A origem do Senhor dos Anéis | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A literatura feminina de Adélia Prado
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
>>> A insustentável leveza da poesia de Sérgio Alcides
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Millôr e eu
>>> As armas e os barões
>>> Quem é o autor de um filme?
>>> Cyrano de Bergerac
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Marco Lisboa na Globonews
Mais Recentes
>>> Psicanálise da maternidade: uma crítica a Freud a partir da mulher e de Nancy Chodorow pela Rosa dos Tempos (1999)
>>> O Preço de Uma Vida de Cristiane Krumenauer pela Novo Século (2018)
>>> Revista de História USP Nº 60 1964 de Diversos Autores pela Ffcl/USP (1964)
>>> Kerata O Colecionador de Cérebros de Juliana R. S. Duarte pela Novo Século (2017)
>>> Revista de História USP Nº 50 1962 de Diversos Autores pela Ffcl/USP (1962)
>>> Crepúsculo - Livro de Anotações da Diretora de Catherine Hardwicke pela Intrínseca Ltda (2019)
>>> Os Sertões de Euclides da Cunha pela Nova Cultural (2002)
>>> O Segredo e outras Histórias de Descoberta de Lygia Fagundes Tellles pela Companhia das Letras (2012)
>>> Uma Família Feliz de David Safier pela Planeta (2013)
>>> O Enigma da Pirâmide de Alan Arnold pela Circulo do Livro (1985)
>>> Adrienne Mesurat (prefáco Inédito) de Julien Green/ (Nota): Josué Montello pela Nova Fronteira (1983)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes) de Jonathan Swift/ Trad.: Octavio Mendes Cajado pela Globo/ RJ. (1987)
>>> O Mochileiro das Galáxias - Volume 5 - Praticamente Inofensiva de Douglas Adams pela Arqueiro (2010)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes)/ Encadernado de Jonathan Swift/ Prefácio: Almir Andrade pela W. M. Jackson (1970)
>>> Viagens de Gulliver (em 04 Partes)/ Encadernado de Jonathan Swift/ Prefácio: Almir Andrade pela W. M. Jackson (1970)
>>> Amigos de Todo Mundo: Romance de um Jardim Zoológico de Felix Salten/ Ilustrações: Philipp Arlen pela Edições Melhoramentos (1952)
>>> Lembranças Obscuras de um Judeu Polonês Nascido na França de Pierre Goldman pela Francisco Alves (1984)
>>> El Hombre de Annie Besant pela Glem (1957)
>>> Lo Spiritismo Nella Umanita de Casimiro Bonfiglioli pela Bologna (1888)
>>> Santo Tomas de Aquino de P.J. Weber pela Poblet (1949)
>>> Rumo a Consciência Cómica de Pagina de ouro de Ramasar pela Curitiba (1969)
>>> Reencarnação de J.H. Brennan pela O Hemus
>>> Rezando com o Evangelho de Pe. Lucas Caravina pela Paulus (1997)
>>> Resolução para o novo milênio de Jennifer Fox pela Ediouro (1999)
>>> Los Maestros sus Retratos Meditaciones y Graficos de David Anrias pela Horus (1973)
>>> La Doctrina Cosmica de Dion Fortune pela Luis Cárcamo (1981)
>>> Remotos Cânticos de Belém de Wallace Leal V. Rodrigues pela O Clarim (1986)
>>> Reencarnação e Imortalidade de Alexandra David Neel pela Ibrasa (1989)
>>> Raios de Luz Espiritual de Francisco Valdomiro Lorenz pela Pensamento
>>> Does God Exist? de A.E. Taylor pela The Macmillan Company (1947)
>>> Administração Básica de Adelphino Teixeira da Silva pela Atlas (2011)
>>> Como Resolver Conflitos no Trabalho de Jerry Wisinski pela Campus (1994)
>>> Administração de Investimentos de Peter L. Bernstein pela Bookman (2000)
>>> Sistemas Organização e Métodos de Tadeu Cruz pela Atlas (1998)
>>> Os 100 melhores livros de negócios de todos os Tempos de Todd Sattersten Jack Covert pela Campus (2010)
>>> Propaganda de Plínio Cabral pela Atlas (1980)
>>> Empresa Como Organizar e Dirigir de Antônio Carlos Ferreira pela Ouro
>>> Marketing Cultural ao Vivo de Vários pela Francisco Alves (1992)
>>> A Dose Certa de John C. Bogle pela Campus (2009)
>>> Já tenho idade para saber de Michael W. Smith pela BomPastor
>>> Sobreviver não é o Bastante de Seth Godin pela Campus (2002)
>>> Jesus, o maior psicólogo que já existiu de Mark W. Baker pela Sextante
>>> Aspectos Legais da Documentação em Meios Micrográficos Magnéticos e Ópticos de Ademar Stringher pela Cenadem (1996)
>>> Go Pro de Eric Worre pela Rumo (2019)
>>> Avaliação da aprendizagem - Componente do ato pedagógico de Cipriano Carlos Luckesi pela Cortez (2011)
>>> Pílulas do Bem-Estar de Daniel Martins de Barros pela Sextante (2019)
>>> Trilha de Diversos pela EuBlack
>>> Apostila de Vestibular Semi FGV 2 de Não Informado pela Cpv (2003)
>>> Documentos Maranhenses Pantheon Maranhense 2 Volumes de Antônio Henrique Leal pela Alhambra (1987)
>>> Economia de João Paulo de Almeida magalhães pela Não sei (2019)
COLUNAS

Sexta-feira, 14/6/2002
A origem do Senhor dos Anéis
Gian Danton

+ de 3100 Acessos

Quem assistiu ao filme O Senhor dos Anéis deve ter ficado curioso para saber como Bilbo, o tio de Frodo, conseguiu o anel que dá origem à história e causa tanta confusão. Para esses que querem se aprofundar mais na obra de J.R.R. Tolkien, a Martins Fontes lançou O Hobbitt, o primeiro livro da série.

O Hobbit foi escrito por Tolkien para divertir seus filhos, razão pela qual a linguagem é bastante acessível. Na época ele ainda não tinha idéia de fazer uma grande saga épica, mas o sucesso comercial desse primeiro livro o levou a imaginar a trilogia chamada O Senhor dos Anéis. Quem leu os livros da trilogia vai sentir rapidamente a diferença: nada daquela narrativa angustiada e carregada de suspense. Em O Hobbit predomina o humor. Humor britânico por sinal, difícil às vezes de entender, mas absolutamente delicioso.

Bilbo Bolseiro era o mais pacato dos hobbits e vivia sossegado em sua toca no chão. Uma toca muito confortável, por sinal, com uma porta redonda pintada de verde, mais cozinha, sala, adega e muito mais cômodos. Bilbo nunca quis saber de aventuras, pois elas são desconfortáveis e fazem com que você se atrase para o jantar.

Tudo mudou um dia em que ele estava fumando seu cachimbo na frente da casa e avistou um velho com um chapéu pontudo e uma longa barba. É claro que o velho era ninguém menos que Gandalf, o mago, que colocou na cabeça uma idéia estranha: aquele hobbit poderia ser um bom ladrão. Bilbo, claro, não gostou nem um pouco da idéia e se trancou dentro de casa, dizendo: "Sinto muito, eu não quero aventuras, muito obrigado. Hoje não. Bom dia! Mas, por favor, venha tomar chá, a qualquer hora que quiser! Por que não amanhã? Venha amanhã! Até logo!". Como todos sabem, ou deveriam saber, pois esse é o tipo de coisa importante de se lembrar, um mago sempre volta quando convidado. E o Hobbit o havia convidado para tomar chá. No dia seguinte, a casa de Bilbo foi inundada por uma verdadeira multidão de anões, com suas barbas azuis e seus capuzes. Todos muito famintos por bolos e chá. Finalmente chegou Gandalf e, depois de grande festa, foi anunciado o plano: roubar um tesouro de um dragão maligno. Quando soube, Bilbo caiu duro no chão. É claro que anões desconfiaram de que ele pudesse não ser o ladrão ideal para a situação, mas Gandalf os acalmou afirmando que Bilbo era feroz como um dragão num aperto.

Claro que, segundo Tolkien, a comparação só podia ser uma licença poética. Nenhum Hobbit podia ser comparado à ferocidade de um dragão, nem mesmo o bisavô do avô de Bilbo, Urratouro, que era tão grande que conseguia montar um cavalo. Esse hobbit era tão valente que, na Batalha dos Campos Verdes, arrancou a cabeça do rei dos Orcs. A cabeça voou longe e caiu numa toca de coelho. Dessa forma a batalha foi vencida e, ao mesmo tempo, foi inventado o jogo de golfe.

Antigamente os anões viviam numa montanha e tinham grande quantidade de ouro e jóias, que trabalhavam com grande maestria.

A grande riqueza acabou chamando a atenção do dragão Smaug, que veio do norte e pousou sobre a montanha em um jato de fogo e incendiou toda a floresta que rodeava a montanha. Os anões tentaram fugir pelo portão principal, mas foram todos tostados. Os únicos que se salvaram foram os que estavam fora e os que saíram por uma porta secreta. Depois disso, Smaug empilhou todas as riquezas e passou a dormir sobre elas, como se fossem uma cama, pois os dragões, embora adorem roubar ouro, pedras e coisas semelhantes, jamais usufruem delas.

Assim, a missão do grupo é entrar pela porta secreta e roubar do dragão tudo que ele furtou dos ladrões. Uma aventura nada fácil, mas muito lucrativa, especialmente para quem sobreviver.

Para terror de Bilbo, que, como eu já disse, odeia aventuras, especialmente as perigosas, lá se vão eles.

No caminho eles encontram trolls, que, como todo mundo sabe, se transformam em pedras se não se entocam debaixo da terra antes que amanheça, mas durante a noite fazem muitas barbaridades, em especial caçar humanos para comer. Dão de cara com elfos e muitas outras espécies interessantes... e claro, passam por maus bocados.

Como se vê, tudo muito parecido e muito diferente de O Senhor dos Anéis. Parecido porque o livro trata do mesmo universo mágico que transformou o primeiro filme da trilogia em um sucesso. E diferente porque a narrativa é muito menos adulta.

Tolkien brinca com as palavras, sendo muitas vezes irônico e espirituoso, como nos melhores livros infantis. E a trama também é mais simples.

É, portanto, um livro indicado para quem é fã da trilogia do anel e quer apresentar o universo mágico de Tolkien aos seus filhos, incentivando-os na leitura (claro que essa também é uma boa desculpa para você se divertir com mais um livro do mestre inglês).

E, como último comentário, embora a narrativa seja mais infantil, O Hobbit mantém as ótimas e detalhadas descrições, que fazem todo o diferencial de O Senhor dos Anéis. São descrições exatas, mas poéticas, que nos fazem imaginar exatamente como seria um mundo habitado por hobbits, anões, elfos e trolls. Veja um exemplo: "Parecia não haver árvores, vales ou colinas pra quebrar a monotonia do terreno à sua frente, apenas uma vasta ladeira que subia lentamente até encontrar o pé da montanha mais próxima, um trecho extenso, da cor do urze e cheio de pedras se esboroando, com trechos e manchas de verde-grama e verde-musgo, indicando onde poderia haver água".





Gian Danton
Macapá, 14/6/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Por que o petrolão é muito diferente do mensalão de Julio Daio Borges
02. Como se vive uma vida vazia? de Roberta Resende
03. O que aprender com Ian McEwan de Tais Laporta
04. Ex-míope ou ficção científica? de Ana Elisa Ribeiro
05. A difícil arte de fazer arte de Daniela Castilho


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2002
01. A Teoria Hipodérmica da Mídia - 19/7/2002
02. A teoria do caos - 22/11/2002
03. Público, massa e multidão - 30/8/2002
04. A maçã de Isaac Newton - 16/8/2002
05. O filósofo da contracultura - 18/10/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AJUDA-TE PELA NOVA AUTO-HIPNOSE
PAUL ADAMS
IBRASA
(1978)
R$ 20,00



ADULTOS SEM FILTRO E OUTRAS CRONICAS
THALITA REBOUCAS
ROCCO
(2012)
R$ 21,87



POR QUE OS HOMENS MENTEM E AS MULHERES CHORAM?
ALLAN E BARBARA PEASE
SEXTANTE
(2003)
R$ 6,00



JUAZEIRO DO PADRE CÍCERO
M. B. LOURENÇO FILHO

R$ 44,00



VAMPIROS EM DALLAS
CHARLAINE HARRIS
ARX
(2010)
R$ 10,00



A MÁSCARA DA MORTE VERMELHA
EDGAR ALLAN POE
MELHORAMENTOS
(2013)
R$ 8,00



O JOVEM FUTEBOLISTA
GARY LINEKER
CIVILIZAÇÃO
(1994)
R$ 11,70



DEVOCIONÁRIO NOSSA SENHORA DA PAZ
MARIA DAS NEVES
SANTA MARIA
(1999)
R$ 3,00



PASSADO E FUTURO DA ERA DA INFORMAÇÃO
RICARDO RANGEL
NOVA FRONTEIRA
(1999)
R$ 7,60



PARADOXO GLOBAL
JOHN NAISBITT
CAMPUS
(1998)
R$ 7,00





busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês