Três vivas ao Cronópios | M-A

busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Maíra Lour apresenta leitura dramática audiovisual “Insensatez'
>>> Exposição do MAB FAAP conta com novas obras
>>> Projeto Camerata Filarmônica Brasileira apresenta concerto comemorativo no dia 15 de maio em Indaiat
>>> Ação Urgente Contra a Fome - SescSP
>>> Hebraica SP apresenta a peça “Preciso Falar de Amor Sem Dizer Eu Te Amo”
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Semana da Canção Brasileira
>>> Vamos fazer o português entrar na moda!
>>> Imagina se fosse o contrário
>>> Xamãs & Concurseiros
>>> Publicar um livro pode ser uma encrenca
>>> O orvalho vem caindo
>>> Escândalo na cidade cinzenta
>>> Only the paranoid survive
>>> O belo e o escalafobético
>>> Guia para escrever bem ou Manual de milagres
Mais Recentes
>>> O Poder do Marketing - Livro Clipping Col o Poder do Poder de Manville Avalon - Martin Claret pela Martin Claret (1998)
>>> Os Princípios de Liderança de Jack Welch 24 Lições de Jeffrey A. Krames pela Sextante (2006)
>>> Como Motivar Sua Equipe de Anne Bruce pela Sextante (2006)
>>> Trabalho Em Grupo Semi-autônomo de Pedro Proscurcin pela Sts (1995)
>>> Motivação Total Col Autoprogramação Mental Livro Clipping de Martin Claret pela Martin Claret (1999)
>>> Sucesso Agora Col Autoprogramação Mental Livro Clipping de Martin Claret pela Martin Claret (1999)
>>> Otimismo Sempre - Cole Autoprogramação Mental Livro Clipping de Martin Claret pela Martin Claret (1999)
>>> Perguntas e Respostas Sobre Liderança - Série Fast Business de Robert Back pela Edicta (2005)
>>> Calidad Sin Lagrimas de Philip Crosby pela Cecsa (1991)
>>> Programação para o Desenvolvimento de Jan Tinbergen pela Jan Tinbergen (1969)
>>> Marketing Comercialização de Heidingsfield e Blankenship pela Fundo de Cultura (1965)
>>> Chefia Sua Técnica e Seus Problemas de Wagner Estelita pela Fvg (1972)
>>> Estudos Complementares da Otica Oftalmica de Jorge Motta Marketing na Ótica pela Senac
>>> Democracia Empresarial Já! (autografado) de B. Milioni pela Sts (1992)
>>> Relações Humanas de Michael Williams pela Atlas (1972)
>>> Teoria da Organização Moderna de Mason Haire pela Atlas (1966)
>>> Apoio Financeiro - Como Conseguir de Maria Elena Noriega e Milton Murray pela Textonovo (1997)
>>> Custo Industrial de Ludwig J. M. Klauser pela Atlas (1970)
>>> Administração da Produção de Martin K. Starr pela Edgard Blucher (1971)
>>> Biblioteca Relações Humanas 3 - Direção e Liderança de Alberto Montalvão pela Egéria
>>> Análise de Balanços de Sérgio de Iudícibus pela Atlas (1981)
>>> Marketing do Treinamento de B Milioni pela Nobel (1990)
>>> Política dos Negócios de Lenita C. Camargo pela Mestre Jou (1967)
>>> Cartas de um Executivo a Seu Filho de G Kingsley Ward pela Record
>>> Sucessão e Conflito na Empresa Familiar de João Bosco Lodi pela Pioneira (1987)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 11/6/2008
Comentários
Leitores


Três vivas ao Cronópios
Enquanto entes históricos, somos todos dotados de história. Mas há diferença entre os que, tão mergulhados nela, deixam-se atravessar e os que, por algum comichão de inconformismo, se lançam na tentativa de potencializá-la. Não há vantagem de um em relação ao outro, mas o segundo caso, possui uma responsabilidade da qual o primeiro se esquiva. A Cronópios é um dos exemplos do segundo caso, isso porque Edson e Pipol arriscam-se na alegria séria de fundar um canal da contemporaneidade, com ferramentas da contemporaneidade, para a contemporaneidade, que antes de beneficiá-los, beneficia a centenas de internautas assíduos e a milhares de errantes. E isso, na raça, no dente e na pedra. Ainda que a Cronópios acabasse hoje (e espero que ela dure muito), já teria deixado seu legado: uma geração de escritores que a tem em seu horizonte de eventos. A gênese já foi criada pela ação de ambos - a entrevista é apenas verbalização do que eles já têm na alma: verdade! Ah, e a foto tb está bacana!

[Sobre "Cronópios"]

por M-A
http://www.marcioandre.com
11/6/2008 às
02h26 201.51.211.111
(+) M-A no Digestivo...
 
Retrato sem retoque
Sem comentário. Retrato do Brasil. Retrato sem retoque, impossível de melhorar.

[Sobre "A semente da impunidade"]

por Franklin Netto
http://www.conscienciadamata.com.br
10/6/2008 às
23h24 201.38.208.66
(+) Franklin Netto no Digestivo...
 
Filial do Inferno
É... O problema é quando a gente se apaixona por esse amigo gay, e ama-ama-ama ele, mais do que a própria vida, e sabe que não pode viver sem ele, muito menos COM ele... É uma filial do Inferno.

[Sobre "O rival"]

por ana lima
10/6/2008 às
21h01 201.36.214.227
(+) ana lima no Digestivo...
 
Parabéns!
Bela entrevista. Parabéns!

[Sobre "Cronópios"]

por Cláudio B. Carlos
http://www.balaiodeletras.blogspot.com
10/6/2008 às
20h03 200.102.109.138
(+) Cláudio B. Carlos no Digestivo...
 
Sr. Zé, falta uma assinatura!
Fantástica entrevista! Quanto à questão sobre pra que serve um bom leitor, arrisco um palpite: no mínimo, ajuda a formar jornalistas melhores. Explico-me. Hoje, durante uma palestra sobre critica teatral na ECO-UFRJ, um dos convidados, o professor de teatro da Escola, José Henrique, que dirige a peça O Processo (em cartaz no Rio), baseada na obra de Kafka, contou um "causo" de arrancar os cabelos. Numa entrevista, um jornalista, com a cara mais lavada possível, fez a seguinte solicitação: "Diz aí, Zé, conta um pouco sobre o autor do livro." Mas nada que se compare à história da inscrição da peça na Lei Rouanet, para conseguir incentivo fiscal, essas coisas... Segundo o diretor, uma pessoa da Funarte (veja bem, da Instituição de apoio e fomento à arte, vinculada ao MinC!) observou agudamente: "Sr. Zé Henrique, para o projeto ser beneficiado pela Rouanet, falta uma assinatura". Qual? - ele perguntou, sem imaginar o bufão de realidade à brasileira da resposta: "A do Franz". Abs!

[Sobre "Cronópios"]

por Vanessa Barbosa
http://www.antenuptias.blogspot.com/
10/6/2008 às
16h54 200.196.241.66
(+) Vanessa Barbosa no Digestivo...
 
É preciso ir além
E também pode haver o caso de uma obra não querer dizer nada - apenas descontextualizar algo, ou montar um lugar irracional - e aí a questão é extra-obra. Pq o artista faz isso na nossa sociedade, hoje? Qual o sentido de uma obra assim no contexto geral? Não digo que não haja obras boas e ruins. Mas é preciso verificar o mérito! O pensamento, a priori, de que é tudo apenas um "erro"... é a mesma idéia que tinham os contemporâneos de Picasso. Lembre do famoso texto de Lobato criticando Malfatti. Não podemos pensar: "se eu não entendo nada, não há pra entender". É preciso ir além.

[Sobre "A arte contemporânea refém da insensatez"]

por Duanne O. Ribeiro
http://obacamarte.blogspot.com
10/6/2008 à
00h02 189.34.219.28
(+) Duanne O. Ribeiro no Digestivo...
 
arte não é esporte
Uma diferença vital entre "a arte que você defende" e a arte contemporânea é que a primeira produz uma mensagem evidente (que a pessoa consegue de qualquer forma). Vendo o quadro de uma muçulmana seminua, me é óbvio o que o artista fez, o que ele transgrediu etc. Agora, em uma instalação, em uma obra mais conceitual, a exigência de envolvimento é maior. É preciso que o espectador realmente PENSE sobre a obra, pare de esperar que ela lhe sirva de algo; não há razão real para que a arte me entregue "uma mensagem pronta", ou um malabarismo de técnicas, como se fosse um esporte. Se o espectador realmente se envolve com a obra, pode interpretá-la apropriadamente - eu mesmo fiquei perdido em frente à dança contemporânea, mas prestando atenção nas propostas dela e não no que EU exigia, passei a entender muito...

[Sobre "A arte contemporânea refém da insensatez"]

por Duanne O. Ribeiro
http://obacamarte.blogspot.com
9/6/2008 às
23h35 189.34.219.28
(+) Duanne O. Ribeiro no Digestivo...
 
O sacrifício do jovem leitor
É verdade que a leitura de um clássico brasileiro, na idade escolar, deve ser o terror dos estudantes. Ler Machado de Assis, aos 16 anos, e tentar entender, e gostar, certamente é um sacrifício para o estudante. Mas acredito que, sem este sacrifício (pelo qual todo estudante deve passar), jamais faremos bons leitores ou muito menos escritores. É preciso aprender a ler e a gostar de ler com prazer, assim como se aprende a falar e a andar. Não é fácil, exige disciplina, dedicação voluntária, interesse, hábito, costume até "familiar". Desde cedo meu pai me apresentou aos livros. O começo foi difícil mas depois eu lia tudo, inclusive algo superior à minha idade e ao meu entendimento. Quando veio o entendimento (e a idade certa), eu já sabia do que se tratava, pois já havia lido... E olha que estudei em escolas públicas, que, naquela época, funcionavam...

[Sobre "Formando Não-Leitores"]

por Delton Luiz Martins
9/6/2008 às
23h29 200.165.198.103
(+) Delton Luiz Martins no Digestivo...
 
arte: um cachorro morrendo?
Podem me chamar de alienada, ignorante, mas, sinceramente, acho que mais ignorante é quem chama de artista um "maluco" que tem a infeliz idéia de expor um cachorro morrendo de fome em uma galeria de arte. Já ouvi falar e também já vi muita coisa absurda, mas essa foi a pior de todas...

[Sobre "A arte contemporânea refém da insensatez"]

por Janethe Fontes
http://palavreando.zip.net/
9/6/2008 às
20h04 189.78.219.12
(+) Janethe Fontes no Digestivo...
 
sua homenagem ao Taffo
Rafael, fiquei muito feliz ao ler sua homenagem ao Taffo. Mais ainda quando li que ele incentivava seus alunos a criar composições próprias (ainda que fossem poucas e desconexas notas combinadas). A refundação do IG&T foi importante para mostrar como ele era um entusiasta e acreditava no projeto, mas são esses pequenos gestos que descrevem como ele tinha verdadeira paixão pelo que fazia. Afinal, tocar guitarra não é só plugar e sair arranhando. Quem quiser ir longe tem que estudar, se dedicar - mas sem esquecer de buscar uma linguagem própria. Onde muitos se acomodariam em ensinar a reproduzir solos famosos, ele mostrou que sua visão ia muito além.

[Sobre "Obrigado, Wander Taffo"]

por Diogo Salles
http://www.diogosalles.com.br
9/6/2008 às
19h54 200.185.30.10
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Fragmentos de um Dia Extenso
Sergio Fingermann (capa Dura)
Bei Comunicações
(2001)



Atualidades no Processo Civil - Volume 1
Arruda Alvim/eduardo Arruda Alvim
Jurua
(2006)



How to Create Profitable New Products: From Mission to Market
George Gruenwald (capa Dura)
Ntc Business
(1997)



Gestão e Planejamento de Tributos
Flávia de Almeida Castro
Fgv
(2007)



Nossa Itália Brasileira Sabor e Arte
Cláudia Mussi
Lei de Incentivo a Cultura



Japão o Império do Sol-nascente Volume I
Martin Collcutt
Del Prado
(1997)



A Vigília do Pastor - Série Mitford
Jan Karon
Landscape
(2009)



A Elite Eclesiástica no Bispado do Maranhão
Wheriston Silva Neris
Edufma; Paco Editorial
(2014)



Frommers - Guia Completo de Viagem - Flórida
Rena Bulkin/Dan Levine and others
Julio Louzada
(1995)



Os Limões da Minha Limonada
Alcides Amaral
Cultura
(2001)





busca | avançada
104 mil/dia
2,5 milhões/mês