Histórias de gatos | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
Mais Recentes
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
>>> Mais Trinta Mulheres que Estão Fazendo a Nova Literatura de Luiz Ruffato pela Record (2005)
>>> Príncipe Sidarta A Fuga do Palácio de Patricia Chendi pela Rocco (2000)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Smart Work Why Organizations Full Of Intelligent People ... de Steven A. Stanton pela Do Autor (2016)
>>> Estatística Objetiva de Roberto Zentgraf pela Ztg (2001)
>>> Diários Messiânicos: uma Experiência de Extensão Universitária de Bruno Cesar Euphrasio de Mello pela Univ. Federal Rgs. (2015)
>>> The Lost Symbol de Dan Brown pela Doubleday (2009)
>>> Dez Dias de Cortiço de Ivan Jaf pela Ática (2009)
>>> Medicina do Além Um Presente de Jesus para a Humanidade de Fabio Alessio Romano Dionisi pela Dionisi (2014)
>>> Energia Renovável de Dme pela Dme
>>> São João Paulo Grande Seus Cinco Amores de Jason Evert pela Quadrante (2018)
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
COLUNAS

Quinta-feira, 4/4/2013
Histórias de gatos
Carla Ceres

+ de 6300 Acessos

Diz a lenda que, quando Buda estava às portas da morte, ele convocou os animais para se despedir. O primeiro a chegar foi o rato. Depois, o boi, o tigre, o coelho (ou a lebre), o dragão e outros sete animais. Como recompensa, cada um deles obteve a honra de reger um ano do horóscopo chinês. O gato, que não compareceu, ficou de fora. Outra versão da história diz que o gato compareceu, sim, mas não chorou nem se lamentou como os demais. Postou-se em um canto confortável e comeu um rato enquanto o mestre morria. Uma leitura superficial pode sugerir que o gato foi punido por sua atitude desrespeitosa e insensível, mas, se levarmos em consideração que o gato permaneceu um animal sagrado para o budismo, talvez consigamos compreender que seu comportamento diante da transitoriedade da vida foi sábio.

Poucas pessoas permanecem indiferentes aos gatos. Há milhares de anos, eles nos acompanham, protegendo nossas colheitas dos ratos, aquecendo nossas camas no inverno, nos fazendo companhia, guardando monastérios, inspirando reverência, adoração, lendas, superstições, medo e obras artísticas. São fascinantes a ponto de, mesmo ficando fora do horóscopo chinês, entrarem pro horóscopo vietnamita, que é praticamente igual ao chinês, com a diferença de que o gato ocupa o lugar do coelho.

Talvez os vietnamitas tenham comprado gato por lebre, mas vejam as características das pessoas nascidas sob este signo e concluam qual animal merece o posto. "Quando quer conseguir algo de alguém, vai chegando 'de mansinho', tratando a pessoa muitíssimo bem, satisfazendo todos os seus desejos, cobrindo-a de atenções. No final, qualquer pedido que faça será atendido, pois é feito do modo mais doce e agradável." Quem está sendo descrito aí? Um gato ou um coelho? Qual dos dois tem a injusta fama de interesseiro?

"O gato não nos afaga, afaga-se em nós", escreveu Machado de Assis. Que bela meia verdade! O correto seria dizer que os gatos nos afagam, afagando-se em nós. Gatos não são interesseiros, apenas têm prazer em afagar e agradar. Quando se esfregam em nossas pernas, além de nos fazer carinho, estão nos marcando com seu cheiro pessoal, declarando a outros felinos que nós somos seus seres humanos de estimação, temos dono, pertencemos a eles. Os interesseiros, pra começo de conversa, fomos nós, pois, na época de Noé, nem existiam gatos.

Noé pôs na arca os casais de todos os animais (menos os gatos, que, de acordo com a lenda, não existiam). Os ratos se multiplicaram, infestaram a arca e ameaçavam acabar com os suprimentos, matando os bichos de fome. Em desespero, Noé rezou por uma solução. Deus ordenou-lhe que fosse até o leão e o afagasse na testa. Morrendo de medo, Noé foi. Mal tocou a testa do leão, o animal espirrou e, de suas narinas, saiu um casal de gatos que salvou a arca e gerou os gatos atuais.

Mais tarde, Maomé obteve de Allah um upgrade pros gatos. Foi mais ou menos assim: Maomé possuía um gato de estimação muito querido, chamado Muezza, que dormia na manga de suas vestes. No momento de uma das orações diárias, o profeta, não querendo acordá-lo, recortou o pedaço de tecido sobre o qual ele dormia e foi rezar. Comovido com tamanha dedicação ao bem estar do animal, Deus resolveu recompensar o profeta concedendo a seu gato e a todos os que viessem depois o superpoder de saltar para trás, com as quatro patas, ao mesmo tempo. Assim nasceu o famoso pulo do gato, manobra evasiva que nenhum outro felino consegue executar.

Durante a Inquisição, a Igreja mandou para a fogueira milhares de gatos sob suspeita de serem demônios disfarçados. Claro que eles não iam sozinhos. Acompanhavam suas proprietárias rumo à salvação purificadora, através das chamas. A caça às bruxas foi um surto coletivo de misoginia e ailurofobia, cujo legado ainda perdura sob a forma de preconceitos e superstições. Embora atualmente os gatos sejam animais de estimação quase tão comuns quanto os cães, ainda há muita gente com um pavor irracional desses felinos. Claro que esse pessoal também não está sozinho. Consta que Napoleão Bonaparte, Benito Mussolini e Adolf Hitler tenham tido seus faniquitos gatofóbicos.

Por sorte, basta entrar em contato, gradualmente, com os gatos para ir perdendo o medo e se apaixonando por eles. Quando você reparar, já terá adotado um filhotinho nada assustador. Depois vai curtir a página do Borges, o Gato, (cronista, poeta, blogueiro, filósofo felino e fofo) no Facebook e começará a trocar fotos de gatos pela internet. É um caminho sem volta, mas cheio de perigos. Os chineses tinham razão: existem gatos do bem e gatos do mal. Como distingui-los? É fácil: os malignos têm duas caudas.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/

Leia também "Sultão & Bonifácio - Parte 1", de Guilhermes Pontes.


Carla Ceres
Piracicaba, 4/4/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Meu querido aeroporto #sqn de Ana Elisa Ribeiro
02. Uma lição de solfejo de Carina Destempero
03. Texto Otimista de Fim de Ano de Duanne Ribeiro
04. Só Cronista se Explica de Joca Souza Leão
05. Lições literárias de Gian Danton


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
04. Educando as velhas gerações - 28/2/2013
05. Em busca de cristãos e especiarias - 7/11/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LOS AZTECAS (LAS GRANDES CIVILIZACIONES)
SANDRA E GARIBAY LAURENT (PROYECTO)
VIMAN (MÉXICO)
(2006)
R$ 25,28



MUNDOS EM CONEXÃO
GEOFFREY D. FALK
CULTRIX
(2012)
R$ 14,00



ROBERT PARKER - O IMPERADOR DO VINHO
ELIN MCCOY
ELSEVIER
(2006)
R$ 55,00



FEDRO FÁBULAS (FABULARUM AESOPIARUM)
JOSÉ PÉREZ DIREÇÃO
EDIÇÕES CULTURA
(1946)
R$ 20,00



PERTURBAÇÕES DO COMPORTAMENTO DA CRIANÇA - DESCRIÇÃO, CAUSAS, TRAT...
PIERRE DEBRAY RITZEN BADRIG MÉLÉKIAN

R$ 9,80



O OPORTUNISTA
PIERS PAUL READ
CIRCULO DO LIVRO
(1973)
R$ 4,00



ARMS OF THE WORLD - 1911 - ALFA CATALOGUE OF ARMS
VÁRIOS
JOSEPH J SCHRODER JR
(1962)
R$ 200,00



FILHOS BRILHANTES ALUNOS FASCINANTES
AUGUSTO CURY
ACADEMIA DE INTELIGÊNCIA
(2006)
R$ 12,04



O LIVRO DOS AMULETOS
GABRIELA ERBETTA E MICHELLE SEDDIG JORGE
PUBLIFOLHA
(2004)
R$ 8,80



TIMOR, O NOSSO DEVER FALAR
VÁRIOS AUTORES
APEL
(1999)
R$ 22,11





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês