A difícil arte de saber mais um pouco | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
>>> Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho durante o 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Amor muito mata
>>> Garganta profunda
>>> Monte Sinai (reeditado)
>>> Antonio Candido
>>> O Rosto de Cristo
>>> A morte absoluta
>>> Eleições na quinta série
>>> Desenrock-se
>>> Tabus do Orkut
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
Mais Recentes
>>> Busque Dentro de Você de Chade-Meng Tan pela Novas Ideias (2014)
>>> Mentes Perigosas - O Psicopata Mora ao Lado de Ana Beatriz Barbosa Silva pela Fontanar (2008)
>>> Futebol ao Sol e à Sombra de Eduardo Galeano pela L&pm (2015)
>>> Acima de Tudo o Amor de Henrique Prata pela Gente (2012)
>>> Psicoterapias - Cognitivo-Comportamentais de Bernard Rangé pela Artmed (2001)
>>> O Ateneu - Série Bom Livro de Raul Pompéia pela Atica
>>> Los pueblos indios de México - Evolucíon Crítica de su Concepto y Realidad Social de Carlos Montemayor pela Debolsillo (2008)
>>> Manual do Advogado - advocacia prática, civil, trabalhista e criminal 31ª ed. de Valdemar P. da Luz pela Manole (2019)
>>> Historia Da America Latina de Piere Chaunu pela Editorial Universitária de Buenos Aires (1964)
>>> El Cuento Hispanoamericano: Antologia Critico-Historica de Seymour Menton pela Fondo de Cultura Económica (1993)
>>> Correspondência - Linguagem & Comunicação de Odacir Beltrão pela Atlas (1981)
>>> Contabilidade Industrial de Varios Autores pela Atlas (1974)
>>> Historia contemporánea de América Latina de Tulio Halperín Donghi pela ‎ Alianza; (1989)
>>> Factoring no Brasil de Luiz Lemos Leite pela Atlas (1993)
>>> A Hora do Amor de Álvaro Cardoso Gomes pela Ftd (1999)
>>> América latina II - La época colonial de Richard Konetzke pela Siglo XXI (1977)
>>> Manana en la Batalla Piensa en Mi de Javier Marías pela Punto de Lectura (2000)
>>> Direito Constitucional 2ªed. de Edson Ricardo Saleme pela Manole (2019)
>>> Autocracia o Democracia en Cuba? de Carlos Méndez Tovar pela Editorial Cultura Popular (1999)
>>> Grammar Book Wizard de Wizard pela Wizard
>>> Los Cambios En Las Estructuras Socioclasistas de Manuel Menendez Diaz pela Editorial De Ciencias Sociales (2003)
>>> Buçal de Prata - de Luiz Coronel pela Tchê! (1984)
>>> Cozinha Regional Brasileira: Bahia Vol. 2 de Abril Coleções pela Abril Coleções (2009)
>>> Manual de Direito Civil - Tabelas com resumo - Questões de concursos e da ordem 2ªed. de Luiz Fernando do Vale de Almeida Guilherme pela Manole (2019)
>>> Grammaire Progressive Du Français Debutant 400 Ex. de Maia Gregoire pela Cle International Fr (1998)
COLUNAS

Sexta-feira, 31/10/2014
A difícil arte de saber mais um pouco
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4000 Acessos

Fico particularmente feliz quando alguém me pede a indicação de um livro. Só não fico mais satisfeita porque talvez eu tenha de emprestar meu exemplar, algo que me dói bastante. Em um ou outro caso, tenho dois volumes, justamente para dividir meu sofrimento e reduzir as chances de ficar sem minha querida edição, comprada com carinho e carimbada com meus dados. Sou do tipo que manda fazer ex-libris e que grava umas páginas com carimbo seco. Chiqueza ciumenta, amor pelas palavras.

Mas um dia, uma pessoa próxima espiou minha estante de livros e topou lá com A história da riqueza do homem, de Leo Huberman. Era um volume amarelado e empoeirado, lido durante o ensino médio, quando fazíamos História com um professor que não nos subestimava. O livro estava ali, misturado a outros adquiridos na mesma época. O amigo pediu emprestado, disse que leria logo, prometeu devolver - o que cumpriu - e levou meu volume.

Leu. Foi até rápido, deu pouca notícia, mas comentou, vez ou outra, que gostara de saber umas coisas, que fazia certas conexões com o mundo de hoje, com sua profissão, com as questões da terra na atualidade, etc. Considerou a leitura de bom proveito e me agradeceu pela oportunidade de ler o título. Fiquei feliz com esta chance. Gosto mesmo de ir semeando, numa metáfora do plantar/colher bastante fértil.

Mas daí que a leitura findou, as páginas chegaram ao fim e o amigo sentiu-se apto a ler mais um. Uma lindeza essa história de gostar de algo e querer mais. Viciante mesmo. Fiquei especialmente feliz com o desejo de continuar. Vamos lá, passeie pela estante novamente, quem sabe há algo mais?

O amigo espiou os volumes vizinhos do livro de Huberman. Pensou que talvez o critério ali fosse o tipo, a categoria, o tema. Estava errado. Era só a época em que li as edições, mas estava tudo bem. E depois de sentir-se perdido, numa espécie de labirinto de oportunidades, o amigo me pediu sugestão.

É difícil dar sugestão. Ler é coisa particular. Mas também é coletiva. Quando ler depende de gosto pessoal, fica tudo muito melindroso. Mas eu poderia tentar. Conhecia o amigo razoavelmente e vinha cá com a experiência recente de ele ter gostado de um livro de história. Da riqueza. E dos homens. Então ousei. Bom, na mesma época da escola, li Galeano. Lemos As veias abertas da América Latina, obra da qual não pude sair a mesma. E lasquei a sugestão no amigo.

Ele levou o livro - prometendo devolver, o que também cumpriu. Só que, desta vez, foi muito mais rápido. Devolveu-me um livro quase a atirá-lo em minha cara. Disse ali uns xingamentos, como que a me censurar por ter indicado algo como aquilo. Fui apurar e descobri o que havia acontecido: o amigo não tolerou. Mal conseguiu passar ali das primeiras páginas, achou o autor um maluco, avaliou o texto como "de esquerda", olhou, olhou e não se enxergou ali. Mas, por outro lado, não quis olhar o que não fosse sua própria cara. Xingou. Devolveu como se tivesse vírus. Tirou de circulação, antes que os filhos vissem. Disse que era um absurdo ler aquilo. E não quis mais ler nada da minha estante.

Bem, eu não me ofendi. Na minha estante tem isto e aquilo, tem de tudo, tem pra lá e pra cá. Minha estante balança. Minha estante é um mundo - inteiro, e não de um lado só das coisas. Minha estante tem pra gregos & troianos. E eu fiquei mesmo foi com pena das pessoas que não conseguem sequer conhecer um pouquinho das sabedorias dos outros. Quem são eles? O que eles pensam? Por que não pensam como eu? Por que são diferentes? Por que sou diferente deles? Qual é a lógica deles? Nem isso. Imagina se alguém assim pode aprender?

Aprender é um movimento pendular. Aprender depende de sair um pouco de si e espiar lá, onde nunca estive, para, quem sabe, voltar. Ou não voltar. Aprender é um movimento, antes de tudo. Aprender é um balanço entre uma coisa que eu sabia e outra, que eu não sabia. Às vezes, ainda, uma outra coisa que eu achava que sabia, mas não. Ou uma coisa que eu nem sabia que sabia. Aprender pede tino, tato, um pouco de calma, esforço. Não é sempre lúdico, como querem alguns. Aprender às vezes mexe com coisas enferrujadas, demove, arranha ou arrasta. Aprender pode ser desconfortável, incômodo. Imagina dar-se conta de que não se sabia nada direito? É um horror, para um adulto maduro e formado. Mas se você não pode nem sequer ler...

Eu fiz um esforço mínimo - porque conhecia um pouco a teimosia e a dureza do amigo - para convencê-lo a continuar com o Galeano. Disse a ele que, talvez, fosse interessante ler aquele livro até o fim, conhecer algo daquela história ali, sob aquele ponto de vista. Livro famoso, dezenas de edições, milhares de citações. Vamos ver então? O que será que ele guarda? Mas o amigo não quis. Não quis nem saber - não é essa a expressão?

Alguns dos meus parentes diziam que "saber mais não ocupa espaço". Há uma ou duas frases parecidas com essa. Saber mais é lucro. Mas o que eu fico pensando é que saber mais talvez nos leve a escolher com um pouco mais de informação. Pra que serve tanta informação, tanto relatório, tanto número, tanto texto? Pra tomar decisões. É pra isso que serve saber isto e aquilo. E, mesmo assim, não há garantias sobre perfeição, acerto e precisão.

Eu lamento os amigos que não querem nem saber. Eu lamento crianças que já convivam com isso. Ler - em que dispositivo for - é uma chance de saber mais sobre algo. Ler Galeano ou ler Huberman, ler um teco de Hobsbawm ou um tico de Arendt pode ajudar a balancear melhor as ideias, seja para ir, seja para voltar. Mas, para voltar, é preciso ter ido, para escolher, é preciso ter enxergado, ao menos, dois lados, senão mais.

Fábrica de Chocolates

Livros, de Van Gogh


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 31/10/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas de Cassionei Niches Petry


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2014
01. E se Amélia fosse feminista? - 1/8/2014
02. Beijo surdo - 10/1/2014
03. Curso de gestão atabalhoada do tempo - 23/5/2014
04. 40 com corpinho de 39 - 2/5/2014
05. Soluções geniais para a escola e a educação - 28/3/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Julgamento Em - Epílogo da Tragédia
Leo Kahn
Renes
(1973)



Brasileiros no Sinistro Triângulo das Bermudas
Arthur Oscar Saldanha da Gama
Biblioteca do Exército
(1984)



Esto no Es (solo) un Diario 4º Ed
Kurtz Adam J.
Plaza & Janes
(2015)



Alto Risco Em Neonatologia
Klaus e Fanaroff
Guanabara Koogan
(1995)



Pelos Caminhos da História - Ensino Médio
Adhemar Martins Marques
Positivo
(2006)



Plano Diretor do Mercado de Capitais 2002
Carlos Antonio Rocca
José Olympio
(2002)



Guia do Mercado de Capitais
Humberto Casagrande
Lazuli
(2006)



Enquanto o Amor Não Vem - Em Busca de Si e do Amor...- 3ª Edição
Iyanla Vanzant
Sextante
(1999)



Livro - a Cidade e as Serras - Eça de Queiroz
Eça de Queiroz
Ediouro



Intuições: Como encontrar respostas para os problemas da vida
Theresa Winter
Pensamento





busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês