Poética das Pedras | Ronaldo Ferrito

busca | avançada
82020 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Historiador mapeia o apoio financeiro norte-americano a governadores pré-golpe de 1964
>>> Oficina: Revisão de literatura traduzida Inglês/Português (EaD)
>>> DIA 5 DE OUTUBRO – BJÖRK DIGITAL ONLINE!
>>> Próxima Live do Grupontapé será realizada com o ator e diretor teatral do Grupo Galpão de Belo Horiz
>>> Contos do Índio e da Floresta estreia dias 03 e 04 de outubro na Sympla Streaming
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Filosofia cai no gosto... (2)
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Mudanças I
>>> O enigma de Michael Jackson
>>> 7 de Setembro
>>> Vicky Cristina Barcelona
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Dogville e a poesia
Mais Recentes
>>> O Fundo do Ar e Outros Poemas de Alexandre Brito 2004 Ameop pela Ameop (2004)
>>> O Mínimo Tu Em Mim de Daniel Conte pela Trajetos Editorial (2017)
>>> Renascimento e a Lei do Carma de William Walker Atkinson pela Pensamento (1963)
>>> As Chaves do Reino Interno de Jorge Adoum pela Pensamento (1993)
>>> A Sabedoria Tradicional de H. P. Blavatsky pela Hemus (1982)
>>> Um Habitante de Dois Planetas de Phylos o tibetano pela Biblioteca Rosacruz (1994)
>>> Mito e Corpo - Uma Conversa com Joseph Campbell de Stanley Keleman pela Summus (2001)
>>> Trotski de Orlando Miranda pela Ática (1981)
>>> Missao, Motivo, Guerra de Patrick ness pela Pandora (2013)
>>> Cerejeira Rosa de Mario Mascarenhas pela Fermata (1954)
>>> A Morte da Verdade. Notas Sobre a Mentira na Era Trump de Michiko Kakutani pela Intrínseca (2018)
>>> Tópicos de Manejo da Fauna silvestre de Elias Silva pela Ufv (1993)
>>> Cielito lindo e LA cucaracha de Mario Mascarenhas pela Mario Mascarenhas (1959)
>>> Proudhon de Paulo-Edgar A. Resende & Edson Passetti pela Ática (1986)
>>> Atuação ano 19 n° 3 Revolução Farroupilha e Pelotas Parou de Diversos autores pela Ucpel (1985)
>>> Música 38 Gil Baby e Zezé de Sistema Imprima de cifragem pela Imprima (1980)
>>> Jazz para principiantes de Ron David pela Objetiva (1996)
>>> Beethoven Sonata op 79 Per Pianoforte de Casella pela Ricordi
>>> Deus fala a seus filhos de Maria cecilia Amarante pela Verbo Divino
>>> Altura 22 abril 1949 de Diversos autores pela Altura (1949)
>>> Hypnosis in the relief of paim de Ernest r hilgard josephine hilgard pela William Kaufmann (1975)
>>> Encontros de Redação de Jayme Barros pela Moderna (1986)
>>> Amigos de Pelotas.com de Rubens filho org. pela Mundial (2009)
>>> Versos e Crônicas do Acaso de Oswaldo Bender pela Mundial (1986)
>>> Tex especial de férias 9 de Mythos editora pela Mythos (2010)
>>> Tex especial de férias 11 de Mythos editora pela Mythos (2012)
>>> Sétimo Céu 248 de Diversos autores pela Bloch
>>> Sétimo céu 13 o máximo em fotonovelas de Diversos autores pela Bloch (1973)
>>> Quarenta e oito: Direitos Humanos de Bethânia Helder, Caroline Frantz e Tiago Bianchi editores pela Puc Rio Grande do Sul (2015)
>>> Herança Judaica n. 115 Leon Fetter 1902-1998: Tragetória de um lider de Vários pela B'Nai B'Rith do Brasil - Distrito 25 (2002)
>>> Again (Fox) de Lionel Newman dorcas cochran pela Todamerica (1948)
>>> O vendedor de amendoim rumba de Mario Mascarenhas pela Mangione (1932)
>>> Vassourinha Frevo de Mario Mascarenhas pela Irmãos Vitale (1953)
>>> Dinheiro&direitos N.8 Automóvel de Vários pela Proteste (2007)
>>> Mojo The Collector Series de Bob Dylan 1941-1973 pela Mojo (2020)
>>> Diana de Paul Anka pela Robert Mellin (1957)
>>> Soy um extraño de Gonzalo Curiel pela Irmãos Vitale (1956)
>>> Para vigo me voy de Ernesto Lecuona pela Irmãos Vitale (1938)
>>> Que é O Sistema Mundial do Socialismo de G. Pirogov pela Edições Proguresso (1987)
>>> Atlas da exclusão social no Brasil de Diversos autores pela Cortez (2003)
>>> Desenvolvimento de competencias matemáticas com recursos lúdico manipulativos de Angel Alsina pela Base (2009)
>>> Coleção Grandes Astros do Cinema v. 18- Jeanne Moreau de Folha de São Paulo pela Folha (2014)
>>> Czerny etudes de mecanisme de Tyson Wolff pela Breitkopf
>>> Nuestra senora del Huerto de Juan franc aragone pela Casa lacano (1925)
>>> Antologia do Conto Moderno de Ignazio Silone pela Atlântida (1915)
>>> Reforma, revisionismo e oportunismo de Rosa Luxemburg pela Civilização Brasileira (1975)
>>> Obras-primas do jazz de Luiz Orlando Carneiro pela Jorge Zahar (1986)
>>> Contos de Machado de Assis pela Movimento (2000)
>>> Anarquismo. Uma história das ideias e movimentos libertários Vol. 2 de George Woodcock pela L&PM (1984)
>>> Para Ler Gaúchos de Aldyr Garcia Schlee, Charles Kiefer, Josué Guimarães, laury Maciel, Lourenço Cazarré, Moacyar Scliar e Sérgio Faraco pela Novo Século (1999)
COMENTÁRIOS

Sábado, 16/2/2008
Comentários
Leitores


Poética das Pedras
Parece que a imbricação poesia e mercado, buscada por Márcio, não deve ser entendida como o fim da poesia enquanto a arte que é, mas enquanto o modo em que hoje se encontra; e isso sem dicotomizá-la na forma de uma substância como faz a tradição. O que parece ser dito é a defesa da poesia como permanência na mudança: se voltássemos à Pedra, como sugere Floriano, certamente a poesia estaria lá à nossa espera engastada nas montanhas, estaria à nossa espera a poesia-pedra, retirada dos vulcões em suas magnetitas, que já de si fazem cantos, como as alexandritas, as turmalinas, e águas-marinhas. Teríamos a poética das pedras, sem os versos de tipografias e aí estaria a poesia.

[Sobre "Márcio-André"]

por Ronaldo Ferrito
16/2/2008 às
17h36 201.19.227.32
(+) Ronaldo Ferrito no Digestivo...
 
Digitalizacão da literatura
Márcio-André & co. estão fazendo um trabalho valoroso no campo de publicacão e literatura, o que eu, pessoalmente, respeito muito - não só pelo projeto sobre poesia Finlândesa que fazemos conjuntos. E, como se pode ver, ele é tambem um pensador maduro, além de ser um bom poeta. O mesmo fenomêno do qual Márcio está a falar - digitalizacão/democratizacão da literatura - está a acontecer em todo o mundo, e aqui na Finlândia também. As grandes editoras estão a exigir mais e mais de condicões comerciaís e isso reduz a qualidade da literatura publicada. A solucão democratizadora para esta situacão é - além de digitalizacão dos livros e revistas - publicacão dos livros pela técnica de Print-on-Demand. Por exemplo, sem a editora chamada ntamo (ntamo.blogspot.com), nós não teríamos uma poesia tão variada e complexa no nosso pais agora. Estas editoras estão a fazer um trabalho inovador que tem que ser notado. Temos bolsas para escritores na Finlândia também...

[Sobre "Márcio-André"]

por Rita Dahl
http://www.arjentola.blogspot.com
16/2/2008 às
12h59 213.243.176.96
(+) Rita Dahl no Digestivo...
 
Uma boa entrevista
Muito lúcida a entrevista. Preciosas as observações do Márcio-André sobre estilo, apuro de linguagem etc. Na relação entre Poesia e Capitalismo, quando então aponta o fim da primeira, há que considerar que o Capitalismo é o transitório, como qualquer forma de governo ou de política financeira estabelecida. Mesmo que o mundo retorne à Idade da Pedra - o que por vezes nos parece provável, dado o grau de miséria exstencial que alcançamos -, ainda assim a Poesia jamais terá a dimensão do transitório. Ao longo dos tempos tem conseguido inclusive sobreviver a muitos poetas ruins. Floriano Martins [Agulha - Revista de Cultura]

[Sobre "Márcio-André"]

por Floriano Martins
http://www.revista.agulha.nom.br
16/2/2008 às
12h03 201.12.20.14
(+) Floriano Martins no Digestivo...
 
Não dependa das editoras
Não há dúvida de que tudo que foi citado em seu texto é a mais santa verdade. Por isso eu, como escritor novo e amador, não escrevi para que meus livros fossem publicados por editoras, ao menos até agora. Crio histórias passadas do meu lugar, com personagens fictícios, é claro, eu mesmo imprimo os livros, rudimentarmente e vendo-os na minha banca. Acreditem que tenho uma grande gama de leitores, alguns até se reconhecem como personagens do livro, outros pedem para ser os próprios personagens na proxima história, enfim. Vendo por mês um total de 50 livros por mim escritos, somente na minha comunidade. Alguns livros já foram levados para algumas escolas e nelas debatidos com os alunos de 1º grau, depois de algumas professoras verem e aprovarem. Procuro fazer a propaganda e distribuição dos mesmos em sebos conhecidos. Faço isso porque acredito, que é necessário ter o seu público (leitor) primeiro, para depois poder publicar o livro em alguma editora, de preferência com meu dinheiro.

[Sobre "Os desafios de publicar o primeiro livro"]

por Delton
15/2/2008 às
22h58 200.216.89.13
(+) Delton no Digestivo...
 
Contraditória coerência
Resolvi voltar porque esqueci de falar do ecletismo: dá pra ser eclético, ter bom gosto e gostar de verdade de um monte de coisa, sim. E estou com os caras que falaram dos Menudos e o que falou "sai dessa". Um dia eu já tive Orkut (será que por isso eu não poderia fazer parte da sua turma?! haha) e no meu controle de qualidade eu limava todos os pretendentes que já tivessem ido a uma micareta na vida. Uma minha amiga disse: 90%, então. Que seja... Eu não tenho medo de ficar solteira ad infinitum. Mas é diferente de desqualificar qualquer pessoa pelo som que ela ouve. Bom, já me estendi muito e nem me expressei bem, eu sei. Então é isso, por agora.

[Sobre "Algumas notas dissonantes"]

por Gabriela Galvão
http://mgabrielagalvao.blogspot.com
15/2/2008 às
20h50 201.79.254.14
(+) Gabriela Galvão no Digestivo...
 
Hoje já não posso ser assim
Oi, Paulo. É muito bom não precisar medir as palavras, dizer tudo o que vier na telha. Mas qdo a gente amadurece, vai até mesmo tendo necessidade de medir as ditas palavras. Nunca fui de engolir sapo, falou o que não gostei, a resposta estava prontinha embaixo da língua. Isso desde criancinha, era uma fedelha malcriada, como diziam. Hoje, já não pode ser mais assim. Porque se você falar, vai pisar no calo deste ou daquele. E aí está formada a confusão!!! O trabalho da reflexão ajudou muito... Abraços Stela

[Sobre "Medir palavras"]

por Stela
15/2/2008 às
19h09 189.4.225.186
(+) Stela no Digestivo...
 
Elogio ou crítica?
Marcelo, achei um pouco confuso o texto, no início. Não sei se elogiou o livro, ou o contrário. Depois fica mais claro que o livro é uma sátira em relação a livros de auto-ajuda. Tenho um pouco de ressalva em relação aos autores que vc citou. Um abraço. Adriana

[Sobre "Literatura de auto e baixo-ajudas"]

por Adriana Godoy
15/2/2008 às
15h46 201.58.181.10
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
vilões são mais atraentes
Muito bom seu texto, Guga. Interessante pensar por esses ângulos. A despeito de torcermos pelo herói, até, inconscientemente, os vilões sem dúvida são bem mais atraentes. Mas alguns mocinhos nos causam tédio e aversão. Mire-se no exemplo de Robin Willians. Não dá pra engolir. Nem que ele seja a vítima mais sofrida da humanidade, torço contra. Aquela feição constante de sofredor e, ao mesmo tempo, de bonzinho, dá nojo. Parabéns pelo texto. Bj.

[Sobre "É, não ser vil, que pena"]

por Adriana Godoy
15/2/2008 às
15h34 201.58.181.10
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
quando os livros acabarem...
Que delícia! O cara é bom mesmo. Adorei a parte em que ele diz que quando os livros de fato acabarem não gostaria de estar aqui. Eu também. Ótima entrevista. Parabéns. Dri

[Sobre "Bate-papo com Ruy Castro"]

por Adriana Godoy
15/2/2008 às
15h23 201.58.181.10
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
dos Beatles à bossa-nova
Um ensaio simplesmente maravilhoso! Me lembra a melhor época da minha vida, curtia todo tipo de música. Ia dos Beatles à bossa-nova. Mais marcante ainda pq foi a 1ª vez que saí sozinha de casa e fui correndo comprar a Antologia Poética do Vinícius. Um beijão, Menescal, pelo livro e pelas bromélias, as suas e as minhas!!!

[Sobre "50 anos de Bossa Nova"]

por Stela Gomensoro
15/2/2008 às
15h16 189.4.225.186
(+) Stela Gomensoro no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PERU O NOVO NACIONALISMO LATINO - AMERICANO
NEWTON CARLOS
LIA
(1969)
R$ 6,87



BURAJIRU. HAICAIS
NELSON SAVIOLI
QUALITYMARK
(2007)
R$ 12,25



DUBLE DE ANJO
ANIZIO VIANNA
MAZA
(1996)
R$ 5,00



SELEÇÕES DE LIVROS - DANÇA COM A MORTE E OUTROS
READERS DIGEST
READERS DIGEST
(1999)
R$ 11,00



FASHIONISTAS 4 CANDY
SARRA MANNING; RITA SUSSEKIND
PRUMO
(2012)
R$ 20,00



QUESTÕES DE PORTUGUES
FRANCISCO RIBEIRO SAMPAIO
AURORA
(1939)
R$ 9,80



CAPITALISME ET INDUSTRIES CULTURELLES
ARMEL HUET, ALAIN LEFEBVRE E OUTROS
PRESSES UNIV DE GRENOBLE
(1978)
R$ 27,28



INQUÉRITO SOBRE CONDIÇÕES LOCAIS DE TRABALHO
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTU
R$ 40,00



A CAMINHO DO PAI
TERESA DE CRISTO LEZIER OSU
AGIR
(1963)
R$ 5,00



PALAVRA LIVRE
ÉLCIO PEREIRA DE ARAÚJO
INSTANTE
(1971)
R$ 49,16





busca | avançada
82020 visitas/dia
2,1 milhões/mês