Repensando a esquerda | Celso A. Uequed Pitol | Digestivo Cultural

busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De vinhos e oficinas literárias
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
>>> Eugène Delacroix, um quadro uma revolução
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 14/4/2015
Repensando a esquerda
Celso A. Uequed Pitol

+ de 1700 Acessos

Roger Scruton é um dos nomes mais importantes do atual pensamento conservador britânico. Professor de Estética na Universidade de Londres e autor de mais de trinta livros, em seu país é conhecido sobretudo pelos animados debates que trava com intelectuais de esquerda. Até mesmo um de seus mais duros opositores, o crítico literário marxista Terry Eagleton, foi obrigado a reconhecer-lhe o talento: "Scruton é um dos mais brilhantes filósofos da Grã-Bretanha", disse ele.

E um filósofo que já tem leitores no Brasil. Dois livros seus já foram lançados por aqui - "Beleza" e "O Coração Devotado à Morte", ambos pela É Realizações - e a eles soma-se agora "Pensadores da Nova Esquerda" (É Realizações, 336 páginas, tradução de Felipe Garrafiel Pimentel), uma coleção de ensaios originalmente publicados no The Salisbury Review , uma das mais célebres revistas de tendência conservadora do mundo anglófono.

O objeto do olhar de Scruton são alguns os principais nomes pensamento de esquerda do século XX. Deu especial atenção a autores que à época de seu lançamento - 1986 - dominavam o debate universitário europeu, como Jurgen Habermas, Michel Foucault, E.P. Thompson, Antonio Gramsci, Perry Anderson, Gyorgy Lukács e Jean Paul Sartre, todos bem conhecidos dos estudantes brasileiros de Ciências Humanas. Que ninguém se engane: Scruton não é nenhum hidrófobo e está pronto para reconhecer méritos nas obras dos autores que escolheu para analisar. Faz, entretanto, uma ressalva: para ele, "muito do que é interessante e verdadeiro nesses escritores pode ser desvinculado da ideologia que lhes proporcionou o apelo em voga". Quer dizer: eles têm interesse apesar de serem esquerdistas.

Scruton refere-se em particular à Nova Esquerda - "New Left", no original. O termo é frequentemente usado para definir o grupo de pensadores de esquerda que, a partir dos anos 60 e 70 - mais precisamente, a partir do relatório Kruschev, de 1956, sobre os crimes do stalinismo - passou a reconsiderar certos pontos de vista do marxismo-leninismo e a aproximar-se do ativismo social em prol de minorias étnicas, sexuais e laborais. Por isso, a muitos causará estranheza a presença de Lukács no conjunto da Nova Esquerda, conceito que ele, Lukács, marxista ortodoxo, criticaria com vigor. Em outros provocará sentimento semelhante a simples caracterização de Dworkin e Galbraith como esquerdistas. Scruton não ignora estas objeções - ele tem uma capacidade única de antecipar-se a seus detratores - e a elas responde, ressaltando que alguns nomes foram escolhidos pela sua influência decisiva no pensamento da Nova Esquerda.

Os autores que Scruton estudou pertencem a diversas áreas: Direito, Economia, História, Ciência Política e, claro, Filosofia. Esgrimir contra cada um deles em seu próprio terreno, com suas próprias regras, é um desafio dos mais duros para qualquer um, mesmo para eruditos como ele. Scruton aceita o desafio e se sai muito bem: circula à vontade pelo Direito Comercial comparado e pela história intelectual alemã, pelas ciências naturais e pela economia política marxista, pela filosofia idealista e pela sociologia francesa, expondo as mais complexas discussões e os mais áridos assuntos com clareza, elegância e, não raro, um toque de humor tipicamente inglês.

É bem verdade que, no afã de provar o seu ponto de vista - e este é, definitivamente, um livro com um ponto de vista ,- ele acaba por fazer uma ou outra avaliação injusta: exemplo disto se vê no ensaio sobre Lukács, que lamentavelmente omite o período pré-marxista de sua produção intelectual e acaba por deixar de fora um de seus mais lidos e influentes livros, "Teoria do Romance", apresentando-o como pouco mais do que um apologista do stalinismo. Mas estes são problemas menores diante do tamanho do trabalho de Scruton, que proporciona a muitos de nós - em grande parte formados a partir da leitura dos autores abordados nesta obra - uma oportunidade de estabelecer um saudável, desejável e qualificadíssimo contraponto crítico.


Celso A. Uequed Pitol
Canoas, 14/4/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Escola (e escolinha) de Julio Daio Borges
02. Fui assaltado de Julio Daio Borges
03. Escrever pode ser uma aventura de Marta Barcellos
04. Companheiros de Jornada de Ricardo de Mattos
05. Meu assassino de Guilherme Pontes Coelho


Mais Celso A. Uequed Pitol
Mais Acessadas de Celso A. Uequed Pitol em 2015
01. Caminhos para a esquerda - 3/2/2015
02. Um estranho chamado Joe Strummer - 8/9/2015
03. Canadá, de Richard Ford - 17/11/2015
04. O testemunho de Bernanos - 4/8/2015
05. Um DJ no mundo comunista - 9/6/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




INDICADORES DE JURUTI - 8958
DIVERSOS
F G V
(2009)
R$ 15,00



SOMOS TODOS FILHOS DE DEUS? - 3ª
EDIR MACEDO
UNIPRO
(2012)
R$ 14,00



PROJETO MULTIPLO BIOLOGIA 2
FERNANDO GEWANDSZNAJDER SÉRGIO LINHARES
ATICA
(2014)
R$ 139,90



OS MOEDEIROS FALSOS
ANDRÉ GIDE
CÍRCULO DO LIVRO
R$ 30,00



THE GREAT WHITE BROTHERHOOD
ELIZABETH CLARE PROPHET
SUMMIT UNIVERSITY PRESS
(1987)
R$ 130,00



A MISSÃO DOS SETENTA E O "LOBO INVISÍVEL"
PAIVA NETTO
ELEVAÇÃO
(2018)
R$ 24,00



FASHION IS SPINACH
ELIZABETH HAWES
FORGOTTEN BOOKS
(2012)
R$ 90,00



EL CINE AL DIA
D. A. SPENCER E H. D. WALEY
EDITORIAL NOVA (BUENOS AIRES)
(1944)
R$ 19,28



CONFERÊNCIA ÍNDIA - III CONFERÊNCIA NACIONAL POLÍTICA EXTERNA
III CONFERÊNCIA NACIONAL DE POLÍTICA EXTERNA
FUND ALEXANDRE DE GUSMÃO
(2009)
R$ 26,82



SEXTA FEIRA TRIANGULAR
J. P. DONLEAVY
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1967)
R$ 12,00





busca | avançada
38320 visitas/dia
1,3 milhão/mês