Comentários de eurandi corvello ant | Digestivo Cultural

busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Peça em homenagem à Maria Clara Machado estreia em teatro de Cidade Dutra, na periferia de São Paulo
>>> Campanha Sonhar o Mundo traz diversificada programação elaborada pelos museus paulistas
>>> Homenagem ao Pianista Nelson Freire, Grátis, 5/12, no Morumbi
>>> Carlos Dala Stella lança novo livro e completa trilogia
>>> Jam Brasil traz o melhor da música instrumental de 13 a 18/12 de graça
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Entre o corpo e a alma, o tempo
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Salvem os jornais de Portugal
>>> Irmãos Amâncio
>>> Chris Cornell
>>> Nosso Primeiro Periscope
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Contra os intelectuais
>>> Simpatia pelo Demônio, de Bernardo Carvalho
>>> Berlim, o passado arrancado à força
>>> Propostas discordantes no jornalismo
>>> Stan Lee - o reinventor dos super-heróis
Mais Recentes
>>> Os Pensadores - Fichte de Rubens Rodrigues Torres pela Abril Cultural (1980)
>>> Terapia Cognitiva para Transtornos da Personalidade de Jeffrey E. Young pela Artmed (2003)
>>> Ifrs Standards 2018 Part A de Vários Autores pela Ifrs (2018)
>>> Geografia Espaço e Identidade Volume Único de Levon Boligian; Andressa Alves pela Do Brasil (2016)
>>> O Rio de Janeiro, Capital do Reino de Luis Affonso e Outros pela Atual (2010)
>>> A Magia da Dança dos Tangarás de Reginaldo França pela Juruá (2007)
>>> Sistemas de Informações Gerenciais - 4ª Ed. de Tadeu Cruz pela Atlas (2018)
>>> Terapia do Esquema Para Casais de Kelly Paim, Bruno Luiz Avelino Cardoso pela Artmed (2019)
>>> Os Pensadores - Heidegger de Martin Heidegger pela Abril Cultural (1984)
>>> Wolverine Nº 45 de Marvel pela Panini Comics
>>> La Nuit Sacrée de Tahar Ben pela Contemporary French Fiction (2014)
>>> Pelo Mundo Todo de Julia Glass pela Bertrand Brasil (2011)
>>> O Mito da Criatividade (lacrado) de Fábio Zugman pela Alta Books (2018)
>>> Memória - 3ª Ed. de Ivan Izquierdo pela Artmed (2018)
>>> Organização de Empresas Volume 3 de A. Nogueira de Faria pela Record (1969)
>>> Contabilidade ao Alcance de Todos 2 de M. Legran pela Rideel
>>> O Grito! (lacrado) de Fernanda Busanello Ferreira pela Lumen Juris (2015)
>>> The New Inquisitions: Heretic-Hunting and the Intellectual Origins of Modern Totalitarianism de Arthur Versluis pela Oxford University Press (2006)
>>> Química matéria energia e transformações volume único de José carlos de azambuja bianchi e outros pela Do Brasil (2017)
>>> Hello Nº 1- Magic English de Walt Disney pela Abril Coleções (2011)
>>> Farsantes & Fantasmas (lacrado) de Antonio Carlos Olivieri pela Record (2012)
>>> Culinária Ilustrada Passo a Passo Entradas de Publifolha pela Publifolha (1999)
>>> Biologia Natureza e Sociedade 2 de Diarone Paschoarelli Dias pela Do Brasil (2016)
>>> Poder e Cidadania - Análise Crítica no Direito Contemporâneo (lacrado) de Frederico Antônio Lima de Oliveira pela Lumen Juris (2016)
>>> Inovação na Gestão Pública de Richard Dubois João Lins pela Saint Paul Pwc (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sábado, 9/1/2010
Comentários
eurandi corvello ant


Kindle e o contracenso...
Isto ia acontecer um dia. Sempre que uma nova tecnologia libertadora ameaça o mercado vigente, os que lucram com a retenção do conhecimento se insurgem. Me lembro que quando cursei a faculdade e, sem dinheiro para pagar os preços absurdos dos livros, recorria a cópias (que já eram proibidas). Nos dias de hoje só compro livros de bolso e edições recicláveis, e consumo livros em TXT que leio numa microtela de um MP4. Fora isso, não dá mais. Posso comprar um livro a cada 6 meses e olhe lá... os livros grandes de preços absurdamente abusivos nem pensar...

[Sobre "As editoras contra o Kindle"]

por eurandi corvello ant
9/1/2010 às
23h07 201.1.89.222
 
Um novo 1984?
É uma pena, porém esta é a lei do mercado em torno do qual tudo gira. É como se estivéssemos no livro "1984", de George Orwell, no qual o totalitarismo viesse das grandes corporações e do sistema capitalista.

[Sobre "Imprensa em 2009"]

por eurandi corvello ant
9/1/2010 às
22h33 201.1.89.222
 
Fantasia e realidade
Sim. Eles devolveram a magia ao cinema de animação, tornando possível uma maior interação entre a fantasia e a realidade... [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção: A Magia da Pixar"]

por eurandi de oliveira
11/11/2009 às
07h56 201.1.23.8
 
A inutilidade da TV
Pra que serve a TV, mesmo? É diversão e informação, primeiramente. E já que pago, devo ter o direito de assistir o que quero e ser consultado quanto ao cancelamento de um canal e não simplesmente avisado depois (quando avisam). Pois é, depois de ver vários seriados que assistia serem cancelados pelas produtoras sem motivo e ver a programação da TV fechada ser invadida pela onda do telemarketing, desisti completamente de adquirir qualquer pacote. É ilógico ver propaganda numa TV que eu pago, pois, se eu financio, a TV não precisaria vender o espaço. Mas já que é assim, então eu prefiro baixar pela internet, ver na TV aberta... qualquer coisa, menos pagar os preços absurdos, já que a única coisa que eu vejo na TV, mesmo aberta, são filmes, seriados, documentários e jornal. Os empresários de TV estão tornando a própria TV não só num produto inacessível, financeiramente falando, como num produto inútil, intelectualmente falando... viva a interatividade da internet!

[Sobre "A TV paga no Brasil"]

por eurandi corvello ant
15/10/2009 às
23h46 201.1.102.237
 
Pode morrer, TV, já vai tarde
Bem, para mim, a televisão aberta presta um péssimo serviço de entretenimento. Cresci vendo seriados, documentários, filmes, desenhos, noticiários sérios - às vezes mascarados, mas sérios -, tudo feito para consumo rápido e sem delongas. E o que se vê hoje? Programas de auditório, de formato barato e insípidos ocupando a maior parte da programação. Novelas nos trazem problemas que não temos, compostas de heróis ridículos e vilões medonhos entrelaçados em tramas pavorosamente requentadas e que em sua maioria desdenham da inteligência de quem assiste. Aliás, parabéns, novelas! Por causa de vocês, ninguém que tem que trabalhar no dia seguinte vê mais filmes, pois eles começam entre 22:15 e 22:30, e acabam depois da 00:00 e eu tenho que trabalhar no dia seguinte. Os noticiários viraram janela de "serviço público"; entre uma notícia e outra, para amenizar, assistimos historinhas bonitas de cidadania. Pode morrer, TV, eu vou assistir o que quiser pelo DVD ou pelo meu computador!

[Sobre "Agora a morte da televisão"]

por eurandi corvello ant
13/7/2009 às
22h38 201.0.29.216
 
A lei do mais forte
Pois é. No fundo, muitos de nós tomam mais decisões da maneira humana e, portanto, nos solidarizamos com o vilão, para mim, muito mais humano que o herói. A bondade é um traço (para mim) criado pela civilização e que vai embora ao primeiro sinal de luta pela sobrevivência, quando o que valerá é a lei do mais forte.

[Sobre "É, não ser vil, que pena"]

por eurandi corvello ant
22/2/2008 à
00h33 201.1.22.111
 
a sinceridade dos desenhos
Pois é... sempre gostei de Little Nemo e seu surrealismo, suas histórias, às vezes apavorantes, como numa em que Nemo começa a brincar de escorrega no corrimão de uma escada em caracol com seus amigos, descendo em velocidade vertiginosa. Seus amigos vão caindo pela jornada até que o próprio Nemo chega no fim da escada sozinho e, para seu desespero, vê que ela dá para o nada, no meio do espaço sideral... uma relação com a morte, talvez... Acho que só encontrei a mesma sinceridade diante da vida nos desenhos japoneses que não escondem o que somos: humanos.

[Sobre "Animazing"]

por Eurandi
21/2/2008 às
23h50 201.1.22.111
 
Orkut com reservas
Eu, particularmente, vejo o ORKUT com muita reserva. Sim, vi muitos brasileiros agredindo outros sem razão e principalmente pq brasileiro chama qualquer um e não somente gente conhecida. Tem até um site que faz isso pelo usuário, sem que ele precise conhecer alguém no ORKUT prá ser chamado. Meu trabalho principal no ORKUT hoje é treinar meu inglês, lidar contra o SPAM e sair de comunidades sem função além de joguinhos. No fundo o ORKUT "brasileiro" tem que ser muito peneirado por quem quiser encontrar conteúdo. Talvez a única comunidade que realmente me faça entrar lá seja um clube de leitura e comentários.

[Sobre "O Orkut é coisa nossa"]

por Eurandi Corvello
16/2/2006 à
00h12 201.1.60.164
 
Levando o Orkut a sério
Não consigo levar o ORKUT a sério. Imagino que a possibilidade de usar o Orkut seriamente esbarra, primeiro na exclusão digital e depois na qualidade de artigos e comentários postados no ORKUT. Seria necessario ter um perfil fantasma onde teriamos nossa verdadeira personalidade e um "perfil profissional", voltado somente para o "corretamente sério". Não, eu realmente não gosto desta superexposição que o Orkut traz. Comentários, "Scraps", tudo isto mostra o que o vírus "I Love You" revelou com precisão: somos todos carentes de atenção. E, Realmente somos extremamente numerosos no ORKUT, mas isso não implica em qualidade. É uma pena que, já no século 21 o acesso às necessidades básicas : educação, saúde, alimentação, moradia e emprego ainda seja um privilégio. Sempre que entro no ORKUT lembro de um quadro humorístico cujo bordão era "Não traz a máfia pro Brasil que esculhamba!". 8)

[Sobre "Por que eu não escrevo testimonials no Orkut"]

por Eurandi Corvello
15/2/2006 às
23h58 201.1.60.164
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Invasão Cultural Norte-Americana
Júlia Falivene Alves
Moderna
(1995)



Complexo de Cinderela
Colette Dowling
Melhoramentos
(1987)



O Grandes Físicos que Mudaram o Mundo
Constatino
Escala
(2010)



O evangelho segundo o espiritismo
Allan Kardec
Ide
(2008)



Aspects of Alice
Lewis Carrolls
Penguin Books
(1971)



Do Outro Lado da Linha (lacrado)
Renata Queiroz Dutra
Ltr
(2014)



Homens & Mulheres
Dr. Lair Ribeiiro
Leitura
(2005)



Contabilidade Introdutoria 9ªed(1998)
Equipe de Professores ( Fea Usp )
Atlas
(1998)



O Diário da Princesa
Meg Cabot
Record
(2005)



Obras Completas - Volume 2 (Teatro Português)
Bernardo Santareno
Caminho
(1985)





busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês