Nem 8, nem 88, nem 880... | Ram

busca | avançada
50504 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Atom Pink Floyd faz show dia 1º e público usa óculos 3D no Teatro Alfa
>>> Musical Guerra de Papel reestreia dia 9 no Complexo Funarte
>>> Daniela Galanti autografa livro em São Paulo
>>> Death Note - O Musical reestreia no Teatro Miguel Falabella
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Toilet Paper, Papel Sanitário
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Eu e as Copas
>>> Eis a questão
>>> Private Equity e coronavírus
>>> The Smiths em 1983
>>> Liam
>>> Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Quando a incapacidade é valorizada
>>> Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor
>>> Entrevista com Franklin Costa
Mais Recentes
>>> Não Posso Me Apaixonar de Bella Andre pela Novo Conceito (2013)
>>> As Meninas de Lygia Fagundes Telles pela Nova Fronteira (1985)
>>> O Jogo de Brad Meltzer pela Record (2005)
>>> O Filho do Brasil de Denise Paraná pela Xamã (1996)
>>> Nona de Erika Mattos da Veiga pela 7 Letras (2010)
>>> A Mulher V Moderna, à Moda Antiga de Cristiane Cardoso pela Unipro (2011)
>>> As Poderosas Rainhas de Amy Dickinson pela Ediouro (2009)
>>> Ecologia e socialismo de Michael Lowy pela Cortez (2005)
>>> Filosofia Política e Liberdade de Roland Corbisier pela Paz e Terra (1975)
>>> Nietzsche para estressados de Allan Percy pela Sextante (2011)
>>> La Visita de L a Anciana Dama de Friedrich Durrenmatt pela Gompania General Fabril (1960)
>>> A ideologia do trabalho de Paulo Sérgio do Carmo pela Moderna
>>> A invisível máquina do mundo de Marianne Wiggins pela Ediouro (2005)
>>> Chinese Medicinal Herbs of Hong Kong Vol. 2 Chinese / English de Vários pela Desconhecida (1984)
>>> The Prostate Cancer Protection Plan de Dr. Bob Arnot pela Little, Brown and Company (2000)
>>> Nueva Guia Completa del Museo del Prado de Antonio J. Onieva pela Mayfe (1980)
>>> Prestes Heroi e Caudilho de Valter Pedrosa pela Roteiro Editorial (1987)
>>> Memoria de mis putas tristes de Gabriel García Márquez pela Debolsillo (2008)
>>> Bandeira de bolso - Uma antologia poética de Manuel Bandeira pela L&PM (2010)
>>> A lacuna de Barbara Kingsolver pela Verus (2011)
>>> A Cabana de William P. Young pela Sextante (2008)
>>> Amityville de Jay Anson pela Darkside (2016)
>>> Eu fico Loko 2 de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas páginas (2015)
>>> A queda As memórias de um pai em 424 passos de Diogo Mainardi pela Record (2012)
>>> O Diário de Anne Frank de Anne Frank pela Record (2016)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 31/5/2007
Comentários
Leitores


Nem 8, nem 88, nem 880...
Enquanto isso, vejo nos EUA a incorporação de palavras em espanhol a conversas do dia a dia. Mas também vou dizer uma coisa, não devemos cometer o erro francês. Por exemplo, se muita da tecnologia digital foi inventada nos Estados Unidos, faz bastante sentido usar os termos técnicos do inglês... Senão fica muito difícil de ler a literatura técnica. Tive aula de circuitos digitais com um livro em francês... Foi terrível! Flip-flop é um flip-flop, e bit é bit... Claro que em "marketing", poderíamos inventar uma palavra em português. Temos algumas das melhores empresas de marketing do mundo...

[Sobre "Estrangeirismos, empréstimos ou neocolonialismo?"]

por Ram
31/5/2007 às
03h47 71.202.209.152
(+) Ram no Digestivo...
 
O Lobo agora canta
Você tem toda razão Rafael, mas também penso: "e por que ele não pode simplesmente mudar de idéia? por que sempre temos que ser coerentes?". A Adriana também disse tudo, era o momento de brigar, agora não é mais. O momento muda, as pessoas mudam. E até entendo ele não querer falar do assunto, o que importa agora é divulgar o disco. Que é ótimo! As músicas dele encontraram uma sonoridade, a voz dele, os sons e tudo mais. "Quente" é a minha favorita. E não acompanhei nada de sua fase independente, o que me puxou para esse cd foi "vou te levar" na rádio, com jabá ou sem. Lobão está aí para quem quiser ouvir e ver.

[Sobre "Um Lobo nada bobo"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
31/5/2007 às
02h00 192.168.133.52
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Ó amado guru
Captei a vossa mensagem, ó estrondoso guru Guga! Sim, muito obrigada também por ter levantado o mão e questionado a linda diva Barbra. E obrigada pelo voto de confiança no blog. É como eu disse, já está sendo muito divertido.

[Sobre "Uma Srta. e um Blog"]

por Srta. Bia
http://groselha.wordpress.com
31/5/2007 à
01h53 192.168.133.52
(+) Srta. Bia no Digestivo...
 
Muito bom!
Concordo com os outros comentários. Ótima história e ótimo texto. Aracy é mais uma mulher que mostra o quanto o amor e a vida devem caminhar juntos.

[Sobre "Aracy Guimaraes Rosa"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
31/5/2007 à
00h17 201.14.122.214
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Captei, captei...
Legal. A Barbra pode ser uma boa diva. Posso receber uma pequena parte dos agradecimentos? Bem pequena? Por ter levantado a lebre? Ou por ter feito a pergunta? rsrsrs... Não, ok, deleta, deleta... Parabéns pelo blog!

[Sobre "Uma Srta. e um Blog"]

por Guga Schultze
30/5/2007 às
23h39 201.80.147.216
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Rebatendo pro Albarus
Muito bom, Albarus, esse nome. No sério. Continuo achando que poderia ser um dos senadores que tramaram a morte de Julio Cesar. Agora, o meu... Schultze, na Alemanha é algo como Silva ou Souza no Brasil, nada demais. Povão. Chucrute. Batata e cerveja. Guga é tatibitate de nenem. Meu irmão, desde nenem, me chamava assim. Pegou. Não tenho muito o que dizer aos jovens escritores porque ainda estou numa conversa antiga com os velhos e me falta tempo. Esses velhos são absorventes pra caramba. Eu tenho curiosidade em saber dessa sua saga de fantasia, já que você citou. Onde é que ela tá? Uma hora dessas eu passo no seu blog, apesar do texto do Carpinejar... rsrsrs. Brincadeira. Carpinejar é legal. Vou lá, depois te falo. Abraços.

[Sobre "Escritor, jovem escritor"]

por Guga Schultze
30/5/2007 às
23h14 201.80.147.216
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Batendo uma bola com Guga 2
Outra razão é que, para o mercado editorial brasileiro, fantasia é como livro espírita: ninguém considera literatura (dá uma passada no meu blog. Falo sobre coisas assim lá. Vai lá... Tem um texto do Carpinejar. Você vai gostar...), por isso o nome como se fosse de um autor estrangeiro que tivesse sido traduzido para publicar aqui (isso as editoras fazem de monte. Coisa triste, não?). Outra razão é que era esse nome que eu usava pra jogar Diablo. Espero que um crítico blogueiro como você entenda! Mas Lemony Snicket também inventou o nome e deve ter respondido qualquer bobagem para justificar o porquê (como se um pseudônimo precisasse de razão de ser). E você, de onde tirou este nome tipo "tenista catarinense"? Ah! Seria bom se você tentasse entender como falar com um jovem escritor, pois parece que escrever em blogs é seu hobby e é um canal onde muitos deles estarão ávidos para seguir dicas e conselhos de como escrever. Você pode ser útil para eles.

[Sobre "Escritor, jovem escritor"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
30/5/2007 às
19h19 201.27.50.194
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Batendo uma bola com Guga 1
Tribuno romano? O Julio disse que parece com os nomes que o pessoal da família Gasparetto utiliza para os espíritos...rsrsrsrs. E você vem agora com essa de tribuno... Vocês andaram trocando idéia? O engraçado é que nesse assunto de espíritos todo mundo foi imperador, tribuno e por aí afora, não é? Mas é por causa do meu livro. Escrevi uma saga de literatura de fantasia e achei um nome que poderia convencer o povo de que eu não era brasileiro (em algum momento achei que isso pudesse ajudar, mas já não lembro por quê...). Acho que, se soubessem que sou brasileiro, não comprariam o livro pois existe aquela coisa de que santo de casa não faz milagre. Meu nome real é muito longo: A. A. A. Aguiar (iam achar que estou tentando imitar Tolkien até nisso!), e se era para abreviar o nome e usar algo diferente, optei por inventar algo mais exótico (não é todo mundo que tem um nome alemão bonito como o seu, não é? Tipo, "irmão caçula de piloto de Messershimitt").

[Sobre "Escritor, jovem escritor"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
30/5/2007 às
19h17 201.27.50.194
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Sobre o Acústico do Lobão
Oi! Sua análise do Acústico do Lobão foi perfeita. Tive a oportunidade de ouvi-lo (ainda não o tenho) e é isso mesmo. Só discordo de um ponto: quando Lobão abriu o bico e falou das gravadoras, fez sua produção, independente, gritou, esbravejou, vomitou palavrões, ele tinha que fazer aquilo mesmo. Era uma forma das pessoas prestarem um pouco de atenção nessa coisa toda. Mas ele é um lobo, lutador, meio solitário, mas não bobo, como vc disse. Teve que voltar ao vil mercado. Mas com qualidade. Ele é um dos bons. Gosto do cara e da sua música. Valeu! Abraço. Adriana

[Sobre "Um Lobo nada bobo"]

por Adriana
30/5/2007 às
17h18 201.58.155.182
(+) Adriana no Digestivo...
 
Resposta
A Barbra entra por todo blog, ela é a diva do Groselha News. E tudo que sei sobre cortes de cabelo aprendi com Barbra. Obrigada pelo prestígio de estar nesse blog de um site que tanto gosto. Obrigada, Julio.

[Sobre "Uma Srta. e um Blog"]

por Srta. Bia
http://noticiasdomundo.zip.net
30/5/2007 às
17h12 201.14.100.170
(+) Srta. Bia no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Casa dos Mortos
Dostoievski
Edibolso
(1978)



Circo dos Condenados
Laurell K. Hamilton; Alyda Sauer
Rocco
(2011)



Advinhe Quem Vem para Rezar
Dib Carneiro Neto
Terceiro Nome
(2005)



Sementes de Sol - 2ª Ed
Carlos Queiroz Telles
Moderna
(2003)



Uma Voz Especial
Ullanda Mccullough-innocente
Casa
(1996)



O Vermelho e o Negro
Stendhal
Publifola
(1998)



Bigbugs1 -activity and Pupil Book-2 Livros
Elisenda Papiol and Maria Toth
Macmillan Educational
(2012)



A Menina e o Golfinho
Anna Claudia Ramos
Galpãozinho
(2013)



Três Amores
A. J. Cronin
Jose Olympio
(1954)



Introdução A Contabilidade -teoria e mais de 200 Exercicios - 4º Edição /2017 - Contabilidade
Justino Oliveira
Impetus
(2017)





busca | avançada
50504 visitas/dia
2,0 milhão/mês