Saiba o que os astros não dizem sobre você | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 11/7/2002
Saiba o que os astros não dizem sobre você
Adriana Baggio

+ de 7400 Acessos

Você acredita em horóscopo? Não mesmo? Nem um pouquinho? Ah, vai dizer que você nunca deu uma olhadinha básica nas previsões para seu signo no jornal... Duvido que você nunca tenha lido as previsões que as revistas femininas fazem todo começo de ano. Mesmo que tenha sido com um pouco de ceticismo misturado à curiosidade, será que não?

Bem, se você é daquelas pessoas que respondeu com um não categórico a tudo isso, talvez esteja certo. Um dos mais conhecidos e respeitados astrólogos do país, Oscar Quiroga, rejeita esse tipo de previsão em seu livro. Se bem que o próprio já fez esse trabalho, não é mesmo?

Em Astrologia real: o que seu signo quer dizer a você (Editora Rocco, 2002), Quiroga procura mostrar que astrologia é uma coisa séria, e que aceitá-la sem preconceito pode melhorar nossas vidas. Afinal, fazemos parte do cosmo, assim como os astros. A orelha do livro nos prepara para um passeio através da história da astrologia, seus princípios, conceitos, funcionamento, etc. Tá bom, tá bom, depois eu leio isso. Quero saber o que ele diz sobre meu signo. Vou direto para a página de Gêmeos, e uma advertência corta meu barato:

"Advertência: Iniciar a leitura deste livro a partir do próprio signo, ou do de gente conhecida, trará resultados imprevisíveis. Se continuar, você estará ao sabor de sua decisão!"

Ôxe, esse aviso me deixou curiosa. Será que o negócio é sério mesmo? No mínimo, dá pra perceber que o autor conhece bem seu eleitorado. Quantas pessoas como eu não vão direto à parte que interessa? Pois bem, segurei a curiosidade para ver o que de tão importante precisava saber antes de ler o que Quiroga tem a dizer sobre os geminianos.

O início do livro fala sobre a história da astrologia. A astrologia parecida com o que conhecemos hoje, teria surgido no Egito Antigo. Mais tarde, teria sido levada para a Babilônia, onde os caldeus se encarregaram de deturpá-la e divulgá-la para as gerações futuras. Segundo Quiroga, os caldeus usavam a astrologia para ler os augúrios que estariam escritos no céu. Essas leituras determinavam a criação das leis na terra. As previsões eram normalmente nefastas e assustadoras. Os babilônicos, assim como outros povos antigos, tinham uma fixação, uma obsessão pelo cataclisma, pelo apocalipse. Na verdade, eles nem estavam tão errados assim, visto que civilização babilônica desapareceu do mapa mesmo. Enquanto os babilônicos usavam um calendário lunar, o que causava distorções na medição do tempo e nas previsões astrológicas, o povo que os conquistou - os persas - utilizava um calendário solar, mais exato. Fica subentendida a relação entre a correta leitura dos astros e o desenvolvimento das civilizações. Aliás, o autor coloca que, muito antes dos egípcios, outros povos já estudavam e acompanhavam a relação entre os movimentos do céu e os acontecimentos na Terra. Os povos que tinham essa habilidade puderam se desenvolver, já que a capacidade de prever os eventos climáticos, as estações, a época de colheita, etc, permitia que as pessoas pudessem se proteger e programar o cultivo.

O preconceito de que é vítima a astrologia hoje teria surgido com os caldeus. Os astrólogos da época eram corruptos e desonestos. Faziam a leitura dos céus ao rei de acordo com seus interesses, deturpando o verdadeiro sentido da astrologia, que é o de buscar a harmonia entre o céu e a terra. Esse preconceito teria sido alimentado com mais força pelo racionalismo da nossa época, que exige provas concretas para a crença em alguma coisa. Para Oscar Quiroga, essa resistência em creditar nada mais é do que medo. Na medida em que as pessoas libertem-se deste medo, será mais fácil para elas se entenderem e entenderem o universo.

É dentro dessa filosofia que o autor propõe a astrologia real. Essa modalidade de astrologia "busca uma melhor maneira de viver, associando uma condição física precária a uma imaginação que levita no infinito cósmico". Dentro dessa linha, Oscar Quiroga faz uma colocação que pode relaxar uma das principais objeções à astrologia: a de que todo mundo do mesmo signo funciona da mesma maneira. Para ele, nossa personalidade, nossas atitudes e nosso destino são guiados por três fatores: genético, cultural e cósmico. É por isso que não valem para todas as pessoas do mesmo signo as previsões feitas para esse signo. Porque se o fator cósmico pode ser considerado na astrologia, o genético e o cultural não.

Muito coerente com essa teoria, o autor não faz previsões sobre o futuro e nem revela traços exatos da personalidade de cada um dos signos do zodíaco. Talvez um leitor mais afeito à astrologia de almanaque fique um pouco decepcionado com as mensagens quase enigmáticas. Casa signo apresenta uma característica, mas ela é delineada, rascunhada, sem muita exatidão. Seria um aspecto comum entre todos os nativos de determinado signo, mas sem estabelecer traços categóricos que possam excluir alguém definitivamente. Achei as colocações interessantes e válidas para meu signo. A novidade também, pelo menos para mim, é que os signos estão distribuídos em 7 categorias. Vou dar uma palhinha:

 Signos de poder: expressam força de vontade. Criam regras de vida e tentam depender o menos possível de circunstâncias para realizar a vontade. Fazem parte deste grupo os nativos de Peixes e Touro.
 Signos de amor: emitem constantemente um chamado e esperam evocar uma resposta e, da conjunção dos fatores, irradiar sabedoria. São os nativos de Leão e Aquário.
 Signos de inteligência: colhem informações e experiências e com elas tecem nova realidade. Vale para você que é de Sagitário ou Capricórnio.
 Signos de criatividade: vivem em conflito, e no puxão dos extremos inventam a possível harmonia. São os virginianos e arianos.
 Signo de raciocínio: discrimina e classifica as diferenças, os opostos e os contrastes, preservando o vaivém das contradições. Exclusivo para os nativos de Gêmeos.
 Signos de paixão: consagram intenso ânimo a uma coisa ou a alguém. Fazem parte deste grupo Câncer e Escorpião.
 Signo de ordem: dedica-se às formalidades, e pela constância e desenvoltura praticadas, estabiliza um ritmo, tornando-se inadvertido produtor de equilíbrio. Vale para os librianos.

Com este livro, Oscar Quiroga torna a astrologia mais palatável àqueles que precisam de uma explicação racional para tudo. Não que o livro mostre como a posição das estrelas no céu no momento do seu nascimento pode determinar, mesmo que seja de maneira tênue, um traço comum de personalidade entre você e outras pessoas nascidas no mesmo momento. O argumento de Oscar é que todos nós fazemos parte de algo muito maior do que a vida na Terra., e que isso nos assusta. Para ele, poderíamos ser muito mais felizes se aceitássemos nossa participação no cosmo, sem ficar tentando atribuir sentido a tudo. Afinal, quem pode explicar a situação onde você sonha com alguém que não vê há muito tempo, que não tem menor possibilidade de encontrar, mas topa com essa pessoa pela manhã? A resposta? Está no cosmo.

Para ir além





Adriana Baggio
Curitiba, 11/7/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Carnaval que passava embaixo da minha janela de Elisa Andrade Buzzo
02. 40 anos sem Carpeaux de Celso A. Uequed Pitol
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas de Heloisa Pait
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. Prólogo. Sem Alarde de Heloisa Pait


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2002
01. Todos querem ser cool - 27/6/2002
02. Menos Guerra, Mais Sexo - 31/1/2002
03. Uma pirueta, duas piruetas, bravo, bravo! - 20/6/2002
04. Homens, cães e livros - 15/8/2002
05. No banheiro com Danuza - 28/11/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ADORÁVEL HEROÍNA
MICHAEL HINGSON; SUSY FLORY; MAURICIO TAMBONI
UNIVERSO DOS LIVROS
(2012)
R$ 15,00



SOBRE A CHINA
HENRY KISSINGER
OBJETIVA
(2011)
R$ 50,00



AS ORIGENS DA CANÇÃO URBANA
JOSÉ RAMOS TINHORÃO
34
(2011)
R$ 41,90



O HOLANDÊS
ANA BANDEIRA DE CARVALHO
DO AUTOR (RJ)
(2008)
R$ 16,82



METAL SEM HÚMUS
DÉRCIO BRAÚNA
7 LETRAS
(2006)
R$ 9,80



CINCO CONVERSAS COM ALVARO CUNHAL
ALVARO CUNHAL
CAMPO DAS LETRAS
(1999)
R$ 43,70



PSICOFÁRMACOS: CONSULTA RÁPIDA
ARISTIDES VOLPATO CORDIOLI
ARTES MEDICAS
(1997)
R$ 35,00



DETALLES GRÁFICOS PARA ARQUITECTOS
CARL KEMMERICH
GUSTAVO GILLI
(1997)
R$ 45,00



UPPS, DIREITOS E JUSTIÇA
FABIANA LUCI
FGV
(2012)
R$ 24,90



RETRATO DE FAMÍLIA
ADELINA CLARA HESS DE SOUZA
NOVA LETRA
(2010)
R$ 10,00





busca | avançada
42881 visitas/dia
1,2 milhão/mês