Aonde foi parar a voz da nossa geração? | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
>>> Curso de Formação de Agentes Culturais rola dias 8 e 9 de graça e online
>>> Ciclo de leitura online e gratuito debate renomados escritores
>>> Nano Art Market lança rede social de nicho, focada em arte e cultura
>>> Eric Martin, vocalista do Mr. Big, faz show em Porto Alegre dia 13 de abril
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cinema em Atibaia (IV)
>>> Curriculum vitae
>>> Entrevista com Milton Hatoum
>>> Discutir, debater, dialogar
>>> Eu e o Digestivo
>>> A lei da palmada: entre tapas e beijos
>>> A engenharia de Murilo Rubião
>>> Qualidade de vida
>>> O pior cego é o que vê tevê
>>> Envolturas
Mais Recentes
>>> Teoria Geral Do Processo de Candido Rangel Dinamarco pela Malheiros Editores / Juspodivm (2008)
>>> Chekisty Historia Da Kgb de Dziak, John J, pela Imago (1998)
>>> Principios Basicos Do Saneamento Do Meio de Anesio Rodrigues de Carvalho pela Senac (2005)
>>> Aprenda Inglês Sem Mestre de Maria margarida morgado pela Presença (2009)
>>> Mestre Kim - Cidadão do Mundo de Yong Min Kim e Janir Hollanda pela Daedo (2016)
>>> Livro de Ouro do Yoga de Andre De Rose pela Ediouro (2019)
>>> O homem mais rico da Babilônia de George S Clason pela HarperCollins (2020)
>>> A Mesa com Carybé. O Encantamento dos Sabores e das Cores da Bahia de Solange Bernabó pela Senac Nacional (2007)
>>> Os Contos de Beedle, o Bardo de J. K. Rowling pela Rocco (2008)
>>> Regulamentos de Tráfego Aéreo - Vôo Visual de Plínio Jr pela Asa (1996)
>>> Chronos: Viajantes do Tempo Volume I de Rysa Walker pela Darkside (2017)
>>> Homem-Aranha: Tormento de Todd McFarlane pela Panini Comics (2013)
>>> Os Maiores Clássicos do Homem-Aranha - Vol. 5 de Todd McFarlane pela Panini Comics (2007)
>>> Os Maiores Clássicos do Homem-Aranha - Vol. 6 de Todd McFarlane pela Panini Comics (2007)
>>> Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século de Italo Moriconi (seleção) pela Objetiva (2001)
>>> O Casamento de Nelson Rodrigues pela Nova Fronteira (2016)
>>> O Colecionador de Borboletas de Cecília Mouta pela Novo Século (2012)
>>> O Modelo Toyota: 14 Princípios de Gestão do Maior Fabricante do Mundo de Jeffrey K. Liker pela Bookman (2005)
>>> Ela Que Não Está de Daniel Senise pela Cosac & Naify (1998)
>>> Anjos da Neve de James Thompson pela Record (2013)
>>> Assistentes Virtuais Inteligentes e Chatbots de Leôncio Teixeira Cruz pela Brasport (2018)
>>> Linguagem Do Corpo. Beleza E Saude de Cristina Cairo pela Mercuryo Jovem (2007)
>>> Todos Os Nomes de José Saramago pela Planeta Deagostini (2003)
>>> Oliver Twist de Charles Dickens pela Principis (2019)
>>> Cozinha Mágica de Márcia Frazão de Marcia Frazão pela Prestigio (2007)
COLUNAS

Terça-feira, 8/2/2022
Aonde foi parar a voz da nossa geração?
Renato Alessandro dos Santos
+ de 4500 Acessos

“As palavras são sons transfundidos de sombras que se entrecruzam desiguais, estalactites, renda, música transfigurada de órgão. Mal ouso clamar palavras a essa rede vibrante e rica, mórbida e obscura tendo como contratom o baixo grosso da dor. Alegro com brio. Tentarei tirar ouro de carvão. Sei que estou adiando a história e que brinco de bola sem bola.”

Clarice,

Ouço uma música chamada “You’re in America”, de uma banda obscura dos anos 1970, Granicus, e só consigo pensar no sol de Teletubbies que o Led Zeppelin era pra esses caras. Um horizonte. (Em technicolor.) É um música ótima, de fato, mas, de original, não tem nada, ao menos depois que Sir Plant (quase), ou melhor, um dos comandantes da Ordem do Império Britânico, ecoou garganta afora os gritos orgasmatron que toda a gente que gosta de hard rock 1970 conhece tão bem.

Você gosta de hard rock 1970, Clarice?



Almeida Garret, em 1825, cantou as ruínas romanas no romantismo e, depois, em 1836, Gonçalves de Magalhães fez a mesma coisa. É a mesma “coisa”? Não é e é, né? Porque é tudo romantismo, mas, não é, também, porque o “grito no meio da tempestade” de nosso poeta árcade-romântico já havia sido dado por Garrett, e olha que, antes do bardo lusitano, quem havia gritado mais alto foram Coleridge & Wordsworth e, mesmo assim, antes do Caju & Castanha das baladas inglesas, a tempestade já havia passado pela Alemanha, onde a chave encandeceu-se de raios, porque a sofrência de Werther foi vertida em palavras suicidas, por Goethe, mas, de lá da Idade Média, já não haviam vindo lamúrias românticas que aquele divino comediante infernal de Florença havia vulgarizado?

Ah, atemporal amor...

E você, Beatriz, no centro de tudo, enquanto o bardo atravessa o inferno, uma flecha em sua direção, com o GPS Virgílio alertando, “a 300 metros, vire à esquerda”.

Sempre, Beatrice.

Clarice, você ainda está aí?

A voz ecoa mata adentro, e o silencio é quebrado, levando uma porção de gente a seguir o murmúrio que se cria.

E tudo se estilhaça 100 anos depois da Semana de 22.

Há fragmentos por aí, e nada daquele tempo antigo em que tudo fazia sentido, e agora... Agora, a noite é quase perceptível já, embora a tarde de sábado ainda conte com o sol que mais desfalece (cansando) que enaltece (cantando).

Há uma preguiça nos trópicos, que só com muita cajuína transcendental se vence.

Enquanto isso, este texto vai criando essa forma versilibrista, da mesma maneira que uma lata de leite condensado vira brigadeiro, se apetece um pouco mais de açúcar nas veias já repletas de glicose.

E aquele filme da Netflix? Você viu, Clarice? Não sei se corto os pulsos ou se deixo crescer. kkkk

Eu preferiria deixar crescer, o que me permitiria coçar as costas em lugares inalcançáveis até então; sem falar do prazer de ouvir o sangue fluir, crescendo que nem dinamite, ouvindo o barulho da aveia, com seu rumor de lanças de grama, que, esgrimindo, flertam com os raios mais alaranjados que há por aí, enquanto vão brotando céleres que nem a barba que se faz, dia sim, dia não, dia não, dia não, que nem... Ai, que preguiça...

Quedê a voz que nos guia a gente nessa toada árida quente sem chuva seca cheia de caloria letras cansadas de tudo e música que ninguém mais parecer ouvir?

Quedê, Clarice?


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 8/2/2022

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Meditação sobre São Francisco de Adriana Carvalho


Mais Renato Alessandro dos Santos
Mais Acessadas de Renato Alessandro dos Santos em 2022
01. Quem vem lá? - 28/6/2022
02. Lá onde brotam grandes autores da literatura - 26/4/2022
03. Eu, o insular Napumoceno - 15/2/2022
04. O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas) - 20/9/2022
05. Aonde foi parar a voz da nossa geração? - 8/2/2022


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Cálculos do Mecânico Ajustador
Américo Yoshida
Loren
(1979)



Livro - World English 3 Workbook - Com Cd
Kristin Johannsen
National Geographic Learning
(2015)



Discursos Em Tres Congresos
Fidel Castro
Politica
(1982)



Gestão Estratégica na Saúde
Sanmya Feitosa Tajra
Saraiva
(2006)



Hard Times
Charles Dickens
Oxford
(2008)



Uns Papéis Que Voam
Flávio J. Cardozo
Ftd
(2003)



Jean Claude Bernardet - uma Homenagem
Maria Dora Mourão; Maria do Rosário Caetano
Imesp
(2007)



Redação para Concursos (2009)
Vabessa Freitas
Universo dos Livros
(2009)



Os Forasteiros - Volume 1. Coleção Série Deuses e Guerreiros
Michelle Paver
Intrinseca
(2014)



A Democracia Grega 2ª Edição (1989)
Martin Cezar Feijó, Oswaldo Sanches Sequetin
Atica
(1988)





busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês