Arte sem limites | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
>>> Boca Migotto lança livro sobre cinema gaúcho durante o 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O que eles disseram antes do último suspiro
>>> Amor muito mata
>>> Garganta profunda
>>> Monte Sinai (reeditado)
>>> Antonio Candido
>>> O Rosto de Cristo
>>> A morte absoluta
>>> Eleições na quinta série
>>> Desenrock-se
>>> Tabus do Orkut
Mais Recentes
>>> Tarzan, o Magnífico - Volume 13 de Edgar Rice Burroughs pela Codil (1959)
>>> Tarzan o Invencível - Volume 11 de Edgar Rice Burroughs pela Codil (1959)
>>> Origami, Darwin e os triângulos mágicos de Carlos Genova pela Escrituras (2012)
>>> Zen Budismo e Psicanálise de D. T. Suzuki / Erich Fromm / Richard de Martino pela Cultrix
>>> Italiano Em 30 Dias: Aprenda um Novo Idioma Em Apenas um Mês Com Cd de Berlitz ; Paola Frattola pela Martins Fontes (2008)
>>> Italiano Em 30 Dias: Aprenda um Novo Idioma Em Apenas um Mês Com Cd de Berlitz ; Paola Frattola pela Martins Fontes (2008)
>>> A longa e sombria hora do chá da alma (Dirk Gently – Livro 2) de Douglas Adams pela Arqueiro (2016)
>>> Feito em Casa - Pães e Fermentos de Dick e James Strawbridge pela Publifolha (2015)
>>> Justiça - O Que é Fazer a Coisa Certa de Michael J. Sandel pela Civilização Brasileira (2014)
>>> Parola Chiave: Dizionario di Italiano per Brasiliani de Carlo Alberto Dastoli pela Martins Fontes (2012)
>>> Éramos Seis de Maria José Dupré pela Atica (1989)
>>> A Sutil Arte de Ligar o Foda-se de Mark Manson pela Intrinseca (2017)
>>> Somente Sua de Sylvia Day pela Paralela (2014)
>>> Ilhabela Seus Enigmas de Jeannis Michael Platon pela Sportmar (2006)
>>> O Príncipe de Machiavelli pela Exposição do Livro
>>> Doenças Infecciosas e Parasitárias de Ministério da Saúde pela Brasilia (2010)
>>> Os Pensadores - Sartre de Jean Paul Sartre pela Abril Cultural (1978)
>>> Segredos Submersos do Atlântico de Eduardo Meurer pela Termo Ventura (2004)
>>> O Vôo da Cobra de Lucas Izoton Vieira pela Qualitymark (1998)
>>> Moedor de Carne de Eduardo Lisboa pela Humanaletra (2018)
>>> Moedor de Carne de Eduardo Lisboa pela Humanaletra (2018)
>>> Jack Welch: o Executivo do Século de Robert Slater pela Negocio (1999)
>>> Toda Sua de Sylvia Day e Alexandre Boide pela Paralela (2012)
>>> Aqueles de Brasília de Rubens Ferneda pela Giostri (2013)
>>> Os Pensadores - Piaget de Jean Piaget pela Abril Cultural (1978)
COLUNAS

Segunda-feira, 2/3/2020
Arte sem limites
Fabio Gomes

+ de 2000 Acessos

Quando eu estava na faculdade - ou seja, há uns 20 anos -, certa ocasião uma colega, talvez incomodada com o fato de eu ter sempre vários projetos simultâneos (na época, fotografava, fazia cartum, escrevia prosa e teatro...), me fez uma pergunta que até hoje eu não entendi. Ela queria saber qual dessas modalidades artísticas eu escolheria, se só pudesse me dedicar a uma única. Respondi que essa escolha era impossível, pois em cada uma delas eu me expressava de uma maneira diferente.

A questão não era econômica, já que, à época, nenhum desses projetos artísticos me gerava renda alguma (não que eu tivesse algo contra - risos). Mas, assim como é muito difícil, quase impossível, você se sustentar no Brasil apenas com um salário de emprego formal (muitos assalariados acabam desenvolvendo, em paralelo, uma carreira de empreendedor informal movido pela necessidade), penso que é também muito difícil que a um artista baste uma única forma de expressão. 

Desde 2016, pelo menos, alio em 
meu trabalho fotografia e poesia.
O fotopoema acima faz parte do 


Inclusive demorei agora para lembrar de artista que, conhecido por uma modalidade artística, jamais tenha experenciado outra. Ocorreu-me o escritor paranaense Dalton Trevisan, 94 anos. Ao acessar seu verbete na Wikipedia, porém, descobri que em 1974 ele escreveu as histórias e os diálogos do filme Guerra Conjugal, adaptação de contos seus de obras diversas. Diálogo para cinema faz parte do roteiro, e roteiro, mesmo sendo um texto escrito, é uma ferramenta de cinema. 

Então é de se estranhar que a muitos incomode que um artista atue em mais de uma frente, seja por necessidade de expressão, seja por questão econômica ou pelo motivo que for. Em entrevista à Folha de S.Paulo em 1994, Chico Buarque relatou que, mesmo "um sujeito" o tendo chamado de "sambista", pensando ofendê-lo, ele, Chico, gostaria que, ao morrer, dele dissessem: "morreu um sambista que escrevia livros". 

A quem interessa colocar cada artista em uma única "gaveta" dos fazeres artísticos possíveis? E, pior: quem definiria que "gaveta" seria esta?  Vamos pensar no caso do cinema: raramente um cineasta fará mais de um filme por ano, bem como filmes em anos consecutivos. O tempo em que os principais nomes da MPB lançavam um disco todo ano também já passou. Sou a favor de que toda pessoa se expresse da forma que preferir, na quantidade que desejar. A arte só tem valor sendo livre! 




Fabio Gomes
Macapá, 2/3/2020


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2020
01. Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas) - 11/5/2020
02. Vamos pensar: duas coisas sobre home office - 6/4/2020
03. A medida do sucesso - 27/1/2020
04. Elis vive - 16/3/2020
05. Arte sem limites - 2/3/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Perdas e Ganhos
Lya Luft
Record
(2003)



Era uma Vez... o Corpo Humano - a Respiração
Vários Autores
Globo/planeta
(1995)



O Livro das Formas Vol. 4
Biblioteca Infantil
Biblioteca Infantil



Filosofia para Não Filósofos
Neidson Rodrigues
Cortez
(2011)



Massagem - Tecnicas e Resultados
Carla-krystin Andrade e Paul Clifford
Guanabara Koogan
(2001)



Inteligência Corporal
Edward Abramson
Best Seller



Passion Play
Jerzy Kosinski
Círculo do Livro



Disfunção Cerebral Mínima na Criança
Paul H Wender
Manole
(1974)



O último Moicano
James Fenimore Cooper
Melhoramentos
(1997)



A relação terapeuta paciente em fonoaudiologia
Regina Celi machado Cupello
Revinter
(1995)





busca | avançada
54465 visitas/dia
2,0 milhão/mês