Comentários de Sidney Vida | Digestivo Cultural

busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lifestyle Media
>>> A voz de Svetlana em Paraty
>>> São João del-Rei
>>> Convite para as coisas que não aconteceram
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Where I End and You Begin
>>> Nós, os afogados, de Carsten Jensen
>>> Dias de Luta, de Ricardo Alexandre
>>> O Frankenstein de Mary Shelley
>>> Quando o cotidiano vira espetáculo
Mais Recentes
>>> Cavaleiros do zodíaco Saint seiya volume 8 de Masami Kurumada pela Conrad (1997)
>>> samurai x volume 3 Rurouni Kenshin de Nobuhiro Watsuki pela Jbc (1997)
>>> Inu- Yasha volume 75 de Rumiko Takahashi pela Jbc (2004)
>>> Inu- Yasha volume 101 de Rumiko Takahashi pela Jbc (2004)
>>> Destino Cativo volume 1 de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2008)
>>> Destino Cativo volume 5 de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2008)
>>> Bleach 3 Memories in the rain de Tite Kubo pela Panini Comics /Planet Mangá (2007)
>>> Destino Cativo volume 4 de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2009)
>>> Wanted volume único de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2008)
>>> Destino Cativo volume 2 de Matsuri Hino pela Panini Comics /Planet Mangá (2008)
>>> O Jardineiro Fiel de John Le Carré pela Record (2002)
>>> Démocratie et égalité de Éric Keslassy pela Bréal (2003)
>>> Antologia poética de Vinicius de Moraes pela Do Autor (1960)
>>> Le discours politique de Christian Le Bart pela Puf (1998)
>>> La culture de Jean Fleury pela Bréal (2002)
>>> Sombras Sobre o Rio Hudson de Isaac Bashevis Singer pela Companhia das Letras (1999)
>>> Dente por dente de Jenny han/ Siobhan Vivian pela Novo conceito (2013)
>>> La linguistique contemporaine de J.-C. Pariente; G. Bès pela Presses Universitaires de France (1973)
>>> A filha do louco de Megan Shepherd pela Novo conceito (2014)
>>> Corações Feridos de Louisa Reid pela Novo conceito (2013)
>>> O estrangeiro de Albert Camus pela Record (2004)
>>> L'Énonciation en linguistique française de Dominique Maingueneau pela Hachette (2003)
>>> A Vítima Perfeita de Sophie Hannah pela Rocco (2015)
>>> A princesa enfeitiçada de E.D Baker pela José Olympio (2002)
>>> Na companhia das estrelas de Peter Heller pela Novo conceito (2013)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quinta-feira, 24/3/2005
Comentários
Sidney Vida


Precisamos estudar
Precisamos, primeiramente, estudar lógica e dialética. É a base. E pronto. O resto vem com a prática.

[Sobre "Apocalípticos, disléxicos e desarticulados"]

por Sidney Vida
24/3/2005 às
16h06 200.161.177.237
 
Che Guevara
Muito bom, Eduardo. Gostei as observações sobre o filme do Walter Salles. Um abração,

[Sobre "Como mudar a sua vida"]

por Sidney Vida
29/5/2004 às
02h47 200.234.27.111
 
Trabalho e estudo.
Caro Felix: Concordo com as sua bem fundamentada argumentação. O trabalho dignifica o homem, e muitos dos que estão aí - nem todos, é lógico -, passando necessidade, estão neste estado muito mais pela falta de vontade de algo fazer por si mesmo. São vagabundos que além de não gostarem de trabalhar para que assim possam almejar uma vida melhor - gostam apenas de sombra e água fresca sendo atraidos apenas pelas coisas banais como futebol, mulheres e samba que como todos nós sabemos não enche a barriga de ninguém - odeiam estudar, para assim tentarem ampliar vossas mentes. Só o trabalho e o estudo levantará este país. Na primeira hipótese para todos, na segunda apenas para os que realmente querem, para os que realmente sentem o chamado interior para as coisas ligadas ao espírito. Estudo para todos, mas para todos que se interessam e gostam de tal atividade. PS- Não entendo por que grande maioria das pessoas pensam apenas em ficarem famosos - modelos, jogadores de futebol, Casa dos Artistas, dançarinas de axé. Por que não o trabalho árduo e o estudo dedicado?

[Sobre "Fome zero, malandragem dez"]

por Sidney Vida
28/11/2002 às
15h30 200.192.164.2
 
Obrigado Olavo e Cia.
Reparo já faz um bom tempo - eu diria de 2 a 3 anos - que um a um, fui descobrindo através das leituras diárias todos os aqui citados por este excelente colunista. Agradeço sempre aquele bendito dia que tive o prazer de ler a entrevista com o grande Olavo de Carvalho. O resto vocês todos já podem imaginar... Descobri: Janer Cristaldo, J.O. de Meira Penna, o brilhante e espirituoso Martim Vasques da Cunha, Mario Ferreira dos Santos, Rene Girard, Dennis Rosenfield, Maria Victor Barbosa, o Cristão Nivaldo Cordeiro, Sandro Guidalli, Diogo Chiuso, Alexandre Soares Silva, julio Lemos, a inteligente e gentil Inês de Carvalho -não nos abandone com o seu blog - e tantos outros que dispensam comentários - desculpe não ter citado todos. Gosto da pluralidade de idéias e primo pelo desenvolvimento do espírito acima de tudo. Esbarramos inevitávelmente com os assuntos mais banais - como a política direita/esquerda - mas acima disto existe a trancendência do homem através da humildade e determinação. Acredito que mais do que debater a direita ou esquerda tais pessoas mostraram-me - obrigado amigos - que somos capazes de pensarmos HONESTAMENTE e que o espírito só se eleva através do conhecimento - muitas vezes árduo e solitário. Portanto, independente das escolhas partidárias/ideológicas creio que todos aqui citados são estudiosos e devoradores de bons livros, o que é fundamental. Faço das palavras de Martim Vasques da Cunha as minhas: Ele faz o possível, e nós temos que fazer o possível também para que a unidade do espírito possa se manifestar. SÁBIAS PALAVRAS, pois no fim todos os caminhos nos levam a experimentar Deus. Como? Qual o caminho? Através da elevação do nosso espírito.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Sidney Vida
18/11/2002 à
00h43 200.226.209.142
 
Retificação
Retificação: Parassem e não paracem. Desculpem-me, na pressa escrevi errado.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Sidney Vida
2/11/2002 às
20h35 200.168.64.113
 
seus escritos são ótimos
Alexandre seus escritos são ótimos. Fui a uma palestra na FGV em SP e notei o quanto vulgar são as pessoas que se dizem "da elite empresarial e acadêmica". Poderia escrever milhares de linha sobre o que eu - infelizmente - presenciei. Mas... não tenho o seu talento. Gostaria que as pessoas paracem em falar coisas como: "Responsabilidade social"; "vazio ideológico que prevalece em nossa sociedade"; "...esta sociedade de consumo desvairada"; "economia solidária"; "capitalismo selvagem baseado neste modelo neo-liberal - este é o mais idiota de todos na minha humildde opinião - "um novo mundo é possível". Palavras de ordem tão repetidas sem a miníma reflexão. Será que em algum dia voltaremos a ensinar para os jovens como os antigos aristocratas ensinavam para os seus pares? Grego, Latim, História - sem ideologias - os clássicos: Aristóteles, Platão, Sto Agostinho e etc? Fica a pergunta no ar.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Sidney Vida
2/11/2002 às
20h22 200.168.64.113
 
Liberalismo!!!!!
Se você ler novamente e reparar, justamente, em meu comentário no digestivo eu escrevo que a citação não é minha, "...Usarei um trecho de um artigo que expressa de uma maneira inteligente o que eu penso sobre a importância da internet..." Esta citação está no site "O Indivíduo", no artigo Marx Disfarçado Refletindo Sobre O Apodrecimento. Mais Divertido Que Observar Pássaros. Por Fred Reed com tradução de Sergio de Biasi. Não obstante, eu não poderia explicar melhor a semelhança entre o multiculturalismo e a luta de classes. Faço das suas palavras as minhas.Um forte abraço.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Sidney Vida
26/7/2002 às
16h49 200.226.51.235
 
Vamos nos comunicar!!!!!!
Prezado Evandro, gostaria de me comunicar com você. Gostei muito das suas reflexões neste artigo. Espero e aguardo a sua resposta. Mais uma vez, parabéns.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Sidney Vida
25/7/2002 às
19h43 200.226.228.141
 
Esqueci os institutos liberais
Fora o já citado IL no brilhante artigo que se localiza no Rio de Janeiro, temos o Instituto Liberal de Brasília www.bsb.netium.com.br/inst.liberal/ temos também o Instituto Liberal do RGS www.il-rs.com.br/ sendo que neste último, encontra-se à venda os melhores e mais raros livros que tratam sobre o Liberalismo, inclusive dos autores citados, em destaque, a corrente austriaca de economia. E pasmem, todos traduzidos para o nosso idioma, o português.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Sidney Vida
24/7/2002 à
01h33 200.225.158.64
 
Liberais, precisamos de vocês!
Outros brasileiros que sofrem influência dos liberais, mas não citados por este brilhante articulista, são eles: Olavo de Carvalho www.olavodecarvalho.org, Alceu Garcia, Pedro Sette Câmara, Alvaro Velloso de Carvalho, Martim Vasques da Cunha, Marcello Tostes, todos articulistas do inteligente jornal on-line "O Indivíduo" www.oindividuo.com, José Nivaldo Cordeiro, Huascar Terra do Valle, Diogo Chiuso, Maria Lúcia Victor Barbosa, Cristian Rocha, todos articulistas do brilhante jornal on-line "O Expressionista" www.oexpressionista.com.br, Pedro Paulo, Sandro Guidalli, J.O de Meira Penna, já citado neste artigo, Eduy Cezar Ferro, Paulo Diniz, Janer Cristaldo, articulista do jornal on-line www.baguete.com.br e tantos outros que estão fugindo do lugar comum, ou seja, das palavras de ordem. Usarei um trecho de um artigo que expressa de uma maneira inteligente o que eu penso sobre a importância da internet. Quando a Rússia praticava a censura, nós chamávamos isso de "censura". Aqui, chamamos de "politicamente correto". Continuamos tendo que olhar sobre nossos ombros antes de dizer as coisas erradas. A diferença é... qual? Na Rússia, os marxistas pregavam a luta de classes. Aqui eles pregam multiculturalismo. A diferença é... qual? Os Russos, impedidos de falar abertamente, circulavam os samizdat. Aqui temos a internet. A diferença, além da eficiência, é... qual? Graças a Deus temos a internet para fugirmos do pensamento gramsciano que domina quase na totalidade os jornais, revistas e telejornais. É o único meio viável de nos libertarmos. Parabéns Evandro Ferreira pelas honestas considerações. Seremos nós o futuro! Viva a democracia, o Estado de Direito, o respeito a propriedade privada, a livre iniciativa...a liberdade!

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Sidney Vida
24/7/2002 à
00h20 200.225.158.64
 
Saudades dos artistas da bola!
Sabe o que eu não entendo caro amigo? Como pode o belo perder o espaço em um mundo que contempla cada vez mais o feio moderno e sem vida. Onde estão os craques do meio campo - ou melhor, os maestros - nesta seleção de 2002? Destarte, o que é a teimosia de nosso técnico se não a vontade de esconder as suas próprias limitações. Gostei da sua maneira de escrever clara, simples e porque não dizer poética. Parabêns!

[Sobre "Canarinho velho e pessimista"]

por Sidney Vida
18/6/2002 à
00h32 200.226.154.166
 
Elites intelectuais livres!
Não existe uma cultura de alto nível sem uma grande e profunda base adquirida através de uma boa educação (embasada na grande cultura ocidental, da Grécia antiga aos intelectuais modernos como Georges Bernanos e Miguel Reale). Esta educação - sem sombra de dúvida - não existe em nosso pobre e politicamente correto país. Precisamos formar urgentemente as elites intelectuais. Prepará-las para o amanhã que insiste em aparecer negro e sem vida. A Educação Liberal - para os que realmente tem vocção para o estudo - é a nossa única saída. Viva Mortimer J. Adler.

[Sobre "Educação versus Marxismo"]

por Sidney C. Silva
1/4/2002 às
23h01 200.226.229.32
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Nosotras y La Edad
Silvia Plager
Ediciones B (buenos Aires)
(2006)
R$ 38,28



Vampiros
Marcos Torrigo
Madras
(2002)
R$ 14,00



Musa Praguejadora - a Vida de Gregório de Matos
Ana Miranda
Record
(2014)
R$ 50,00



Coleção de Olho no Mundo - invenções - desafios e descobertas
Recreio
Abril
R$ 5,00



A Hora dos Ruminantes
José J Veiga
Civilização Brasileira
(1976)
R$ 7,48



A Romana
Alberto Moravia
Abril Cultural
(1971)
R$ 28,05



Parques de Orlando
Biblioteca Viaje Mais
Biblioteca Viaje Mais
R$ 5,00



Précis de Mycologie
M. Langeron
Masson et Cie
(1945)
R$ 78,21



A Thousand Splendid Suns
Khaled Hosseini
Bloomsbury
(2007)
R$ 9,30



Saberes para a Vida
Celina Maria Bezerra
Ed
(2009)
R$ 13,90





busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês