Histórias de gatos | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
57876 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto Nascentes Criativas promove ações culturais gratuitas no interior de Minas
>>> Pekka Pylkkänen (FIN) - Brazil Tour 2024
>>> Domingo, 19, 17h, tem 'Canta Teresa' - Roda Cultural com os rappers Ramonzin e Emitê OG
>>> HOJE E AMANHÃ - JÁ ESTAMOS BEM - IMPROVISO DE DANÇA ABORDA ADOECIMENTO HUMANO E PLANETÁRIO
>>> Selvageria synth pop no Pantera Clube
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 40
>>> Assim rasteja a humanidade
>>> Mário Faustino
>>> A dança das imagens de Murilo
>>> Desligando o Cartoon Network
>>> Leia de ouvido
>>> Cinema Independente (5.1)
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Walter Burkert (1931-2015)
>>> Os quadrinhos e o castelo do Graal
Mais Recentes
>>> Indulgência de Francisco Cândido Xavier pela Ide (1989)
>>> Liga da Justiça : A Guerra do Demônio Parte 1 e 2 de Alan Grant pela Mythos (2003)
>>> O Fiel da Balança de Taylor Caldwell pela Globo
>>> Júlia Especial vol. 10: O caso do detetive Baxter de Giancarlo Berardi pela Mythos (2023)
>>> Vida e Sexo de Francisco Cândido Xavier pela Feb (1970)
>>> Júlia Especial vol. 09: O caso do ônibus fantasma de Giancarlo Berardi pela Mythos (2023)
>>> Júlia Especial vol. 07: O caso dos grafites apagados de Giancarlo Berardi pela Mythos (2023)
>>> O Sexo No Casamento de Regina Navarro Lins; Flávio Braga pela Best Seller (2006)
>>> Júlia Especial vol. 06: O caso da Rua Magnólia de Giancarlo Berardi pela Mythos (2023)
>>> Batman - Guardião de Hollywood - Ed. Especial de DC Comics pela Mythos (2002)
>>> A Vida em Família de Rodolfo Calligaris pela Ide (1980)
>>> Dinho e Suas Finanças de David F. Hastings pela Fgv (2015)
>>> Hoje é Dia de Maria - Coletânea de Fotos da 1ª e 2ª Jornadas de Luis Alberto de Abreu, Luiz Fernando Carvalho pela Globo (2006)
>>> Hera Venenosa 1: Verde Vingança! de Wilson; Takara pela Panini Comics (2023)
>>> Os Grandes Líderes - Getúlio Vargas de Bolívar Lamounier pela Nova Cultural (1988)
>>> Os Grandes Líderes - Juscelino de Geraldo Maurink pela Nova Cultural (1988)
>>> Os Grandes Léderes - Tancredo Neves de Augusto Nunes pela Nova Cultural (1988)
>>> Escrever Melhor e Falar Melhor - Um Guia Completo de Vários pela Reader's Digest (2024)
>>> A Cidadela (capa dura) de A. J. Cronin pela Círculo do Livro
>>> A Chave da Alquimia (Capa dura) - Biblioteca Planeta de Paracelso pela Três (1973)
>>> Servidão Mental de Robin Cook pela Record
>>> História desconhecida dos homens (capa dura) de Robert Charroux pela Círculo do Livro
>>> O Caso do Olho de Vidro (capa dura) de Erle Stanley Gardner pela Círculo do Livro
>>> 79 Park Avenue de Harold Robbins pela Círculo do Livro
>>> Coma (capa dura) de Robin Cook pela Círculo do Livro
COLUNAS

Quinta-feira, 4/4/2013
Histórias de gatos
Carla Ceres
+ de 12100 Acessos

Diz a lenda que, quando Buda estava às portas da morte, ele convocou os animais para se despedir. O primeiro a chegar foi o rato. Depois, o boi, o tigre, o coelho (ou a lebre), o dragão e outros sete animais. Como recompensa, cada um deles obteve a honra de reger um ano do horóscopo chinês. O gato, que não compareceu, ficou de fora. Outra versão da história diz que o gato compareceu, sim, mas não chorou nem se lamentou como os demais. Postou-se em um canto confortável e comeu um rato enquanto o mestre morria. Uma leitura superficial pode sugerir que o gato foi punido por sua atitude desrespeitosa e insensível, mas, se levarmos em consideração que o gato permaneceu um animal sagrado para o budismo, talvez consigamos compreender que seu comportamento diante da transitoriedade da vida foi sábio.

Poucas pessoas permanecem indiferentes aos gatos. Há milhares de anos, eles nos acompanham, protegendo nossas colheitas dos ratos, aquecendo nossas camas no inverno, nos fazendo companhia, guardando monastérios, inspirando reverência, adoração, lendas, superstições, medo e obras artísticas. São fascinantes a ponto de, mesmo ficando fora do horóscopo chinês, entrarem pro horóscopo vietnamita, que é praticamente igual ao chinês, com a diferença de que o gato ocupa o lugar do coelho.

Talvez os vietnamitas tenham comprado gato por lebre, mas vejam as características das pessoas nascidas sob este signo e concluam qual animal merece o posto. "Quando quer conseguir algo de alguém, vai chegando 'de mansinho', tratando a pessoa muitíssimo bem, satisfazendo todos os seus desejos, cobrindo-a de atenções. No final, qualquer pedido que faça será atendido, pois é feito do modo mais doce e agradável." Quem está sendo descrito aí? Um gato ou um coelho? Qual dos dois tem a injusta fama de interesseiro?

"O gato não nos afaga, afaga-se em nós", escreveu Machado de Assis. Que bela meia verdade! O correto seria dizer que os gatos nos afagam, afagando-se em nós. Gatos não são interesseiros, apenas têm prazer em afagar e agradar. Quando se esfregam em nossas pernas, além de nos fazer carinho, estão nos marcando com seu cheiro pessoal, declarando a outros felinos que nós somos seus seres humanos de estimação, temos dono, pertencemos a eles. Os interesseiros, pra começo de conversa, fomos nós, pois, na época de Noé, nem existiam gatos.

Noé pôs na arca os casais de todos os animais (menos os gatos, que, de acordo com a lenda, não existiam). Os ratos se multiplicaram, infestaram a arca e ameaçavam acabar com os suprimentos, matando os bichos de fome. Em desespero, Noé rezou por uma solução. Deus ordenou-lhe que fosse até o leão e o afagasse na testa. Morrendo de medo, Noé foi. Mal tocou a testa do leão, o animal espirrou e, de suas narinas, saiu um casal de gatos que salvou a arca e gerou os gatos atuais.

Mais tarde, Maomé obteve de Allah um upgrade pros gatos. Foi mais ou menos assim: Maomé possuía um gato de estimação muito querido, chamado Muezza, que dormia na manga de suas vestes. No momento de uma das orações diárias, o profeta, não querendo acordá-lo, recortou o pedaço de tecido sobre o qual ele dormia e foi rezar. Comovido com tamanha dedicação ao bem estar do animal, Deus resolveu recompensar o profeta concedendo a seu gato e a todos os que viessem depois o superpoder de saltar para trás, com as quatro patas, ao mesmo tempo. Assim nasceu o famoso pulo do gato, manobra evasiva que nenhum outro felino consegue executar.

Durante a Inquisição, a Igreja mandou para a fogueira milhares de gatos sob suspeita de serem demônios disfarçados. Claro que eles não iam sozinhos. Acompanhavam suas proprietárias rumo à salvação purificadora, através das chamas. A caça às bruxas foi um surto coletivo de misoginia e ailurofobia, cujo legado ainda perdura sob a forma de preconceitos e superstições. Embora atualmente os gatos sejam animais de estimação quase tão comuns quanto os cães, ainda há muita gente com um pavor irracional desses felinos. Claro que esse pessoal também não está sozinho. Consta que Napoleão Bonaparte, Benito Mussolini e Adolf Hitler tenham tido seus faniquitos gatofóbicos.

Por sorte, basta entrar em contato, gradualmente, com os gatos para ir perdendo o medo e se apaixonando por eles. Quando você reparar, já terá adotado um filhotinho nada assustador. Depois vai curtir a página do Borges, o Gato, (cronista, poeta, blogueiro, filósofo felino e fofo) no Facebook e começará a trocar fotos de gatos pela internet. É um caminho sem volta, mas cheio de perigos. Os chineses tinham razão: existem gatos do bem e gatos do mal. Como distingui-los? É fácil: os malignos têm duas caudas.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/

Leia também "Sultão & Bonifácio - Parte 1", de Guilhermes Pontes.


Carla Ceres
Piracicaba, 4/4/2013

Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Em busca de cristãos e especiarias - 7/11/2013
04. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
05. Brasileiros aprendendo em inglês - 17/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Chanceler de Ferro
J. W. Rochester
Feb
(1984)



Biblioteca do Pensamento Vivo - Kant/schopenhauer
Julien Benda
Martins
(1976)



Lumes uma antologia de haikais
Pedro Xisto
Berlendis e Vertecchia
(2008)



Ainda mais mil piadas do Brasil
Laert Sarrumor
Nova Alexandria
(2000)



Saga Encantadas 3 Volumes - Veneno, Feitiço e Poder
Sarah Pinborough
Única
(2013)



Livro Mortalidade Infantil - uma questão de saúde pública
Rodolpho Telarolli Junior
Moderna
(1997)



O Homem Holístico - A Unidade Mente-Natureza
Francisco Di Biase
Vozes
(1995)



A Gíria Baiana
Alexandre Passos
Livraria São José
(1973)



Garibaldi & Manoela: Versão Adaptada Para Neoleitores
Josué Guimarães
L&pm Editores
(2003)



Dekassegui
Masato Ninomiya
Estação Liberdade
(1992)





busca | avançada
57876 visitas/dia
2,4 milhões/mês