Lá onde brotam grandes autores da literatura | Renato Alessandro dos Santos | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Chico Buarque e o Leite derramado
>>> A favor do voto obrigatório
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
COLUNAS

Terça-feira, 26/4/2022
Lá onde brotam grandes autores da literatura
Renato Alessandro dos Santos
+ de 7800 Acessos

Há algo de extraordinário na literatura de Aldino Muianga, como o há, na mesma medida, na obra de grandes autores africanos de expressão portuguesa. Durante e logo após a leitura, fica difícil precisar o quê, mas, aqui, até o final destas mal ajambradas considerações, espera-se, esse elemento nebuloso há de emergir. São sete narrativas curtas que O domador de burros e outros contos (Kapulana), primeira edição brasileira do autor moçambicano, traz.



Quem conhece um pouco de Mia Couto, ou mesmo do nosso Guimarães, vai perceber tanto o inusitado uso de vocábulos quanto a inversão de elementos na estrutura da frase, isto é, adjetivos que precedem substantivos ("O fermentado corre para dessedentar e relaxar disfarçadas tensões", p. 87), bem como a linguagem poética que, feito um monjolinho, picota o curso da água, lapidando arestas igual crianças com massinha de modelar.



Ficasse só nisso, já seria motivo de arrebentação, mas Muianga tem a oferecer mais, tal o diagrama que os sete contos fazem do espaço ("Moçambique revisitada") e do tempo ("Moçambique colonial"). Há o insólito e o fantástico ("O estivador"; "Djossi, o crocodilo"), dupla colonização feminina ("O filho de Riquelina"; "A rosa de Cariacó"), colonialismo ("O domador de burros"; "Djossi, o crocodilo"), diáspora, tradição, memória e identidade em todos os contos deste volume.

Tudo exposto ao senso crítico que a escrita de Muianga carrega como uma candeia (para se agarrar quando escurece). Tudo sublinhado por um dossel que, como topiaria, faz a jardinagem do texto criar criaturinhas que ganham condições de se impor, e de agir, diante dessas situações que chegam para desapaziguar a vontade do corpo e do espírito.

Algumas dessas pequenas narrativas deveriam ser como um cartão de visitas colocado na mão do leitor, para convidá-lo ao deslumbre das literaturas africanas de língua portuguesa - tipo esta pequena maravilha, deste livro de Muianga, que é "O filho de Riquelina".

Nesse conto, um homem torna-se incapaz de engravidar a esposa. Culpa os mortos, maldições, mandingas. Abre-se com um amigo e, afundando, vira o assunto que repercute na boca popular, pois o "amigo" vulgariza a intimidade que corre nas veias off-line do casal.

E, então, Riquelina engravida, para surpresa de todos.

E o marido, que vai ser pai, vê-se iluminado, de repente, por uma luzinha que se acende na varanda de seu coração, sem contar que, na comunidade, seu nome e seu clã, vergando ambos sob o peso da tradição, sairão recompensados com essa gravidez.

Só há um problema: Riquelina vai morar com o amigo do herói, e tudo desmorona. O expediente atinge o alvo, daquela mesma maneira profunda que somente a literatura consegue, surpreendendo os leitores, que, estupefatos, poderão apenas rabiscar, a lápis, ao lado do último parágrafo do conto um borbulhante ponto de exclamação.

É assim que o ex-tra-or-di-ná-rio, aquele, lá do parágrafo primeiro, chega agora, nesta conclusão aqui: o que Muianga sabe fazer é contar uma história, cativando seu leitores, isto é, eu & você, que em troca passamos a ter uma percepção de que a África, além de ser um continente onde a dentição humana fez do lugar ancestral uma flor rompendo o asfalto, é pasto onde brotam grandes autores da literatura, como Aldino Muianga, esse universal escritor que transborda imaginação.


Renato Alessandro dos Santos
Batatais, 26/4/2022

Quem leu este, também leu esse(s):
01. A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques de Jardel Dias Cavalcanti
02. Gal Costa (1945-2022) de Julio Daio Borges
03. Primavera para iniciantes de Elisa Andrade Buzzo


Mais Renato Alessandro dos Santos
Mais Acessadas de Renato Alessandro dos Santos em 2022
01. Lá onde brotam grandes autores da literatura - 26/4/2022
02. Quem vem lá? - 28/6/2022
03. Eu, o insular Napumoceno - 15/2/2022
04. O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas) - 20/9/2022
05. Aonde foi parar a voz da nossa geração? - 8/2/2022


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Historia Dos Estados Unidos: Das Origens Ao Seculo Xxi
Marcus Vinicius De Morais, Sean Purdy, Luis Estevam Fernandes, Leandro Karnal
Contexto
(2021)



The Road To Middle Earth
Tom Shippey
Harper Collins
(2012)



A Personalidade Através do Desenho
Dra Fernanda Barcellos
Do Autor
(1975)



Vozes do éden
R. M. Lamming
Bertrand Brasil
(2011)



Primeiros Acordes ao Violão - Método Prárico
Othon G. R. Filho
Irmãos Vitale
(2008)



Tratado de Direito -penal Parte Geral 1
Cezar Roberto Bitencourt
Saraiva
(2011)



Inteligência das emoções
Alírio De Cerqueira Filho
Plenitude
(2013)



La Armonia En El Color - Nuevas Tendencias
Bride M Whelan
Color Harmony
(1994)



Livro Literatura Estrangeira 10 Coisas Que nos Fizemos (E Provavelmente Não Deveriámos)
Sarah Mlynowski
Galera
(2013)



A arte da guerra
Sun Tzu
Ciranda cultural
(2019)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês