Erros de português... | person araujo

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A revista Bizz
>>> O elogio da narrativa
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
>>> Lambidinha
>>> Lambidinha
>>> 12 tipos de cliente do revisor de textos
>>> A Grande História da Evolução, de Richard Dawkins
Mais Recentes
>>> Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional de Bíblia pela Thomas Nelson (2022)
>>> Cidade de Vidro de Paul Auster pela Mistério Gráfico (1998)
>>> Terra Sagrada de Rose Tremain pela Rocco (1999)
>>> O Papai é Pop 2 de Piangers pela Belas Letras (2016)
>>> Mãos limpas, coração puro de Gregory Frizzell pela Aamp (2012)
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queirós pela Rideel (2000)
>>> Como ser Dirigido pelo Espírito de Deus. de Kenneth E. Hagin pela Graça
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela Martin Claret (2013)
>>> Faz Um Milagre em Mim de Regis Danese pela Universo dos Livros (2012)
>>> Nunca Pare de Lutar de Ludmila Ferber - Palavras de superação, fé es esperança para aquecer o coração pela Thomas Nelson (2012)
>>> Como Criar Meninas Felizes e Confiantes - 100 dicas para pais e professores de Elizabeth Hartley-Brewer pela Alegro (2004)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritísmo. de Allan Kardec pela Ide (2009)
>>> Ekklesia - A revolução começa na igreja de Ed Silvoso pela Quatro Ventos (2019)
>>> Zé Carioca Nº 2113 de Walt Disney pela Abril (1998)
>>> Par ou Ímpar - Perguntas e repostas para quem quer (ou não) encontrar o amor da sua vida de Antônio Júnior pela Thomas Nelson (2017)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Ide (2002)
>>> Maria Montessori - Personagens que Mudaram o Mundo - Os Grandes Humanistas de Michael Pollard pela Globo (1990)
>>> Jornalistas Literários - Narrativas da vida real por novos autores brasileiros de Sergio Vilas Boas - organizador pela Summus Editorial (2007)
>>> One Day de David Nicholls pela Hodder (2009)
>>> Viagens de Gulliver de Jonathan Swift pela Objetivo
>>> Moderna Plus - Biologia 1- Biologia Das Células- Box Completo de Gilberto Rodrigues Martho pela Moderna (2015)
>>> O verso do espelho de Ligia Araújo pela Patuá (2015)
>>> Possible Side Effects de Augusten Burroughs pela Picador (2006)
>>> A Comunicação na Justiça Brasileira de Flávio Damiani e Edvânia Kátia pela Pandion (2009)
>>> O Guia Completo para Aprender Finanças: Dominando Finanças de Varios Autores pela Makron Books
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 23/4/2002
Comentários
Leitores


Erros de português...
a msg anterior ficou com alguns erros incômodos de gramática... perdoem-me, é a madrugada!

[Sobre "Banana Republic"]

por person araujo
23/4/2002 às
04h27 200.226.224.72
(+) person araujo no Digestivo...
 
Perfil de um democrata
Caro Helion, Como eu já vi (ou li sobre) presidentes eleitos pelo povo serem depostos constitucionalmente, sinto-me perfeitamente seguro em te dizer que não apóio golpes de estado (disso só terei certeza plena quando eu estiver sob um regime parecido...); mas existem pessoas que apóiam e essas pessoas o intentaram e os fatos devem ser esmiuçados. Ou não? E a verdade é que o governo Cháves (que chegou ao poder unica e exclusivamente pelos desméritos de quem lá estava) conseguiu a façanha de ter mais de 80% de reprovação por suas próprias pernas. Artigos de intelectuais da esquerda nos contam sobre a "lenta e gradual desestabilização" a que o governo vinha sofrendo. Pelo andar da carruagem, mais lenta e menos gradual, pois o democrático presidente mudou a Constituição de forma que ele fica no poder pelo menos até 2006, podendo ir a 2013. Se a "máquina desestabilizadora" já estava a pleno vapor em 2000 e deixou passar uma barbaridade dessas... Os mesmos artigos nos diz a respeito da nova política internacional implementada por Cháves, claramente anti-americana. Particularmente, acho que uma nação (tal como um indivíduo) pode escolher por seus próprios meios seus parceiros preferenciais etc etc; mas apoiar grupos como as FARC, o ETA, o IRA, Al Quaida(é assim?),patrocinando-lhes algumas ações, é inaceitável para qualquer nação que se diga civilizada. E Cháves fazia isso. "Ah, mas essa celeuma toda é porque ele governava pros mais pobres..." Bem, vai aí um exemplo dessa governança: semanas antes do golpe, Cháves delimitou em 03 milhas do mar venezuelano uma zona onde tornar-se-ia proibida a pesca por grandes companhias pesqueiras e apenas os pequenos pescadores poderiam utilizar a área. Os cegos, lógico aplaudiram essa "trauletada" de seu amado presidente (eleito democraticamente, frise-se) nos vis e desumanos conglomerados. As grandes companhias chiaram "mas nada impediu a vontade popular"... Quá, quá. Como os pequenos pescadores não têm as mesmas condições técnicas dos grandes pesqueiros, começou a faltar peixe no mercado e seus preços aumentaram sensivelmente. Sem falar no desemprego causado no setor. Causar desemprego e aumento de preço de um produto bastante popular ao mesmo tempo não é bem o que os pobres esperam de um governo, não é mesmo? E isso, o Cháves fez em algumas semanas. É por essas e muitas outras (apoio a Fidel Castro, censura, corrupção, apoio do comunismo mundial - ou seja lá que nome isso tenha! - em sua tentativa de golpe em 92 e em sua eleição, franco-atiradores contra manifestantes pacíficos...) que eu apóio a deposição do presidente Cháves. Por enquanto, pela via constitucional (de 1999!). Mas como eu vivi sob um regime de exceção já em sua fase terminal, não estou muito convicto disso, confesso.

[Sobre "Banana Republic"]

por Person Araujo
23/4/2002 às
03h02 200.226.231.205
(+) Person Araujo no Digestivo...
 
O que somos agora
Mas de alguma forma, alguem como voce, lembrou e ficou na memoria o que eramos e alguem como voce, a traduziu em palavras o que fomos e o que somos agora.

[Sobre "Eros, Tânatos e Mnemósina"]

por Marli
23/4/2002 às
03h55 63.178.212.56
(+) Marli no Digestivo...
 
Que se danem as manobras
Oh, obrigado pelo "grande general", Sue. Mas ainda estou na metade do meu Clausewitz...;>) Quando em dúvida, no entanto, sempre sigo o conselho dado a Lord Cochrane por Lord Nelson: "Never mind manoeuvres, always go at them..." Bom, não é? Beijos, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre
23/4/2002 às
03h12 200.207.125.254
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Isso!
Eu SABIA que podia contar com sua memória prodigiosa, Senhor! O encontro com Alexandre Magno eu conheço, este filósofo "porreta" chamado Diógenes mandou o senhor de todo o mundo conhecido da época "sair da frente da luz do sol"! O grande general -- será que todos os Alexandres são grandes generais? -- achou muito engraçado! Riu horrores! Alexandre Magno devia ser um precursor do Exército de Pedro, Senhor! quanto às masturbações de Diógenes, tem gente hoje em dia que faz isso na televisão e chama de política! Beijos da Sue...

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
22h28 200.184.36.226
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Diógenes, soldado...
I do believe you mean good old Diogenes the Cynic, old girl. Como o outro Alexandre, eu quase diria: "Se eu não fosse Alexandre, quereria ser Diógenes". Se bem que Diógenes se masturbava em público. Mas enfim...excentricidades, excentricidades...Beijos, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre
22/4/2002 às
20h00 200.205.157.155
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Aprendendo da experiência
Caro Rafael. Mais uma vez constato que vemos as coisas de ângulos muito próximos. Em Janeiro de 1933 o então Chanceler Alemão Kurt von Schleicher sugeriu ao Pesidente Hindenburg um golpe militar para impedir a inevitável ascensão de Adolf Hitler ao poder. O velho Marechal, que jurara defender a Constituição democrática da República de Weimar, recusou-se, indignado, como já houvera recusado um outro plano do mesmo Schleicher para restabelecer a Monarquia com Hindenburg como Regente. Nestas alturas, as SA já estavam nas ruas prendendo (sem ter este poder, reservado ainda à Polícia), batendo, matando, incendiando. No dia 30 do mesmo mês deu-se o 'inevitável'. Em Outubro de 1917 Kerensky também foi instado a dar um golpe dentro da Duma para evitar que os Bolcheviques, sem maioria, tomassem 'todo o poder para os Soviets' no grito. Também o 'inevitável' ocorreu. Estes dois exemplos, do já velho século XX, servem para ilustrar como a democracia contém os germens de sua própria destruição. Estive há alguns dias com um amigo Venezuelano que me descreveu como as 'Brigadas Bolivarianas' já se comportam como as SA e as tropas Bolcheviques. No próximo dia 5 de Maio ocorrerá, com sinais trocados, um outro risco: Le Pen. É verdade que a França não é uma Banana Republic e possivelmente dará uma nova lição de democracia ao Mundo, elegendo Chicac com a ampla maioria que se delineia. Mas, e se não? E se Le Pen leva? Será que aí os grandes 'defensores' da democracia, de esquerda, não vão justificar um golpe? Será que não seria necessário para 'evitar o inevitável'? Ficam as perguntas.

[Sobre "Banana Republic"]

por Heitor De Paola
22/4/2002 às
18h11 200.255.208.136
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Profa. universitária procura
Pois é, cá estou eu com a lanterna emprestada do velho filósofo grego (como era mesmo o nome dele, general? Você sabe tudo...)que procurava um homem de bem, e procuro bons professores universitários, além, é claro, de mim mesma! Hehehehe... eu não tive mais sorte que o meu amigo grego... Espero pelo bem dele que ele tenha desistido de procurar homens e tenha se voltado para as mulheres, como General alexandre aqui, mas vocês conhecem os gregos antigos...

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
18h21 200.184.36.252
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Campanha nacional
Peterson, talvez exista, mas não me avisaram. Da minha parte, é justamente por respeitar o que a profissão poderia ser que eu desprezo o que ela é. Acho que todo professor universitário deveria ser um aristocrata, ganhando como um aristocrata. Os escritores que mais admiro foram professores universitários, não jornalistas- Nabokov, Borges, C.S.Lewis. Mas não consigo imaginá-los dando aula na USP ou na UFRJ ou onde quer que seja hoje em dia. Lendo Derrida. Não, não é possível...Um abraço, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre Soares
22/4/2002 às
16h16 200.207.125.254
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Ainda não tergiversei nada
Caro Helio, não foi minha intenção ironizar coisa alguma, mas achei mesmo seu nome muito bonito e significa mesmo vindo ou filho do sol. Não é bonito? Meu nome é Assunção Maria, e significa "Maria elevada aos Céus". Também acho bonito. Onde ficou a ironia nisto? Você achou o comentário irônico, talvez, porque seu pressuposto seja diferente do meu. Não considero você meu "inimigo" nem alguém a quem eu tenha de "derrotar". Estamos, que eu saiba, apenas conversando. E eu não tergiverso, POIS NÃO FAÇO NENHUM TIPO DE RODEIO OU EVASIVA, que é o que significa, apenas para a informação dos transeuntes desinformados. Quanto a ser golpista, o que isto significa? Não tenho idéia, mas me parece que geralmente as pessoas pensariam neste adjetivo como qualificando alguém que acha que um golpe seria solução para tudo. É este o sentido que você dá a isto? Você já parou ao menos para conceituar este termo, ou o está apenas usando como substituto de um outro adjetivo agressivo qualquer, como "boba" ou "feia"? Bom, dependendo da opção, você está sofismando ou agredindo. Há uma terceira? Eu nunca disse, nem ninguém aqui, que golpe de coisa nenhuma é uma solução corriqueira ou desejável, apesar de ser necessário às vezes, em situações de extrema exceção, e dei o exemplo claro como água do Rei Fidel. Não falei nunca em valores democráticos universais, como no seu comentário ao Fábio, que aliás deu o nível correto de atenção que o comentário merecia. Mas eu tenho o mau hábito de qualquer professor: não me conformo de deixar um equívoco passar em branco. Quanto à época de seu nascimento, se tempo fosse um valor qualitativo, remédio não tinha prazo de validade. Saudações, Sue

[Sobre "Banana Republic"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
14h22 200.184.36.163
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Escravo da Ilusão: pelo Espirito Jose Antonio
Ana Cristina Vargas
Boa Nova
(2002)



Anjos... Fantasia Ou Realidade
Frei Severino R. Gisder
Louva-a-deus



Textos Escolhidos
Condillac
Abril Cultural
(1973)



O Caminho para o Vale Perdido
Patricia Engel Secco
Boa Companhia
(2007)



Lavoura Arcaica
Raduan Nassar
Jose Olympio
(1975)



Segredos do Toque Amoroso. Carinhos Que Trazem Felicidade, Saúde
Franz Benedikter
Pallas
(2002)



O Caçador de Noivas - Harlequin Desejo
Ann Major
Harlequin Books
(2009)



Estilos de Comunicação Pais-bebé
Sátya Sousa
Climepsi
(2004)



O dia em que a verdade sumiu
Pierre-Yves Bourdil
34
(2001)
+ frete grátis



Novo Manual Nova Cultural - Matemática
Harold H. N. Zöld; Sérgio Côrrea
Nova Cultural
(1993)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês