Uma tese em três minutos | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Promessa da Política, de Hannah Arendt
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> Por que as velhas redações se tornaram insustentáveis on-line
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
Mais Recentes
>>> Sade em Sodoma de Flávio Braga pela BestSeller (2008)
>>> Curso de Filosofia em Seis Horas e Quinze Minutos de Witold Gombrowicz pela José Olympio (2011)
>>> O pequeno Principe de Antoine de Saint Exupery pela Agir (2009)
>>> Zoloé e Suas Duas Amantes de Marquês de Sade pela Record (1968)
>>> Expressões Diante do Trono de Ministério de Louvor Diante do Trono pela Diante do Trono (2003)
>>> A separação dos amantes - uma fenomenologia da morte de Igor Caruso pela Cortez (1989)
>>> Os Titãs / A Saga da Família Kent (Volume V) de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> A Universidade em Ritmo de Barbárie de José Arthur Giannotti pela Brasiliense (1986)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins/ (Tradução) Nelson Rodrigues pela Record/ RJ.
>>> Dependência e desenvolvimento na América Latina - ensaio de interpretação sociológica de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto pela Zahar (1970)
>>> Tubarão de Peter Benchley pela Nova Cultural (1987)
>>> O Titã de Fred Mustard Stewart pela Record
>>> O Beijo da Mulher Aranha de Manuel Puig pela Codecri/ RJ. (1981)
>>> A Traição de Rita Hayworth/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1993)
>>> Boquitas Pintadas/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1988)
>>> Kit De Estudo Para Concursos: Só concursos (3 CDs + Folheto) + Guia do Concurseiro + Redação para Concursos de Equipe Mundial Editorial pela DCL - difusão cultural do livro (2016)
>>> Numa Terra Estranha de James Baldwin pela Rio Gráfica (1986)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Rio Gráfica (1986)
>>> Mil Platôs Vol. 1 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca/RJ. (2007)
>>> Mil Platôs Vol. 2 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> Mil Platôs Vol. 3 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2012)
>>> Ajin - Demi-Human #01 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #02 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #03 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Incendio de Troia (capa dura couro) de Marion ZimmerBradley pela Circulo do Livro/ SP. (1994)
>>> Ajin - Demi-Human #04 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #05 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #06 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #07 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #08 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #09 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Nova Cultural (1987)
>>> Ajin - Demi-Human #10 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Ajin - Demi-Human #11 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Estratégia da Decepção de Paul Virilio pela Estação Liberdade (2000)
>>> Ajin - Demi-Human #12 de Gamon Sakurai pela Panini (2019)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1989)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #10 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #09 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #08 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Festa Sob as Bombas - Os Anos Ingleses de Elias Canetti pela Estação Liberdade (2009)
>>> Fort of Apocalypse #07 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #06 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #05 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #04 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Antologia da Poesia Parnasiana Brasileira de João Ribeiro Francisca Júlia/ Alberto Oliveira... pela Cia. Ed. Nacional/ Lazuli (2008)
>>> Antologia Poética de Ernesto Cardenal pela Salamandra (1979)
COLUNAS

Quinta-feira, 5/9/2013
Uma tese em três minutos
Carla Ceres

+ de 3500 Acessos

Bem que eu tentei me convidar para assistir à defesa de tese de um amigo na Universidade Estadual de Campinas, mas o mais novo doutor em Teoria Literária se esqueceu de aceitar meu autoconvite. Devo agradecer? Talvez. Segundo estimativa da Universidade de Queensland, Austrália, uma tese de oitenta mil palavras levaria nove horas para ser apresentada. Não é à toa que a maioria dos alunos de pós faz aquela cara de "É complicado" e muda de assunto quando alguém lhes pergunta sobre seu trabalho de conclusão de curso. Mestrandos e doutorandos dizem algo como "Você não vai querer saber. Eu mesmo não aguento mais pensar sobre isso".

Compreendo essa reação. O êxito em um curso de alto nível requer trabalho exaustivo e poucas pessoas fora da banca examinadora podem compreender a pesquisa em profundidade. Mas acontece que eu quero saber sim e muitas outras pessoas se interessariam se os projetos de pesquisa fossem explicados em linguagem clara e atraente.

Inventores não costumam se fazer de rogados quando lhes perguntam sobre seus projetos. Dê a eles uma oportunidade e verá como falam pelos cotovelos e acabam arrastando o perguntador para conhecer seus protótipos. Demonstram um entusiasmo contagiante e raramente subestimam a inteligência dos interlocutores. Já o pessoal acadêmico, com admiráveis exceções, parece pesquisar apenas para conseguir um título e vantagens profissionais. Obtido um cargo confortável, deitam-se sobre os louros e não escrevem nem um mísero artigo científico se não forem coagidos a isso. Falta-lhes paixão. Sua apatia contamina os alunos e aumenta os lucros das firmas que vendem trabalhos de conclusão de curso.

Precisamos formar futuros pesquisadores apaixonados por suas áreas de atuação. Além da velha ladainha sobre professores bem pagos e bem formados atuando no ensino básico, os pesquisadores atuais poderiam contribuir dedicando parte de seu tempo a atividades de divulgação científica. Qualquer pós-graduando deveria ser capaz de falar sobre seus estudos com quem se interessasse. Não espero que sujeite os leigos curiosos que lhe caírem nas garras a nove horas de explicações detalhadas sobre o cultivo de células-tronco, ou os avanços na criação de marcadores luminescentes para exames laboratoriais. Mas bem que poderiam, pelo menos, dizer o título do trabalho, algo como Linguagem, aprendizagem e sociedade: como a estrutura populacional pode moldar o modo como se fala. É um golpe baixo porque esse palavrório todo assusta quem não se habituou à linguagem acadêmica. Provavelmente, a pessoa vai se dar por satisfeita e mudar de assunto.

Quem persistisse em novas perguntas mereceria uma resposta entusiasmada e compreensível como "É um assunto muito legal. Você deve saber que algumas línguas são mais complexas do que outras. Acontece que a língua portuguesa, o inglês, o mandarim, o alemão são as línguas mais simples do mundo se nós as compararmos, por exemplo, ao tariano, língua ultracomplexa falada na Amazônia. Em tariano, se eu quiser dizer 'choveu', vou ter que usar uma palavra diferente dependendo de como obtive essa informação. Eu vi chover, ouvi chover ou alguém me contou que choveu? Cada caso, exige uma palavra específica. Estou pesquisando o que torna uma língua mais complexa do que outras. Descobri que a variação no grau de complexidade pode estar relacionada a fatores como o número de falantes. A língua tariana, por exemplo, tem apenas 150 falantes. Parece que quanto maior o número de falantes, mais simples o idioma se torna. Quero descobrir se isso realmente acontece e determinar o motivo".

Eu não inventei essa pesquisa nem sua explicação. Elas foram apresentadas por seu autor Mark Atkinson, aluno de PhD da Universidade de Edimburgo, Escócia, durante uma competição internacional chamada Three Minute Thesis. A ideia do concurso nasceu na Universidade de Queensland e foi ganhando a adesão de outras universidades pelo mundo. Todos os competidores precisam ser alunos de PhD e apresentar suas teses em três minutos e um slide, para uma plateia de pessoas inteligentes que não sejam especialistas no assunto. Os jurados não avaliam a tese em si, mas a apresentação, que deve ser clara, empolgante e interessante.

A final da Universidade de Edimburgo teve nove participantes falando sobre suas pesquisas nas áreas de medicina, psicologia, bioquímica, linguística computacional... Alguns se mostraram mais desembaraçados e aproveitaram melhor seus três minutos, mas todos foram claros. Pretendo acompanhar a grande final online, porque divulgação científica bem feita é admirável.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 5/9/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A garganta da reclamação de Eduardo Carvalho


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
04. Em busca de cristãos e especiarias - 7/11/2013
05. Brasileiros aprendendo em inglês - 17/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VIVEKANANDA PROFESSOR MUNDIAL
SWAMI ADISWARANANDA
MADRAS
(2007)
R$ 40,71



RODIN (1902-1907)
RAINER MARIA RILKE
LIBRERIA GONCOURT
(1977)
R$ 40,00



LES MONOLOGUES
MADAME THÉNARD
LIBRAIRIE THÉATRALE
R$ 15,00



O EDUCADOR E A ABORDAGEM SISTEMÁTICA VOL 10 DA COL. TEMAS PEDAGÓGICOS
UNESCO
ESTAMPA
(1997)
R$ 15,86



PRÓ E CONTRA MARX
CESARE CHIERICATI
MELHORAMENTOS
(1975)
R$ 4,90



TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
RENATO VELOSO
SARAIVA
(2012)
R$ 12,00



HIP HOP - A PERIFERIA GRITA
JANAINA ROCHA
FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO
(2001)
R$ 19,80



CLT - CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
EMILIO SABATOVSKI E IARA P. FONTOURA
JURUÁ
(2008)
R$ 16,00



COMPLEXO DE CINDERELA
COLETTE DOWLING
CÍRCULO DO LIVRO
(1981)
R$ 10,00



REESTRUCTURACION INDUSTRIAL Y CAMBIO TECNOLOGICO: CONSECUENCIAS
CEPAL
CEPAL (SANTIAGO CHILE)
(1989)
R$ 28,28





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês