Dividir os chiletes nem pensar | Adriana Godoy Ferrar

busca | avançada
77507 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Premiado espetáculo ‘Flores Astrais’ pela primeira vez em Petrópolis no Teatro Imperial para homenag
>>> VerDe Perto, o Musical Ecológico tem sessões grátis em Santo Antônio do Pinhal e em São Paulo
>>> Projeto Sinos volta a Teresópolis para oferecer aulas gratuitas
>>> Filó Machado encerra circulação do concerto 60 Anos de Música com apresentação no MIS
>>> Mundo Suassuna, no Sesc Bom Retiro, apresenta o universo da cultura popular na obra do autor paraiba
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Fórum das Letras 2007
>>> Um conto-resenha anacrônico
>>> Andaime, de Sérgio Roveri
>>> Um lugar para o tempo
>>> A nova queda da Bastilha
>>> Ainda quer prestar jornalismo?
>>> Bendito Nelson Rodrigues
>>> Tell me all about it
>>> Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos
>>> Prólogo, com um Prólogo dos Prólogos, de Jorge Luis Borges
Mais Recentes
>>> La Gestion Del Proyecto En Arquitectura de Edward D. Mills pela Gg (1985)
>>> Dalton Paula: O Sequestrador De Almas de Dalton Paula pela Obogo (2022)
>>> Gravura de Itajahy Martins pela Fundaçao Nestlé de Cultura (1987)
>>> Livro Ilustrado De Lingua Brasileira De Sinais de Márcia Honora pela Ciranda Cultural (2009)
>>> O Cronista da América de Francis Ford Coppola pela Minesterio da Cultura (2015)
>>> Heróis de Areia de Noelly Russo pela Fabbrica (2022)
>>> National Parks Of Latin America de Luciana Napchan pela Ministério Da Cultura (2005)
>>> Vontade Construtiva Na Coleco Fadel de Paulo Harkenhoff pela Mam (2014)
>>> Tatuagens Urbanas E O Imaginario Carioca de Eduardo Paes pela Nau Das Letras (2015)
>>> Apoema Português - 7 Ano de Lucia Teixeira pela Do Brasil (2018)
>>> Teláris - Arte - 6º Ano de Eliana Pougy pela Ática (2019)
>>> Araribá Plus - História - 8º Ano de Maria Raquel Apolinário pela Moderna (2018)
>>> Teláris - Matemática - 6º Ano de Luiz Roberto Dante pela Ática (2019)
>>> Conexões Com A Física 2º Ano de Blaidi Sant´anna pela Moderna (2010)
>>> Alice Brill de Reinhard Andress, Alice Brill, Carla Ogawa pela Fundacao Armando Alvares Penteado (2007)
>>> Um Guia Do Conhecimento Em Gerenciamento De Projetos (guia Pmbok) de Project Management Institute pela Global Standard (2008)
>>> Gmat Official Guide 2019 de Gmac pela Wiley (2018)
>>> Abz Do Ziraldo de Ziraldo Alves Pinto pela Melhoramentos (2003)
>>> La Casa D´epoca de Quaderni Di Restauro pela DeAgostini (1996)
>>> Descobrindo A Historia Da Arte de Graça Proença pela Ática (2005)
>>> The Economics Book de Dk pela Dk Publishing (2012)
>>> Arturo Di Stefano de Jonh Berger pela Merrel (2001)
>>> Parques São paulo de Cassiano José Pimentel pela Prosperidade (2013)
>>> SãopauloSeculoXXI de Fausto Chermont pela Terra Virgem (2011)
>>> Sem Titulo | Untitled | Sin Titulo de Rochelle pela Galeria Brito Cimino (2005)
COMENTÁRIOS

Sábado, 15/9/2007
Comentários
Leitores

Dividir os chiletes nem pensar
Eu, como mastigadora contumaz de chicletes, seja ele vindo de sapota ou de outra coisa estranha qualquer, me senti contemplada com o seu texto. Também não mastigo como vaca: sou mais discreta neste ato tão sublime. Mas, quando nos deparamos com aqueles mastigadores (ruminantes), realmente é bastante desagradável... Faltou um dado no seu texto. Parece que é senso comum, mas aqueles que fazem do chicletes parte de seu dia-a-dia não gostam muito de dividir tal preciosidade. Por algum motivo, oculto ou não, surpreendo-me às vezes escondendo que tenho alguns na bolsa ou colocando na boca assim, meio escondida. E já vi outros fazerem isso. Sou capaz de dividir e pagar uma conta grande de um bar, dar presentes caros que jamais compraria para mim, justamente por serem caros; emprestar dinheiro, roupas, bolsas, etc, etc. Mas, quando me pedem um chiclete, realmente, me dói o coração, principalmente se for o último. É o mistério da vida. Nem Freud explica.

[Sobre "Chicletes"]

por Adriana Godoy Ferrar
15/9/2007 às
19h51 201.58.164.68
(+) Adriana Godoy Ferrar no Digestivo...
 
A arrogância de Mano Brown
No país da Botocúndia, em que intelectuais tem um olhar alienado, dogmático até, para identificar resistência nos excluídos, não conseguem perceber que a apartação muitas vezes é requerida por quem está na posição de exclusão, para que os deveres não lhe sejam cobrados. A falta de oportunidades e a péssima distribuição de renda são justificativas para o discurso da marginalidade. Mano Brown, com a pouca disposição para a mídia e classe média, comporta-se com a típica arrogância totalitária como quem se acha porta-voz dos excluídos. Se não dialoga para outros grupos é porque lhe falta o mínimo senso democrático, termo com o qual ele está pouco interessado. Democracia afinal, é para os ricos, pobres estão além. Merecem mais, devem ser condicionados à levianidade. Este senhor é de uma boçalidade atroz. Se ele fosse filho da classe média não lhe trariam o menor interesse, e ficaria até estampada a sua arrogância. Mas como veio da periferia, conseguem enxergar “valor” em sua mediocridade.

[Sobre "Os manos Racionais"]

por Rodrigo Xavier
http://voosubterraneo,blogspot.com
15/9/2007 às
13h29 200.140.82.111
(+) Rodrigo Xavier no Digestivo...
 
Orwell jornalista
Li esse livro há pouco tempo. Se antes já era fã do Orwell ficcionista, me tornei ainda mais do Orwell jornalista. Na Pior é indispensável para quem, sabiamente, não crê em objetividade e tem colhões suficientes para rir de si mesmo.

[Sobre "Orwell na pior em Paris e Londres"]

por Jorge Wagner
http://cancaopobre.wordpress.com
15/9/2007 às
10h47 201.16.60.5
(+) Jorge Wagner no Digestivo...
 
Alma Barroca no nordeste!
Sou apreciador desse estilo, mas, infelizmente, a turnê não fará shows pelo nordeste. Mas valeu seu registro. Abraços.

[Sobre "Alma Barroca em BH"]

por Marcos França
http://culturanordestina.blogspot.com/
14/9/2007 às
16h44 189.23.38.212
(+) Marcos França no Digestivo...
 
desintegração
"A dor que me consome é a mesma idéia que me corrói"

[Sobre "Suicídio da razão"]

por marcus
http://[email protected]
14/9/2007 às
13h59 201.56.141.252
(+) marcus no Digestivo...
 
Sobre jornais e leitores
Rafael Penso que os jornais acabarão no momento em que seus leitores se extinguirem e sua atividade perca o sentido. A necessidade de informação cotidiana e a disponibilidade de tempo para tal tarefa é somente um fator para que alguém escolha um veículo. Ler se dá por hábito, cultura e disponibilidade. Neste momento, uma geração de novos leitores está muito à vontade com o formato e suas normas vigentes, a exemplo de períodos curtos e clichês, que podem ser conteplados não somente na internet. É próxima desta abordagem cognitiva que estes leitores se informam e que até que a mídia impressa se apresenta. Ele ficará indiferente a ela ou, ao menos, envolvido exclusivamente com seus intereses pontuais. Quanto aos jornalistas, eles podem ser bons ou maus em qualquer mídia. É só uma questão de escolha. Não cabe comparar um ensaio com um telegrama. Este culto ao jornalista como oráculo ou historiador é um reflexo romântico e não resiste a uma análise da imprensa atual.

[Sobre "O bom e velho jornalismo de sempre"]

por Carlos E.F. Oliveira
14/9/2007 à
00h41 201.65.37.4
(+) Carlos E.F. Oliveira no Digestivo...
 
Ficção
Para mim, a ficção vem em primeiro lugar quando se fala de literatura. O gênero pode possuir um enredo complexo e personagens marcantes e ainda mostrar um mundo onde possamos viajar. Gosto disso.

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Luiz Fernando
http://www.fictionslft.blogspot.com
13/9/2007 às
17h14 201.51.41.80
(+) Luiz Fernando no Digestivo...
 
Significado
Ahhh... "melecas"?!?!?! Caia no baixo calão! hehehehe... o quê significa, exatamente, "Klaatu-barada-niktu"???

[Sobre "Klaatu barada nikto!"]

por Mutumutum
http://mutumutum.blogspot.com
13/9/2007 às
10h43 201.27.71.222
(+) Mutumutum no Digestivo...
 
Auto-ajuda
Eu faço parte de um grupo de auto-ajuda e só após meus 50 anos comecei a ter uma vida maravilhosa. Meus terapeutas não me cobram nada a não ser sinceridade. Aprendi a viver com esses terapeutas, meus companheiros de grupo, e a cada dia que passa cresço mais espiritualmente.

[Sobre "Auto-ajuda e auto-engano"]

por Hamilton Jorge
13/9/2007 às
09h29 200.140.205.93
(+) Hamilton Jorge no Digestivo...
 
O Prêmio Nobel de um Freguês!
Fico pensando: se Raul Seixas estivesse vivo, o que ele diria de Paulo Coelho? Não sei...mas provavelmente ele meteria o pau no Coelho. Dei uma olhadinha nos comentários (respirei) e li o texto. Já dizia Raul em uma das suas brilhantes letras: "Trabalha cego para receber, não é? Um prêmio Nobel de um freguês, daquilo tudo que você já fez...". Pois bem, se o Mago merece um prêmio Nobel pelo que vendeu, aí eu concordo! E se continuar assim, eu também concordo que Bruna Sufistinha entre para a Academia Brasileira de Letras com todos os seus escorpiões venenosos. "Veja que beleza, em diversas cores, em vários sabores, a BURRICE está na mesa..." até na Academia de Loucos e Letras! Como diz José Simão (o esculhambador geral da República): "Hoje só amanhã. Que eu vou pingar meu colírio alucinógeno!"

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Pablo
12/9/2007 às
23h15 201.50.151.125
(+) Pablo no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Safe Harbour
Danielle Steel
Corgi
(2003)



Dizionario Della Musica Italiana - La Musica Lirica
Piero Mioli
Newton Compton
(1996)



Menina Flor e o Boto (Literatura Infantil)
Dira Paes
Língua Geral
(2008)



Os Lusíadas Edição organizada por Antônio Saraiva
Luis de camões
Figueirinhas/Porto
(1978)



Em Comemoração aos 50 Anos da Existência da Clínica Tobias
Gudrun Burkhard e & Colaboradores
Joao de Barro
(2019)



Jung: uma revisão feminista
Susan Rowland
Vozes
(2024)



Livro Confissão
Cláudia Lucas Chéu
Reformatório
(2022)



Tectônico
Marcelo Sahea
Leve um Livro
(2015)



Livro Literatura Brasileira Direito e Literatura- Justiça Paulista
Academia Paulista de Letras
Apl
(2020)



The Penguin Complete Sherlock Holmes
Sir Arthur Conan Doyle
Penguin Books
(1981)





busca | avançada
77507 visitas/dia
2,1 milhões/mês