Em Defesa do Funk - ou nem tanto | André Pires | Digestivo Cultural

busca | avançada
73958 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto Camerata Filarmônica Brasileira apresenta concerto comemorativo no dia 15 de maio em Indaiat
>>> Ação Urgente Contra a Fome - SescSP
>>> 3ª Mostra de Teatro de Heliópolis recebe inscrições até 31 de maio
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Irredentismo
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> O assassinato de Herzog na arte
>>> Hitler, de Ian Kershaw, pela Companhia das Letras
>>> Livrarias em tempos modernos
>>> O que é a memética?
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Sobre o Jabá
>>> Você viveria sua vida de novo?
>>> Suicídio, parte 2
Mais Recentes
>>> Viagens de Gulliver de Jonathan Swift e Cláudia Lopes pela Scipione (1970)
>>> Líderes e Lealdade - as Leis da Lealdade de Dag Heward-mills pela Central Gospel (2011)
>>> Revista Manchete , Nº 1 , 907 - Novembro de 1988 de Varios pela Bloch (1988)
>>> A Droga da Obediência de Pedro Bandeira pela Moderna (1984)
>>> Álbum de família de Mercedes Teixeira João pela Gente (1993)
>>> O Amor Verídico de Tânia Leite Motta pela Própria (1999)
>>> Martelo: uma salada literária de Selma Horta pela Própria (1999)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Rocco (1990)
>>> Milagres e Aparições de Nossa Senhora de Bridget Curran pela Fundamento (2010)
>>> Bible Time Bible readong era de Sociedade Bíblica do Brasil pela Sociedade Bíblica do Brasil (2000)
>>> El puñal magico de Vários Autores pela Ediciones en lenguas extranjeras beijing (1980)
>>> Epitaph of a small winner de Machado de Assis pela Bard (1979)
>>> The Peter Principles de Dr. Laurene J. Peter e Raymond Hull pela William Morrow and Company (1969)
>>> Mistery behind the wall de Gertrude Chandler Warner pela Scholastic inc (1991)
>>> Trotz allem ein Stuck Himmel de Max Ronner pela Gotthelf Verlag (1979)
>>> There is a tide de Agatha Christie pela Dell (1970)
>>> Cantora Revelação de Roberto Belli pela BrasiLeitura (2015)
>>> He - A Chave do Entendimento da Psicologia masculina de Robert A, Johnson pela Mercuryo (1987)
>>> She - A Chave do Entendimento da Psicologia Feminina de Robert A. Johnson pela Mercuryo (1987)
>>> Samuel Hazzan e José Nicolau Pompeo de Matemática Financeira pela Saraiva (2007)
>>> Jogos para a Estimulação das Múltiplas Inteligências de Celso Antunes pela Vozes (1998)
>>> Ao ponto da tristeza de Aaron Appelfeld pela Kinnet, Zmora-Bitan, Dvir (2012)
>>> Conhecer & Aprender - Sabedoria dos Limites e Desafios de Pedro Demo pela Artmed (2021)
>>> Stiletto de Harold Robbins pela Record (1980)
>>> Tudo Pela Vida de Danielle Steel pela Record (2003)
COLUNAS >>> Especial Politicamente Incorreto

Sexta-feira, 11/5/2001
Em Defesa do Funk - ou nem tanto
André Pires

+ de 6000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Atualmente a onda não é mais o funk, mas sim falar mal do funk. A imprensa parece que resolveu criar colunas quase que diárias para detonar o ritmo e tudo que o cerca (ex.: Xexéo, Mauro Rasi, DOMINGO, Fritz Utzeri...). Mas é preciso que seja dito algo em defesa deste gênero musical tão incompreendido.

Para começar, se o funk está na moda é por que nós o colocamos. As grandes emissoras de rádio e TV só embarcaram numa onda que já dominava, não só a Zona Sul do Rio, como São Paulo e outras cidades. Não há quem negue que é "impossível ficar parado" ao som de diversas batidas funk, e hinos como "Xatuba de Mesquita" são no mínimo hilários e cativantes, trilha sonora ideal para zoar com os amigos, mesmo para quem não é fã do estilo. É inadmissível pensar que, sábado de manhã, alguém prefira sintonizar a BAND para ver a Furacão 2000 ao invés de ir a praia. Mas flipando pelos canais, morgado na cama, numa manhã chuvosa, após a ressaca de sexta-feira, é impossível não dar pelo menos uma paradinha no canal pra conferir a animação das preparadas e tigrões no Castelo das Pedras.

É claro que o funk carioca (não confundir com o "real funk" de George Clinton e James Brown) tem suas características tristes, podres e estúpidas. A começar pelos seus atuais pais, (digo atuais porque o funk não se resume a essa nova onda, remetendo aos tempos imemoriais de DJ Marlboro e Steve B nos anos 80), Veronica Costa, a mãe loira do funk, que realmente chama os funkeiros de "meus filhos" !? E seu comparsa Romulo Costa, quase 50 primaveras nas costas, ostenta um rabinho de cavalo ridículo em seu cabelo duro, é assiduo freqüentador dos bailes de suburbio e das páginas policiais dos jornais do Rio. Pais estes que usam seu filho legítimo Johnatan (da nova geração) para ganhar um extra com a moda que ajudaram, e muito, a criar. O moleque, do alto de seus 8 anos canta que "já tá pegando um filé com popozão". Imaginem o futuro desse pobre funkeiro. No mínimo um barangueiro da pior estirpe.

Mas analisando efetivamente, as letras não tem lá grande profundidade é verdade, mas e daí? Qual o problema? A musica é feita para dançar e zoar e não para se ouvir em casa estudando cada verso como se fosse Chico Buarque. Cada estilo musical se encaixa em um determinado momento. Ninguém quer ouvir Duran Duran, "Smooth operator" numa festa de carnaval, e nem É o Tchan, "Na boquinha da garrafa" em um jantar a luz de velas. E mais, de letra merda o Brasil tá bem servido, seja no axé, no sertanejo, no pagode... isso não é privilégio do funk.

E tem aqueles que reclamam do apelo sexual das danças. Pra mim o forró, que todo mundo pela o saco como ressurgimento das raízes do nordeste, é bem mais sexual do que o funk. Todos hão de convir que é muito mais provável uma forrozeira engravidar chachando atracada com seu parceiro do que uma tchutchuca fazendo a coreografia da danca do Tigrão. No funk as meninas apenas provocam, já no forró elas vão pro roça-roça mesmo. As letras falam só de sexo? São degradantes para as mulheres? Ok, beleza... O Zeca Baleiro vai lançar um CD de músicas eróticas e todo mundo acha o máximo só porque o cara é queridinho da mídia! Isso é preconceito com a negrada do funk. Longe de mim comparar Zeca Baleiro com Cidinho e Doca, mas a temática é a mesma.

Muitos se esquecem que até pouco tempo o funk populava as manchetes de jornal devido aos tiros e a porradaria nos bailes, ao som de letras estimulando a violência no salão. Antes estimular o sexo do que a violência, né não? Deixa o funk lá, quem não gosta que vá escutar outra coisa (como eu faço).

Tudo é válido como fonte de cultura, por pior que seja. Guardadas as devidas proporcões, é claro. Tudo tem seu valor: do Chaves ao Fellini, do funk ao Chopin.

É claro que, se você for se limitar a uma coisa só, que seja pela de melhor qualidade, e maior nível intelectual. Mas a limitação nunca é boa. Bom mesmo é a variedade. Quanto mais elementos melhor para se formar opinões e conceitos que servirão de base para o crescimento pessoal e para encarar a vida.


André Pires
Rio de Janeiro, 11/5/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Domingão, domingueira de Ana Elisa Ribeiro
02. A Garota do Livro: uma resenha de Heloisa Pait
03. Carmela morreu. de Ricardo de Mattos
04. Sobre as ilusões perdidas de Fabio Silvestre Cardoso


Mais André Pires
Mais Acessadas de André Pires
01. Matrix, Reloaded e Revolutions - 29/5/2003
02. Em Defesa do Funk - ou nem tanto - 11/5/2001
03. Só sei que nada sei - 9/12/2009
04. Cidade de Deus: o maior barato - 7/10/2002
05. Rodrigo e a guerra - 14/4/2003


Mais Especial Politicamente Incorreto
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/3/2002
1. Funk
14h52min
Sou Funkeira e torço muto pelo Funk... Concordo que nâo é só o Funk que faz em algumas vezes apologia ao sexo assim como o Fórro entre outros... Quem não gosta de Funk que não escute ... Acho que as pessoas que curtem Funk não querem saber muito das letras e sim de se divertir e dançar. " O Funk tá na moda isso incomoda os olho grande recalcado...!!" E como incomoda...!!
[Leia outros Comentários de Fer__]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Estrutura do Tesão. Melissa
Claudia Riecken
Universidade Quantum
(2012)



Beleza para a Vida Inteira
Cristiana Arcangeli
Senac
(2002)



Comigos de Mim
Rachel Gutiérrez
Massao Ohno
(1995)



A Morte da Justiça do Trabalho
Sylvia Romano
Minelli
(2002)



Mistura de Palavras
Silvia Cristina de Oliveira
Do Autor
(1989)



O Benefício da Dilatação de Prazo para a Fazenda Pública
Revista de Processo, Nº 1 - Ano 1
Revista dos Tribunais
(1976)



Por uma Política de Ciência e Tecnologia Em Saúde no Brasil
Marília Bernardes Marques (org.)
Fund Oswaldo Cruz
(1998)



Direito Constitucional 2ª Edição
Gustavo Barchet
Impetus (niterói Rj)
(2004)



Gente Que Você Não Deveria Conhecer !!!!
Fátima Deitos
ícone
(2007)



Dune Guerre a Lautre: 1914-1945
J P Brunet e M. Launay
Hachete Universite
(1974)





busca | avançada
73958 visitas/dia
2,5 milhões/mês