Lá onde brotam grandes autores da literatura | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
>>> Curso de Formação de Agentes Culturais rola dias 8 e 9 de graça e online
>>> Ciclo de leitura online e gratuito debate renomados escritores
>>> Nano Art Market lança rede social de nicho, focada em arte e cultura
>>> Eric Martin, vocalista do Mr. Big, faz show em Porto Alegre dia 13 de abril
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Vamos comer Wando - Velório em tempos de internet
>>> Cinema em Atibaia (IV)
>>> Curriculum vitae
>>> Entrevista com Milton Hatoum
>>> Discutir, debater, dialogar
>>> Eu e o Digestivo
>>> A lei da palmada: entre tapas e beijos
>>> A engenharia de Murilo Rubião
>>> Qualidade de vida
>>> O pior cego é o que vê tevê
Mais Recentes
>>> Teoria Geral Do Processo de Candido Rangel Dinamarco pela Malheiros Editores / Juspodivm (2008)
>>> Chekisty Historia Da Kgb de Dziak, John J, pela Imago (1998)
>>> Principios Basicos Do Saneamento Do Meio de Anesio Rodrigues de Carvalho pela Senac (2005)
>>> Aprenda Inglês Sem Mestre de Maria margarida morgado pela Presença (2009)
>>> Mestre Kim - Cidadão do Mundo de Yong Min Kim e Janir Hollanda pela Daedo (2016)
>>> Livro de Ouro do Yoga de Andre De Rose pela Ediouro (2019)
>>> O homem mais rico da Babilônia de George S Clason pela HarperCollins (2020)
>>> A Mesa com Carybé. O Encantamento dos Sabores e das Cores da Bahia de Solange Bernabó pela Senac Nacional (2007)
>>> Os Contos de Beedle, o Bardo de J. K. Rowling pela Rocco (2008)
>>> Regulamentos de Tráfego Aéreo - Vôo Visual de Plínio Jr pela Asa (1996)
>>> Chronos: Viajantes do Tempo Volume I de Rysa Walker pela Darkside (2017)
>>> Homem-Aranha: Tormento de Todd McFarlane pela Panini Comics (2013)
>>> Os Maiores Clássicos do Homem-Aranha - Vol. 5 de Todd McFarlane pela Panini Comics (2007)
>>> Os Maiores Clássicos do Homem-Aranha - Vol. 6 de Todd McFarlane pela Panini Comics (2007)
>>> Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século de Italo Moriconi (seleção) pela Objetiva (2001)
>>> O Casamento de Nelson Rodrigues pela Nova Fronteira (2016)
>>> O Colecionador de Borboletas de Cecília Mouta pela Novo Século (2012)
>>> O Modelo Toyota: 14 Princípios de Gestão do Maior Fabricante do Mundo de Jeffrey K. Liker pela Bookman (2005)
>>> Ela Que Não Está de Daniel Senise pela Cosac & Naify (1998)
>>> Anjos da Neve de James Thompson pela Record (2013)
>>> Assistentes Virtuais Inteligentes e Chatbots de Leôncio Teixeira Cruz pela Brasport (2018)
>>> Linguagem Do Corpo. Beleza E Saude de Cristina Cairo pela Mercuryo Jovem (2007)
>>> Todos Os Nomes de José Saramago pela Planeta Deagostini (2003)
>>> Oliver Twist de Charles Dickens pela Principis (2019)
>>> Cozinha Mágica de Márcia Frazão de Marcia Frazão pela Prestigio (2007)
COLUNAS

Terça-feira, 26/4/2022
Lá onde brotam grandes autores da literatura
Renato Alessandro dos Santos
+ de 6500 Acessos

Há algo de extraordinário na literatura de Aldino Muianga, como o há, na mesma medida, na obra de grandes autores africanos de expressão portuguesa. Durante e logo após a leitura, fica difícil precisar o quê, mas, aqui, até o final destas mal ajambradas considerações, espera-se, esse elemento nebuloso há de emergir. São sete narrativas curtas que O domador de burros e outros contos (Kapulana), primeira edição brasileira do autor moçambicano, traz.



Quem conhece um pouco de Mia Couto, ou mesmo do nosso Guimarães, vai perceber tanto o inusitado uso de vocábulos quanto a inversão de elementos na estrutura da frase, isto é, adjetivos que precedem substantivos ("O fermentado corre para dessedentar e relaxar disfarçadas tensões", p. 87), bem como a linguagem poética que, feito um monjolinho, picota o curso da água, lapidando arestas igual crianças com massinha de modelar.



Ficasse só nisso, já seria motivo de arrebentação, mas Muianga tem a oferecer mais, tal o diagrama que os sete contos fazem do espaço ("Moçambique revisitada") e do tempo ("Moçambique colonial"). Há o insólito e o fantástico ("O estivador"; "Djossi, o crocodilo"), dupla colonização feminina ("O filho de Riquelina"; "A rosa de Cariacó"), colonialismo ("O domador de burros"; "Djossi, o crocodilo"), diáspora, tradição, memória e identidade em todos os contos deste volume.

Tudo exposto ao senso crítico que a escrita de Muianga carrega como uma candeia (para se agarrar quando escurece). Tudo sublinhado por um dossel que, como topiaria, faz a jardinagem do texto criar criaturinhas que ganham condições de se impor, e de agir, diante dessas situações que chegam para desapaziguar a vontade do corpo e do espírito.

Algumas dessas pequenas narrativas deveriam ser como um cartão de visitas colocado na mão do leitor, para convidá-lo ao deslumbre das literaturas africanas de língua portuguesa - tipo esta pequena maravilha, deste livro de Muianga, que é "O filho de Riquelina".

Nesse conto, um homem torna-se incapaz de engravidar a esposa. Culpa os mortos, maldições, mandingas. Abre-se com um amigo e, afundando, vira o assunto que repercute na boca popular, pois o "amigo" vulgariza a intimidade que corre nas veias off-line do casal.

E, então, Riquelina engravida, para surpresa de todos.

E o marido, que vai ser pai, vê-se iluminado, de repente, por uma luzinha que se acende na varanda de seu coração, sem contar que, na comunidade, seu nome e seu clã, vergando ambos sob o peso da tradição, sairão recompensados com essa gravidez.

Só há um problema: Riquelina vai morar com o amigo do herói, e tudo desmorona. O expediente atinge o alvo, daquela mesma maneira profunda que somente a literatura consegue, surpreendendo os leitores, que, estupefatos, poderão apenas rabiscar, a lápis, ao lado do último parágrafo do conto um borbulhante ponto de exclamação.

É assim que o ex-tra-or-di-ná-rio, aquele, lá do parágrafo primeiro, chega agora, nesta conclusão aqui: o que Muianga sabe fazer é contar uma história, cativando seu leitores, isto é, eu & você, que em troca passamos a ter uma percepção de que a África, além de ser um continente onde a dentição humana fez do lugar ancestral uma flor rompendo o asfalto, é pasto onde brotam grandes autores da literatura, como Aldino Muianga, esse universal escritor que transborda imaginação.


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 26/4/2022

Mais Renato Alessandro dos Santos
Mais Acessadas de Renato Alessandro dos Santos em 2022
01. Quem vem lá? - 28/6/2022
02. Lá onde brotam grandes autores da literatura - 26/4/2022
03. Eu, o insular Napumoceno - 15/2/2022
04. O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas) - 20/9/2022
05. Aonde foi parar a voz da nossa geração? - 8/2/2022


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Moderna Plus Literatura Tempos, Leitores e Leituras Unico Aluno
Maria Luiza M. Abaurre
Moderna
(2011)



Curso de Física - Volume 1
Beatriz Alvarenga Alvares e Antonio Maximo Ri
Scipione
(2010)



Antologia de Contos Brasileiros
Herberto Sales
Ediouro
(2005)



Introdução a Ciencia Politica Tomo I
C. Rodee
Agir
(1959)



Curso de Rotinas Trabalhistas
J. Serson
Revista dos Tribunais
(1991)



Eles Nao Usam Black-tie
Gianfrancesco Guarnieri
Civiliacao Brasileira
(2014)



Livro - My Hero Academia 5
Kohei Horikoshi
Jbc
(2017)



Os Pensadores - Pré-socráticos
Victor Civita / Capa Dura
Nova Cultural
(1996)



A Magica do Marketing: Atravessando Paredes (1995)
Clovis Tavares
Navegar
(1995)



Os Direitos Humanos na Sala de Aula: a Ética Como Tema Transversa
Ulisses F. Araújo, Julio Groppa Aquino
Moderna
(2002)





busca | avançada
39901 visitas/dia
1,6 milhão/mês