As mentiras do escritor | Albarus Andreos

busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Perfil (& Entrevista)
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo I
>>> Violões do Brasil
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> A esquerda nunca foi popular no Brasil
>>> Na minha opinião...
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> VOCÊS
>>> As sombras e os muros de José J. Veiga
Mais Recentes
>>> Português - uma Proposta para o Letramento - Livro 5 de Magda Soares pela Moderna (2002)
>>> Brasa e a Caverna de Indios de Maria Clara Machado pela Ediouro
>>> Stalin O Milagro Ruso de Emil Ludwig pela Inter-Americana (1942)
>>> O Que os Olhos Não Vêem de Fr. Anselmo Fracasso pela Vozes (1991)
>>> Estatuto da Crianca e do Adolescente de Camara dos Deputados pela Camara dos Deputados (2003)
>>> Da África e Sobre a África: Textos de Lá e de Cá de Emilia Machado; Mariucha Rocha; Ninfa Parreiras pela Cortez (2012)
>>> O Relacionamento com o Doente de Jacques Sarano pela Epu Ed. (1978)
>>> O Labor da Morte - uma Dança Macabra de Ferdinand Barth pela Sebo Clepsidra (2021)
>>> O Bruxo de Maria Adelaide Amaral pela Globo (2000)
>>> Ich Bin Der Herr Deiner Angst de Stephan M Rother pela Rowolth (2012)
>>> Princípios Penais da Legalidade à Culpabilidade de Claudio do Prado Amaral pela Ibccrim (2003)
>>> Moderna Plus Biologia 2 - Parte II de Amabis Martho pela Moderna (2009)
>>> Os Hititas e as Antigas Civilizações Anatolianas de Philippe Conrad pela Ferni Editions (1968)
>>> Campeões do Mundo de Dias Gomes pela Bertrand Brasil (2015)
>>> As Pequenas Raposas de Lilian Hellman pela José Olympio (2009)
>>> A Poesia Sou Eu de Luís Augusto Cassas pela Imago
>>> Histórias Brasileiras de Verão de Luis Fernando Verissimo pela Objetiva (1999)
>>> Dicionário de Contabilidade de A. Lopes de Sá; A. M Lopes de Sá pela Atlas (1986)
>>> El Espirito de Carlos Bernardo Conzalez Pecotche pela Editorial Logosofia (2007)
>>> O Fruto do Ventre de Ryoki Inoue pela Record (2008)
>>> Cem Erros Que um Executivo Comete ao Redigir( Mas Não Poderia Cometer) de Laurinda Grion pela Prol
>>> Ilusões: as Aventuras de um Messias Indeciso de Richard Bach pela Record (1977)
>>> Panorama dos Estados Unidos de Richard C. Schroeder pela Embaixada dos EUA (1976)
>>> Como Resolver as Crises de Antigerência de Ichak Adizes pela Pioneira
>>> O Garoto Verde de Toni Brandão pela A Caixa Verde (2008)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 6/6/2008
Comentários
Leitores


As mentiras do escritor
É por isso que escrevo. Seria por vaidade? Se fosse, eu gastaria dinheiro com xampus franceses ao invés de livros... Mas talvez escrever seja um estratagema minucioso de minha parte, para ser o orgulho da mamãe e, mais adiante, comer algumas menininhas intelectualizadas, por aí vai... Não! Acho que não é só isso, pois já me disseram que não adianta escrever e dar para a mãe ler depois - ela sempre vai elogiar (isso se confirma também pelo fato de que eu nunca comi ninguém só por escrever!). Então não é por vaidade que escrevo... Escrevo para contar histórias (e gosto das de ficção...). Mas, então, por que escrever? Bastaria ser um mentiroso e só. Ficcionaria por aí, ao léu... Mas ser um mentiroso pago por escrever deve ser bem melhor! As mentiras do escritor ficam para sempre. Se for um bom mentiroso, talvez você se torne um... escritor! Um mentiroso excelente pode chegar a ser um bom escritor e aí suas mentiras acabam se cristalizando e, um dia, até acham que são verdades. É isso: escrevo para inventar verdades!

[Sobre "Q and A With Jeff Bezos"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
6/6/2008 às
15h12 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Ler, de verdade, Machado
Ana, bela explanação sobre o ato de ler e a obra de Machado de Assis.... Quando falamos em leitura, e dos tempos escolares, sempre vem à tona a negação aos livros de Machado de Assis. Mas se perguntarmos à grande maioria: nunca leram quaisquer obras por completo, sempre ficaram "pelo caminho" - nas cinco primeiras páginas, ou já iam atrás de resumos em jornais, do amigo ou em livretos para o vestibular... Os textos de Machado sempre são discutidos e solicitados na escola, entretanto só os professores fingem entenderem e admirá-los, e os alunados ficam só na expectativa dos relatório, fichamento e a prova da leitura cobrada... A falta de interesse e entendimento dos escritos do autor em questão deve-se a falta de leitura de vários tipos de textos e autores anteriores... Para a construção de um conhecimento do ser humano, e da vida, e' preciso ler e reler sempre o novo e o velho. Como dizem os grandes autores: nada e' inventado e em todos os livros encontraremos os primórdios das idéias de Homero...

[Sobre "Meus segredos com Capitu"]

por gilson
6/6/2008 às
14h04 201.93.224.101
(+) gilson no Digestivo...
 
o estilo H20 de Machado
No mundo hodierno fatos se sucedem em nanosegundos. A avalanche de informações gera o estresse, do qual todos, que pensam, são portadores... Concordo com Daniel e também não gosto do estilo H20 de Machado (incolor, insípido, inodoro, e adaptável ao continente). Melhor aprender sobre a vida dos rotifers por ex - pq, da vida deles, podemos inferir a história da sexualidade humana. Ou sobre os cantores de Tuva que nos impelem a conhecer o uso extenso do aparelho respiratório e das pregas vocais... Agora, escrever livros e teses para discutir a fidelidade sexual da heroina de olhos oblíquos de cigana dissimulada... Bem... "to each his/her own". Parabéns, Daniel (for having the guts - not to say something else..). Cylene

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Cylene Gama
6/6/2008 às
12h46 201.2.6.81
(+) Cylene Gama no Digestivo...
 
Ler Machado não é fácil...
Daniel, olha, na verdade não importa muito gostar ou não de Machado. Até porque o que se lê, se guarda no intelecto, se absorve, é uma diversão solitária. Praticamente uma masturbação intelectual. Ou seja, há quem se divirta e se enriqueça intelectualmente com Paulo Coelho, com Diogo Mainardi. E por aí vai. Eu também sou das ciências sociais e há quem leia Marx, Weber e Durkheim e ache maravilhoso. Vira Bíblia. E há quem ache uma porcaria. Ou seja, a leitura é um momento solitário entre você, leitor, e o autor em forma de livro. Às vezes há conexão, as vezes não há. Eu acho Machado de Assis o melhor escritor. Do Brasil e do mundo. Mas isso é uma conexão íntima com o autor. Minha com Machado. É rir das piadas sarcásticas que ele faz, é conhecer a história do Rio de Janeiro e do Brasil através de seus textos, é conhecer outras nuances da belíssima língua portuguesa. Ler Machado não é fácil...

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Elaine
6/6/2008 às
09h44 200.198.77.105
(+) Elaine no Digestivo...
 
Texto vivo e elegante
Excelente artigo. Linguagem viva, escorreita e elegante. Teria grande prazer em continuar a leitura. E fica-se com vontade de comprar o livro. Parabéns !

[Sobre "Festival da Mantiqueira"]

por A. Faria
6/6/2008 às
08h14 83.240.131.212
(+) A. Faria no Digestivo...
 
Sempre odiei Machado de Assis
Daniel, adorei seu texto! Sempre odiei Machado de Assis (e também José de Alencar, claro) e sou sempre criticada por isso. E o pior é ser criticada por pessoas que nem sequer têm o hábito de ler (refiro-me à literatura, claro!). Aliás, em meu ensino médio, eu sempre me perguntava porque os autores estrangeiros eram melhores que os nacionais (e eu odiava essa idéia). Só depois eu descobri que existem autores nacionais ótimos. E eu não devo isso à escola...

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Carolina Costa
6/6/2008 às
07h33 189.15.16.56
(+) Carolina Costa no Digestivo...
 
O camarote do Mago
Muito bom saber que num país de espírito predominantemente inculto chega para o Vale do Paraíba uma importante expressão cultural em sua melhor forma. Não que se possa pensar em São José dos Campos como algo rural, vez que aquela cidade é imensa e muito mais desenvolvida que a média nacional, porém, digamos que nosso povo não seja do mais afortunado em ter tais oportunidades. É o que se observa quando Morais relata a reação da mãe de Paulo Coelho ao ter acesso ao sonho de seu filho. Acredito que o livro "O Mago" seja um sucesso de vendas, não só pelo carisma que muitos possuem em relação a biógrafo e biografado, mas também pelo segundo ser uma pessoa polêmica, sendo certo que muitos, após devorarem o livro, adotarão posições opostas, favoráveis e desfavoráveis, seja pela fé, seja pelas crenças. Com certeza haverá um "rebuliço" cultural, cabe-nos aguardar e assistir de camarote.

[Sobre "Festival da Mantiqueira"]

por Roberta Dib Chohfi
6/6/2008 às
05h53 200.161.9.94
(+) Roberta Dib Chohfi no Digestivo...
 
E se ficar como está?
Não creio que exista alguém em Brasília tentando impor aos nossos infantes leituras goela a baixo. Falta discussão, e na falta, deixe-se tudo como está! É lógico que o estudo da literatura não deve ficar amordaçado aos nossos Machados e Josés! Caso contrário, vamos fazer nossas listinhas, pegar uma foice e partirmos para a briga. Não podemos, também, generalizar, achando que tudo é ruim. Temos ótimos escritores pátrios (escritores pátrios é ótimo) ou de outras plagas! Devemos é pensar no preparo dos professores, imagine "O mundo de Sofia", sendo apresentado por quem nada entende de filosofia, daria outro livro! A apresentação é necessária, mas o gosto pelos livros é algo individual, não pode-se obrigar ninguém a gostar. Abraços!

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por paulo vilmar
http://www.caldodetipos.blogspot.com
6/6/2008 à
01h43 201.14.249.209
(+) paulo vilmar no Digestivo...
 
Só gostei de Dom Casmurro
É muito bom saber que existem outras pessoas que não amam Machado de Assis. O único livro dele que gostei realmente foi "Dom Casmurro". Recentemente disseram-se que seria interessante se eu lesse os contos de Machado de Assis (interessante para melhorar e amadurecer a minha escrita), mas não consegui ir em frente. "Uns braços" é extremamente desanimador, assim com "A cartomante". Houve um do qual gostei, mas não lembro o título, sei que a história é de uma solteirona que passa o tempo a relembrar antigos amores...

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Gelsa Mara
http://www.encontromarcadogelsa.blogspot.com
5/6/2008 às
18h05 201.58.78.183
(+) Gelsa Mara no Digestivo...
 
Machado, sim. Alencar, não!
Não sei o que faz um jovem do ensino médio gostar de literatura, seja nacional ou internacional, mas José de Alencar, com certeza vai fazer o estudante pular várias páginas e procurar um resumo para conseguir se dar bem na "ficha de leitura"! Também não sei se eu teria entendido (e gostado tanto de) George Orwell se o tivesse lido durante o ensino médio, mas tirem "Senhora" das mãos dos estudantes brasileiros e coloquem "A Revolução dos Bichos" ou "A Metamorfose" e a chance de eles se interessarem pela leitura aumentará muito! Quanto a Machado, eu gosto muito, mas concordo totalmente com o Daniel, quando ele diz que devemos evitar esse nacionalismo literário e valorizar o que é bom, seja da nossa cidade, seja de Marte!

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Juliana Dacoregio
http://www.somanypiecesofme.blogspot.com
5/6/2008 às
16h03 201.41.230.88
(+) Juliana Dacoregio no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Dicionario de Sonhos
Zolar
Nova Era
(2008)



God Child volume 6
Kaori Yuki
Panini comics
(2008)



Dicionario de Termos Militares Português-inglês - Inglês-portuguê
Estabelecimento General Gustavo Cordeiro de F
Eggcf
(1968)



Organização, Sistemas e Métodos
Antonio Nival Correia
Lcte
(2002)



Rosas Com Amor
Francisco Cândido Xavier
Instituto de Fusão Espírita
(1980)



Stand Creci - Rj Para Corretores De Imóveis
Vários
Creci - Rj
(2013)



Como Criar Em Iluminação
Design Museum
Gutenberg
(2012)



Documentos Históricos do Brasil
Arno Wehling
Lacerda Editores
(1999)



Veja - Dez Anos Em Dez Temas
Eurípedes Alcântara
Abril
(2016)



Como Obter Resultados Positivos Sistematicamente
Surya Lovejoy
Makron Books
(1994)





busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês