Pobre rua do Vale Formoso | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
60917 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Dentre Nós Cia de Dança estreia “Sagrado Seja o Caos”
>>> Teatro: Sesc Santo André traz O Ovo de Ouro, espetáculo com Duda Mamberti no elenco
>>> PianOrquestra fecha a temporada musical 2021 da Casa Museu Eva Klabin com o espetáculo online “Colet
>>> Primeira temporada da série feminina “Never Mind” já está completa no Youtube da Ursula Monteiro
>>> Peça em homenagem à Maria Clara Machado estreia em teatro de Cidade Dutra, na periferia de São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O poder da idéia
>>> A cidade e as serras
>>> A falta de paciência com o cinema
>>> Feliz aniversário, envelheço na cidade
>>> Antonio Candido
>>> Sem música, a existência seria um erro
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Disciplinas isoladas
>>> Meus encontros e desencontros com Daniel Piza
>>> Pai e Filho
Mais Recentes
>>> Direito Penal Esquematizado Parte Geral de Cleber Masson pela Metodo (2009)
>>> Praia de Manhattan de Jennifer Egan pela Intrínseca (2018)
>>> São Jorge dos Ilhéus de Jorge Amado pela Martins
>>> Qualidade de Vida no Trabalho - Como Medir para Melhorar de Eda Conte Fernandes pela Casa da Qualidade (1996)
>>> Questões e Testes de Direito Administrativo de Paulo Alves Franco pela Jh Mizuno (2004)
>>> Direito Internacional da Concorrência de Clarissa Brandão pela Lumen Juris (2016)
>>> Crianças, Adolescentes e a Mídia - 2ª Ed. (lacrado) de Victor Strasburger, Barbara Wilson pela Penso - Artmed (2011)
>>> As Senhoritas de Amsterdã de Martine Fokkens, Louise Fokkens pela L&pm (2014)
>>> Melhores Poemas de Ruy Espinheira Filho (lacrado) de Ruy Espinheira Filho pela Global (2011)
>>> Diário Mínimo de Umberto Eco pela Record (2012)
>>> Crescer, Amadurecer: Poemas Meditativos de Ulrich Schaffer pela Antroposofica (2017)
>>> O Animal Mais Perigoso de Todos de Gary L. Stewart, Susan Mustafa pela Bertrand Brasil (2016)
>>> Dicionário da Antiguidade Africana de Nei Lopes pela Civilização Brasileira (2011)
>>> Florais uma Alternativa Saudável de Maria Julia Paes da Silva e Outros pela Gente (1999)
>>> Ô de Cima! de Popy Matigot pela Mil Caramiolas (2020)
>>> Exalando Esperança de Jean Mello pela Scor (2015)
>>> Noite na Taverna de Alvares de Azevedo pela Novaalexadria (1997)
>>> Poemas Crus de Cecília Floresta pela Patuá (2016)
>>> História do Mundo Antiguidade - Grécia de V. Diacov pela Fulgor (1965)
>>> Monica and Friends #13 de Mauricio de Sousa pela Panini Comics
>>> O Problema dos Desconhecidos - um Estudo da Ética (lacrado) de Terry Eagleton pela Civilização Brasileira (2010)
>>> O Pensamento Vivo de Glauber Rocha de Martin Claret pela Martins Claret
>>> Die Jalna-saga: Die Brüder Und Ihre Frauen .. de Mazo de La Roche pela Ullstein Tb (1985)
>>> Ferdinand, Der Mann Mit Dem Freundlichen Herzen de Irmgard Keun pela Deutsch (1981)
>>> Auditoria Principios y Procedimento - Tomo I e Tomo II de Holmes pela Union Tipografica (1960)
COLUNAS

Quinta-feira, 7/1/2021
Pobre rua do Vale Formoso
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2600 Acessos

Rente ao rio, numa manhã opaca de outono e sol, um grande terreno se traceja em formas de construções ainda desconhecidas, cujas fundações imaginárias sulcam a terra. O azul brilhante e pastel do Tejo envolve, como cabeceira, esse novo leito por tantos anos abandonado, onde cintila solitário em castanhos. Terra é revolvida, a silhueta preta e distante de dois homens acompanha os trabalhos, um caminhão passa resfolegando rastros de poeira em sua carcaça, uma mão de ferro gigante revolve mais terra contaminada.

Eu já quis morar na rua do Vale Formoso. Primeiro, porque é um nome que exala poesia, de não se jogar fora. Depois, porque é o único pedacinho de residências com ar antigo na parte extrema oriental da cidade. Ainda, por suas costas há uma linha férrea que me lembra a presença onipresente e sufocante dos comboios para Gloria Grahame, na versão de Humain Desire de Fritz Lang. Mas a lógica do sonho e da ficção não funciona na vida; portanto, lá não moro, ainda que a vislumbre da minha janela.

Aliás, nem mesmo quero mais morar lá. E, ultimamente, tenho tido pena de quem parece ter vivido a vida toda naquela redondeza como aquele senhor, que passa pela rua sempre com o mesmo saco do IDL, e aquela cachorrinha. Eles andam num trote completamente acostumado com as torções daquela rua, cujo acesso se dá por uma escadaria oculta. Provavelmente, há um pedaço de vale formoso que fora decepado pelo progresso universal.

Agora, no grande terreno que abarca parte da rua, em sua margem mais próxima ao rio, há esse maquinário fumegando, caminhões repletos de terra num ir e vir constante. Em um deles, as palavras: BIZARRO. Só mesmo os dias de quarentena encerram o carrossel de caminhões subindo o viaduto com o peso do passado a forçar o asfalto do nosso presente. E eu penso na cadeira de plástico atirada em um canto de uma casa muito velha na Azinhaga do Batista – quantos mais comboios do futuro por ela ainda poderão passar?

Você, que já teve algum tipo de cinema escondido, cuja placa "Cinemate" se encontra atirada. Você, que ainda há de esperar um político inaugurar alguma importante obra. Há um letreiro qualquer, "Teatro", em caracteres pretos. Você, neste dia 31 de dezembro de 2020, que lançou um conjunto de fogos de artifício coloridos bem em frente de casa. Só você mesmo para ter um gesto de delicadeza otimista no confinamento, rua do Vale Formoso. Muito obrigada.

E você, pobrezinha rua do Vale Formoso, hoje em dia mais valia ter nascido como rua do Vale Formoso de Cima, e estar mais longe do barulho e da sujeira do desenvolvimento urbano. Você, uma retinha polvilhada de prédios antigos e edifícios abandonados, pequena mas bonita, que nasce em Marvila e desemboca num viaduto (muito sem graça). Você, que era um sonho para mim despercebido em um horizonte estéril, uma cidade de faroeste tão pequenina e escondida, seguindo o rastro sem fim da linha de trem.

Mas, talvez, se ainda houver alguma chance desta rua ser pacífica e calma, como já fora, uma rua como uma mão de homem delicada e tão forte, que aguenta o balanço bruto de uma linha de trem e sustenta vasinhos de plantas nas janelas térreas dos apartamentos, que viu a fábrica de gás ser levantada como uma estação espacial alienígena, e talvez agora veja o seu desmonte, que nasceu exatamente por causa de melhoramentos e por eles mesmos ficou assim, decepada e flutuante no tempo... Talvez eu ainda queira, no futuro, morar numa casinha nessa mesma rua de prédios moderníssimos e arcaicos – e ver, numa carta residual, meu nome entrelaçado com o dela, como quem erroneamente retorna a um antigo amante.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 7/1/2021


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Contrastes do Mundo Moderno de Juliano Maesano


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2021
01. Um antigo romance de inverno - 11/2/2021
02. A ostra, o Algarve e o vento - 2/9/2021
03. Lisboa obscura - 22/4/2021
04. Das construções todas do sentir - 20/5/2021
05. Errando por Nomadland - 5/8/2021


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




100 Crônicas - o Estado de S. Paulo
Mario Prata
Cartaz
(1997)



Para Quem Deseja Mais da Vida
Joseph Nowinski
Gente
(2005)



Educação para a Nova Era: uma Visão Contemporânea para Pais e Professo
Maria Luiza Pontes Cardoso
Summus
(1999)



Significado Nas Artes Visuais - 4ª Edição
Erwin Panofsky
Perspectiva
(2014)



A Casa dos Blessings
Anna Quindlen
Objetiva
(2003)



Paulista, Graças a Deus!
Hugo Pedro Carradore
Shekinah
(1986)



In Touch 2 Student Book
Victoria F. Kimbrough
Longman do Brasil
(1993)



Matemática Economia Administração Ciencias Contabeis Vol . 1 - Matematica
Manoel Marques Barreto
Globus



Prova
Luiz Guilherme Marinoni e Sérgio Cruz Arenhart
Revista dos Tribunais
(2009)



A Princesa A Espera Livro 4 - Literatura
Meg Cabot
Record
(2003)





busca | avançada
60917 visitas/dia
1,9 milhão/mês