Desejos e argumentos para 2005 | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
74137 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 12/1/2005
Desejos e argumentos para 2005
Ana Elisa Ribeiro

+ de 2600 Acessos
+ 1 Comentário(s)


Mestre Eduardo entre os aprendizes Jorge e Ana

Aos seis meses de idade, todos os seres humanos sem necessidades especiais ou específicas estão às voltas com um conflito interessantíssimo: a diferença entre querer e realizar; a distância entre desejar algo e poder tê-lo (ou fazê-lo). E esse conflito vai sendo amenizado aos poucos, com o passar não dos dias ou dos anos, mas dos minutos.

Há cinco minutos, o garotinho queria apertar um botão para ouvir um barulho de sirene. O brinquedo era um carrinho cheio de teclas, cada qual disparadora de uma buzina diferente. O bebê já sabe disso e inicia a empreitada de brincar com o carrinho dando-lhe safanões. Não ouve barulhos e ainda joga o brinquedo longe. Em alguns minutos, ele passará a "bater" no brinquedo de maneira mais calculada e sutil. No dia seguinte, estará batendo com um dos dedos, o eleito para quase tudo. No decorrer de uma semana, se o bebê estiver maduro (seu cérebro, suas sinapses), poderá tocar cada botão com um dedo e os barulhos serão mais intencionalmente conseguidos. Aquela jogada de sorte que era dar safanões no carrinho e acertar uns botões aleatoriamente terá dado lugar à relação mais estreita entre querer e poder.

Também algo assim acontece com a vontade de falar. Aos seis meses, o bebê demonstra a intenção de chamar os pais quando os vê passar ou quando quer a atenção deles. Também já emite sons desconexos no lugar da fala articulada e tem intenção quando faz isso. Os pais conseguem entender a intenção do bebê, embora ainda não ouçam palavras ou interjeições (no mínimo).

A vontade de chamar a atenção, de pedir para ir ao colo dos pais, de pedir para ficar de pé, assim como o desejo de pegar a mamadeira que está longe já existem. Falta ao menino coordenação motora e articulação para executar essas tarefas.

Todos ao seu redor fazem todas essas coisas o dia inteiro. O garotinho sabe que pode aprender tudo aquilo e deseja aprender. Quando não consegue, fica irritado, chora, geme. A mãe ajuda a realizar algumas coisas, o pai traz a mamadeira, a avó põe de pé. Mas ainda não é possível fazer com autonomia. No entanto, não obstante a falta de coordenação motora, o mais importante já está lá: a vontade de fazer.

E essa vontade vem antes da coordenação. O desejo de falar, de se manifestar, de reagir chega antes de poder articular palavras, andar, correr, pegar o que parece ao alcance. Também essa distinção (o que está e o que não está ao alcance no momento) é algo aprendido com a experiência.

O garoto quer. Isso garante uma série de coisas, uma das quais, muito importante: o aprendizado. Se ele não desejasse antes de fazer, não faria. Se ele não admitisse os desafios do minuto seguinte, não sentiria o impulso de dar safanões no brinquedo até conseguir dele uma sirene de polícia, um miado, uma risada de palhaço.

Os desejos de aprendizado, de mudança, de execução; as reações, ações e sensações pró-ativas devem chegar antes e devem mover e retroalimentar.

O garoto de seis meses tem muitas tarefas por dia pela frente, assim que acorda, às 7 da manhã. À noite, terá aprendido a chupar o dedo com mais precisão e terá segurado a mamadeira mais pesada. Aos seis meses, a vontade de chamar a atenção dos pais faz com que ele ensaie ruídos que querem dizer: venham cá. E os pais entendem que a intenção seja essa porque todos ali dispõem de linguagem: coisa que entre os humanos é algo facilitador (ou deveria ser!) e ordinário.

Aos seis meses, o menino sabe o que quer e atua no meio em que vive para conseguir seus intentos e mais interessante: para aprender. E se tudo der certo, conforme as experiências que ele terá ao longo dos anos, aprenderá muitas coisas da natureza e da cultura e se formará sujeito (e não um assujeitado); educado e social (e não um sem educação que não conhece seus limites e os dos outros).

Essas pequenas lições que aprendi com meu filho me fazem ficar atenta às coisas que eu desejo, quero e para minhas ações, ao longo do tempo, em meu meio, na interação com os outros e com o ambiente, para executar tarefas da minha natureza e da minha cultura, ambições e a consecução das vontades.

Uns têm vontades e não agem; outros agem sem querer; alguns agem sem pensar (fato grave). Muitos parecem morrer em vida e não têm os progressos de um bebê de seis meses. Eu ando repensando isso e reavaliando os progressos que posso conseguir para não ficar para trás (em relação ao garotinho que tenho em casa).

O início de um novo ano pode ser um momento interessante para ter desejos. Melhor ainda: para começar a agir, tenha o sujeito seis meses ou sessenta anos.

* * *


E não ousem dizer que a foto é montada. Não é. O guri não nega a raça. Aprendeu a gostar de livro. Agora não tem mais volta. Anda pedindo para ir à estante ver aquelas lombadas coloridas e pede para parar na frente da ala de poetas. Entre os preferidos, Ricardo "Ximite" Carvalho, com seu Lascas.

Sade ou Sades?
Foi realizada, no mês passado (ano passado!), a Bienal dos Piores Poemas, em Belo Horizonte. Não sabemos ao certo, mas deve ter sido sua terceira ou quarta edição. O tema deste ano era "os clássicos". A "tarefa" dos concorrentes era "transcriar" um poema conhecido e torná-lo muito pior do que o original. Não fomos informados sobre os "ganhadores", mas um dos poemas que recebeu menção honrosa foi de Eugênio Alves Pereira Macêdo (Boca de Ouro), que "transcriou" um poema do livro Perversa, da patifa Ana Elisa Ribeiro. O texto original era "Sade" e o piorado chamou-se "Sades", sendo que é difícil saber qual dos dois é mais ferrado. Curioso que o poema de Ana Elisa tenha sido aceito pelo concurso dentro do tema "clássicos". Vai entender... Veja abaixo as duas peças:

"Sade"
por Ana Elisa Ribeiro

Basta
Quando eu pedir
Me bata

* * *

"Sades"
por Boca de Ouro

Comprarei para nós
Nova aliança
Um chicote


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 12/1/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um Furto de Ricardo de Mattos
02. Noel Rosa de Fabio Gomes
03. Viagem a 1968: Tropeços e Desventuras (3) de Marilia Mota Silva
04. Presenças de Paula Ignacio
05. Paulo Leminski, o Paulo Coelho da Poesia de Luis Dolhnikoff


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2005
01. Mapa da sala de aula - 6/4/2005
02. Para gostar de ler? - 24/8/2005
03. Publicar um livro pode ser uma encrenca - 28/12/2005
04. Sexo pra quê? Texto onde? - 26/1/2005
05. Escrever bem e os 10 Mandamentos - 20/7/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/1/2005
17h04min
Amei esse texto, tenho realizado oficinas de didática do desejo e acho que isso tem tudo a ver, vou citar nos próximos encontros. beijins
[Leia outros Comentários de Sandra Regina]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONJUGAR VERBOS DE ESPAÑA Y DE AMERICA - 1ª EDIÇÃO - C/ CD AUDIO
ALFREDO GONZALES HERMOSO
EDELSA
(2011)
R$ 104,86



LA MUSICA COMO MEDICINA DEL ALMA
JUNE BOYCE TILLMAN
PAIDOS ESPANHA
(2003)
R$ 50,00



OS PERUS - CRIAÇÃO E APROVEITAMENTO
J. REISORG
MELHORAMENTOS
R$ 17,51



BELMIRO
MÁRIO RUDOLF
NOOVHA AMERICA
(2003)
R$ 5,00



THE WALKING DEAD - A ASCENSÃO DO GOVERNADOR ROBERT KIRKMAN
ROBERT KIRKMAN
GALERA
(2013)
R$ 5,00



DAHMANE
BENEDIKT TASCHEN
TASCHEN
(1994)
R$ 69,90



DA INTERPRETAÇÃO JURÍDICA 2ª EDIÇÃO
MÁRIO FRENZEM DE LIMA (CAPA DURA)
FORENSE (RJ)
(1955)
R$ 17,82



PINHO, PINHEIRO, PINHAO
L. MARQUES
MELHORAMENTOS
(1969)
R$ 7,00



OS SUPER MARKETERS
ROBERT HELLER
HARBRA
(1990)
R$ 6,90



ESPUMAS FLUTUANTES
CASTRO ALVES
KLICK
R$ 6,99





busca | avançada
74137 visitas/dia
1,8 milhão/mês