de J.L. Ribeiro de SouSa pela C. Teixeira
>>> Obrigações de Pagamento em Dinheiro (Três Estudos) de Paulo Barbosa de Campos Filho pela Jurídica e Universitária (1971)
>>> Teoria e Pratica dos Testamentos de Manoel Ubaldino de Azevedo pela Saraiva (1965)
>>> Les Groupements D' Obligataires de Albert Buisson pela Librairie Générale de Droit et de Jurisprudence (1930)
>>> Novo Código Civil Anotado Volume II ( Direito das Obrigações) de J.M.Leoni Lopes de Oliveira pela Lumen Juris (2002)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 6 ) Direito das Sucessões de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 5 ) (Direto das Obrigações 2ª parte) de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 4 ) Direito das Obrigações de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (2019)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 3 ) Direito das Coisas de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1991)
>>> Curso de Direito Civil ( Volume 2 ) Direito Família de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1992)
>>> Curso de Direito Civil ( Parte Geral) Volume 1 de Washington de Direito Monteiro pela Saraiva (1964)
>>> Usucapião de Imóveis de Lourenço Mario Prunes pela Sugestões Literárias S/A
>>> Instituições de processo Civil (Volume VI) de Caio Mário da Silva Pereira pela Forense (2007)
>>> Direito Civil Volume 6 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2004)
>>> O Pensamento Vivo de Einstein (Edição Ilustrada) de José Geraldo Simões Jr.: (Pesquisa e Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Direito Civil Volume 2 de Silvio Rodrigues pela Saraiva (2002)
>>> Posse o Direito e o Processo de Guido Arzua pela Revista dos Tribunais (1957)
>>> Estudo da Posse e das Acções Possessorias de Leopoldino Amaral Meira pela Livraria Academica (1928)
>>> Acção Possessória de J.M. de Azevedo Marques pela São Paulo (1923)
>>> O Direito de Ação e o Modo de Execê-lo de Ataliba Vianna pela Forense (1969)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Contratos de Seguro de Vários pela Juruã (1990)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Do Seguro Contra Fogo de J. Stoll Gonçalves pela Empreza Graphica (1926)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> O Pensamento Vivo de Darwin (Edição Ilustrada) de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Seguros Legislação de Nilton Alberto Ribeiro pela Francisco Alves (1974)
COLUNAS

Terça-feira, 5/8/2014
Seriados made in the USA
Juliana Lima Dehne

+ de 3100 Acessos

Seriados. Todo mundo gosta. Eu, inclusive, adoro. Há um mês eu trabalhei em um Writers' Room, em Colônia. Foram seis semanas de trabalho árduo, poucas noites dormidas, muito café, pizza e quiche. E nem em Paris estávamos. Por um milagre não engordei.

O que tem um Writers' Room a ver com um seriado? Tudo. Qualquer seriado que tenha mais de oito episódios, geralmente, requer um time de roteiristas para fazer acontecer. O nosso time de nove foi liderado pelo showrunner Morgan Gendel que, além de premiado com Hugo Award e nomeado ao Emmy, escreveu e produziu grandes seriados como Law & Order e Star Trek: the new generation. Ele está acostumado a trabalhar para as networks, o que quer dizer, para uma temporada de 22 a 24 episódios. Para a TV por assinatura, como HBO ou AMC, ou para as distribuidoras virtuais, como Netflix ou Amazon Prime, a expectativa é de 10 -13/14 episódios por temporada.

O sistema americano de televisão funciona da seguinte maneira. Primeiro um roteirista tem uma brilhante ideia (pois é claro que achamos que nossas ideias são sempre brilhantes) para um seriado que se chama "pitch". A partir do pitch, ele escreve o chamado piloto, que de uma certa maneira é como um piloto de avião, pois ele conduzirá a temporada. O piloto serve como guia. Ele apresenta as personagens, os problemas que terão que enfrentar, o tema do seriado, e até o modelo para cada episódio sucessivo seguir. É uma espécie de blue print que os outros roteiristas, no Writers' Room, terão que seguir. Ai alguém lá no canal de televisão como ABC ou NBC gosta tanto do que leu que "encomendará" o piloto, ou seja, o primeiro episódio. O roteirista, que teve a brilhante ideia, e seu time de pelo menos oitenta pessoas, produzem o piloto. Só que eles não são os únicos. Pelo menos outros noventa times estão também na corrida frenética do chamado "Pilot Season". Mas chegar ao produzir, significa que esses sortudos já passaram pela peneira que deixou uns outro dois mil para trás.

Ai vem a hora da verdade: os estúdios coletam esses pilotos produzidos e fazem o que é chamado de "screen tests". Eles trazem público, que nem eu e você, para assistir e votar, dar opinião, dizer o que gostou e não gostou e, baseado nestes resultados, eles escolhem a metade dos pilotos para virarem seriados. É neste momento intenso de muitas noites mal dormidas e muito estresse que o telefone, com a sorte ou o azar do outro lado da linha, toca.

O telefonema da sorte chama-se "green light" (luz verde). O roteirista, que teve a ideia brilhante, escreveu o mapa do tesouro e produziu o primeiro episódio para a tela, virará então o showrunner de um novo seriado. Esta função, apesar de ser uma função relativamente nova, final dos anos 90 para cá, é primordial. Ela é uma mistura de produtor e roteirista. O showrunner, como diz o nome, é a pessoa que "runs the show" ou seja comanda o show.

Acredito que só o sistema americano prepara profissionais para exercer tal cargo, pois foi este sistema que criou o cargo. O showrunner formará então um time de roteiristas para escrever os próximos vinte e tanto episódios pois, como novela brasileira, o volume de episódios é tão grande que tem que ter um sistema industrial para que se produza episódios continuamente em pouco tempo. São apenas seis semanas entre o "green light" e a estreia da temporada. E tem que ter criação e produção simultâneas. Nem novela brasileira tem showrunner, pois quem escreve não produz, e quem produz não escreve e os diretores comandam os sets. Nos EUA são os escritores que comandam os diretores. Seja para uma comédia de meia-hora ou um drama de uma hora, o sistema de produção é o mesmo. A diferença entre produzir 13 ou 22 episódios se nota na qualidade do produto final. Com menos episódios tem-se mais tempo para os detalhes e são os detalhes que fazem a diferença. Pense em Mad Men ou Game of Thrones.

Mas a produção de seriados está mudando com o avanço da tecnologia. Netflix por exemplo produz a temporada toda antes de levar ao ar, já que a mesma é oferecida de uma vez só, o que formou um novo hábito de consumo chamado "binge watching" (assistir compulsivamente). Seriados como House of Cards ou Orange is the New Black vêm de uma só vez, completo. Eu, por exemplo, assisti House of Cards em uma tacada. Só não conta para ninguém, pois eu disse que estava trabalhando. E de uma certa maneira até estava.

A televisão como nós a conhecemos mudou e continuará a mudar com os avanços da tecnologia e os novos hábitos de consumo das novas gerações. Daqui a pouco não haverá mais separação entre TV e Internet e não haverá mais horário imposto para assistir ao seu programa favorito. Mas voltando a falar sobre a produção, exibindo um episódio por semana ou todos ao mesmo tempo, tanto faz. De qualquer modo, eles dependem de um Writers' Room para criar a temporada. E as vantagens de escrever coletivamente são enormes.

Durante as nossas seis semanas, nós criamos um seriado novo para o mercado europeu com o modelo americano de produção. A eficiência e qualidade do que se produz com dez cabeças capazes em vez de uma ou duas, são imbatíveis. Claro que sempre existem exceções, como o escritor de Vikings, Michael Hirst, que escreveu a temporada solo. Toda regra tem sua exceção.

Como o provérbio nigeriano que diz que "it takes a whole village to raise a child" (é preciso uma aldeia para criar uma criança), eu digo "it takes a whole village to create a series" (é preciso uma aldeia para criar um seriado). E esta aldeia começa no Writers' Room e termina na sua tela de TV.



Juliana Lima Dehne
Munique, 5/8/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sobre caramujos e Omolu de Ricardo de Mattos
02. Dicas para você aparecer no Google de Adriana Baggio
03. Não quero encontrar você no Orkut de Ana Elisa Ribeiro
04. As Esquetes de Nova Orleans, de Willian Faulkner de Ricardo de Mattos
05. O romance da desilusão de Bruno Garschagen


Mais Juliana Lima Dehne
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HOTEL GARNI - A HISTÓRIA DA SENSIBILIDADE
HUBERT FICHTE
BRASILIENSE
(1989)
R$ 11,12



PLANTAS PARA CASA
JOAN COMPTON
MELHORAMENTOS
(1970)
R$ 5,00



ESTACAO CARANDIRU
DRAUZIO VARELLA
CIA DAS LETRAS
(2002)
R$ 15,00



EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA - 9859
JOSÉ PRADO MARTINS / ELISABETH CASTELLANO (ORG.)
EDUNICEP
(2003)
R$ 14,00



O PATINHO FEIO VAI TRABALHAR
METTE NORGAARD
DVS
(2007)
R$ 32,00



A FILOSOFIA NA ÉPOCA TRÁGICA DOS GREGOS
FRIEDRICH WILHELM NIETZSCHE
ESCALA
(2008)
R$ 29,90
+ frete grátis



SKYLINE 3 STUDENTS BOOK A
SIMON BREWSTER E OUTROS
MACMILLAN
(2005)
R$ 7,90



O CÔNSUL HONORÁRIO
GRAHAM GREENE
ARTENOVA
(1973)
R$ 25,90
+ frete grátis



INCLUSIVE EDUCATION: A GLOBAL AGENDA
SEAMUS HEGARTY, COR AND MEIJER, SIP JAN PIJL
ROUTLEDGE
(1996)
R$ 129,00



SAFARI EMCANTOS DE ÁFRICA ENCHANTED CORNERS OF AFRICA
LUÍS LOURO
BOOK TREE
(2013)
R$ 100,48





busca | avançada
28584 visitas/dia
1,0 milhão/mês