Comentários de Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> As Águas do Futuro
>>> Iecine abre inscrições para a Oficina de Roteiro
>>> Férias de Julho: Museu Catavento e Teatro Sérgio Cardoso recebem a Cia. BuZum!
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O que em mim sente está lembrando
>>> Divisões históricas
>>> Comentaristas de Seriados
>>> Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos
>>> Entrevista com Chico Pinheiro
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> Entrevista da Camille Paglia
>>> Vamos sentir saudades
Mais Recentes
>>> Assassinato no Expresso do Oriente - um Caso de Hercule Poirot de Agatha Christie pela Nova Fronteira (2009)
>>> Ceia da Prostituição de José Maria de Souza Dantas pela Edicon
>>> Abaixo o Regime! de Vários pela Best Seller (2008)
>>> Convivência - Você e suas Relações Sociais de Vários Autores pela Senac (2012)
>>> A cozinha de Joachim Koerper de Joachim Koerper pela Restaurante Eleven (2005)
>>> Anuario Indigenista - Volume 42 de Instituto Indigenista Interamericano / Felix Baez pela Inst. Indigenista Intramerica (1982)
>>> Telegraph Avenue de Michael Chabon pela Companhia das Letras (2014)
>>> Como Freud Analisava? de Sérvulo Augusto Figueira pela Grypho (1994)
>>> Manual de Estilo de Nova Fronteira pela 1990
>>> A Academia do Fardão e da Confusão de Fernando Jorge pela Geração (1999)
>>> Trajetórias na Formação de Professores de Língua de Telma Gimenez (Org.) pela Eduel (2002)
>>> O Clube Dante de Matthew Pearl pela Francis (2005)
>>> O Pensamento Vivo de São Francisco de Assis de Marcelo Whately pela Restrito
>>> Os anos perdidos de Jesus de Deepak Chopra pela Sextante (2009)
>>> Adaptabilidade Humana de Emilio F. Moran pela Senac Sp (2010)
>>> Dados - Revista de Ciências Sociais - Volume 51 - 3 de Charles Pessanha - Edit. pela Iuperj (2008)
>>> Stedman Dicionário Médico - 25ª Edição de Vários Autores pela Guanabara
>>> A Dominação Masculina: A Condição Feminina e a Violência Simbólica de Pierre Bourdieu pela Best Bolso (2018)
>>> Sistemas, Organização e Métodos de Tadeu Cruz pela Atlas (2002)
>>> A Imortalidade de Milan Kundera pela Circulo do Livro (1998)
>>> Farabbud - Uma História de Flávia G. Pinho pela Ekko (2017)
>>> Édipo Rei de Sófocles pela L&pm Editores (1998)
>>> Soares - Ditadura e Revolução de Maria João Avillez pela Círculo de Leitores (1996)
>>> Desenvolvimento psíquico básico de John Firedlander Gloria Hemsher pela Pensamento (2022)
>>> The Blessed (abençoadas) de Tonya Hurley pela Id (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 4/2/2011
Comentários
Wellington Machado


Pilar mal interpretada
Ana, também tive essa impressão da Pilar. Ela foi mal interpretada por muitos que viram o filme. Acho que sem ela o Saramago teria morrido bem antes. Ele mesmo admitiu isso. Veja o filme "Ensaio sobre a cegueira", de Fernando Meirelles. É uma ótima adaptação do livro, apesar também das várias críticas que recebeu. Acho que o diretor captou muito bem as cenas do livro.

[Sobre "Não me interrompas, Pilar"]

por Wellington Machado
4/2/2011 às
10h04 189.112.70.252
 
Muito além da surrada tese
Ana, parabéns pelo texto. Difícil falar sobre a crônica diante de enxurrada de coisas que já foi dita. Seu texto vai muito, mas muito além da surrada tese de que o cronista, quando não tem assunto, abre a janela. Lendo seus comentários no Twitter, vi que o livro "A história do cerco de Lisboa" foi importante para o desenvolvimento de seus trabalhos. Ainda não li este livro (já li vários do Saramago) e gostaria de saber quais as peculiaridades deste romance que lhe chamaram a atenção. Há nele algo de incomum se comparado aos outros do autor?

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Wellington Machado
25/6/2010 à
01h58 201.58.128.177
 
Resenha sobre Indignação
Acabei de ler o "Indignação". Sua resenha ficou ótima! Não teria mais nada a acrescentar. Valeu!

[Sobre "Indignação, de Philip Roth"]

por Wellington Machado
http://esquinasludicas.blogspot.com/
1/2/2010 às
15h37 189.112.70.252
 
Cinemas e sebos em BH
Ana Elisa, como belo-horizontino, não poderia deixar de comentar a sua crônica mais recente. Gostei, como mineiro, "dimais"!!! É incrível como as pessoas que gostam de livros, cinemas, etc., se identificam com determinados lugares. Realmente, a Travessa é um lugar ímpar. Também freqüento a Status, principalmente nas noites de jazz. Só não conheço o Café Book, por conseqüência, o Álvaro. Mas agora, com sua indicação, vou baixar lá. Além dos lugares que você mencionou, acho interessante também os sebos da cidade (acho que você já escreveu sobre isso). Em especial, a Livraria Páginas Antigas, na rua Fernandes Tourinho (pertinho da Travessa). Como você indicou o Álvaro, eu indico o Antônio (Toninho), o proprietário da Páginas Antigas. Ele também arriscou tudo o que tinha na livraria (lá se vão 15 anos). A livraria tem também CDs e vinis de ótima qualidade (musical e de conservação). O Toninho tem muito zelo pelas mercadorias que vende. Além de ser um cara ético e bem educado.

[Sobre "Sobre cafés e diversão 0800"]

por Wellington Machado
21/1/2006 às
10h01 200.222.171.136
 
Triste Brasil!
Ana Elisa, adorei esse texto sobre o ofício(?) do escritor. É uma pena que no Brasil pouquíssimos escritores possam viver dos seus livros. E é uma pena maior que os debates sobre o tema se detenham no famoso círculo vicioso: poucos leitores, poucos livros, pouca venda, baixa remuneração do escritor. Muitos dizem que a saída está na educação, lá embaixo, com as crianças. Tudo bem: a literatura infantil é a saída e está muito bem-servida no Brasil - e tem muita criança lendo mesmo. Mas o que me preocupa, como professor de filosofia do ensino médio, é que os adolescentes se deparam com um hiato entre (1) a fantasia, o onírico, proporcionados pela literatura até a pré-adolescência, e (2) a realidade - da qual já têm consciência - pela frente. É aí que o livrinho infantil, que fomentaria o desejo de se embrenharem pelos deliciosos caminhos da literatura adulta, perde sua função. Explico. O livro (assim como a educação, em geral) sofre uma desleal concorrência dos objetos, programas, mídias disponíveis aos adolescentes neste século 21. Internet, celulares, MP3, TVs (que atraem o telespectador com a força publicitária de uma companhia de cigarros) e shopping centers. A própria velocidade desses “protótipos” requer um lazer também mais veloz. E convenhamos: a leitura de um livro, como deleite, é uma atividade lenta. Infelizmente. Pedir para um adolescente ler uma página em sala de aula é um chiste. Outro dia fui trabalhar com uma música de Chico Buarque (“Apesar de Você”) em sala de aula e fui massacrado. Disseram que era música antiquada, que os pais deles que ouviam aquilo... Enfim, como a música era um samba, pediram um ritmo mais... moderninho. Pobres Mozart, Bach, Beethoven! Enfim, o mercado editorial melhorou sim, mas há muita literatura(?) direcionada para esse público “volátil”. Triste Brasil! Quando começam a ler, fazem-no por vias tortas. Abraços, Wellington Machado, BH

[Sobre "O escritor pode"]

por wellington machado
21/10/2005 à
01h01 200.222.174.122
 
Ética virou coisa brega
Seu artigo foi na pinta, Ana! Ética neste país virou coisa brega. Vou escrever um atigo "Pureza ética e exclusão profissional". Parabéns! Wellington Machado de Carvalho, BH

[Sobre "O país dos imbecis"]

por Wellington Machado
2/10/2005 às
19h48 200.222.174.159
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Grande Livro de Nomes de Bebês
Vários Autores
Escala



70 Anos Teatro Municipal
Emilie Chamie (org.)
Secretaria Municipal Cultura



Amarras do Passado
Emile Rose
Harlequin
(2013)



Steve Jobs Em 250 Frases
Alan Ken Thomas; Joana Faro
Best Business
(2011)



Os Salvadores do Planeta
Marion Zimmer Bradley
Imago
(2000)



Carta Mensal Outubro nº 739
João Ricardo Moderno et al
Cnc
(2016)



Projetos Póstumos de Brás Cubas
Ivan Jaf
Atual
(2006)



O Bairro Alto - Confira !!!
Paul Gadenne
Nova Fronteira
(1987)



Robin Hood
Luiz Antônio Aguiar e Gerson Conforti
Melhoramentos
(1999)



Curso de Fotografia o Manual Mais Pratico para Fotografar Melhor
John Hedgecoe
Circulo do Livro
(1980)





busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês