Histórias de gatos | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
60317 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Alfredenses são receptivos, afirma turista
>>> Por um trânsito mais humano, artistas pintam os muros de escolas públicas em Embu das Artes
>>> PAULUS Editora lança a obra clássica 'A Revolução dos Bichos', de George Orwell
>>> Tik lança EP autoral que transita entre rock, jazz e indie
>>> CASA MUSEU EVA KLABIN RELEMBRA A SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922 EM FESTIVAL NO MÊS DE MAIO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
>>> Fé e dúvida
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Poesia e papo furado
>>> Saints and Sinners
>>> Memorial de Berlim
>>> Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma relação orgânica com a rede
>>> BBB e Narciso
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Apesar de vocês
>>> Bloom sobre Shakespeare
Mais Recentes
>>> Moderna Plus Biologia 2 Parte I de Amabis Martho pela Moderna (2009)
>>> Bio - Volume único + Testes de Vestibulares e Enem de Sonia Lopes pela Saraiva (2013)
>>> A Conquista da Matemática - 7º Ano - Sebo Tradição de Giovanni; Giovanni Jr.; Castrucci pela Ftd (2012)
>>> Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei de Paulo Coelho pela Rocco (1994)
>>> Estratégia de Empresas de David Menezes Lobato pela Fgv (2009)
>>> Dead Lagoon de Michael Dibdin pela Faber and Faber (1994)
>>> Tristão e Isolda de Cecília Casas pela Ediouro (2003)
>>> Toda Sua de Sylvia Day pela Best Seller (2012)
>>> O Exame Final de Julio Cartázar pela Civilização Brasileira (1996)
>>> Suicídio Político / Eleanor & Abel / Vínculos de Sangue / Jornada... de Michael Palmer e Outros pela Readers Digest (2015)
>>> A Educação Física e Recreação para o Pré - Escolar de Nilce V Machado pela Do Autor (1985)
>>> Abz do Rock Brasileiro de Marcelo Dolabela pela Estrela do Sul (1987)
>>> Duzinha 3 Edição de Clotilde Chaparro Rocha pela Coleção Itiquira (2010)
>>> Às Portas da Noite de Dalva Agne Lynch pela Blocos (2003)
>>> Às Portas da Noite de Dalva Agne Lynch pela Blocos (2003)
>>> O Poder da Amizade de Tom Rath pela Sextante (2007)
>>> The Glam Decor de Formaplas pela Dnp (2010)
>>> Sentimeento do Mundo de Carlos Drummond de Andrade pela Record (1996)
>>> Visão do Paraíso de Sergio Buarque de Holanda pela Publifolha
>>> The Razors Edge de W. Somerset Maugham pela Penguin Books (1963)
>>> O Corpo Tem Suas Razões de Thérèse Bertherat Carol Bernstein pela Martins Fontes (2001)
>>> O que é Racismo de Joel Rufino dos Santos pela Brasiliense (1980)
>>> Garotas da rua Beacon - Cidade Fantasma de Annie Bryant pela Fundamento (2011)
>>> World Class Combo Split 2A with CD-ROM de Nancy Douglas, James R. Morgan pela National Geographic (2012)
>>> Sol da Liberdade de íris Paula Rocha pela Boa Nova (2000)
COLUNAS

Quinta-feira, 4/4/2013
Histórias de gatos
Carla Ceres

+ de 9300 Acessos

Diz a lenda que, quando Buda estava às portas da morte, ele convocou os animais para se despedir. O primeiro a chegar foi o rato. Depois, o boi, o tigre, o coelho (ou a lebre), o dragão e outros sete animais. Como recompensa, cada um deles obteve a honra de reger um ano do horóscopo chinês. O gato, que não compareceu, ficou de fora. Outra versão da história diz que o gato compareceu, sim, mas não chorou nem se lamentou como os demais. Postou-se em um canto confortável e comeu um rato enquanto o mestre morria. Uma leitura superficial pode sugerir que o gato foi punido por sua atitude desrespeitosa e insensível, mas, se levarmos em consideração que o gato permaneceu um animal sagrado para o budismo, talvez consigamos compreender que seu comportamento diante da transitoriedade da vida foi sábio.

Poucas pessoas permanecem indiferentes aos gatos. Há milhares de anos, eles nos acompanham, protegendo nossas colheitas dos ratos, aquecendo nossas camas no inverno, nos fazendo companhia, guardando monastérios, inspirando reverência, adoração, lendas, superstições, medo e obras artísticas. São fascinantes a ponto de, mesmo ficando fora do horóscopo chinês, entrarem pro horóscopo vietnamita, que é praticamente igual ao chinês, com a diferença de que o gato ocupa o lugar do coelho.

Talvez os vietnamitas tenham comprado gato por lebre, mas vejam as características das pessoas nascidas sob este signo e concluam qual animal merece o posto. "Quando quer conseguir algo de alguém, vai chegando 'de mansinho', tratando a pessoa muitíssimo bem, satisfazendo todos os seus desejos, cobrindo-a de atenções. No final, qualquer pedido que faça será atendido, pois é feito do modo mais doce e agradável." Quem está sendo descrito aí? Um gato ou um coelho? Qual dos dois tem a injusta fama de interesseiro?

"O gato não nos afaga, afaga-se em nós", escreveu Machado de Assis. Que bela meia verdade! O correto seria dizer que os gatos nos afagam, afagando-se em nós. Gatos não são interesseiros, apenas têm prazer em afagar e agradar. Quando se esfregam em nossas pernas, além de nos fazer carinho, estão nos marcando com seu cheiro pessoal, declarando a outros felinos que nós somos seus seres humanos de estimação, temos dono, pertencemos a eles. Os interesseiros, pra começo de conversa, fomos nós, pois, na época de Noé, nem existiam gatos.

Noé pôs na arca os casais de todos os animais (menos os gatos, que, de acordo com a lenda, não existiam). Os ratos se multiplicaram, infestaram a arca e ameaçavam acabar com os suprimentos, matando os bichos de fome. Em desespero, Noé rezou por uma solução. Deus ordenou-lhe que fosse até o leão e o afagasse na testa. Morrendo de medo, Noé foi. Mal tocou a testa do leão, o animal espirrou e, de suas narinas, saiu um casal de gatos que salvou a arca e gerou os gatos atuais.

Mais tarde, Maomé obteve de Allah um upgrade pros gatos. Foi mais ou menos assim: Maomé possuía um gato de estimação muito querido, chamado Muezza, que dormia na manga de suas vestes. No momento de uma das orações diárias, o profeta, não querendo acordá-lo, recortou o pedaço de tecido sobre o qual ele dormia e foi rezar. Comovido com tamanha dedicação ao bem estar do animal, Deus resolveu recompensar o profeta concedendo a seu gato e a todos os que viessem depois o superpoder de saltar para trás, com as quatro patas, ao mesmo tempo. Assim nasceu o famoso pulo do gato, manobra evasiva que nenhum outro felino consegue executar.

Durante a Inquisição, a Igreja mandou para a fogueira milhares de gatos sob suspeita de serem demônios disfarçados. Claro que eles não iam sozinhos. Acompanhavam suas proprietárias rumo à salvação purificadora, através das chamas. A caça às bruxas foi um surto coletivo de misoginia e ailurofobia, cujo legado ainda perdura sob a forma de preconceitos e superstições. Embora atualmente os gatos sejam animais de estimação quase tão comuns quanto os cães, ainda há muita gente com um pavor irracional desses felinos. Claro que esse pessoal também não está sozinho. Consta que Napoleão Bonaparte, Benito Mussolini e Adolf Hitler tenham tido seus faniquitos gatofóbicos.

Por sorte, basta entrar em contato, gradualmente, com os gatos para ir perdendo o medo e se apaixonando por eles. Quando você reparar, já terá adotado um filhotinho nada assustador. Depois vai curtir a página do Borges, o Gato, (cronista, poeta, blogueiro, filósofo felino e fofo) no Facebook e começará a trocar fotos de gatos pela internet. É um caminho sem volta, mas cheio de perigos. Os chineses tinham razão: existem gatos do bem e gatos do mal. Como distingui-los? É fácil: os malignos têm duas caudas.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/

Leia também "Sultão & Bonifácio - Parte 1", de Guilhermes Pontes.


Carla Ceres
Piracicaba, 4/4/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O luto e o luto de Valter Hugo Mãe de Wellington Machado
02. Do preconceito e do racismo de Ricardo de Mattos
03. Poder e Vocação de Ronaldo Brito Roque


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Em busca de cristãos e especiarias - 7/11/2013
04. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
05. Brasileiros aprendendo em inglês - 17/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Coleção Os Pensadores: Piaget
Piaget
Abril Cultural
(1983)



A Laranja Mecânica
Anthony Burgess;nelson Dantas (trad)
Ediouro
(1994)



A Quinta Onda dos Serviços no Varejo
Marcos Gouvêa de Souza
Gs & Md
(2007)



O Capital Grandes Mestres do Pensamento Volume 6
Karl Marx
Formar
(1978)



Un Pequeño Inconveniente
Eugenia Flávian
Ática
(2006)



31 Loucuras para mulheres que querem assumir de vez sua loucura por Jesus
Paty Barreto
Do Autor
(2016)



Vicent Verdú El futbol mitos, ritos y simbolos
Vários Autores
El Libro de Bolsillo



Almanaque Disney Nº149
Walt Disney
Abril
(1983)



Amor de Primavera
Anna Summer
Nova Cultural
(2005)



Manual da Constituição de 1988
José Afonso da Silva
Malheiros
(2002)





busca | avançada
60317 visitas/dia
1,8 milhão/mês